Inscrição no Bolsa Família 2021: VEJA como fazer cadastro no programa

Quer se cadastro no programa e não sabe como? Veja, em nossa matéria, os procedimentos para efetuar a inscrição no Bolsa Família 2021.

Criado em 2004, o Bolsa Família sempre teve o intuito de auxiliar as famílias economicamente vulneráveis. O programa, desde então, garante transferências de renda para unidades familiares pobres e/ou extremamente pobres. Mas você sabe como realizar a inscrição no Bolsa Família para participar do programa e receber as parcelas mensais?

Atualmente, os beneficiários recebem quantias médias de R$ 192,00. As parcelas, que podem ser cumulativas, são depositadas para fortalecer o combate à desigualdade social, além de promover meios para facilitar a garantia de serviços do governo. Para se cadastrar no Bolsa Família, os interessados devem se registrar no CadÚnico ou no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Como fazer inscrição no Bolsa Família 2021?

Geralmente, as prefeituras municipais já contam com os dados sobre as famílias com baixa renda. Os profissionais responsáveis comparecem aos endereços das unidades familiares para incluí-las no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico). Também é possível fazer a inscrição no Bolsa Família 2021 de maneira presencial.

Como? Basta entrar em contato com o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo do munício em que reside. Para cadastrar o grupo familiar no programa, será necessário que uma pessoa se responsabilize por informar os dados de todos os integrantes.

Essa pessoa, assim sendo, deverá apresentar seu documento de identificação para fazer parte da base de dados do governo. Inclusive, a lista de unidades familiares que já compõem o Bolsa Família pode ser consultada pela internet. O “Atendimento Caixa Ao Cidadão” (telefone 0800 726 02 07) também está disponível para responder dúvidas que surjam ao longo do procedimento.

Benefícios atuais do Bolsa Família

O programa Bolsa Família é destinado para unidades familiares em situação de extrema pobreza (renda por pessoa de até R$ 89,00 por mês). Por conseguinte, as famílias pobres (renda por pessoa entre R$ 89,01 a R$ 178,00) também podem participar, desde que tenham, dentro de sua composição, mães que amamentam ou crianças/adolescentes entre 0 e 17 anos.

Confira os benefícios atuais do programa:

  • Básico: destinado para famílias em situação de extrema pobreza. O benefício, de R$ 89,00 por mês, pode ser acumulado;
  • Variável: para famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. O valor de cada parcela é de R$ 41,00, com a possibilidade de acumular até cinco cotas por mês (ou seja, R$ 205,00);
  • Variável para famílias com crianças de 0 a 15 anos: o valor mensal é de R$ 41,00;
  • Parcela variável para famílias com gestantes: podem ser transferidas até nove cotas por mês. O valor do benefício unitário é de R$ 41,00;
  • Variável para famílias com mães em período de amamentação: para grupos que tenham, em sua composição, crianças com idade entre 0 e seis meses. Valor de R$ 41,00 por mês;
  • Parcela variável para famílias com adolescentes entre 16 e 17 anos: o valor é de R$ 48,00 por mês, com a possibilidade de acumular até dois repasses (R$ 96,00);
  • Superação de vulnerabilidade: esse benefício é transferido para as famílias em situação de extrema pobreza. Cada unidade pode receber um benefício por mês. O valor é calculado de acordo com a renda per capita dos inscritos, além dos benefícios já contemplados.
Bruno Destéfano
Diretor de redação
Nasceu no interior de Goiás e se mudou para a capital, Goiânia, no início de 2015. Seu objetivo era o de cursar Jornalismo na UFG. Desde o fim de sua graduação, já atuou como roteirista, gestor de mídias digitais, assessor de imprensa na Câmara Municipal de Goiânia, redator web, editor de textos e locutor de rádio. Escreveu dois livros, sendo um de ficção e outro de não-ficção. Também recebeu prêmios pela produção de um podcast sobre temas raciais e por seu livro-reportagem "Insurgência - Crônicas de Repressão". Atualmente, trabalha como redator web no site "Concursos no Brasil" e está participando de uma nova empresa no ramo de marketing digital.

Compartilhe

Especial Concurso BB

Veja mais »