Concurso Polícia Federal: precisa de curso superior?

Precisa de curso superior para concorrer aos cargos do concurso Polícia Federal? Acompanhe nossa matéria e tire suas dúvidas.

Com autorização do concurso Polícia Federal, muitas pessoas podem estar se perguntar sobre os requisitos mínimos para entrar na disputa. Afinal de contas, é necessário ter curso superior para pleitear alguma das 1.500 novas vagas efetivas?

Resposta direta: sim. Todos os cargos confirmados serão destinados para profissionais com graduação completa. Entretanto, algumas exigências são diferentes para o cargo de Delegado da PF.

Concurso Polícia Federal é confirmado; 1.500 vagas

Depois de inúmeras especulações sobre o concurso Polícia Federal, a autorização finalmente foi elaborada pelas entidades responsáveis. Esse documento traz o quantitativo aprovado de 1.500 vagas. Veja a distribuição:

  • Agente da Polícia Federal: 893 vagas;
  • Escrivão da Polícia Federal: 400 vagas;
  • Delegado da Polícia Federal: 123 vagas;
  • Papiloscopista: 84 vagas.

"O prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público será de até seis meses, contado a partir da publicação desta portaria", informam as entidades que elaboraram a autorização.

Concurso Polícia Federal: precisa de curso superior?

Todos os cargos autorizados serão destinados para profissionais com curso superior completo. No caso da carreira de Delegado, será necessário ter diploma de bacharel em Direito e experiência mínima de três anos em atividades jurídicas/policiais. A remuneração inicial, com base no edital de 2018, foi calculada no valor de R$ 22.672,48 para jornadas de 40 horas semanais.

Para os demais cargos (Agente, Papiloscopista e Escrivão), será preciso ter curso superior em qualquer área de formação. A remuneração das três carreiras, após a aprovação no certame de 2018, foi de R$ 11.983,26 para jornadas semanais de 40 horas.

Além do mais, todos os candidatos tiveram que atender a outros requisitos gerais. Observe:

  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa;
  • Estar em dia com os direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares (para candidato do sexo masculino);
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Possuir carteira de identidade civil, além de CNH na categoria “B” (no mínimo);
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo;
  • Ter pelo menos 18 anos até a data de matrícula no Curso de Formação Profissional (CFP); e
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo em questão.
Bruno Destéfano
Diretor de redação
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »