Concurso Polícia Federal: o que faz um Delegado da PF?

Afinal, você sabe o que faz um Delegado da PF? Conheça as atribuições desse cargo, que contará com 123 vagas no concurso da Polícia Federal.

O que faz um Delegado da PF: enquadramento em lateral de viatura da Polícia Federal

Os delegados coordenam os quadros da PF, presidindo inquéritos e liderando as atividades da Polícia Judiciária. - Foto: André Gustavo Stumpf / Flickr

Das 1.500 vagas autorizadas para o concurso Polícia Federal, 123 oportunidades serão devidamente destinadas para delegados. Os profissionais classificados dentro dessa carreira, no ano de 2018, contaram com remuneração de R$ 22.672,48 (a maior da corporação). Mas você sabe o que faz um Delegado da PF?

De uma forma geral, os profissionais concursados servem ao Estado como agentes da lei. Eles coordenam os quadros da PF, presidindo inquéritos e liderando todas as atividades da Polícia Judiciária. Além do mais, os delegados participam do planejamento de operações e supervisionam missões em caráter sigiloso.

Quer saber mais detalhes sobre as atribuições do cargo? Leia a matéria na íntegra para ficar por dentro dessas e de outras informações. Além do mais, confira o nosso artigo especial a respeito das etapas classificatórias presentes no concurso Polícia Federal!

Concurso Polícia Federal: 123 vagas confirmadas para Delegado

O documento de autorização, disponível no Sistema Eletrônico de Informações (SEI) e também no Diário Oficial da União, apresentou o quantitativo de 1.500 vagas para o concurso Polícia Federal. Dentre as oportunidades efetivas, 123 vão ser preenchidas para o cargo de Delegado da PF.

Confira, abaixo, todas as vagas que foram autorizadas:

Após a publicação do aval, a previsão é de que o edital de abertura seja liberado em até 180 dias. "O prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público será de até seis meses, contado a partir da publicação desta portaria", informa a autorização.

Concurso Polícia Federal: requisitos gerais para todos os cargos

  • Ser aprovado no concurso público e não ter sido eliminado na investigação social;
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses;
  • Estar em dia com os direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Possuir carteira de identidade civil, além de CNH na categoria “B”;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo;
  • Ter idade mínima de 18 anos, estando completos na data de matrícula no Curso de Formação Profissional;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.

Quanto ganha um Escrivão da PF? E quais são os requisitos específicos?

Em 2018, os candidatos classificados no cargo de Delegado da PF foram contemplados com remunerações de R$ 22.672,48. Os valores, após o lançamento do edital de abertura, poderão sofrer ajustes pontuais pela própria corporação.

Tudo dependerá dos critérios adotados pelos devidos aumentos para a carreira. Para ingressar na disputa, os profissionais devem ter nível superior em Direito e ao menos três anos de atividade jurídica/policial. As jornadas de trabalho geralmente são compostas por 40 horas semanais.

O que faz um Delegado da PF?

O Delegado da PF, conforme informações disponíveis no edital de 2018, tende a ficar responsável por diversas atribuições. Confira todas elas:

  • Instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação;
  • Orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais;
  • Participar do planejamento de operações de segurança e investigações;
  • Supervisionar e executar missões de caráter sigiloso;
  • Participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

Etapas do último concurso Polícia Federal

No ano de 2018, o concurso Polícia Federal foi realizado por meio do edital nº 1-DGP/PF e sob responsabilidade da banca Cebraspe. O objetivo foi de preencher 500 vagas efetivas para os cargos de Delegado, Perito Criminal, Agente de Polícia, Escrivão e Papiloscopista. Confira, abaixo, as etapas classificatórias de 2018 para o cargo de Delegado da PF:

Delegado da PF: demandas por vaga em 2018

A banca Cebraspe disponibilizou uma página específica com todos os detalhes sobre o concurso Polícia Federal de 2018, incluindo as demandas por vaga. Veja a concorrência para o cargo de Delegado da PF:

  • Inscritos totais: 17.816;
  • Vagas totais: 150;
  • Demandas gerais por vaga: 118,77;
  • Vagas em ampla concorrência: 112;
  • Demandas por vaga em ampla concorrência: 159,0.
Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Comentários

Especial PRF

Veja mais »