Concurso Polícia Federal: tudo sobre os cargos autorizados

Concurso Polícia Federal contemplará 1.500 vagas para Agente, Escrivão, Delegado e Papiloscopista. Saiba tudo sobre os cargos autorizados.

Cargos autorizados para o concurso Polícia Federal: enquadramento em lateral de viatura da Polícia Federal

O concurso Polícia Federal contará com 1.500 vagas. - Foto: André Gustavo Stumpf / Flickr

O concurso Polícia Federal recebeu aval para o preenchimento de 1.500 vagas efetivas. Com os cargos autorizados, a expectativa é de que a banca organizadora seja anunciada ao longo das próximas semanas. O edital de abertura, por sua vez, será provavelmente liberado em até seis meses!

"O prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público será de até seis meses, contado a partir da publicação desta portaria", diz o documento da autorização, que ainda vai ser publicado no Diário Oficial da União. Vale ressaltar que, ao longo do encerramento do curso de formação da PF, o presidente Jair Bolsonaro disse que o edital do concurso Polícia Federal já está sendo finalizado.

“Estamos ultimando a confecção do edital de modo que o possamos ter esse efetivo a mais para combater o crime organizado no país”, destacou na primeira quinzena de outubro de 2020. Isso quer dizer que os concurseiros precisam se preparar com antecedência, porque o novo concurso da PF já é mais do que realidade! Acompanhe a matéria na íntegra e veja todos os detalhes sobre os cargos autorizados para a corporação.

Concurso Polícia Federal: 1.500 vagas para os cargos autorizados

Conforme o documento de autorização, o concurso Polícia Federal contará com 1.500 vagas para os seguintes cargos da corporação:

  • Agente da Polícia Federal: 893 vagas;
  • Escrivão da Polícia Federal: 400 vagas;
  • Delegado da Polícia Federal: 123 vagas;
  • Papiloscopista: 84 vagas.

Concurso Polícia Federal: requisitos gerais

  • Ser aprovado no concurso público e não ter sido eliminado na investigação social;
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses;
  • Estar em dia com os direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Possuir carteira de identidade civil, além de CNH na categoria “B”;
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo;
  • Ter idade mínima de 18 anos, estando completos na data de matrícula no Curso de Formação Profissional;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.

Concurso Polícia Federal: tudo sobre os cargos autorizados

Confira os requisitos, atribuições, remunerações e jornadas para os cargos do concurso Polícia Federal, conforme edital de 2018:

Delegado da Polícia Federal

  • Requisitos: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e comprovação de três anos de atividade jurídica ou policial;
  • Atribuições: instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação; orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança e investigações; supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins;
  • Remuneração: R$ 22.672,48;
  • Jornada de trabalho: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

Agente da Polícia Federal

  • Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC;
  • Atribuições: investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais, observada a competência da Polícia Federal; proceder à busca de dados necessários; executar todas as tarefas necessárias à identificação, ao arquivamento, à recuperação, à produção e ao preparo dos documentos de informações; executar todas as atividades necessárias à prevenção e repressão de ilícitos penais da competência da Polícia Federal; conduzir veículos automotores, embarcações e aeronaves; auxiliar a autoridade policial em todos os atos de investigação, cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas;
  • Remuneração: R$ 11.983,26;
  • Jornada de trabalho: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

Escrivão da Polícia Federal

  • Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC;
  • Atribuições: dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; atuar nos procedimentos policiais de investigação, acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais; responsabilizar-se pelo valor das fianças recebidas e pelos objetos de apreensão; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas;
  • Remuneração: R$ 11.983,26;
  • Jornada de trabalho: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

Papiloscopista da Polícia Federal

  • Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC;
  • Atribuições: executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os procedimentos de coleta, revelação, levantamento e armazenamento de fragmentos e impressões papilares, exames e laudos oficiais papiloscópicos, representação facial humana; operação e gestão de bancos e sistemas automatizados de identificação civil e criminal; assistir à autoridade policial; desenvolver estudos na área de papiloscopia; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas;
  • Remuneração: R$ 11.983,26;
  • Jornada de trabalho: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

Etapas do último concurso Polícia Federal

O concurso Polícia Federal, realizado em 2018, foi norteado pelo edital nº 1-DGP/PF. Na época, o propósito era de preencher vagas para os cargos de Delegado, Perito Criminal, Agente de Polícia, Escrivão e Papiloscopista. Foram ofertadas 500 oportunidades, incluindo aquelas reservadas aos inscritos negros e candidatos com deficiência (PcD).

Veja, abaixo, as etapas classificatórias do concurso anterior:

  • Prova objetiva;
  • Prova discursiva;
  • Exame de aptidão física;
  • Prova oral (somente para o cargo de Delegado de Polícia Federal);
  • Prova prática de digitação (somente para Escrivão de Polícia Federal);
  • Avaliação médica;
  • Avaliação psicológica; e
  • Avaliação de títulos (somente para o cargo de Delegado de Polícia Federal);
  • Curso de formação profissional: para os candidatos classificados em todas as etapas anteriores.

Demandas por vaga

Em 2018, o Cebraspe organizou todas as etapas do concurso Polícia Federal. A banca disponibilizou uma página específica com todos os detalhes sobre o certame da época, incluindo as demandas por vaga. Confira:

Delegado de Polícia Federal

  • Inscritos totais: 17.816;
  • Vagas totais: 150;
  • Demandas gerais por vaga: 118,77;
  • Vagas em ampla concorrência: 112;
  • Demandas por vaga em ampla concorrência: 159,0.

Agente da Polícia Federal

  • Inscritos totais: 92.671;
  • Vagas totais: 180;
  • Demandas gerais por vaga: 514,84;
  • Vagas em ampla concorrência: 135;
  • Demandas por vaga em ampla concorrência: 686,4.

Escrivão da Polícia Federal

  • Inscritos totais: 12.663;
  • Vagas totais: 80;
  • Demandas gerais por vaga: 158,29;
  • Vagas em ampla concorrência: 60;
  • Demandas por vaga em ampla concorrência: 211,05.

Papiloscopista da Polícia Federal

  • Inscritos totais: 6.452;
  • Vagas totais: 30;
  • Demandas gerais por vaga: 215,07;
  • Vagas em ampla concorrência: 22;
  • Demandas por vaga em ampla concorrência: 293,27.
Bruno Destéfano
Redator
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Auxílio Emergencial

Veja mais »