Concurso CRO - DF: edital 1/2019; inscrições prorrogadas

Concurso CRO - DF (Conselho Regional de Odontologia do Distrito Federal) oferece vaga para Fiscal, cargo de nível superior.

O Conselho Regional de Odontologia do Distrito Federal (CRO - DF) divulgou a prorrogação das inscrições ao edital de seu concurso público nº 1/2019 que preencherá uma vaga imediata, além do cadastro reserva, para o cargo de Fiscal, a ser lotado em Brasília - DF. O concurso CRO - DF está sendo realizado pelo Instituto Quadrix e o prazo foi estendido até 29 de janeiro.

Requisitos, salário, benefícios e carga horária

Para concorrer ao cargo é necessário possuir curso de graduação de nível superior em Odontologia e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria B.

O salário base para o cargo é de R$ 3.500,00 para uma jornada de 40 horas semanais, acrescido dos seguintes benefícios:

  • Auxílio refeição no valor de R$ 24,15 por dia trabalhado;
  • Auxílio alimentação no valor de R$ 651,00 por mês;
  • Auxílio saúde médico, hospitalar e odontológico;
  • Auxílio transporte;
  • Auxílio creche no valor de R$ 483,00;
  • Auxílio educação.

Como se inscrever no concurso CRO - DF

As inscrições serão realizadas apenas via internet, através do endereço eletrônico www.quadrix.org.br e até 29 de janeiro de 2020, conforme o comunicado de prorrogação.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 55,00.

Estará isento desta taxa, o candidato doador de medula óssea em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde e aquele que for membro de família de baixa renda, nos termos da legislação vigente, com inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Provas

O concurso CRO - DF será composto por prova objetiva, etapa de caráter eliminatório e classificatório, e por avaliação de títulos, etapa de caráter classificatório.

A prova objetiva será realizada na data provável de 16 de fevereiro de 2020 e terá duração de até três horas e trinta minutos.

Para realizar a prova, a orientação é que o candidato compareça com antecedência mínima de uma hora do horário de seu início. No dia da prova será necessário estar portando caneta esferográfica de tinta preta ou azul, comprovante de inscrição e documento de identidade original.

A prova objetiva será composta por 120 questões, sendo 40 questões de Conhecimentos Básicos, 20 questões de Conhecimentos Complementares e 60 questões de Conhecimentos Específicos.

As disciplinas da prova de Conhecimentos Básicos são as seguintes: Língua Portuguesa, Noções de Informática e Atualidades.

Na prova de Conhecimentos Complementares serão cobrados conteúdos de Legislação e Ética na Administração Pública e Noções de Direito Constitucional.

A prova de Conhecimentos Específicos terá questões relativas ao cargo, conforme conteúdo programático disponibilizado em edital.

O candidato poderá se retirar do local da prova após uma hora de seu início. Para levar o caderno de questões, é necessário permanecer no local até os últimos 60 minutos de prova.

A prova de títulos valerá até 10 pontos, cuja pontuação obedecerá aos seguintes critérios:

TítuloPontuação
Doutorado3,00 pontos, podendo ser apresentado apenas um título
Mestrado2,00 pontos, podendo ser apresentado apenas um título
Pós-graduação em nível de especialização lato sensu, com carga horária mínima de 360 horas0,50 ponto por título, podendo ser apresentado até dois títulos
Experiência profissional0,80 ponto por ano de experiência, até o limite de 4,00 pontos

Critérios de avaliação

O candidato deverá responder, para cada item da prova, CERTO ou ERRADO.

Para cada resposta em concordância com o gabarito, o candidato receberá 1,00 ponto positivo. Para as questões em discordância com o gabarito, o candidato receberá 0,50 ponto negativo. As respostas sem marcação ou com marcação dupla terão pontuação igual a zero.

Serão aprovados os candidatos que obtiverem a nota mínima de:

  • 16,00 pontos na área de Conhecimentos Básicos;
  • 6,00 pontos na área de Conhecimentos Complementares;
  • 21,00 pontos na área de Conhecimentos Específicos.
  • Ficar classificado para a correção da prova discursiva, de acordo com o quantitativo estabelecido em edital.

A nota final do candidato será igual à soma das notas da prova objetiva e de títulos.

Critérios de desempate

Caso ocorra empate na pontuação obtida por candidatos, a preferência será dada ao candidato que, sucessivamente:

  1. Possuir idade igual ou superior a 60 anos até o último dia de inscrição, conforme o disposto no Estatuto do Idoso;
  2. Obtiver a maior nota na prova objetiva;
  3. Obtiver a maior nota na prova de títulos;
  4. Obtiver a maior nota em Conhecimentos Específicos;
  5. Obtiver a maior nota em Conhecimentos Básicos;
  6. Obtiver a maior nota em Conhecimentos Complementares;
  7. Tiver a maior idade;
  8. Tiver exercido a função de jurado, conforme o disposto no Código de Processo Penal.

Validade

O prazo de validade do concurso CRO - DF é de dois anos, a contar da data de publicação da homologação do seu resultado final, podendo haver uma prorrogação, por igual período.

Edital do concurso CRO - DF

Para demais informações sobre este concurso público, como requisitos e atribuições do cargo, conteúdo programático das provas, cronograma de todas as etapas e demais formulários, consulte o edital publicado no site do Instituto Quadrix.

O Instituto Quadrix

O Instituto Quadrix é uma das principais bancas organizadoras de concursos públicos e processos seletivos. Fundado em 1997, o Instituto se tornou uma organização sem fins lucrativos no ano de 2005. Possui larga experiência na realização de concursos de Conselhos Profissionais.

Em 2019 a banca organizou os concursos CREF11 - MS, CRESS - GO, COREN - AC, CRO - AM, CRM - AC, e CONRERP - SP, entre outros.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos em Brasília diretamente no seu e-mail
Concursos RelacionadosVagas
DPDF
Nível Superior
60
Exército Brasileiro - Colégio Militar
Todos os níveis de escolaridade
480
Veja todos » Concursos Abertos