Como estudar inglês para concursos públicos

A Língua Inglesa voltou a aparecer nos concursos, por isso nós montamos dicas de como estudar inglês para concursos públicos para você se dar bem na prova.

como estudar ingles para concurso publico

Neste artigo, nós separamos algumas dicas e explicações de como estudar inglês para concursos públicos. Essa disciplina, até algum tempo atrás, era bastante restrita a provas para Diplomata e Professor de Inglês. Mas, recentemente, a Língua Inglesa começou a aparecer com mais frequência nas seleções. Hoje, os concursos para Pedagogo, Polícias, Bombeiros e para quem vai seguir a carreira militar trazem esse assunto. Por isso é bom se preparar.

Já pensou se é divulgado um edital e lá você encontra inglês como conteúdo de prova, mas você não faz ideia de como isso será trabalhado? Para quem é fluente na língua pode até parecer bobagem, mas vamos analisar: você sabe tudo de português? Você estuda Língua Portuguesa quando vai treinar para concurso? Com o inglês é a mesma coisa! Você precisa voltar àquilo que aprendeu de gramática na escola e memorizar o vocabulário específico da área que você escolheu.

Então, prepare-se, porque nós vamos falar exatamente sobre isso!

Como estudar inglês para concursos públicos

Aqui você vai encontrar um passo a passo e dicas fundamentais para se sair bem na prova de Língua Inglesa:

1. Saiba o que vai cair na prova

O primeiro passo, assim como em qualquer concurso, é ler o edital com muita atenção. Nele você saberá com certeza quais disciplinas serão avaliadas. Sem contar que todo o conteúdo programático, ou seja, exatamente o que será cobrado na prova, está no edital.

Tratando-se de inglês para concursos públicos, muito provavelmente, será trabalhada bastante interpretação de texto, então esteja preparado para ler. Mas não pense que a gramática fica de fora. Normalmente, as questões de Inglês em provas de concurso são mistas.

E, para você compreender 100% do que está escrito, é preciso saber a estrutura frasal de acordo com as classes gramaticais e tempos verbais, expressões, afixos, marcas de discurso e por aí vai. Não necessariamente você precisará explicar a regra, mas entendê-la será essencial para acertar uma resposta ou completar as lacunas, por exemplo.

Sobre isso vamos falar mais categoricamente nas dicas abaixo.

2. Treine sua leitura

Como acabamos de dizer, você terá que lidar com textos, então um bom jeito de estudar é lendo. Treine sua leitura com textos da área específica do concurso para se habituar ao vocabulário e formato da escrita. E quando a leitura ficar cansativa, use formas mais divertidas. Procure um livro com o tema que você gosta ou leia a letra de uma música.

Dessa forma, você vai condicionar o seu cérebro para ler e entender o inglês e ainda pode curtir um momento de lazer. Aprender enquanto você relaxa parece uma boa, não é mesmo? Você ainda pode colocar uma série com áudio original e legenda em inglês, mas não precisa se preocupar com ouvir e falar, porque isso provavelmente não será cobrado.

Foque em entender o que está escrito! Nesse momento, algumas palavras adotadas para o nosso vocabulário cotidiano podem ser de grande ajuda, como: marketing, shopping center, office boy, work, upgrade, coffee, drink, travel, break, ice cream, outdoor, lady, entre outros.

3. Estude termos relacionados ao seu concurso

Você pode já ser fluente em inglês, mas nunca saberá todas as palavras do dicionário, assim como não sabemos tudo em português. E é como diz o ditado “vivendo e aprendendo”, então vamos viver o vocabulário específico. Isso mesmo! É preciso estar familiarizado com termos técnicos e formais da área tratada pelo concurso.

A Língua Inglesa é mais comum em provas para Diplomatas, Polícias, Bombeiros e Oficiais. Nesses casos você provavelmente vai ter que saber vocabulário de legislação e política, por exemplo. Então, realize pesquisas e procure textos sobre esses assuntos em inglês. Faça o seguinte:

  • Anote as palavras e seus significados e espalhe pela casa em lugares que você vai sempre ver;
  • Se possível, desenhe o sentido da palavra para uma melhor visualização;
  • Estipule uma meta de palavras para aprender diariamente, sem deixar de lado as que você já conhece;
  • Crie para si um dicionário especial e o leia todos os dias.

Para quem é mais avançado no idioma, não se atenha apenas a palavras. Escreva frases simples e complexas que sejam comuns aos textos que você leu. Talvez alguma delas até apareça na prova.

Sem contar que, tendo um bom vocabulário, outras palavras que você não conhece vão ficar fáceis de descobrir o significado pelo contexto na hora da prova.

4. Verbos regulares e irregulares: eles sempre aparecem!

Algo muito importante na gramática são os verbos e no inglês nós temos regulares e irregulares. Isso é, com certeza, algo com que você pode contar para cair na prova. Então, vamos dar uma olhadinha em como funciona?

A estrutura dos verbos muda quando colocados no passado simples ou no passado particípio. Quando falamos de verbos regulares, a coisa é bastante simples, tudo o que você precisa fazer é acrescentar "ed" no final da maioria dos verbos. Contudo existem algumas variações dessa regrinha, nada muito difícil:

  • Quando a palavra termina em E apenas adicione o “d”;
  • Se o verbo termina em consoante + Y, você deve substituir o Y por “ies”.

Então, mantém o novo formato da palavra para esses dois tempos verbais. Veja os exemplos:

  • Work – Worked
  • Want – Wanted
  • Use – Used
  • Change – Changed
  • Play – Played
  • Enjoy – Enjoyed
  • Try – Tried
  • Study – Studied
  • Stop – Stopped

Fácil, não é?! Mas fica um pouquinho complicado com os irregulares, porque esses verbos não seguem uma regra. Sua estrutura pode mudar parcial ou totalmente e o único jeito de aprender é lendo, relendo, escrevendo, falando e internalizando. Dá uma olhada nessa tabela com alguns exemplos:

InfinitivePresentSimple PastPast ParticipleTranslation
To beAm / Is / AreWas / WereBeenSer / Estar
To beginBeginBeganBegunComeçar
To breakBreakBrokeBrokenQuebrar
To buyBuyBoughtBoughtComprar
To chooseChooseChoseChosenEscolher
To comeComeCameComeVir
To dealDealDealtDealtNegociar
To doDo / DoesDidDoneFazer
To findFindFoundFoundEncontrar
To getGetGotGottenConseguir / Obter
To goGoWentGoneIr
To haveHave / HasHadHadTer
To keepKeepKeptKeptGuardar
To knowKnowKnewKnownSaber
To makeMakeMadeMadeFazer / Criar
To payPayPaidPaidPagar
To readReadReadReadLer
To saySaySaidSaidDizer
To seeSeeSawSeenVer
To showShowShowedShownMostrar / Exibir
To speakSpeakSpokeSpokenFalar
To takeTakeTookTakenPegar
To teachTeachTaughtTaughtEnsinar
To thinkThinkThoughtThoughtPensar
To writeWriteWroteWrittenEscrever

5. O essencial da gramática

Como já falamos lá na primeira dica, o que você precisa saber de extrema importância no inglês para concursos públicos, em questão de gramática, é a estrutura da frase e os tempos verbais. A organização frasal na Língua Inglesa é bem parecida com o que temos no português:

Sujeito + Verbo + Complemento.

Exemplos:

  • She is a beautiful girl – Ela é uma garota bonita;
  • My cat was in the garage – Meu gato estava na garagem;
  • I go to the supermaket once a week – Eu vou ao supermercado uma vez por semana;
  • He works every day – Ele trabalha todos os dias;
  • They played soccer yesterday – Eles jogaram futebol ontem.

Toda oração afirmativa será escrita nesse modelo. Mas nas frases negativas e interrogativas pode mudar um pouco, uma vez que no Inglês existem os verbos auxiliares. Eles indicam em qual tempo as sentenças estão sendo ditas: presente, passado ou futuro. Logo, elas ficam dessa forma:

Negativa: Sujeito + Verbo Auxiliar + not + Verbo Principal (ação) + Complemento.

  • I do not (don’t) go to the supermarket once a week – Eu não vou ao supermercado uma vez por semana;
  • He does not (doesn’t) work every day – Ele não trabalha todo dia;
  • They did not (didn’t) play soccer yesterday – Eles não jogaram futebol ontem.

Interrogativa: Verbo Auxiliar + Sujeito + Verbo Principal + Complemento?

  • Do I go to the supermaket once a week? – Eu vou ao supermercado uma vez por semana?
  • Does he work every day? – Ele trabalha todo dia?
  • Did they play soccer yesterday? – Eles jogaram futebol ontem?

O verbo auxiliar nunca vai aparecer na Afirmativa? Na verdade, ele não aparece quando estamos conjugando no presente simples ou no passado simples, porque nesses casos o tempo verbal é indicado pela alteração do verbo principal. Mas as outras divisões de presente, passado e futuro (continuous, perfect e perfect continuous) vão ter dois ou mais verbos:

  • He is cooking lunch now – Ele está cozinhando o almoço agora.
  • My dogs were barking to the strangers – Meus cachorros estavam latindo para os estranhos.
  • Will we travel next week? – Nós viajaremos semana que vem?
  • I’ll have finished my homework when mom arrives home – Eu terei terminado minha tarefa de casa quando mamãe chegar em casa.
  • She will have been playing piano for twenty-one years when she turns thirty – Ela terá tocado piano por vinte e um anos quando fizer trinta.
  • She hasn’t been a nice teacher these days – Ela não tem sido uma boa professora esses dias.
  • How long have they been talking? – Há quanto tempo eles têm conversado?
  • They had visited London a few times – Eles visitaram Londres algumas vezes.
  • I had been working here for three years – Eu tenho trabalhado aqui por três anos.

Já que estamos falando de verbos, quando for estudar inglês para concursos públicos fique ligado também nos Modal Verbs. Eles indicam possibilidade, probabilidade, permissão, pedido, habilidade e sugestões. São: can, could, will, would, may, might, must, should, ought to e used to. Tem também os Phrasal Verbs, que são verbos acompanhados de preposição ou advérbio. Preste atenção porque essa partícula após o verbo muda completamente seu sentido:

  • She looks pretty – Ela parece bonita.
  • She looks at me with a smile – Ela olha para mim com um sorriso.

Alguns bastante comuns são: look after, look for, give in, give up, give away, take down, take back, take over, put out, put down, put up with, go out, go through, go on e keep up.

6. Atenção com falso cognato

Agora tenha muita atenção! Algumas palavras no inglês têm a grafia muito parecida com termos em português, são os cognatos. Mas nem sempre vão ter o mesmo significado, sendo chamados de falsos cognatos ou false friends. Para eles também não existe uma regra específica, então é preciso ficar ligado para evitar confusões. Vamos ver alguns, começando pelo clássico:

Pretend – essa palavra parece muito com o nosso “pretender”, mas não se engane, essa não é a tradução correta – significa “fingir”. Enquanto “pretender” é traduzido como “intend”. Captou a mensagem? Então, vejamos outros:

  • Actually = Na verdade ----> Currently = Atualmente;
  • Library = Biblioteca ----> Book Store = Livraria;
  • Collar = Gola ----> Necklace = Colar;
  • Injury = Ferimento ----> Insult / Outrage = Injúria;
  • Jar = Pote ----> Pitcher = Jarra;
  • Record = Gravar / Filmar ----> Remember = Recordar;
  • Push = Empurrar ----> Pull = Puxar;
  • Tax = Imposto ----> Rate = Taxa;
  • Realize = Perceber ----> Perform = Realizar;
  • Legend = Lenda ----> Subtitles = Legenda;
  • Novel = Livro de romance ----> Soap Opera = Novela;
  • Assist = Dar assistência ----> Watch = Assistir (no sentido de ver) algo.

Mas, por sorte, existem outras palavras que são verdadeiros cognatos (true friends) e você pode se apegar a elas para garantir um bom entendimento. Por exemplo:

  • Confused – Confuso;
  • Intention – Intenção;
  • Celebration – Celebração;
  • Enemies – Inimigos;
  • Surprise – Surpresa;
  • Orientation – Orientação;
  • Demonstration – Demonstração;
  • Union – União;
  • Action – Ação;
  • Document – Documento;
  • Official – Oficial;
  • Acomodação – Accommodation;
  • Authority – Autoridade.

7. Conheça a banca organizadora

Uma parte muito importante, e isso vale para qualquer seleção, é conhecer a banca examinadora. A empresa ou órgão responsável pela organização de um concurso tende a manter um padrão de questões e método de avaliação. Assim, você pode procurar concursos anteriores realizados por essa banca e, ao analisá-los, você não será pego de surpresa na hora da prova.

8. Faça muitos simulados

Aproveitando que você vai procurar provas anteriores da banca examinadora, aproveite para ir atrás de simulados também para testar seus conhecimentos. Uma técnica infalível de aprendizagem é a repetição: quanto mais você repete, mais você memoriza. E responder questões é um excelente jeito de gravar o conteúdo, porque assim você treina o seu cérebro de um jeito prático para a hora do concurso.

9. Leia o enunciado

Para a prova, uma técnica muito boa para ganhar tempo e facilitar a interpretação é ler primeiro o enunciado. Veja o que a questão pede, assim quando for ler o texto já saberá o que procurar. Outra coisa para se notar no enunciado da questão são os tempos verbais ou termos de temporalidade, como today, yesterday, that time ou last week, pois eles indicarão a resposta correta.

Além disso, algumas expressões e palavras-chave na pergunta podem ajudar bastante como: but (mas), because (porque), the best (o melhor), the worst (o pior), the most (o mais) ou if / whether (se). Preste atenção também em nomes de pessoas, cidades, estados e países, bem como datas e palavras destacadas. Esses termos serão essenciais na hora de compreender o texto.

10. Técnicas de leitura

Agora que você já treinou sua leitura em casa e leu o enunciado, é hora de buscar respostas no texto. Para isso, existem duas técnicas que facilitam o entendimento. A primeira é o Skimming, uma leitura rápida para compreender a ideia geral do texto.

Depois faça o Scanning: volte ao texto procurando as palavras-chave ou termos parecidos com os do enunciado. Quando encontrar o que precisa, grife a frase completa, releia o enunciado e veja se faz sentido. Então, é só marcar a resposta certa.

Um lembrete que é válido para todas as etapas dessa lista é: nunca traduza palavra por palavra quando estiver lendo. Se fizer isso, provavelmente vai confundir o sentido da frase e assim poderá errar feio. Então, comece a estudar desde já para garantir uma boa nota e se destacar na prova.

Para melhorar seu desempenho de aprendizagem, confira dicas de como estudar para concurso público em pouco tempo. Assim, você vai conseguir se organizar de forma mais eficiente. Você ainda pode ler também sobre como fazer prova de concurso público e se preparar corretamente para o dia da avaliação.

Agora que você já sabe o que fazer, mãos à obra!

Este conteúdo faz parte do Guia do Concurseiro, uma página especial com os passos para você entender como o universo dos concursos públicos funciona. Continue sua jornada, clicando aqui!

Isadora Tristão
Redatora
Nascida na cidade de Goiânia e formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás, hoje, é redatora no site "Concursos no Brasil". Anteriormente, fez parte da criação de uma revista voltada para o público feminino, a Revista Trendy, onde trabalhou como repórter e gestora de mídias digitais por dois anos. Também já escreveu para os sites “Conhecimento Científico” e “KoreaIN”. Em 2018 publicou seu livro-reportagem intitulado “Césio 137: os tons de um acidente”, sobre o acidente radiológico que aconteceu na capital goiana no final da década de 1980.

Compartilhe

Comentários