Concurso da Caixa segue sem previsão

Com a decisão liminar do Ministério Público do Trabalho - DF, novo concurso da Caixa permanece sem previsão. Confira dicas para as provas.

A Caixa Econômica Federal ainda não tem previsão oficial de abertura de um novo concurso, tanto para 2017 quando para o próximo ano. Com a divulgação, em 2015, da portaria que trata do limite máximo para o quadro de pessoal, as chances de um novo concurso podem até existir, porém, é necessário resolver pendências decorrentes do concurso público anterior.

O Ministério Público do Trabalho - DF anunciou no final de janeiro de 2016 que entrou com processo contra a Caixa, devido à falta de nomeação dos aprovados no concurso de 2014. Assim, foi requerida liminarmente a prorrogação indefinida do prazo de validade do certame até o trânsito em julgado (quando não cabe mais recurso) da ação. Esse concurso expiraria em junho de 2016, mas, por conta de tramitações judiciais, prossegue tendo validade, conforme últimas decisões judiciais de fevereiro de 2017.
 
A outra novidade decorrente da ação é que pede-se a proibição de novas seleções exclusivas para formar cadastro de reserva e com número irrisório de vagas. Em caso de condenação, o banco terá 90 dias para apresentar um dimensionamento real do quadro de vagas efetivas disponíveis e começar a convocar os aprovados que aguardam em cadastro reserva. Veja detalhes sobre este processo aqui.

Em 2014, mais de 30 mil candidatos foram habilitados para o cargo de Técnico Bancário. Destes, apenas dois mil foram nomeados, enquanto que demais aguardam a convocação e questionam a falta de reposição de empregados, principalmente em razão do Plano de Aposentadoria Anual do banco.

Para o procurador, não faz sentido a Caixa argumentar que as convocações estão paradas por necessidade de autorização do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Dest). “Uma autorização administrativa não se sobrepõe à lei ou aos princípios constitucionais aplicáveis à administração pública”, explica.

A Caixa até aqui tem realizado concurso apenas para cadastro de reserva (prática já abandonada pelo Banco do Brasil, por exemplo), geralmente faltando poucos meses para o término da validade do anterior. Mesmo se a vigência do certame de 2014 expirar mesmo em junho, com a grande quantidade de aprovados não convocados, um concurso para este ano parece inviável.

O salário para o principal cargo da Caixa - Técnico Bancário - que exige nível médio, é de R$ 2.932,32, incluídos os benefícios iniciais. Especialistas advertem que os candidatos interessados devem manter vivo o projeto de se preparar com bastante antecedência, principalmente quando não há indicativo oficial algum de publicação de edital.

Nos anos de 2012 e 2014 milhões de concurseiros se inscreveram para os dois últimos concursos públicos da Caixa Econômica Federal. A oportunidade de 2012 foi exclusivamente voltada para a formação de cadastro reserva no cargo de Técnico Bancário Novo ou Escriturário (nível médio) e outros cargos de nível superior. Já o certame de 2014, sob a responsabilidade do CESPE/UnB, abriu cadastro para Técnico Bancário Novo, Engenheiro (áreas Agronômica, Elétrica, Mecânica e Civil) e Médico do Trabalho.

Questões comentadas de língua portuguesa - Concurso Caixa

1. No trecho ‘o profissional de TIC tem de estar comprometido com o aprendizado contínuo e interessado em trabalhar com gestão de projetos’ (l.16-18), o termo ‘interessado’ qualifica ‘o aprendizado’.

Errado. A partir do momento em que o termo “contínuo” já qualifica o “aprendizado”, o “interessado” está qualificando a questão de trabalhar na área. Além disso, o termo “interessado” está qualificando o sujeito (profissional de TIC), sendo definido como predicativo do sujeito.

2. Seria mantida a correção gramatical do texto caso fosse empregado o sinal indicativo de crase no “a” em “ligados a computação, informática, TI e análise de sistemas” (l.30-31).

Errado. Para que houvesse o sinal indicativo da crase, seria necessário que a preposição ‘a’ acompanhasse todos os outros integrantes do período, como em ‘a informática, a TI...’. Como não há, a crase não é colocada.

Mais questões comentadas aqui.

Edital / Publicações

Tópico: Caixa Econômica Federal



Veja mais concursos abertos »