Processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região para vários cargos

O processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região é voltado principalmente para a área da saúde. Poderão participar civis voluntários ou militares da ativa.

Processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região: oficiais do exército em posição segurando armas

São cinco editais para temporários. - Foto: Wikimedia Commons

Estão abertos cinco editais do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região para ingresso temporário nas Forças Armadas em 2021. O prazo de serviço será de 12 meses, podendo ser prorrogado até no máximo oito anos. O objetivo é a formação de cadastro reserva para postos das Organizações Militares (OM) da Marinha do Brasil (MB), Exército Brasileiro (EB) e Força Aérea Brasileira (FAB).

As oportunidades são para:

  • Oficial Médico Temporário - OMT;
  • Farmacêutico, Dentista e Veterinário - FDV;
  • Oficial Técnico Temporário - OTT;
  • Sargento Técnico Temporário - STT;
  • Cabo Especialista Temporário - CET.

Processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região: FDV, OTT, STT e CET

O processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região para os postos de FDV, OTT, STT e CET contam com cinco etapas:

  1. Inscrição Eletrônica (IE);
  2. Entrega de Documento (ED), Entrevista e Avaliação Curricular (EAC);
  3. Inspeção de Saúde (IS);
  4. Exame de Aptidão Física (EAF);
  5. Seleção Complementar (SC).

Os editais de OTT e STT ainda possuem Teste de Conhecimento na terceira etapa.

O candidato do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região que tenha interesse em concorrer às vagas nas OM do Estado do Mato Grosso e município de Aragarças - GO deverá escolher Cuiabá - MT como Guarnição/Localidade de Prioridade. Caso o interessado queira pleitear as vagas da OM no Estado de Mato Grosso do Sul, deverá escolher Campo Grande - MS como Guarnição/Localidade de Prioridade. As demais etapas serão realizadas nessas localidades conforme o escolhido no ato da inscrição.

1. Inscrições do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região: FDV, OTT, STT e CET

Para se inscrever no processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região, os interessados devem acessar o site da região militar e completar o formulário online. Os editais também aconselham a imprimir e preencher a Ficha de Inscrição para apresentá-la, junto com os títulos comprobatórios, no caso de o candidato ser selecionado para a segunda etapa.

Poderão se inscrever:

  • Militares temporários da ativa (oficiais e praças);
  • Reservistas de 1ª e 2ª categorias;
  • Cidadãos civis dispensados de prestar o Serviço Militar Inicial (devem possuir Certificado de Dispensa de Incorporação – CDI);
  • Mulheres.

Todos os voluntários devem possuir a escolaridade exigida para a função que pleiteia.

Vale ressaltar: os candidatos do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região a FDV precisam ter no máximo 38 anos até 31 de dezembro do ano da incorporação. Para os demais, o limite de idade é de 40 anos.

Outro ponto importante é que, caso o candidato seja militar, precisará informar seu Comandante, Chefe ou Diretor sobre a inscrição.

2. Entrega de Documento, Entrevista e Avaliação Curricular

Todos os inscritos no processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região para FDV, OTT, STT e CET deverão entregar os documentos de formação acadêmica e experiência profissional em local e data posteriormente divulgados no site da região militar. É necessário apresentar a papelada em páginas numeradas e rubricadas de próprio punho devidamente encadernadas em espiral.

Para a Entrevista e Avaliação Curricular, os candidatos precisam levar consigo a versão original desses documentos para comprovação de autenticidade. Confira nos editais quais títulos serão pontuados e quanto cada um vale:

Os candidatos do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região a OTT e STT contarão com Teste de Conhecimento (TC). Realizarão o TC apenas os Oficiais Técnicos Temporários da área do Magistério e os Sargentos Técnicos Temporários da área de Música. Esses serão avaliados por meio de tarefas.

3. Inspeção de Saúde FDV, OTT, STT e CET

A etapa de Inspeção de saúde do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região é presencial e consiste na entrega de uma série de exames de sangue, laboratoriais e de imagem. Entre eles estão incluídos:

  • Raio-X panorâmico MMII (membros inferiores, com escanometria);
  • Teste ergométrico com esforço (laudo);
  • Exame ginecológico e de gravidez para mulheres;
  • Exame de Aptidão Psicológica para Manuseio de Armas de Fogo, realizado por psicólogos credenciados pela Polícia Federal.

A organização poderá exigir outros exames complementares. Caso o candidato já pertença ao serviço ativo do Exército, os testes exigidos poderão ser substituídos por uma Ata de Inspeção de Saúde.

4. Exame de Aptidão Física FDV, OTT, STT e CET

Aqueles que forem considerados aptos na inspeção de saúde serão convocados para dois dias de teste físico. Assim, deverão realizar os seguintes exercícios:

  • Flexão de braço;
  • Abdominal supra;
  • Corrida de 12 minutos.

Para essa etapa, os candidatos do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região precisam estar vestindo traje esportivo com tênis.

5. Seleção complementar FDV, OTT, STT e CET

A última fase do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região visa identificar possíveis alterações médicas, físicas, psicológicas e morais dos candidatos durante a seleção. Portanto, os convocados serão submetidos a uma revisão médica. Caso seja indicada alguma mudança, o indivíduo será encaminhado ao Médico Perito da Guarnição (MPGu), com o objetivo de atualizar o resultado dos laudos anteriores.

Processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região para OMT

O processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região para Oficial Médico Temporário prevê formação de cadastro reserva. O edital explica que a prestação do Serviço Militar será nas formas de Estágio de Adaptação e Serviço (EAS) e Estágio de Instrução e Serviço (EIS). O primeiro é para preencher cargos vagos e promover a adaptação dos estagiários à vida militar.

Dessa forma, o EAS irá proporcionar as condições para aplicação de conhecimento técnico-profissional e atendimento das necessidades do pessoal das Forças Armadas. Os aprovados serão convocados a incorporar nas localidades abrangidas pelo 6º Distrito Naval (6º DN), pela 9ª RM e pelos Serviço de Recrutamento e Preparo de Pessoal (SEREP) da Aeronáutica (São Paulo e Brasília).

Já o EIS é para os médicos que possuem o EAS. Esses irão passar por uma atualização e ampliação da instrução militar, bem como de seus conhecimentos técnico profissionais. Assim, poderão atender às necessidades da Força. Ambos os formatos de estágio terão duração de 12 meses.

Assim, o processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região conta com seis etapas:

  1. Inscrição (IN);
  2. Entrevista e Análise Documental (EAD);
  3. Inspeção de Saúde (IS);
  4. Distribuição (DI) para as três Forças Armadas;
  5. Designação (DSG);
  6. Seleção Complementar (SC).

1. Inscrições do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região: OMT

A etapa das inscrições acontecerá via recebimento das Fichas Individuais para fins de Serviço Militar (FISEMI) encaminhadas pelos candidatos ao serviço militar obrigatório ou da Ficha de Inscrição entregues pelos demais. Ao acessar o site da 9ª Região Militar, os interessados deverão:

  • Ler o edital completo;
  • Reunir a documentação para a segunda etapa;
  • Providenciar os exames e laudos médicos.

2. Entrevista e Análise Documental OMT

Os convocados para a segunda etapa deverão conferir o dia, local e horário divulgados posteriormente. Essa fase não será pontuada e servirá somente como validação da inscrição. Os candidatos médicos do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região deverão apresentar original e cópia de:

  • Diplomas de formação acadêmica;
  • Currículo profissional;
  • Documentos pessoais (RG, CPF e título de eleitor);
  • Certidão de Nascimento ou Casamento;
  • Comprovante de dependentes para quem tem filhos;
  • Certidões negativas da Justiça;
  • Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI);
  • Certidão de Situação Militar;
  • Carta Patente e Folhas de Alterações (Of R/2).

Também é preciso levar uma foto 3x4 atual e outros documentos listados no edital. A Comissão de Seleção Especial (CSE) irá analisar os aspectos cultural, psicológico e moral para definir a aptidão dos candidatos.

3. Inspeção de Saúde OMT

A etapa de Inspeção de saúde do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região é presencial e consiste na entrega de uma série de exames de sangue, laboratoriais e de imagem. Além dos exames previstos no edital, outros exames complementares poderão ser solicitados pela Junta de Inspeção de Saúde (JISE), nos casos que exigirem um estudo mais aprofundado.

4. Distribuição para as três Forças Armadas OMT

Nesta etapa do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região, os candidatos pré-selecionados serão distribuídos entre as três Forças Armadas de acordo com o que for decidido na Reunião de Coordenação da Distribuição. Assim, o arranjo será estabelecido considerando:

  • Interesses de cada Força;
  • Necessidades de Médicos;
  • Especialidades requeridas;
  • Opções do convocado;
  • Parecer da CSE.

5. Designação dos Oficiais Médicos Temporários

Após a distribuição dos candidatos, a designação será conduzida por cada Força. Ou seja, cada lotação onde os convocados devem incorporar publicará um ato com o resultado provisório, podendo ser:

  • Distribuído/designado para a Seleção Complementar;
  • Encaminhado para distribuição/designação subsequente (cadastro reserva);
  • Incorporação adiada;
  • Excesso de contingente.

A designação do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região terá como base o perfil técnico profissional do convocado. Dessa forma, os candidatos serão alocados conforme as características das OM:

  • Profissionais que possuam aperfeiçoamento e/ou especialização (residência médica, mestrado ou doutorado) para as Organizações Militares de Saúde (OMS);
  • Clínico geral com experiência profissional para as OM situadas em guarnições onde não existem OMS;
  • Clínico geral com experiência profissional ou o recém-formado com boa formação nas especialidades básicas para as demais OM.

Também será considerado pelo processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região a seguinte ordem de prioridade:

  • Hospitais militares;
  • Postos médicos de guarnição;
  • OM situada em guarnição onde não haja hospital militar ou posto médico;
  • Estabelecimentos de ensino;
  • Demais OM.

6. Seleção Complementar para OMT

A Seleção Complementar é a última etapa do processo seletivo Exército Brasileiro 9ª Região para Oficiais Médicos. O convocado deverá comparecer no local e data indicados na designação e ser submetido à revisão médica. Assim será feita:

  • Apresentação do médico convocado a incorporar;
  • Revisão verificando eventuais alterações médicas, físicas, psicológicas e morais durante a seleção;
  • Adoção de medidas administrativas relativas à incorporação;
  • Recolhimento dos CDI ou Certificado de Reservista do convocado;
  • Apresentação do registro no Conselho Regional de Medicina (CRM).

Vale ressaltar que mulheres grávidas não poderão ser incorporadas para a realização do EAS ou EIS, uma vez que as atividades militares a serem desenvolvidas exigem esforços físicos incompatíveis com o estado de gravidez.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos diretamente no seu e-mail