Chamamento Ministério do Desenvolvimento Regional: registro prorrogado

Ministério do Desenvolvimento Regional abre seleção com 249 vagas e remunerações de até R$ 3.955,50.

Ministério do Desenvolvimento Regional - a foto mostra a sede em brasília

Chamamento público com 249 vagas! - Foto: Divulgação / Agência Câmara

Apenas um dia após autorização por meio da portaria n° 13.266 de 29 de maio de 2020, o Ministério do Desenvolvimento Regional divulgou o edital n° 01/2020 de chamamento público. O objetivo da seleção é contratar por tempo determinado 249 profissionais aposentados pelo Regime Próprio de Previdência Social da União. Conforme publicação no DOU, as inscrições foram prorrogadas!

Acompanhe a matéria completa e atualizada logo abaixo. Não se esqueça de conferir outros conteúdos de nosso site, como simulados e artigos.

Cargos no Ministério do Desenvolvimento Regional

Das 249 vagas, 144 são para Engenheiros e 105 para Analistas Administrativos, e ambos os cargos são de nível superior.

EspecialidadeVagas para ampla concorrênciaVagas para pessoas com deficiênciaTotal de vagas
Grupo 1 - Engenheiro 13608144
Grupo 2 - Analista Administrativo9906105

Engenheiro

A remuneração bruta para os candidatos aprovados e convocados ao cargo de Engenheiro do Ministério do Desenvolvimento Regional será de R$ 3.955,50, além de benefícios. Os profissionais serão lotados nos estados do Rio Grande do Sul; Rio de Janeiro; Pernambuco; Pará; Minas Gerais; Bahia; Ceará e Distrito Federal

Dentre os requisitos específicos para o cargo de Engenheiro, estão: ser aposentado em cargos da Administração Pública Federal com competência específica para execução das atividades de sua função, e ter graduação acadêmica em Engenharia ou Arquitetura, com o devido registro no Conselho de Classe.

São atribuições do cargo de Engenheiro do Ministério do Desenvolvimento Regional: exercer atividades de planejamento, coordenação e elaboração de projetos e relatórios sobre obras públicas em geral, inclusive com a realização de investigações, levantamentos e elaboração de especificações técnicas. Acompanhar, supervisionar e executar obras públicas, realizar visitas técnicas e emitir relatórios sobre a execução da obra, bem como atuar no acompanhamento e análise de prestação de contas de convênios e instrumentos congêneres relacionados a obras públicas.

Analista Administrativo

Já a remuneração bruta para os candidatos aprovados e convocados ao cargo de Analista Administrativo do Ministério do Desenvolvimento Regional será de R$ 2.677,42, além de benefícios, com lotação no Distrito Federal

Quanto aos requisitos específicos para o cargo de Analista Administrativo, são: ser aposentado em qualquer cargo da Administração Pública Federal, e possuir graduação acadêmica de nível superior em qualquer área de formação, com experiência comprovada em pelo menos uma das atividades listadas para o Grupo.

Fazem parte das atribuições do cargo de Analista Administrativo do Ministério do Desenvolvimento Regional, atuar em processos que envolvam contratos administrativos, licitação, obras públicas, convênios, orçamento público e análise de políticas públicas; emissão de pareceres financeiros; registros contábeis nos cadastros de convênios e de transferências voluntárias; atendimento às diligências dos Órgãos de Controle; instrução e preparação dos processos de tomada de contas especiais e prestação de contas; elaboração de relatórios gerenciais; dentre outros. 

Ministério do Desenvolvimento Regional: vagas por estado

Confira abaixo as vagas ofertadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional por estado:

Grupo 1 - Engenheiro

  • Distrito Federal - 119 vagas;
  • Ceará - três vagas;
  • Bahia - três vagas;
  • Minas Gerais - três vagas;
  • Pará - quatro vagas;
  • Pernambuco - quatro vagas;
  • Rio de Janeiro - quatro vagas;
  • Rio Grande do Sul - quatro vagas.

Grupo 2 - Analista Administrativo

  • Distrito Federal - 105 vagas.

Inscrições na seleção do Ministério do Desenvolvimento Regional prorrogadas

As inscrições foram prorrogadas e estarão abertas no período de 03 a 14 de junho de 2020. Os interessados deverão realizá-las via internet, mediante preenchimento de formulário disponível no site do Ministério do Desenvolvimento Regional. Não será cobrada taxa de inscrição.

Seleção e resultado

O processo seletivo terá apenas análise das inscrições e informações nelas contidas. O resultado final será feito por meio do site do Ministério do Desenvolvimento Regional, na data prevista de 22 de junho de 2020. 

Edital

O edital completo da seleção pode ser conferido a partir da página 25, da seção, edição 104 de 02 de junho de 2020 do Diário Oficial da União. Clique aqui e confira

O que é o Ministério do Desenvolvimento Regional?

Criado em 2019, o Ministério do Desenvolvimento Regional tem atuação direta nas seguintes políticas públicas:

  • Política Nacional de Desenvolvimento Regional;
  • Política Nacional de Desenvolvimento Urbano;
  • Política Nacional de Proteção e Defesa Civil;
  • Política Nacional de Recursos Hídricos;
  • Política Nacional de Segurança Hídrica;
  • Política Nacional de Irrigação, observadas as competências do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento;
  • Política Nacional de Habitação;
  • Política Nacional de Saneamento;
  • Política Nacional de Mobilidade Urbana;
  • Política de subsídio à habitação popular, ao saneamento e à mobilidade urbana;
  • Política Nacional de Ordenamento Territorial.

Essas políticas anteriormente eram atribuídas aos extintos ministérios das Cidades e da Integração Nacional. Após criação do Ministério do Desenvolvimento Regional, este é o primeiro chamamento público do órgão.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos diretamente no seu e-mail
Concursos RelacionadosVagas
ANVISAVárias
CaixaVárias
Veja todos » Concursos Abertos