5 lições para concurseiros que a Seleção Brasileira de 2014 pôde dar

Cinco lições básicas que todo concurseiro deve se lembrar naqueles momentos de derrota, seja ela acachapante ou não.

Vendo o semblante de muitos brasileiros, de fato, pode ser muito duro enfrentar um recomeço, principalmente depois de uma derrota gigantesca, como a que a nossa Seleção de futebol sofreu no dia 08 de julho de 2014. Esta, sem dúvidas, é uma data que já entrou definitivamente para a história das copas mundiais de todos os tempos.

Foram 7 gols da Alemanha e apenas um gol nosso, o qual parece que não foi feito, mas que o time adversário "deixou fazer" (como se pensassem: "façam um golzinho aí, para a vergonha não ser maior").

Mas a gente sempre pode tirar alguma coisa de fracassos como esses. É o momento de todos nós refletirmos. Por isso, seguem cinco lições básicas que todo concurseiro deve se lembrar nos momentos de derrota, seja ela acachapante ou não.

1ª - Jamais deveremos entrar numa disputa desatentos - não prestar a atenção nos gestos do adversário pode ser fatal;

2ª - Nem sempre conhecemos o nosso verdadeiro potencial para perder - ter essa noção exata (ou a mais aproximada possível)  é uma tarefa para todos os dias da vida concurseira;

3ª - A derrota nos concursos pode ser até por "7 a 1", mas lembre-se de que virão outras copas, e mais outras, e mais outras. Dá para reverter o quadro sim, se na "copa" seguinte, pelo menos na próxima, ou nos outros campeonatos!

4ª - Sempre esteja certo de que não estudou o bastante. Isso é melhor do que achar que já fechou a matéria e que já pode descansar;

5ª - Os nossos "técnicos" (leia-se: professores e até mesmo conselheiros) podem até nos apontar o caminho para a vitória. Mas nunca se esqueça que quem precisará dar os passos para chegar até lá somos é você mesmo, e não eles.

Um forte abraço e até a próxima "Copa", digo, próximo Concurso!

alberto@concursosnobrasil.com.br

Compartilhe

Comentários

Mais Dicas