Concurso Marinha Colegio Naval (CPACN)

Com taxa de inscrição de R$ 105, concurso Marinha Colegio Naval (CPACN) abre 190 vagas em âmbito nacional.

A Marinha do Brasil comunicou oficialmente que está aberto o concurso público de admissão ao Colégio Naval em 2019 (Concurso Marinha Colegio Naval - CPACN). Ao todo, são oferecidas 190 vagas, 38 delas reservadas aos candidatos negros. 

O Colégio Naval é sediado em Angra dos Reis, Rio de Janeiro, e tem como propósito selecionar alunos para o Curso de Graduação da Escola Naval. O curso prepara intelectual e fisicamente o aluno do Colégio Naval, visando uma futura seleção para o ingresso na Escola Naval. 

Inscrições Concurso Marinha Colégio Naval (CPACN)

Os candidatos interessados podem realizar a inscrição em nível nacional, na página oficial do Serviço de Seleção do Pessoal da Marinha (SSPM): www.ingressonamarinha.mar.mil.br, no período entre 29 de abril e 29 de maio de 2019. 

O valor da taxa de inscrição do concurso público é de R$ 105,00. 

Não optando pela internet, o candidato poderá fazer a inscrição em uma das Organizações Responsáveis pela Execução Local (OREL), somente nos dias úteis entre 29 de abril e 29 de maio de 2019, das 08h30min às 16h.

Alguns requisitos para inscrição

- Ser brasileiro nato do sexo masculino;

- Não ser casado ou ter constituído união estável, assim permanecendo durante todo o período em que estiver sujeito aos regulamentos do Colégio Naval;

- Ter 15 anos completos e menos de 18 anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro de 2020;

- Ter concluído, com aproveitamento ou estar em fase de conclusão do 9º ano do Ensino Fundamental até a data prevista no Calendário de Eventos para a incorporação no CN;

- Demais requisitos devem ser observados no edital completo.

Etapas do concurso Marinha Colégio Naval (CPACN)

- Seleção Inicial

Essa etapa será composta por: prova escrita objetiva de Matemática e Inglês; prova escrita objetiva de Estudos Sociais, Ciências e Português; redação; e eventos complementares (inspeção de saúde, teste de aptidão física, avaliação psicológica, verificação de documentos e procedimento de heteroidentificação

Período de adaptação

Essa etapa, que terá caráter eliminatório e classificatório, tem o objetivo de adaptar e preparar os futuros alunos para as atividades acadêmicas e administrativas a serem desenvolvidas durante o Ciclo Escolar.

Os candidatos devem conferir todas as datas dos eventos já programados diretamente no edital. 

O concurso Marinha Escola Naval (CPACN) tem um prazo de validade determinado, que se encerrará no dia 02 de fevereiro de 2020.

Estude para as provas CPACN: O Brasil na OMC

A Organização Mundial do Comércio, popularmente conhecida por suas iniciais (OMC), é um importante órgão de regulação do comércio mundial, principalmente no que se refere às exportações dos países em desenvolvimento.

É válido ressaltar que, apesar do constante destaque da OMC, a mesma ainda não é imune às diversas pressões dos principais atores econômicos mundiais. Porém, sua existência é de extrema importância para países em desenvolvimento, pois estes dependem de normas que defendam de fato seus interesses econômicos.

A composição da OMC é em suma composta por países que estão em desenvolvimento e como as decisões são tomadas por consenso, tais países estão representados de forma satisfatória. Nesse sentido, há também um importante instrumento participativo que auxilia nos processos decisórios da OMC, o chamado Entendimento para Solução de Controvérsias (ESC).

O Brasil já conseguiu diversas vitórias por meio do ESC, como por exemplo: painel da gasolina (contra os Estados Unidos), painel do açúcar (contra a Comunidade Europeia) e o painel do algodão (também contra os Estados Unidos).

O Brasil na OMC

Desde a fundação da OMC (há cerca de 20 anos) o Brasil faz parte da composição do órgão, e tem se destacado em diversas lutas contra as políticas comercias de países desenvolvidos, conforme já citado anteriormente.

Entre os outros países em desenvolvimento e que participam da OMC, o Brasil está entre os cinco mais ativos, principalmente no que diz respeito a solução de controvérsias da referida organização.

Em termos gerais e como pode ser observado nas informações supracitadas, o Brasil possui um balanço positivo na OMC.

Dentre as principais ações se destacam:

• O Brasil apresentou 26 reclamações junto a OMC;
• O Brasil foi alvo de 15 processos na OMC; e
• O Brasil atuou em mais de 80 casos em posição de terceira parte (quando não é alvo da reclamação e nem reclamante, mas ainda assim possui interesses indiretos).

Dentre os casos mais importantes do Brasil na OMC, tem-se:

• Contra os Estados Unidos: o Brasil apresentou na OMC uma reclamação sobre a sobretaxa que os americanos colocavam na exportação de suco de laranja. A OMC achou válida e deu continuidade à reclamação, a qual resultou em vitória para o Brasil;

• Contra a Austrália e a Tailândia: o Brasil apresentou na OMC uma reclamação sobre os subsídios dos europeus aos produtores de açúcar no país, sob a justificativa de que os mesmos distorciam o mercado internacional. Mais uma vez a OMC deu continuidade e o Brasil saiu vitorioso.

As vitórias do Brasil na OMC serviram como um importante fator de credibilidade e destaque para o país. Como resultado, o Brasil começou a ter forte influencia sobre as negociações da OMC.

Contudo, vale ressaltar que apesar da participação ativa do Brasil na OMC, nada se compara aos ganhos dos países desenvolvidos no comércio mundial.

Todos os detalhes dos assuntos das provas do CPACN podem ser obtidos na - Apostila para o Colégio Naval da Marinha do Brasil

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos Marinha diretamente no seu e-mail
Concursos RelacionadosVagas
EBSERHNíveis Médio e Superior1.660
Veja todos » Concursos Abertos