Auxílio emergencial 2021 será depositado no Caixa Tem; entenda

O auxílio emergencial será depositado nas poupanças sociais digitais. Assim, os beneficiários poderão movimentar as parcelas pelo Caixa Tem. Veja como.

Auxílio emergencial 2021 no Caixa Tem: ilustração realista de mão segurando celular. Na tela do aparelho, é possível ver a logo do Caixa Tem

Os beneficiários do auxílio emergencial podem gerar um cartão de débito virtual para fazer compras pela internet. - Foto: Reprodução/Caixa Econômica Federal

Para os beneficiários que não fazem parte do Bolsa Família, o auxílio emergencial 2021 será, de início, depositado em poupanças sociais digitais. As parcelas, dessa maneira, poderão ser movimentadas pelo aplicativo Caixa Tem, que funciona como uma espécie de banco virtual para pessoas de baixa renda. Pela plataforma, é possível consultar saldos/extratos e realizar inúmeras transações bancárias.

Os usuários do Caixa Tem, sem tarifas adicionais, podem pagar compras em maquininhas, gerar cartão virtual de débito, efetuar transferências bancárias, entre outras funcionalidades. Conforme calendário do auxílio emergencial, o governo pretende depositar quatro parcelas durante o primeiro semestre deste ano. Os valores serão variáveis, dependendo da composição familiar dos beneficiários.

Auxílio emergencial 2021 será depositado no Caixa Tem; veja como o app funciona

Como o auxílio emergencial poderá ser movimentado pelo Caixa Tem, vale a pena entender como funciona as principais funcionalidades do aplicativo. Esse app funciona como uma espécie de “ponte” para que os usuários possam gerir seus benefícios sem a necessidade de sacá-los. Todas as transações não têm custos adicionais, mas as transferências contam com limites diários de R$ 1.200 e mensais de R$ 5.000.

Nunca usou o Caixa Tem para movimentar o auxílio emergencial? Confira, abaixo, como instalar o aplicativo em seu celular e realizar o primeiro cadastro no sistema:

  • Baixe o aplicativo em celular, que está disponível para sistemas Android e iOS;
  • O primeiro cadastro será realizado com o CPF dos beneficiários do auxílio emergencial 2021, bem como uma senha de seis dígitos;
  • Após seguir todas as instruções indicadas e finalizar o procedimento, as funcionalidades do aplicativo Caixa Tem serão liberadas.

Como transferir o auxílio emergencial 2021 pelo Caixa Tem?

  • Entre no Caixa Tem e toque na opção “transferir dinheiro”;
  • Selecione se deseja ler QR Code com as informações bancárias ou usar dados já salvos pelo sistema. Caso prefira, também é possível informar o número da agência e a conta do destinatário;
  • Selecione o banco desejado entre as opções da lista;
  • Feito isso, digite o número da agência;
  • Informe o número da conta do recebedor e o respectivo dígito;
  • Selecione qual o tipo de conta de destino;
  • Digite os dígitos do CPF e o nome do recebedor;
  • Informe o valor que será transferido (para as poupanças sociais digitais, o limite é de R$ 600 por operação, R$ 1.200 por dia e R$ 5.000 por mês);
  • Confirme o prazo de envio;
  • Confira os dados da transferência e digite sua senha para confirmar a transferência pelo Caixa Tem;
  • Clique em “Comprovante” e, após, toque no ícone de compartilhamento para ter acesso ao documento.

Caixa Tem: como pagar compras em maquininhas de cartão?

Mesmo sem cartão físico, os beneficiários do auxílio emergencial 2021 podem pagar suas compras pelas maquininhas de lojas habilitadas. Os interessados podem movimentar as parcelas em supermercados, padarias, farmácias e demais estabelecimentos comerciais. Veja como realizar o procedimento com o aplicativo Caixa Tem:

  • Diga ao funcionário da loja que o pagamento da compra será feito pelo aplicativo Caixa Tem. Ele já vai deixar a maquininha preparada para esse tipo de operação;
  • Em seu celular, entre no sistema do Caixa Tem;
  • Toque em “Pagar na Maquininha – Compre no comércio sem cartão”;
  • A câmera do seu celular será acionada de maneira automática;
  • Aponte a câmera para o QR Code gerado na maquininha do estabelecimento;
  • Pelo app, verifique o valor da compra e o nome do estabelecimento;
  • Aperte em confirmar;
  • Pronto! A maquininha irá identificar a operação e concluir a compra.

Cartão virtual de débito para movimentar o auxílio emergencial 2021

Caso prefira, os beneficiários do auxílio emergencial podem gerar um cartão de débito virtual para fazer compras pela internet. Para habilitar o recursos, basta seguir algumas instruções básicas. Veja o passo a passo:

  • Abra o aplicativo Caixa Tem em seu celular;
  • Na tela de menu, toque na opção “cartão de débito virtual”;
  • O sistema do app vai te redirecionar para uma página com todos os dados gerados, incluindo a validade do cartão virtual de débito;
  • Na parte inferior da mesma página, toque “Gerar” para obter o código de segurança. Os três dígitos devem ser usados no momento de efetuar as compras pela internet. Esse código terá validade apenas ao longo de uma única transação. Para efetuar uma nova compra, será necessário repetir o mesmo procedimento e obter três dígitos diferentes;
  • Pronto! Você terá todos os dados para efetuar suas compras online: número do cartão de débito virtual, validade e código de segurança. Bastará informá-los quando estiver concluindo o seu pedido.

Ainda com dúvidas? A Caixa liberou um vídeo com todos os detalhes sobre o cartão virtual de débito. Confira logo abaixo:

Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Comentários

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »