Como solicitar tarifa social de energia no Rio de Janeiro

Tarifa social oferece desconto de até 65% na conta de energia elétrica. Confira se você tem direito e como solicitar:

Como solicitar tarifa social de energia no Rio de Janeiro, lâmpada acesa

Descontos podem chegar a 65%. - Foto: Pixabay

Se você mora no estado do Rio de Janeiro e acredita que sua conta de luz está muito cara, ficando inviável de pagar a cada mês, saiba que é possível obter um grande desconto no preço total. A tarifa social de energia é um direito para diversos clientes de baixa renda.

Quem pode solicitar a tarifa social

A redução oferecida pode chegar a 65% do valor, dependendo do caso. Portanto, confira logo abaixo se você está entre as pessoas que podem solicitar:

  • Inscritos no CadÚnico do Governo Federal em programas sociais. É preciso que a renda mensal média dos integrantes seja igual ou inferior a R$ 522,50, o equivalente a meio salário mínimo;
  • Pessoas com Deficiência (PcD), desde que recebam o Benefício de Prestação Continuada (BPC) pago pela Previdência Social;
  • Idosos com idade a partir de 65 anos;
  • Família que tenha uma pessoa com doença que necessite que haja aparelho ligado à rede elétrica e cuja renda total seja de até três salários mínimos.

Como solicitar o benefício

Para solicitar a tarifa social de energia no Rio de Janeiro, o interessado deve ir até uma representação da sua fornecedora de energia e pedir que sua residência seja considerada como uma unidade consumidora na subclasse de baixa renda. Além disso, é preciso levar os seguintes documentos:

  • Comprovante de estar em dia com as contas de energia;
  • RG e CPF do titular do benefício;
  • NIS (Número de Identificação Social), Código Familiar no Cadastro Único ou o número do Benefício do BPC;
  • Relatório médico para o caso de portadores de doença que precisam de aparelhos movidos a energia elétrica.

Light faz mutirão

Visando auxiliar os clientes que possuem o direito de solicitarem o desconto, a fornecedora de energia elétrica, Light, começou a fazer um mutirão em alguns locais do estado do Rio de Janeiro, como o município de Nova Iguaçu.

De acordo com a fornecedora, a redução varia conforme a faixa de consumo de energia da unidade. Quem consumir menos, terá um maior desconto.

Mais informações

Recomendamos que o interessado entre em contato com a sua fornecedora de energia elétrica para obter mais informações e saber quais unidades estão abertas para atendimento ao público durante a pandemia do novo coronavírus.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) possui um telefone gratuito para solucionar dúvidas. Para isso, basta ligar no número 167. Existe ainda a possibilidade de saber mais sobre o assunto no site da agência.

Carlos Rocha
Redator
Jornalista formado (UFG), atualmente redator no site Concursos no Brasil. Foi roteirista do Canal Fatos Desconhecidos (YouTube) por um ano e meio. Produziu conteúdo de podcast para o Deezer. Fez parte da Rádio Universitária (870AM) por três anos e meio como apresentador no Programa Fanático e como repórter, narrador e comentarista da Equipe Doutores da Bola. Fã de futebol, NFL e ouvinte de podcast.

Compartilhe

Comentários