Concurso Rio Branco - Acre (SEME): provas serão reaplicadas

Provas do concurso Rio Branco - Acre, com mais de 550 vagas para servidores da Secretaria da Educação (SEME), são canceladas. Nova data será informada.

A Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária no Acre (FUNDAPE), responsável pelo concurso Rio Branco - AC, informando sobre o cancelamento das provas.

O motivo fundamental alegado foi a ocorrência de "problemas técnicos" durante a aplicação. Os candidatos serão informados sobre a nova data de aplicação oportunamente.

Em nota à parte, a FUNDAPE esclarece que é uma instituição séria e que "não cometeu qualquer ato que maculasse o concurso público". Informa ainda que o "incidente que ocasionou toda a celeuma aconteceu na Escola Alcimar Leitão, no Conjunto Universitário. As provas que seriam aplicadas em tal escola, no período da manhã, eram relativas ao cargo de Professor de Ensino Fundamental (1º ao 5º ano)".

A instituição ressalta que, por uma falha humana, foram distribuídas naquela manhã provas que seriam realizadas na parte da tarde (Cuidador Pessoal). Mas, tão logo identificado o problema, providenciou a troca das provas.

Ela finaliza esclarecendo que "a anulação de todas as provas foi uma decisão da Prefeitura de Rio Branco, a qual a FUNDAPE respeita e acata. Porém, afirmar que houve fraude, ilegalidade, vazamento do conteúdo de provas, não se mostra verdadeiro".

Concurso Rio Branco - Acre

O edital nº 01/2019 do concurso de Rio Branco destina vagas para a Secretaria Municipal de Educação (SEME). São 521 oportunidades para ampla concorrência, mais 32 vagas reservadas para pessoas com deficiência, distribuídas entre os níveis fundamental, médio e superior.

Os cargos proporcionam remuneração inicial de até R$ 3.447,35.

Cargos disponíveis

Com exigência de nível superior na respectiva área, as vagas existentes são para Professor da Educação Infantil (Pré-Escola), Professor do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), Professor da Educação Especial (Mediador, Bilíngue e Libras), Nutricionista.

No rol das vagas de nível médio, há o cargo de Cuidador Pessoal, enquanto que as oportunidades de nível fundamental são para o cargo de Motorista.

Provas

A nova data de aplicação das provas do concurso Rio Branco, como dissemos, será informada pela FUNDAPE em tempo oportuno.

Quem for disputar as vagas que requerem o ensino fundamental participará da uma única etapa de prova objetiva escrita. Os candidatos que concorrerem aos postos de níveis médio e superior serão submetidos a provas objetivas e a avaliação de títulos.

Além dessas duas etapas, os que se inscreverem para as vagas de Professor da Educação Especial (Libras) e Professor da Educação Especial (Bilíngue) serão submetidos a uma prova prática de Libras.

Quanto aos títulos, vale lembrar que eles deverão ser anexados como arquivos, no ato da inscrição, diretamente no site da FUNDAPE. Essa avaliação tem caráter apenas classificatório.

Revise Alfabetização e Letramento para as provas de Rio Branco*

Enquanto o processo de alfabetização visa o ensino da leitura e escrita, o letramento busca trabalhar a função social dessas habilidades. Portanto, o acesso a esses dois processos permite a uma pessoa realizar plenamente atividades cotidianas de maneira independente. Porém, trabalhar a alfabetização e o letramento de maneira conjunta em sala de aula é um grande desafio para os educadores.

Qual a diferença entre alfabetização e letramento?

A alfabetização começa muito antes da criança entrar na escola. Por meio dela, o aluno aprende a dominar um sistema linguístico e utilizá-lo, aplicando as ferramentas e técnicas para ler e escrever.

Já o letramento está relacionado com as práticas sociais relativas à leitura e escrita, buscando incluir os alunos nessas práticas para estimular a assimilação do conhecimento e o desenvolvimento de suas habilidades.

Entende-se que hoje não é suficiente apenas ter o domínio mecânico da leitura e escrita, ou seja, aprender apenas a codificar e decodificar mensagens escritas. Portanto, a escola também se esforça para que as práticas sociais de leitura e escrita façam parte da vida dos alunos.

Para alcançar esse objetivo, é preciso fazer mais do que ensinar letras, sons, sílabas, palavras e frases. É preciso trabalhar com textos de diferentes gêneros textuais para que os alunos aprendam a produzir conteúdo, compreender a função dos textos e a finalidade da leitura e escrita.

Analfabetismo no Brasil

No ano de 2018, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios identificou 11 milhões de brasileiros que dizem não saber ler ou escrever. Isso representa 7,2% da população de 15 anos de idade ou mais. A taxa de analfabetismo estipulada por órgãos como o IBGE corresponde ao número de pessoas incapazes de ler e escrever bilhetes simples.

O Indicador de Analfabetismo Funcional entende a alfabetização em 4 níveis:

• Analfabetos
• Alfabetizados em nível rudimentar
• Alfabetizados em nível básico
• Alfabetizados em nível pleno

Os analfabetos e os alfabetizados em nível rudimentar são considerados analfabetos funcionais, pois conhecem as letras e números mas não são capazes de se expressar, compreender e interpretar textos simples e fazer cálculos matemáticos no seu cotidiano.

A última Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA), realizada com alunos do 3º ano do ensino fundamental, evidenciou níveis baixos de alfabetização e letramento nessa etapa em que os alunos terminam de ser alfabetizados.

A avaliação também mostrou os efeitos da desigualdade visto que, de modo geral, os alunos de níveis socioeconômicos superiores tiveram melhor desempenho do que os alunos mais pobres.

A importância das atividades lúdicas

A evolução da leitura e da escrita pode ser estimulada pelo educador por meio de atividades lúdicas como um apoio ao desenvolvimento das habilidades e técnicas. Jogos e brincadeiras que permitem às crianças se expressar e serem criativas de maneira orientada e com propósito desempenham um papel vital nos processos de alfabetização e letramento.

Brincar ensina as crianças a lidar com as emoções, resolver conflitos, construir sua identidade, fazer escolhas e trabalhar sua personalidade. Por utilizar atividades lúdicas, a escola favorece não só o desenvolvimento da autonomia no aprendizado, mas também o desenvolvimento pessoal e comportamental dos alunos.

As atividades lúdicas podem beneficiar alunos de diferentes idades e contextos por estimular o exercício físico, a criatividade, o desejo de aprender e produzir, o entendimento a respeito de situações cotidianas e assimilação de regras, proporcionando um melhor convívio social.

Por fim, as atividades lúdicas são uma ferramenta útil para transmitir conhecimento didático, instigando e prendendo o interesse dos alunos ao apresentar assuntos relevantes para o seu desempenho escolar de maneira não convencional.

O lúdico estimula a participação das crianças no processo de alfabetização e letramento e pode levar a resultados muito melhores do que o esperado. Por isso, não deve ser encarado apenas como um passatempo, mas uma poderosa e necessária estratégia de ensino.

*Por Letícia Santana, tradutora inglês- português, e redatora, com dezenas de artigos educacionais publicados.

Nomeações e validade do certame de Rio Branco

A administração municipal vai realizar as nomeações em um quantitativo que atenda ao interesse e às necessidades do serviço, sempre primando pelo equilíbrio orçamentário e respeitando número de vagas ofertadas para cada cargo.

Este concurso de Rio Branco terá um prazo de validade convencional de dois anos, sendo passível de prorrogação por igual período.

Edital do concurso Rio Branco

O edital foi primeiramente públicado na edição de 15 de outubro de 2019 do Diário Oficial do Estado do Acre, a partir da página 98.

Todas as informações necessárias e atualizadas estão disponíveis na página oficial da Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária do Acre - FUNDAPE.

Último certame de Rio Branco também foi em 2019

O último concurso realizado para provimento de vagas na Prefeitura de Rio Branco, no Acre, foi neste mesmo ano, através da Secretaria Municipal de Saúde – SEMSA.

O concurso ofertou 39 vagas para Médicos (Clínico Geral, Ginecologista e Pediatra), para atuarem em regimes de 20 e 40 horas semanais de trabalho. O salário base era de até R$ 2.424,71, além de gratificação no valor de até R$ 5.300,00.

Sobre Rio Branco - Acre

Rio Branco é um município brasileiro, capital do estado do Acre, localizado na Região Norte do país e principal centro financeiro, corporativo e mercantil do estado. 

Sua população, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é de 407 319 habitantes, fazendo de Rio Branco a sexta cidade mais populosa da Região Norte do Brasil.

Historicamente, a sua economia baseia-se no extrativismo vegetal, sobretudo na exploração da borracha, que foi responsável pelo povoamento da região. Atualmente, a madeira é o principal produto de exportação do estado, que também é grande produtor de castanha-do-pará, fruto do açaí e óleo da copaíba.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos em Rio Branco diretamente no seu e-mail