Confira algumas características da banca CESPE

O diferencial desta banca é a tradicional cobrança de questões no padrão "Certo" e "Errado". Porém, existe uma lógica "punitiva" por trás disso.

O CESPE geralmente tem a filosofia de "avaliar habilidades que vão além do mero conhecimento memorizado, abrangendo compreensão, aplicação, análise, síntese e avaliação, com o intuito de valorizar a capacidade de raciocínio" do candidato.

O diferencial desta banca é a tradicional cobrança de questões no padrão "Certo" e "Errado". Porém, existe uma lógica "punitiva" por trás disso: cada resposta marcada errada simplesmente invalida uma resposta certa, e assim por diante. Ou seja, com provas do CESPE toda atenção é necessária, o que a caracteriza como uma das bancas mais "difíceis" para os candidatos.

Também não há um padrão de questões formuladas estritamente conforme o texto da lei ou do assunto específico, mas sim questões que estimulam o candidato a "interpretar" determinado conteúdo estudado. Decorar textos integrais, sem conseguir ter uma compreensão global do assunto, nesse caso, pode atrapalar, mais do que ajudar.

Candidato algum se sente confortável diante desse tipo de jogo avaliativo: ele fica sempre na iminência de perder ponto por uma questão errada. Afinal de contas, se numa prova com 80 questões, consegue-se apenas 40 acertos, significa que todo o esforço foi vão. Dureza, mas será preciso encarar de frente, e quanto menos questões erradas, melhor.

Quando o candidato se sentir mesmo na dúvida, e não souber escolher entre o certo e o errado, o melhor mesmo será não marcar, ou marcar as duas alternativas no Cartão - Resposta. Trata-se de uma alternativa que o candidato terá para ficar numa situação menos pior: nesses casos, ele nem perderá nem somará pontos.

Tomando como exemplo novamente uma prova com 80 questões (80 pontos), na qual o candidato acertou 50 e não marcou outras 30, significará que ele ainda estará na disputa, por ter conseguido 50 pontos. É por isso que a ideia de se responder primeiro as questões que o candidato tem mais segurança continua válida - e muito mais quando a banca for o CESPE, na qual a possibilidade de um candidato gabaritar é remota.

Assim como outros concursos organizados pelo CESPE, é bom ter um pouco mais de cuidado com o conteúdo de Informática. Devem ser bem estudados os conteúdos sobre os Offices mais recentes (Office 2010/2013 e LibreOffice, por exemplo), além dos sistemas operacionais mais recentes e demais especificidades, tais como: principais navegadores, ferramentas dos sistemas operacionais e noções de segurança durante a navegação. Repetimos uma dica: é preciso que o candidato não muito chegado a computadores passe a utilizar mais este equipamento. Ou seja, é uma matéria que exige muita resolução de exercícios, baseada na prática, talvez até mais do que apenas cultivar o hábito de ler o conteúdo.

Compartilhe

Comentários

Mais Dicas