Concurso Serpro: direção da estatal solicita vagas ao Ministério

Concurso Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) é solicitado pela direção da empresa estatal. Programa de privatização pode influenciar.

Concurso Serpro: a foto mostra a logo marca do Serviço Federal de Processamento de Dados em alto relevo

Vagas no Serpro futuramente - Foto: Wikimedia Commons

O Serviço Federal de Processamento de Dados pediu via ofício enviado ao Ministério da Economia que novas contratações sejam autorizadas na empresa (concurso Serpro).

No documento, que no fundo significa apenas uma consulta à Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST), fala-se em "realização de concurso" e "ampliação" do quadro permanente.  

Assina o ofício o chefe de gabinete institucional da Diretoria Executiva do Serpro, senhor Robinson Margato Barbosa.

Nós, do Concursos no Brasil, entramos em contato com a assessoria do Serpro para a obtenção de outras informações. Estamos aguardando.

Confira na tela abaixo o inteiro teor desse ofício:

O assunto em pauta (necessidade de novas contratações) não é recente nos bastidores do corpo diretivo do Serpro.

Para se ter uma ideia, numa reunião extraordinária do Conselho de Administração ocorrida no dia 19 de fevereiro de 2020, o assunto veio à tona mais uma vez.

Na ocasião foi até mencionada a possibilidade (que se verificou fracassada) de ser realizada uma seleção para servidores temporários.

Também se falou que a ampliação do quadro estaria no limite aprovado pela SEST e que seria implementado um programa de demissão voluntária.

Eis o trecho dessa ata:

E a privatização do Serpro?

Outra questão, que ainda pode demorar para acontecer, mas que já foi enfatizada pelo ministro Paulo Guedes, é a da privatização do Serpro.

Afinal de contas, não é novidade que o atual governo federal quer levar adiante o chamado Programa Nacional de Desestatização (PND). O Serpro foi incluído no PND em janeiro de 2020.

Em resumo, a meta do governo é reduzir o máximo possível o tamanho do estado, passando a dedicar todas as atenções aos itens básicos das políticas públicas (saúde, educação, segurança, infraestrutura e outros).

Contudo, autoridades recomendaram ao governo que aja com muita cautela na privatização de estatais como Serpro e Dataprev.

Essa preocupação faz sentido: ambas as empresas estatais cuidam de um conjunto de dados muito sensível e valioso, que não pode ser colocado nas mãos da iniciativa privada de qualquer forma.

Último concurso Serpro

O último concurso do Serpro foi publicado em 2013 e teve uma procura total de 70.980 candidatos às 360 vagas ofertadas em 27 cargos (213 para Analistas e 147 para Técnicos), mais o cadastro de reserva.

Organizado pelo então Cespe/UnB (hoje Cebraspe), o certame teve a prova aplicada em 23 capitais.

A assessoria do Serpro divulgou na época que, do total de inscritos, quase metade (42,4%) disputou o cargo de Técnico na área de Suporte Administrativo, que tinha 50 vagas para 13 cidades.

Já entre os cargos de nível superior, os mais concorridos foram os de Analista das áreas de Advocacia e Comunicação Social.

Cargos do concurso Serpro

Quem tinha o ensino médio completo pôde concorrer naquela época aos cargos de Técnico, nas qualificações de:

  • Enfermagem do Trabalho;
  • Operação de Redes;
  • Programação e Controle de Serviços de Tecnologia da informação;
  • Suporte Administrativo; e
  • Segurança do Trabalho.

A remuneração inicial ofertada foi de R$ 2.339,11.

Para os cargos de Analista, que exigiu o nível superior, houve vagas para as seguintes especializações:

  • Administração de Serviços de Tecnologia da Informação;
  • Arquivologia;
  • Biblioteconomia;
  • Desenho Instrucional;
  • Desenvolvimento de Sistemas;
  • Engenharia de Segurança do Trabalho;
  • Engenharia Elétrica;
  • Engenharia Mecânica;
  • Gestão de Pessoas;
  • Gestão Empresarial;
  • Gestão Financeira;
  • Gestão Logística;
  • Medicina do Trabalho;
  • Negócios em Tecnologia da Informação;
  • Perícia em Cálculo Judicial;
  • Programação Visual;
  • Psicologia Organizacional e do Trabalho;
  • Redes;
  • Serviço Social; e
  • Suporte técnico.

Os que foram convocados e nomeados tiveram acesso a uma remuneração inicial de R$ 2.601,95 a R$ 5.203,90.

Concurso Serpro: benefícios das carreiras

Além da remuneração inicial a que têm direito, os servidores do Serpro contam ainda com os seguintes benefícios:

  • Auxílio-alimentação: para se ter uma ideia, em 2013 o valor era de R$ 632,64;
  • Auxílio-creche: era de R$ 261,09 no concurso passado;
  • Auxílio-transporte;
  • Auxílio a filho com deficiência: era de R$ 785,08 na última seleção;
  • Plano de saúde;
  • Plano odontológico; e
  • Plano de previdência complementar.

Lembramos ainda que o regime empregatício do Serpro não é estatutário, mas sim celetista (subordinado à Consolidação das Leis do Trabalho - CLT).

Concurso Serpro: requisitos para a contratação:

Não basta apenas ser aprovado no concurso do Serpro, esse é apenas o primeiro passo. Isto porque os aprovados devem preencher ainda os requisitos abaixo:

  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa;
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar em dias com as obrigações militares;
  • Estar em dias com as obrigações eleitorais;
  • Ter idade mínima de 18 anos;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo pretendido.

Provas e o que estudar para o concurso Serpro

O concurso público de 2013 foi composto basicamente por uma só etapa, de aplicação de provas objetivas eliminatórias e classificatórias. O estilo das 120 questões foi o tradicional Certo ou Errado.

Essa avaliação, assim como a perícia médica dos candidatos com deficiência, foi realizada nas capitais dos estados da federação, além de o Distrito Federal.

No que se refere ao conteúdo programático das provas, saiba que elas contiveram questões sobre:

  • Língua portuguesa;
  • Gestão pública;
  • Estatuto social do Serpro;
  • Código de ética;
  • Raciocínio lógico;
  • Inglês;
  • Informática; e
  • Conhecimentos específicos de cada cargo.
Alberto Vicente
Redator
Formado em Letras pela UEFS, colabora com o time Concursos no Brasil desde 2011, produzindo conteúdos sob medida para os seus leitores. Começou a escrever textos para a internet no ano de 1997 e não parou mais.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos Brasil diretamente no seu e-mail
Concursos RelacionadosVagas
ANVISAVárias
CaixaVárias
Codevasf
Todos os níveis de escolaridade
91
Veja todos » Concursos Abertos