Dicas para as provas da Saúde: noções de Auditoria

Confira algumas dicas sobre Auditoria em Saúde, para provas da área.

Conceito e definição de auditoria

A Auditoria nada mais é do que a revisão de todos os processos que dizem respeito às finanças, contabilidade, transações e operações realizadas, de modo que as informações "coincidam" e garantam a fidelidade dos dados e a credibilidade da empresa ou mesmo órgão público, quando for o caso.

Não só isso, mas uma Auditoria também é capaz de determinar erros contidos nos relatórios e deficiências no sistema, de permitindo ao responsável saber como remediá-los e resolvê-los o mais rapidamente possível. A Auditoria pode recomendar as soluções que melhor se adequam ao controle interno.

Normas de Auditoria

De acordo com a NBC T 11, acerca das normas de Auditoria, há três procedimentos padrões para o profissional:

11.1.2.1 – Os procedimentos de Auditoria são o conjunto de técnicas que permitem ao auditor obter evidências ou provas suficientes e adequadas para fundamentar sua opinião sobre as demonstrações contábeis auditadas e abrangem testes de observância e testes substantivos.

11.1.2.2 – Os testes de observância visam à obtenção de razoável segurança de que os procedimentos de controle interno estabelecidos pela administração estão em efetivo funcionamento e cumprimento.

11.1.2.3 – Os testes substantivos visam à obtenção de evidência quanto à suficiência, exatidão e validade dos dados produzidos pelo sistema contábil da entidade, dividindo-se em:

a) testes de transações e saldos; e

b) procedimentos de revisão analítica.

Logo, percebe-se que as normas de auditoria visam à organização e à conferência de informações para que o profissional tenha provas para apresentar à organização. Lembrando também que é o contador, o auditor, o responsável em expor o parecer dos dados que foram analisados dentro da empresa. Esse mesmo contador precisa ser registrado no Conselho Regional de Contabilidade.

Na mesma NBC T 11, é dito sobre erros e fraudes. É comum que as organizações tenham o setor de auditoria para organizar os dados e conferir as informações. Então, pode ser comum encontrar erros e até fraudes, principalmente se a empresa não tiver uma auditoria e contratar uma auditoria “externa”. Ao detectar essa situação, o auditor deve comunicar imediatamente a administração, expondo o que precisa ser feito e as consequências da omissão, caso a resolução não seja “aceita”.

Além disso, o auditor deve organizar o seu planejamento, estabelecendo um cronograma a fim de detalhar quais são os dados e informações relevantes que necessitam de uma análise mais profunda. Esses programas de trabalho servem para monitorar todo o processo.

A norma deixa claro que esse trabalho deve ser executado por um profissional competente, com qualificação. O mesmo vale para uma equipe técnica. É necessário experiência, treinamento e profissionalismo.

Auditoria interna e externa

Há dois tipos de Auditoria, interna e externa. A primeira contempla as normas que estão sendo seguidas ou não de dentro da empresa buscando soluções, atualizações ou alterações nas normas. Já a segunda tem como objetivo emitir um parecer para verificar se as normas refletem na situação atual daquela entidade.

Relatórios de auditoria e Programas de auditoria

Sabe-se que para expor os resultados e análises obtidas, a auditoria deve produzir relatórios. Há diversos tipos:

  • Relatório Anual de atividades da Auditoria interna
  • Relatório parcial de auditoria (ou minuta)
  • Relatório de auditoria (definitivo)
  • Relatório de monitoramento
  • Parecer de Auditoria da Administração Pública

De acordo com a NBC T 11, deve-se abordar7 itens:

  1. Objetivo e extensão;

  2. Metodologia;

  3. Principais procedimentos aplicados;

  4. Eventuais limitações;

  5. Descrição dos fatos e evidências;

  6. Riscos associados;

  7. Conclusão e recomendação.

Já os Programas de Auditoria são integrantes do desenvolvimento do plano de Auditoria, isto é, o que será feito, como será realizada a Auditoria, a ação. Quanto mais detalhado for o plano, mais organizado será todo o processo, o que fomenta ainda mais a importância de realiza-lo nas empresas.

Mais informações sobre o tema podem ser obtidas nas seguintes referências:

https://www.ufmg.br/auditoria/images/stories/documentos/manual_2a_verso_revisado.pdf

http://www.portaldeauditoria.com.br/legislacao/normas/auditoria.htm

http://www.portaldecontabilidade.com.br/nbc/t11.htm

Compartilhe

Comentários

Mais Dicas