Concurso Marinha: Profissionais da Saúde

Marinha do Brasil abre dezenas de vagas para Profissionais da Saúde. Prazo de inscrição termina no dia 27 de junho.

A Marinha do Brasil informa que foram publicados três editais para profissionais de nível superior da área da Saúde. São oferecidas oportunidades para Médicos em diversas especialidades, Cirurgiões-Dentistas, Enfermeiros, Farmacêuticos, Fonoaudiólogos e Nutricionistas. As inscrições terminam no dia 27 de junho de 2018 e custam R$ 120,00.

Os postos de trabalho poderão ser disputados por candidatos de ambos os sexos, brasileiros com menos de 36 anos (no dia 1º de janeiro de 2019) e que tenham  concluído o curso superior relativo à profissão a que concorrem, dentre outros requisitos previstos em cada um dos editais.

Os interessados em uma das vagas disponíveis devem se inscrever na página específica de cada Corpo de Saúde, a saber:

Na área médica existem vagas no âmbito nacional e regional, para profissionais que possam integrar o Quadro de Médicos da Marinha (CSM-MD). Há chances especialidades como: Anestesiologia, Cancerologia, Cardiologia, Cirurgia Cardíaca, Cirurgia Geral, Cirurgia Vascular, Clínica Médica, Dermatologia, Endocrinologia/Metabologia, Gastroenterologia, Ginecologia e Obstetrícia, Infectologia, dentre outras.

Quanto ao Quadro de Cirurgião-Dentista (CSM-CD) as vagas são em especialidades como: Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-facial, Dentística, Ortodontia, Patologia Bucal e Estomatologia, Prótese Dentária e Radiologia). Por fim, as vagas para o Quadro de Apoio à Saúde (CSM-S) contemplam as profissões de Enfermagem, Farmácia, Fonoaudiologia e Nutrição.

Os aprovados e classificados farão o Curso de Formação de Oficias (CFO), no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), no Rio de Janeiro. Após a aprovação no CFO, no final de 2019, os militares serão nomeados Oficiais da Marinha do Brasil no posto de Primeiro-Tenente e passarão a receber remuneração de cerca de R$ 11 mil.

Edição com informações da assessoria de imprensa da Marinha do Brasil.

Compartilhe