Dicas para as provas do concurso para Professor da SEE - PE

Concurso tem a finalidade de prover três mil vagas no Estado e será realizado pela Fundação Getúlio Vargas. Inscrições foram reabertas até 25/03 e provas remarcadas para 22/05. Aproveite esta chance!

No Pernambuco, está aberto um grande concurso público para reforçar os quadros do Rede Pública Estadual de Ensino. Três editais foram lançados e prevêm o preenchimento de 3.000 vagas no Ensino Básico, na Educação Especial e na Educação Profissional do Estado (para esta última área, é o primeiro concurso).

As inscrições estão reabertas até 25 de março de 2016 e serão feitas exclusivamente pelo site da FGV (www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/see-pe).

Para a Educação Básica, foram ofertadas 2.458 vagas distribuídas para os docentes com formação nas áreas Exatas e da Natureza (Matemática, Física, Química, Biologia), Língua Portuguesa e Educação Física.

Na Educação Especial, estão sendo oferecidas 342 vagas e a disponibilidade é para Intérprete e Instrutor de Língua Brasileira de Sinais e Brailista.

Já para a Educação Profissional, serão contratados 200 professores com formação nas áreas de Ambiente e Saúde; Segurança do Trabalho; Controle e Processos Industriais; Gestão e Negócios; Informação e Comunicação; Infraestrutura; Produção Cultural e Design; Hospitalidade e Lazer.

O secretário de Educação, Fred Amancio, explica que o concurso visa fortalecer a carreira no Estado. “Esse trabalho é uma forma de estimular e reestruturar o plano de carreira desses profissionais”, diz.

Dicas gerais para as provas

Organizadora: as provas da primeira etapa do concurso serão realizadas no dia 22 de maio de 2016 pela FGV. Isto significa que os candidatos ganharam muito mais tempo para prosseguir se preparando!

A banca FGV é absolutamente conhecida em todo o Brasil, possuindo em seu currículo a experiência de ter realizado grandes concursos estaduais e municipais.

Antes de qualquer coisa, é preciso lembrar que os candidatos não devem esperar que as bancas possuam características previsíveis -  e isso é ainda mais real, em se tratando da Fundação Getúlio Vargas. O importante para esta prova da SEE - PE, portanto, não é simplismente conhecer o provável estilo de questão, mas resolver o máximo de questões possíveis. Nesse processo de treinamento, obviamente o candidato deverá primeiramente focar naquelas provas anteriores voltadas para a área do magistério.

Como exemplos recentes, lembramos que a FGV foi a responsável pelos concursos da SEDUC - AM (2014), Prefeitura de Campinas (2008) e Prefeitura de Osasco (2014).

Suas provas são geralmente caracterizadas pela apresentação de textos extensos, tanto os "textos motivadores" que encabeçam questões, quanto os que contemplam parte dos enunciados. Assim, o candidato deve ir preparado, pois será preciso ter calma e utilizar bem o tempo disponível para resolução da prova, que no caso da SEE - PE, será de quatro a cinco horas, dependendo do cargo/tipo de prova.

As provas da FGV costumam ser predominantemente objetivas (de cinco alternativas, uma correta). Porém, neste concurso da SEE - PE, apenas os candidatos ao cargo de Professor de Português serão submetidos a provas objetiva e dissertativa (esta exigência se justifica pelas atribuições do cargo em questão). 

Questões de Língua Portuguesa costumam cobrar nomenclatura gramatical (gramática normativa), mas nem sempre, havendo questões interpretativas com frequência. Questões de Direito sugerem que a banca valoriza enunciados que envolvam aspectos práticos da legislação, mas também cobra-se "letra de lei".  Em resumo: podem ser cobradas questões complexas e outras de nível mediano ou fácil, inclusive exigindo memorização de determinados assuntos.

Provas Professor do Magistério Regular: para os candidatos das disciplinas de Matemática, Física, Química, Biologia e Educação Física, o concurso será realizado em duas etapas de provas: uma objetiva e outra de avaliação de títulos.

Como dissemos antes, somente para candidatos da disciplina de Língua Portuguesa, o concurso está estruturado em três etapas: prova objetiva e prova discursiva , ambas de caráter eliminatório e classificatório, e avaliação de títulos , de caráter classificatório.

A prova de conhecimentos pedagógicos, certamente, não apresentará muita dificuldade. Os temas cobrados são aqueles considerados essenciais para todas as faculdades de licenciaturas, sobre os quais há uma "fartura" de fontes de referência à disposição dos concursandos (tanto internet, quanto livros e apostilas). São temas fundadores, capazes de despertar constantemente o senso crítico do professor, servindo não apenas para resolução de provas, mas para toda a vida profissional. Dentre os livros específicos dessa área, podemos citar "Conhecimentos Pedagógicos para Concursos" (2013, Gran Cursos), mas há outros disponíveis.

A seguir, fornecemos um quadro esquemático, contendo o conteúdo cobrado para Professor do Magistério Regular (edital 02). É possível utilizar este quadro para monitorar seus estudos, adaptando-o para as suas necessidades.

PROFESSOR MAGISTÉRIO REGULAR EDITAL 02 - CONCURSO SEE PE 2015/2016

CONTEÚDO PROGRAMÁTICOESTUDEI (SIM?/NÃO?)

REVISEI

(SIM?/NÃO?)

OBSERVAÇÕES

CONHECIMENTOS BÁSICOS - LÍNGUA PORTUGUESA/TODOS OS CANDIDATOS (EXCETO PROF. LÍNG. PORTUGUESA):

1. Interpretação de textos.

   
 2. Gêneros textuais.   
3. Tipologia textual.   
4. Morfologia e estrutura da palavra.   
5. Sintaxe do período e da oração.   
6. Pontuação.   
7. Ortografia.   
8. Semântica.   
9. Acentuação.   
10. Concordância, regência e colocação.   
11. Crase.   

CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS (PARA TODOS OS CANDIDATOS):

1. Fundamentos da Educação.

   
2.  Concepções e tendências pedagógicas contemporâneas.   
3.  Relações socioeconômicas e político - culturais da educação.   
4.  Educação em direitos humanos, democracia e cidadania.   
5.  A função social da escola; inclusão educacional e respeito à diversidade.   
6.  Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Básica.   
7.  Didática e organização do ensino.   
8.  Saberes, processos   metodológicos   e   avaliação   da   aprendizagem.   
9.   Novas   tecnologias   da   informação   e comunicação, e sua contribuição com a prática pedagógica.   
10. Projeto político-pedagógico da escola e o compromisso com a qualidade social do ensino.   
11.  Lei nº 9394/96 – Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional;   
12.Lei nº 8069/90 – Estatuto da Criança e do Adolescente.   
13.  Lei nº 10.639/03 – História e Cultura Afro-Brasileira e Africana.   
14.  Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos –2007.   
15.  Base curricular comum para as redes públicas de ensino de Pernambuco.   
16.  Parâmetros curriculares para a educação básica do estado de Pernambuco.   
17.  Parâmetros curriculares na sala de aula para a educação básica no estado de Pernambuco.   
ACRESCENTAR A PARTIR DAQUI OS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS POR ÁREA DOCENTE.   

Confira os editais e demais detalhes deste concurso aqui

Compartilhe

Comentários

Mais Guia do Concurseiro