Concurso UFAL: Veja dicas para as provas

A Universidade Federal de Alagoas (Concurso UFAL) oferece 21 vagas para profissionais de níveis médio e superior, com remunerações iniciais de até R$ 4.180,66.

A Universidade Federal de Alagoas (UFAL) realizará em agosto as provas do edital n.º 44/2019, destinado ao provimento de vagas na carreira de Técnico-Administrativo em Educação (Concurso UFAL).

São ofertadas 21 vagas para cargos de níveis médio e superior, cujas remunerações variam de R$ 2.446,96 a R$ 4.180,66, mais o auxílio-alimentação, no valor de R$ 458,00.

Veja a seguir um resumo para as provas sobre as Normas de funcionamento da UFAL (Regimento Geral)

O Regimento Geral da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), homologado pela Resolução 01/2006, do Conselho do Conselho Universitário e de Ensino, Pesquisa e Extensão, estabelece as normas de estruturação e funcionamento da Universidade. Integram a sua estrutura o Conselho Universitário, Conselho de Curadores, Reitoria, Unidades Acadêmicas e órgãos de Apoio.

Com cerca de 26 mil alunos matriculados em 84 cursos de graduação e 39 programas de pós-graduação strictu sensu, a UFAL está instalada no Campus A.C. Simões, em Maceió, e nos Campi de Arapiraca, com suas unidades em Viçosa, Penedo e Palmeira dos Índios, e do Sertão, com unidades em Delmiro Gouveia e Santana do Ipanema. Seu quadro de pessoal é formado por 1.698 servidores técnico-administrativos e 1.394 professores.

Conselho Universitário

De acordo com o Regimento da UFAL, o Conselho Universitário (CONSUNI) é o órgão de deliberação superior, composto pelo Reitor, Vice-Reitor e diretores das Unidade Acadêmicas, todos membros natos; representantes da comunidade universitária – corpo docente (professores), corpo técnico-administrativo (servidores), ambos com mandato de dois anos, corpo discente (estudantes), com mandato de um ano – e seis membros designados pela Reitoria. Os representantes da comunidade universitária são escolhidos por meio de eleição direta entre os seus pares.

O Conselho Universitário é constituído da Câmara Acadêmica, à qual compete conhecer, analisar e deliberar sobre matérias de ensino, pesquisa e extensão, e da Câmara Administrativa, que além de tratar e deliberar sobre a definição do quadro de pessoal, é responsável pela aprovação de recebimentos diversos e de cooperações financeiras resultantes de convênios com entidades públicas e privadas.

Compete exclusivamente ao CONSUNI autorizar, suspender ou suprimir cursos; criar, modificar e extinguir unidades acadêmicas e de apoio; aprovar o orçamento anual, o planejamento global anual e plurianual; autorizar convênios firmados pela Reitoria, entre outras atribuições.

Conselho de Curadores

O Conselho de Curadores (CURA), órgão de fiscalização econômico-financeiro da UFAL é composto por sete membros: representante do Ministério da Educação, do Conselho Regional de Contabilidade, do Conselho Regional de Economia, do Conselho Regional de Administração e três representantes da comunidade universitária – professores e servidores eleitos entre seus pares para o mandato de dois anos, e o representante do corpo discente, indicado pelo Diretório Central dos Estudantes da UFAL para o mandato de um ano.

Entre as competências do CURA estão emitir parecer sobre: a proposta orçamentária, o orçamento e a prestação de contas anual da Universidade; a alienação, cessão, locação e transferência de bens; a abertura de créditos adicionais ao orçamento da UFAL, além de acompanhar a fiscalização e a execução orçamentária. Todos os pareceres são encaminhados para aprovação do Conselho Universitário.

Reitoria

A Reitoria é o órgão máximo de execução administrativa e acadêmica da UFAL, que tem junto à sua estrutura seis Pró-Reitorias: Estudantil; de Extensão; de Graduação; de Pesquisa e Pós-Graduação; de Gestão de Pessoas e do Trabalho; de Gestão Institucional, além dos órgãos de assessoramento e as seguintes unidades de apoio acadêmico: Editora Universitária; Hospital Universitário; Núcleo de Desenvolvimento Infantil; Restaurante Universitário e Biotério Central.

Unidades Acadêmicas

As Unidades Acadêmicas, organizadas por área de conhecimento, têm o objetivo de desenvolver as atividades de ensino, pesquisa e extensão. Administradas de modo autônomo, sob a supervisão da Reitoria e em consonância com as diretrizes do Conselho Universitário. Suas estruturas administrativas são constituídas pelo Conselho de Unidade Acadêmica; Colegiado de curso; Diretoria Acadêmica; órgãos de Apoio Acadêmico e de Apoio Administrativo.

O Conselho da Unidade Acadêmica, composto por representantes da comunidade universitária e presidido pelo diretor, tem por finalidade deliberar sobre matérias relacionadas ao ensino, pesquisa, extensão, política acadêmica e de interesse da área. O Regimento da Universidade faculta ainda a participação de representantes da comunidade externa, com direito à voz.

As Unidades Acadêmicas contam também com dois colegiados de cursos - graduação e pós-graduação - cujos objetivos são coordenar o funcionamento acadêmico dos cursos, seu desenvolvimento e avaliação permanente. Cada colegiado possui cinco representantes dos professores, um do corpo discente e um do corpo técnico-administrativo. Todos eleitos entre seus pares.

A Programação acadêmica da UFAL tem como base o semestre letivo 100 dias de efetivo trabalho escolar, incluindo os sábados. A avaliação do rendimento é feita através de duas Avaliação Bimestral por semestre letivo; prova final e o Trabalho de Conclusão de Curso, obrigatório em todos os cursos da graduação.

Cargos e lotações UFAL

Odontólogo, Engenheiro/Mecânico, Psicólogo/Organizacional, Médico/Psiquiatria, Assistente em Administração, Técnico em Contabilidade, Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais e Desenhista de Artes Gráficas.

As lotações dos futuros efetivados serão no Campus A. C. Simões (Maceió ou Rio Largo), Unidade de Ensino de Viçosa (Viçosa) e no Campus Arapiraca (Sede –Arapiraca e Unidades de Ensino Palmeira dos Índios e Penedo).

Provas Concurso UFAL

O concurso será realizado por meio de provas objetivas (todos os inscritos) e provas práticas (alguns cargos).

As provas objetivas vão ser aplicadas, simultaneamente, na data provável de 11 de agosto de 2019, nos municípios de Maceió, Arapiraca e Delmiro Gouveia.

Validade

Este concurso público será válido inicialmente por dois anos, a contar da data de sua homologação, mas pode ser prorrogado, por interesse da Administração da UFAL.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos UFAL diretamente no seu e-mail
Concursos RelacionadosVagas
CAIXAEstagiárioVárias
DPU - ALEstagiárioVárias
Prefeitura de PalestinaTodos os níveis de escolaridade69
Prefeitura de PilarNíveis Médio e Superior63
Prefeitura de Teotônio VilelaTodos os níveis de escolaridade391
SAAE de Teotônio VilelaContador1
Veja todos » Concursos Abertos