Consulta de auxílio emergencial pode ser feita por aplicativo; confira

Pelo aplicativo da Caixa, os beneficiários do auxílio emergencial podem consultar o saldo de suas parcelas. Veja como funciona e app e confira outras opções.

Ao que tudo indica, o auxílio emergencial será renovado neste ano de 2021. A ideia do governo é de liberar parcelas com valores reduzidos, no sentido de evitar desgastes nos cofres públicos. Com o pente fino, alguns critérios tenderão a ser modificados para diminuir a lista de cidadãos atendidos. Os beneficiários, então, poderão consultar as suas situações por meio do aplicativo “Caixa”.

Quando as novas parcelas forem liberadas pelo Ministério da Cidadania, será possível verificar os saldos por meio da plataforma da Caixa Econômica Federal. O governo brasileiro também disponibilizou, junto à Dataprev, uma página específica sobre o auxílio emergencial. Ela deverá continuar funcionando para a nova rodada de pagamentos.

Aplicativo poderá ser usado para consultar o auxílio emergencial 2021

Desde o ano passado, os beneficiários do auxílio emergencial podem verificar seus saldos por meio do aplicativo Caixa. O mesmo deverá acontecer para a nova rodada de parcelas. Para acessar o sistema da plataforma, basta seguir alguns procedimentos básicos. Confira:

  • Baixe o aplicativo em seu celular. Ele está disponível para sistemas Android e iOS;
  • Siga as instruções indicadas na tela, leia as informações com cuidado e toque em “Declaro que li e tenho ciência que me enquadro em todas as condições acima”;
  • Após, confirme a opção “Autorizo o acesso e uso dos meus dados para validar as informações acima”;
  • Informe seus dados completos, toque em “Não sou um robô” e vá em “Continuar”;
  • Finalize o procedimento.

Detalhe importante: caso surja alguma dúvida sobre como funciona as consultas das parcelas, entre em contato com a Caixa por meio do telefone 111.

Consulta também pode ser feita pelo Caixa Tem

Além das alternativas já mencionadas, os beneficiários também podem verificar o auxílio emergencial pelo aplicativo Caixa Tem. A plataforma funciona como um banco digital para pessoas de baixa renda, facilitando a movimentação dos benefícios governamentais. Sem tarifas adicionais, os interessados poderão consultar os saldos da conta, emitir extratos e realizar inúmeros pagamentos online.

Assim que o auxílio emergencial 2021 for aprovado e depositado, os beneficiários do programa poderão verificar se as parcelas caíram ou não em suas contas. Confira algumas funcionalidades do Caixa Tem:

  • Acesso às parcelas sem a necessidade de sacá-las em caixas eletrônicos ou correspondentes lotéricos;
  • Movimentações do dinheiro podem ser feitas pelo sistema do app (R$ 600 por vez, limite diário de R$ 1.200 e mensal de R$ 5.000);
  • Transferências bancárias sem tarifas;
  • Criação e uso do cartão de débito virtual;
  • Pagamento de compras pela internet;
  • Pagamento em maquininhas de cartão e por meio de QR Code.

Caixa Tem: como usá-lo pela primeira vez?

  • Baixe o aplicativo, que está disponível para celulares com sistemas Android e iOS;
  • O primeiro cadastro geralmente deve ser feito ao informar os dígitos do CPF e uma senha numérica de seis dígitos;
  • Depois do primeiro acesso pelo aplicativo Caixa Tem, será necessário apenas tocar no serviço desejado. A interface do sistema funciona como uma espécie de conversa pelo WhatsApp. Todas as funcionalidades costumam ser intuitivas, com o objetivo de evitar confusões e facilitar a usabilidade do app.
Bruno Destéfano
Diretor de redação
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »