Concurso SLU DF: edital pode ser lançado em 2021!

Concurso SLU DF: podem surgir vagas para Assistente de Gestão de Resíduos Sólidos no Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal. Nível médio é requisito.

Concurso SLU DF: servidores fardados da limpeza pública do distrito federal realizando coleta de lixo na rua

Vagas no Serviço de Limpeza Urbana do DF - Foto: Pedro Ventura/Agencia Brasilia (Flickr)

Novo edital para o concurso SLU DF, Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal (SLU), autarquia do governo do Distrito Federal vinculada à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Serviços Públicos, pode ser liberado a partir de 2021! O provável cargo será Assistente de Gestão de Resíduos Sólidos.

De acordo com informação dada pela assessoria de imprensa do SLU ao nosso jornalismo, apesar de já ter sido autorizado, falta ser publicada uma portaria específica que permite a realização da seleção.

Por isso, ainda não se sabe quando o concurso irá ocorrer de fato. Existe um impedimento em aumentar as despesas com recursos humanos até dezembro de 2021. 

Acompanhe abaixo todas as principais informações atualizadas sobre esse concurso previsto do SLU. Não se esqueça de ler nossos artigos e estudar pelos nossos simulados, que a cada dia tem mais questões.

Situação atual do concurso SLU

Embora seja dada como certa a liberação do concurso do SLU, as informações são ainda bastante preliminares.

Essa previsão não deixa de ser animadora para os candidatos que buscam fazer carreira no Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal.

Contudo, é preciso ter cautela, pois o DF ainda precisa equacionar a questão do limite de gastos com pessoal.

Veja a resposta da assessoria de imprensa da autarquia:

Mas podemos ter, no presente momento, uma estimativa do cargo que será ofertado pela SLU e da quantidade de vagas.

Isso pode ser vislumbrado no documento orçamentário central do DF: o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para o ano de 2021.

No sétimo item do PLDO, que é o anexo IV (acréscimo em pessoal), há informação sobre "autorização para realização e nomeação em concurso público" contendo a oferta de 100 vagas no cargo de Assistente em Gestão de Resíduos Sólidos.

Além dessas 100 vagas, o documento prevê a nomeação de 5 novos Analistas de Gestão de Resíduos Sólidos, mas essas seriam diretamente relacionadas ao último edital publicado (01/2019), e não a um concurso novo. Confira a íntegra:

E não custa nada lembrar que continua vigente o primeiro período de validade do último concurso homologado, que começou a ser contado no dia 01 de agosto de 2019 e somente terminará em 01 e agosto de 2021. 

O processo referente ao futuro concurso SLU DF para Assistentes está na plataforma SEI do DF (Sistema Eletrônico de Informações) e possui acesso restrito. Dessa forma, não conseguimos obter detalhes mais consistentes.

Até o fechamento desta notícia, a última tramitação do processo ocorreu no dia 27 de maio de 2020 e consta que ele foi concluído na Coordenação de Mobilidade, Infraestrutura e Desenvolvimento Econômico do DF.

Nossa equipe de jornalismo solicitou informações adicionais sobre esse processo por meio do portal da ouvidoria. A resposta que nos deram no dia 02 de setembro de 2020 segue abaixo:

Concurso SLU DF: sobre o cargo de Assistente

O cargo de Assistente de Gestão de Resíduos Sólidos faz parte da carreira de Gestão Sustentável de Resíduos Sólidos do SLU - DF.

Ainda fazem parte dessa carreira os cargos de: Analista de Gestão de Resíduos Sólidos (nível superior) e Agente de Gestão de Resíduos Sólidos (fundamental).

Para ingressar no cargo de Assistente é preciso ter o certificado de ensino médio completo expedido por instituição de ensino legalmente reconhecida.

Aprovados que forem nomeados no futuro concurso SLU DF e que tiverem uma escolarização acima da mínima exigida terão direito a Gratificação, em um percentual compatível com a estrutura da carreira, que pode chegar a 30% sobre o vencimento básico.

Concurso SLU: atribuições do cargo

De acordo com a lei nº 6.129, de 7 de março de 2018, são essas as principais atribuições do cargo de Assistente de Gestão de Resíduos Sólidos

  • Gerencia os serviços de limpeza pública e à gestão de resíduos sólidos;
  • Executa outras atividades da mesma natureza e nível de complexidade inerente ao cargo.

Embora não pareça ser alvo do próximo concurso SLU DF, o cargo de Analista de Gestão de Resíduos Sólidos tem as seguintes atribuições básicas:

  • Formular, planejar, coordenar, supervisionar e avaliar atividades relacionadas ao gerenciamento dos serviços de limpeza pública;
  • Fazer a gestão de resíduos sólidos;
  • Executar outras atividades de mesma natureza, conforme a particularidade do cargo.

Confira também a respos

Concurso SLU DF: remuneração atual e benefícios

Conforme a tabela de remuneração atualizada pela própria SLU, um Assistente de Gestão de Resíduos Sólidos tem vencimento básico, na classe e padrão iniciais, de R$ 3.876 para 30 horas.

A jornada de ingresso no último edital do concurso SLU DF foi, por padrão, de 30 horas, e é provável que isso se repita no edital futuro. Para uma jornada de 40 horas semanais, o vencimento sobe para R$ 5.167,99.

O auxílio-alimentação entra como benefício, sendo pago o valor equivalente a 22 dias úteis trabalhados, ou seja, R$ 656,63.

A cada ano na respectiva carreira, o servidor ganha 1% do vencimento relativo ao adicional por tempo de serviço.

Tem direito ainda ao chamado Adicional de Qualificação (AQ) e à Gratificação de Titulação (GTIT) e ao auxílio-transporte, a depender do endereço residencial.

O SLU somente não fornece aos seus concursados um plano de saúde.

Etapa do concurso SLU DF: provas objetivas

A única etapa do concurso da autarquia mais recente foi de provas objetivas, que tiveram um caráter eliminatório e classificatório.

Outra etapa, mas muito específica, foi a avaliação biopsicossocial dos candidatos que solicitaram concorrer às vagas reservadas às pessoas com deficiência. 

Todos os eventos aconteceram na capital federal (Brasília). Os exames foram aplicados pelo Cebraspe, organizadora que utiliza o conhecido Método Cespe de avaliação.

A prova do concurso SLU DF contou com 50 questões de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos. Tiveram uma duração total de três horas e meia. 

O padrão de julgamento das questões foi o de CERTO ou ERRADO: questão correta pontuava positivamente; questão incorreta pontuava negativamente; questão sem marcação ou com marcação dupla levava zero. 

Os critérios para ser reprovado foram (o candidato poderia se enquadrar em um deles ou em todos):

  • Quem obtivesse nota inferior a 10 pontos na prova objetiva de conhecimentos básicos;
  • Quem obtivesse nota inferior a 21 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos; ou
  • Quem obtivesse nota inferior a 36 pontos no conjunto das provas objetivas.

Já os desempates foram assim resolvidos:

  • Preferência pelo candidato com idade igual ou superior a 60 anos;
  • Candidato com maior nota na prova objetiva de conhecimentos específicos;
  • Candidato com maior número de acertos na prova objetiva de conhecimentos específicos;
  • Candidato com maior nota na prova objetiva de conhecimentos básicos;
  • Candidato com maior número de acertos na prova objetiva de conhecimentos básicos;
  • Candidato com maior idade;
  • Candidato que já exerceu a função de jurado.

O que estudar para o concurso SLU DF

Não há um edital específico recente para o cargo de nível médio do SLU e que possa servir de parâmetro para iniciar a preparação. O último edital, como vimos, foi para o nível superior. 

Para dar um norte aos candidatos, listamos abaixo os conteúdos básicos cobrados no último concurso SLU DF. Esses não deverão ficar mesmo de fora!

Ficará faltando a parte específica do cargo, a qual somente saberemos quando for lançado o edital.

Língua portuguesa

  • Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados;
  • Reconhecimento de tipos e gêneros textuais;
  • Domínio da ortografia oficial;
  • Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual.
  • Emprego de tempos e modos verbais;
  • Emprego das classes de palavras;
  • Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração;
  • Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração;
  • Emprego dos sinais de pontuação;
  • Concordância verbal e nominal;
  • Regência verbal e nominal;
  • Emprego do sinal indicativo de crase;
  • Colocação dos pronomes átonos;
  • Reescrita de frases e parágrafos do texto;
  • Significação das palavras;
  • Substituição de palavras ou de trechos de texto;
  • Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto;
  • Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.

Conhecimentos sobre o Distrito Federal

  • Realidade étnica, social, histórica, geográfica, cultural, política e econômica do Distrito Federal e da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (RIDE), instituída pela Lei Complementar nº 94/1998 e suas alterações.

Legislação

  • Lei Orgânica do Distrito Federal: Fundamentos da Organização dos Poderes e do Distrito Federal; Organização do Distrito Federal; Organização Administrativa do Distrito Federal;
  • Lei Complementar nº 840/2011 e suas alterações (Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis do Distrito Federal, das Autarquias e das Fundações Públicas Distritais);
  • Decreto nº 37.297/2016 (Código de Ética dos Servidores e Empregados Públicos Civis do Poder Executivo);
  • Decreto nº 35.972/2014 (Regimento Interno do SLU).

Último concurso SLU DF

Foi regido pelo edital nº 1 – SLU/DF/2019 e se destinou ao provimento de 50 vagas imediatas e 100 para cadastro de reserva no cargo de Analista de Gestão de Resíduos Sólidos.

A remuneração inicial do concurso foi de R$ 5.070,00. Em 2020, segundo o SLU, um Analista de Gestão de Resíduos Sólidos da primeira classe e padrão I, recebe, por 30 horas de trabalho semanal, o valor de R$ 5.953,04 e por 40 horas semanais o valor de R$ 7.937,39.  

O cargo de Analista de Gestão de Resíduos Sólidos requer dos interessados a formação em nível superior, especificamente em algumas áreas, a depender do edital. 

As especialidades com demanda de vagas naquele certame foram: Administração, Arquitetura, Biologia, Ciências Contábeis, Comunicação Social com habilitação em Jornalismo/Relações Públicas, Direito, Economia,, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Engenharia de Segurança do Trabalho, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Geografia, Informática, Modernização da Gestão das Atividades de Resíduos Sólidos e Serviço Social.

Especificamente com relação às vagas nas áreas de Direito e Legislação, vale ressaltar que elas foram anuladas pelo Cebraspe. Os candidatos tiveram a taxa de inscrição paga de volta.

Mesmo antes da aplicação das provas, a Justiça Federal havia determinado a suspensão parcial do concurso para os cargos dessa área.

A medida foi tomada em virtude de um questionamento feito pela Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Distrito Federal. Uma análise do edital feita pela OAB-DF detectou que não havia a exigência de inscrição na entidade para disputar o cargo.

Confira a documentação oficial do concurso SLU DF 2019 aqui.

Concorrência do concurso SLU DF

Foram registradas 18.655 participações no concurso recente do SLU - DF. 

A maior concorrência registrada foi de 1.636 candidatos, que pleitearam cada uma das duas vagas do cargo de Analista de Gestão de Resíduos Sólidos – Especialidade: Modernização da Gestão das Atividades de Resíduos Sólidos.

A menor concorrência foi para o cargo de Analista de Gestão de Resíduos Sólidos – Especialidade: Comunicação Social – Relações Públicas: 98 candidatos disputaram a única vaga imediata.

Sobre o SLU

O SLU atua diretamente na gestão da limpeza urbana e do manejo dos resíduos sólidos urbanos. Alguns dos serviços essenciais prestados pela autarquia são os seguintes:

  • Coleta diária e seletiva de resíduos sólidos urbanos;
  • Coleta manual e transporte de entulhos;
  • Coleta mecanizada e transporte de entulhos;
  • Varrição manual de vias e logradouros;
  • Varrição mecanizada de vias;
  • Lavagem de vias, monumentos e equipamentos urbanos;
  • Pintura manual e mecanizada de meio-fio;
  • Catação manual de papéis e plásticos em áreas verdes;
  • Transferência de rejeitos; e
  • Educação ambiental e mobilização social para o correto manejo dos resíduos sólidos.
Alberto Vicente
Redator
Formado em Letras pela UEFS, colabora com o time Concursos no Brasil desde 2011, produzindo conteúdos sob medida para os seus leitores. Começou a escrever textos para a internet no ano de 1997 e não parou mais.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos em Brasília diretamente no seu e-mail