Profissões que estão em alta no quesito empregabilidade

Veja as listas com as dez formações que estão em alta ou em baixa no mercado de trabalho. Enfermagem, vendas e contabilidade ainda garantem mais vagas do que Antropologia, Artes e Filosofia.

Um dos grandes desafios do recém-formado hoje é, sem dúvidas, a inserção no mercado de trabalho, dentro da área para a qual se preparou. Para algumas profissões, as chances têm sido bem maiores do que para determinadas carreiras. Algumas áreas, por exemplo, encontram mais vagas na área pública, com a oferta frequente de concursos públicos, tais como o magistério e a Saúde. Para outras ocupações, essa possibilidade diminuem significativamente, ao passo que são ampliadas as chances de ingresso na iniciativa privada, a exemplo de algumas profissões estritamente técnicas ou tecnológicas.

Veja abaixo a lista com as carreiras que possuem mais e menos chances de empregabilidade em tempo satisfatório. A relação foi divulgada pelo grupo H&R Block e fornece para muitos que ainda pretendem ingressar na vida universitária algo como um norte necessário. Mas isso não significa absolutamente que todo o tempo investido em estudos na área que você escolheu/escolherá para trabalhar foi/será vão. São apenas indicadores e, como a maioria dos dados estatísticos, eles somente apontam para algumas direções. Porém, não deve ser jamais descartada a ocorrência de diversos vieses.

As 10 carreiras com menores chances de encontrar vagas no mercado de trabalho:

Antropologia/Arqueologia

Cinema/Vídeo/Fotografia

Belas Artes

Filosofia/Teologia

Musica

Educação Física/Recreação

Artes Comerciais/Design Gráfico

História

Letras/Literatura Inglesa

As 10 formações que apresentam os melhores índices de empregabilidade:

Enfermagem

Representante de vendas

Contador

Representante de Serviço ao Cliente

Engenharia industrial

Vendas

Administração (serviços médicos e de saúde)

Fisioterapia

Terapia Ocupacional

Programação de computadores

Edição com informações do InfoMoney - http://www.infomoney.com.br/

Antes de escrever um comentário maldoso sobre o modo como as pessoas escrevem, apontando os "erros de português" e querendo dar uma de "dono da gramática", leia este artigo

Compartilhe

Comentários

Mais Concursos no Brasil em foco

Especial Concurso BB

Veja mais »