Como ingressar na Força Aérea Brasileira - FAB

Muitas pessoas desejam fazer parte da Força Aérea e ainda não sabem como fazer. Saiba de uma vez por todas como ingressar na Força Aérea Brasileira.

A Força Aérea Brasileira - FAB é uma instituição que atua de forma capacitada na vigilância, no controle e na defesa do espaço aéreo. Neste artigo você vai conhecer todas as formas de ingresso na FAB.

Trata-se de uma instituição que possui inúmeros recursos para detectar, interceptar e eliminar equipamentos terrestres, aéreos e aquáticos. Na Força Aérea Brasileira, as carreiras são divididas em três categorias: infantaria, intendência e aviação.

Na intendência e na aviação são aceitos ambos os sexos, porém, não acontece o mesmo na infantaria, já que é restrita somente aos homens.

Quando uma pessoa entra para a Força Aérea Brasileira tem que fazer um juramento, no qual o militar coloca a sua vida a serviço do Brasil, perante a Bandeira Nacional. Com isso, o militar tem a missão de defender a pátria, mantendo a soberania do espaço aéreo brasileiro.

Serviço Militar na Força Aérea Brasileira

Conforme previsto em Lei, os jovens do sexo masculino são obrigados a prestar serviço militar e com isso, são incorporados pelo período de um ano.

O ingresso é feito por meio de recrutamento obrigatório, podendo posteriormente realizar exames de seleção interna e chegar até o posto de Cabo. Desta forma, permanecerá na Força Aérea Brasileira por até oito anos.

Seguir carreira na Força Aérea Brasileira

A situação de uma pessoa que presta serviço militar é distinta daquele que se inscreve para prestar provas por meio de concurso público para uma das escolas da FAB.

Aquele que presta serviço militar, após determinado período, terá que ser desligado da corporação. Já o que presta concurso poderá seguir uma carreira das Armas e continuar na FAB até se aposentar.

A Força Aérea Brasileira oferece, anualmente, mais de vinte concursos para militares e civis que querem seguir a carreira na FAB. Os civis que desejam entrar para a FAB têm oportunidades dos 14 ao 42 anos.

Jovens sem Ensino Médio completo

A Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR) fica localizada em Barbacena – MG. Esta escola oferece formação de nível médio, assim como também prepara os jovens para o ingresso na Academia da Força Aérea.

Aqueles que finalizam o curso na EPCAR possuem vaga garantida no Curso de Formação de Oficiais Aviadores.

Jovens com Ensino Médio completo

Para se tornar Sargento da FAB é necessário ter menos de 24 anos e ter concluído o Ensino Médio completo. Para isso, é necessário estudar na Escola de Especialistas da Aeronáutica, que fica em Guaratinguetá – SP.

O período do curso é de 2 anos ou de 24 semanas, dependendo da área.

Graduados

Na Academia da Força Aérea é feita a formação dos oficiais de carreira da FAB.

De todo modo, na FAB também são aceitos profissionais formados em faculdades civis.

Quadros de Apoio

A Força Aérea Brasileira admite para o seu quadro de apoio, homens e mulheres de diferentes formações, por meio de concurso público.

As áreas de formação são diversas, tais como engenharia, comunicação social, direito, medicina, odontologia, farmácia, entre outras.

O candidato ao quadro de apoio precisa fazer uma prova teórica, testes físicos e exames médicos.

Após esta avaliação inicial, deverá fazer um curso de adaptação à carreira militar que dura 17 semanas, no Centro de Instrução da Aeronáutica (CIAAR), situado em Belo Horizonte – MG.

Para mais informações, acesse o site http://www.fab.mil.br/ingresso

Edição: Alberto Vicente (Professor/Servidor Público/Letras e jornalista Web). Colaborou: Janaina Silva (Bacharelada em Direito, pós-graduada em Processo Civil e Direito Civil, Direito Público [Administrativo, Constitucional e Tributário] e Direito do Consumidor e Responsabilidade Civil. Estudante de Propaganda e Marketing e jornalista Web.

Tópico: Aeronáutica

Alberto Vicente
Redator
Formado em Letras pela UEFS, colabora com o time Concursos no Brasil desde 2011, produzindo conteúdos sob medida para os seus leitores. Começou a escrever textos para a internet no ano de 1997 e não parou mais.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »