Como regularizar o CPF sem sair de casa: confira o passo a passo

Descubra como atualizar ou verificar sua situação e até mesmo como regularizar o CPF sem sair de casa.

Como regularizar o CPF sem sair de casa, CPF

Documento precisa estar em dia para solicitar auxílio emergencial. - Foto: WikiMedia

O Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) é um dos documentos mais importantes que existe no Brasil. Se você não possui CPF ou ele está em situação irregular, poderá ter problemas com a União e até mesmo deixar de receber benefícios como o auxílio emergencial do Governo Federal. Por isso, é muito importante entender como regularizar o CPF sem sair de casa, evitando assim dores de cabeça no futuro.

É interessante regularizar o CPF sem sair de casa e não diretamente na Receita Federal ou em locais como a Caixa, Correios ou Banco do Brasil por duas razões!

A primeira é que, infelizmente, estamos em um momento complicado na História. O mundo passa por uma grave crise de saúde por causa da pandemia de coronavírus (COVID-19) e o isolamento social é uma prática recomendada pelo Ministério da Saúde.

Além disso, é válido informar que muitos prédios onde funcionam serviços públicos foram fechados temporariamente devido à doença. Entre eles, unidades da Receita Federal (RF) e Correios, por exemplo.

A segunda razão é ainda mais simples: todo o processo de regularização do CPF é gratuito se você fizer pela internet!

Sem CPF, sem auxílio emergencial

O CPF é um documento essencial para uma pessoa que mora no Brasil. Para se ter ideia, ele foi escolhido como a base para receber o auxílio emergencial de R$ 600,00 mensais que o Governo Federal pagará a milhões de brasileiros. Essa foi uma das formas encontradas para mitigar os efeitos da crise econômica provocada pela pandemia de coronavírus.

Dentro do grupo que receberá o dinheiro estão indivíduos sem renda fixa, desempregados, informais e microempreendedores individuais, trabalhadores autônomos, sendo que já estão incluídos beneficiados pelo Bolsa Família e inscritos no CadÚnico.

Só que muitas pessoas estão descobrindo que não poderão fazer o pedido do auxílio porque o CPF não está em dia com a Receita Federal. E tudo isso pode fazer com que você faça perguntas como: será que meu CPF está regularizado? Como eu faço para verificar a situação? E se não estiver regularizado, o que fazer?

Calma, que a gente não vai te deixar na mão. Iremos responder todas essas perguntas no nosso passo a passo. Veja:

Como ver se CPF está regular

Para saber se seu CPF está regular:

  • Em seguida, clique na opção “Comprovante de Situação Cadastral no CPF”;

  • Por fim, preencha seu CPF, sua data de nascimento, clique na caixa “Não sou um robô” e depois em "Consultar".

Você será redirecionado para uma página própria. Nela, aparecerá todos os seus dados e a situação em que você se encontra.

Como atualizar dados do CPF

  • Clique em “Alterar cadastro CPF”;

  • A página abaixo será aberta. Nela, clique no link que está circulado em amarelo;

  • Se tudo der certo, você entrará na página retratada na imagem a seguir. Aí, é só preencher os seus dados.

Como regularizar o CPF

Agora, se você precisa regularizar o seu CPF, siga as próximas orientações:

  • Vá até a opção “Regularização CPF”;

  • Vá até o link onde circulamos em amarelo;

  • A página da imagem abaixo vai aparecer. Preencha os seus dados e clique no botão “Enviar”.

Como regularizar o CPF pelo Telegram

Agora, também é possível regularizar o CPF pelo Telegram. Isso porque a Receita Federal criou um chat de atendimento no mensageiro instantâneo que permite ao cidadão fazer o envio dos documentos e de demais informações necessárias.

Para regularizar o CPF pelo Telegram:

  • Baixe o aplicativo do Telegram no seu celular, caso ainda não o tenha;
  • Crie sua conta no Telegram;
  • Procure pelo canal ReceitaFederalOficial;
  • Envie uma mensagem para este canal;
  • Siga as orientações do chatbot, uma tecnologia que possibilita o atendimento virtual sem que uma pessoa física fale com você;
  • Envie os documentos e informações que forem solicitados;
  • Aguarde a análise do pedido.

Ainda não deu certo?

Infelizmente, existem casos nos quais a regularização pelo site não dá certo. Se isso ocorrer com você, não se desespere. Existem e-mails que as pessoas podem mandar mensagens pedindo ajuda, são eles:

No e-mail é preciso informar no campo “assunto” qual problema precisa ser solucionado. Se for uma regularização, coloque “Regularização de CPF”, se for uma alteração, escreva “Alteração de CPF” e assim por diante.

Além disso, é preciso que o interessado anexe os seguintes documentos:

  • Documento de identificação (para maiores de 16 anos vale o RG. Para menores de 16 serve RG ou Certidão de Nascimento, mas é preciso ter também o RG do responsável);
  • Comprovante de endereço;
  • Protocolo de Atendimento gerado na Internet ou na entidade conveniada (Caixa, Banco do Brasil Correios);
  • Foto do rosto do interessado segurando o documento de identificação aberto (mostrando frente e verso).

A resposta será dada via e-mail, podendo ter dois cenários: aprovação ou reprovação.

Em caso de aprovação, pode comemorar! Seu CPF está regularizado e agora você pode receber o auxílio emergencial ou mesmo utilizar o seu documento para outras atividades.

Porém, se mesmo assim o seu pedido for negado, uma nova instrução será dada a você no e-mail de resposta da Receita Federal. Lá, você será orientado a se deslocar até uma unidade da RF.

É preciso lembrar que nem todos os prédios estão funcionando por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Dessa forma, recomendamos que pesquise na internet qual é a unidade em funcionamento mais perto da sua casa, assim como o horário de atendimento para evitar surpresas desagradáveis.

Regularizei. Por que ainda não liberaram meu auxílio emergencial?

Mesmo que você tenha regularizado a sua situação, é preciso esperar um tempo até que haja uma atualização. De acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF), esse prazo pode ser de até três dias.

Em resposta ao portal de notícias G1, a Caixa afirmou que “a atualização da situação do CPF na Receita Federal não sensibiliza automaticamente as informações no aplicativo da Caixa. Essas informações são encaminhadas pela Receita Federal para a Caixa em processamento noturno, podendo levar até três dias para que a base do aplicativo esteja atualizada”.

Portanto, infelizmente, ainda é preciso aguardar já que milhões de pessoas irão receber o auxílio emergencial e várias estão regularizando seus documentos. Se não bastasse, por causa do coronavírus, os serviços vêm sendo afetados, tornando-se mais lentos.

Por outro lado, a RF está fazendo mutirões para desbloquear o maior número de CPF’s possível. Segundo o órgão, mais de 1,2 mil servidores estão trabalhando somente para regularizar a situação dos brasileiros.

Fique sempre de olho no seu CPF

Por fim, damos a dica de que é sempre importante conferir se o seu CPF está regular, caso contrário você poderá ter muitos problemas com a Receita Federal ou outros órgãos — até mesmo empresas podem deixar de prestar um serviço se seu CPF estiver irregular. Qualquer dúvida sobre o tema, entre em contato com a Receita federal.

Veja também

Tópico: Receita Federal

Carlos Rocha
Redator
Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe

Comentários