Edital Concurso Prefeitura de Campos Belos – GO

Estado de Goiás
Prefeitura Municipal de Campos Belos
CONCURSO PÚBLICO
EDITAL N.º 001/2012

A COMISSÃO ESPECIAL DE CONCURSO PÚBLICO, instituída pela Portaria nº. 218/2012, de 11 de maio de 2012, faz saber que estarão abertas às inscrições para o Concurso Público nº. 001/2012, para provimento de cargos vagos especialmente os especificados no presente Edital e seus anexos, bem assim dos que vagarem ou forem criados dentro do prazo de validade deste concurso, de acordo com as normas estabelecidas neste edital, tendo em vista o disposto na Lei Orgânica do Município e inciso II do Art. 37 da Constituição Federal.

1 - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 - O concurso público será regido por este edital, seus anexos e eventuais retificações, caso existam, e sua execução caberá ao Instituto Garcez de Concursos, Atuária e Pesquisas Ltda. - IGACAP.

1.2 - O concurso público visa ao provimento do número de vagas e cadastro de reserva definido neste edital.

1.3 - Toda menção de horário deste edital, terá como referência o horário oficial de Brasília.

1.4 - O resumo deste edital será publicado no Diário Municipal de Goiás e em jornal de grande circulação, assim como , o seu inteiro teor será publicado no placar e no site (www.camposbelos.go.gov.br) da Prefeitura Municipal de Campos Belos.

1.5 - O candidato poderá interpor recurso para impugnação de normas do edital no prazo de máximo de 02 (dois) dias da data de sua publicação, devendo o mesmo ser analisado e julgado, no prazo máximo de até 05 (cinco) dias contados da data de sua interposição.

2 - CARGOS OFERTADOS, QUANTITATIVOS E SALÁRIOS.

2.1 - O Anexo I, parte integrante deste edital, define os cargos ofertados, o quantitativo de vagas, as atribuições, requisitos e seus respectivos salários bases para início de carreira, na conformidade da legislação municipal.

2.3 - De acordo com o cargo, as vagas serão ofertadas nas conformidades do descrito no anexo I.

3 - DAS INSCRIÇÕES E EXIGÊNCIAS

3.1 - As inscrições serão realizadas do dia 11 de julho ao dia 27 de julho de 2012.

3.2 - O horário das inscrições será das 08:00 às 11:00 e das 14:00 às 16:00 horas.

3.3 - O local das inscrições será na Escola Municipal Professora Niedja de Sousa Machado, localizado na Rua Nossa Senhora de Lurdes, quadra 27, lote 01, Setor Cruzeiro, Campos Belos, Goiás.

3.4 - No ato da inscrição o candidato deverá:

a) solicitar o pedido de inscrição, que deverá ser preenchido sem emendas ou rasuras, pelo próprio candidato através do sistema de dados do concurso no local da inscrição, ou formulário especial fornecido pelo IGACAP, instituto encarregado do certame, que também poderá o pedido de inscrição ser preenchido por atendente do IGACAP através do sistema de dados do concurso no local da inscrição;

b) entregar o comprovante de pagamento da taxa de inscrição pago, em dinheiro, através de depósito ou por transferência não agendada, na conta corrente nº. 00000003-8, operação 006, agência nº. 3722 da Caixa Econômica Federal, em nome da Prefeitura Municipal de Campos Belos, não sendo válido comprovante de pagamento feito em envelope em caixa eletrônico;

c) informar o número do CPF e da identidade no ato da inscrição.

3.5 - A inscrição será efetivada no momento em que receber o número de identificação.

3.5.1 - O comprovante de inscrição será entregue ao candidato no ato da inscrição.

3.6 - A taxa de inscrição deverá ser paga do dia 5 ao dia 27 de julho de 2012.

3.7 - A taxa de Inscrição será nos seguintes valores para os respectivos cargos:

Cargos ofertados

Nº de vagas

Valor da inscrição em R$

Agente Administrativo

10

18,00 (dezoito reais)

Agente de Serviços de Higiene e Alimentação

50

18,00 (dezoito reais)

Agente de Serviços Gerais

20

18,00 (dezoito reais)

Agente de vigilância

1

18,00 (dezoito reais)

Assistente Social

1

60,00(sessenta reais)

Auxiliar de Consultório Odontológico

1

18,00 (dezoito reais)

Enfermeiro

2

60,00(sessenta reais)

Engenheiro Civil

1

60,00(sessenta reais)

Farmacêutico

1

60,00(sessenta reais)

Fonoaudiólogo

1

60,00(sessenta reais)

Gestor dos Resíduos Sólidos e Ambiental

1

60,00(sessenta reais)

Monitor

10

32,00 (trinta e dois reais)

Motorista

4

24,00 (vinte e quatro reais)

Nutricionista

1

60,00(sessenta reais)

Operador de Máquinas Leves

2

24,00 (vinte e quatro reais)

Operador de Máquinas Pesadas

2

27,00 (vinte e sete reais)

Professor de Artes (Música)

1

47,00 (quarenta e sete reais)

Professor de Educação Física

1

47,00 (quarenta e sete reais)

Professor de Letras (Port./Ing.) - Escola Barreirão

1

47,00 (quarenta e sete reais)

Professor de Letras (Port./Ing.) - Escola Pouso Auto

1

47,00 (quarenta e sete reais)

Professor de Letras (Port./Ing.) - Geral

3

47,00 (quarenta e sete reais)

Professor de Matemática - Escola Barreirão

1

47,00 (quarenta e sete reais)

Professor de Matemática - Escola Pouso Auto

1

47,00 (quarenta e sete reais)

Professor Pedagogo - Escola Barreirão

3

43,00 (quarenta e três reais)

Professor Pedagogo - Escola Pouso Auto

3

43,00 (quarenta e três reais)

Professor Pedagogo - Geral

10

43,00 (quarenta e três reais)

Técnico de Enfermagem

5

19,00 (dezenove reais)

Técnico em Laboratório

1

19,00 (dezenove reais)

3.7.1 - A taxa de inscrição é isenta para o candidato que comprove ser economicamente hipossuficiente.

3.7.2 - A isenção da taxa de inscrição fica condicionada à comprovação, pelo candidato, da hipossuficiência econômica através de documento de inscrição de complementação de renda ou de assistência social do Governo Federal, a ser aferido pela comissão especial do concurso público.

3.8 - Não serão aceitas ou consideradas válidas as taxas de inscrições pagas fora do período fixado no item 3.6.

3.9 - caso o candidato venha desistir do concurso em virtude de alterações das normas editalícias, terá sua taxa de inscrição devolvida, que poderá ser também por procuração, devendo ser requerida junto à Secretaria Municipal de Finanças da Prefeitura, em horário de expediente, mediante devolução do comprovante de inscrição original e apresentação de documento de identificação do candidato.

3.10 - Não será admitida mais de uma inscrição por candidato, caso ocorra, prevalecerá a última.

3.11 - Serão considerados desistentes os candidatos que, mesmo tendo pagado o valor da inscrição, não tenham efetivado a inscrição.

3.12 - Caso o candidato pague um valor maior que o da inscrição, o mesmo poderá realizar a sua inscrição e o valor excedente será devolvido pela Secretaria Municipal de Finanças, assim como o valor total da inscrição, no caso de cancelamento do certame.

3.13 - Caso o candidato pague um valor menor que o da inscrição do cargo para o qual se candidatará o mesmo deverá pagar o restante, completando assim o valor respectivo para realizar sua inscrição.

3.14 - Não serão admitidas sob qualquer hipótese inscrições condicionadas.

3.15 - Será permitida a inscrição por procuração, com firma reconhecida em cartório, acompanhada de documento de identidade do outorgado, original e cópia, e cópia autenticada do documento de identidade e CPF do candidato.

3.16 - O candidato inscrito por procuração assume total responsabilidade pelas informações prestadas por seu procurador.

3.17 - O candidato que necessitar de qualquer tipo de atendimento diferenciado para realização das provas deverá solicitá-lo, por escrito, no ato da inscrição, indicando claramente no formulário de inscrição quais os recursos especiais necessários (materiais, equipamentos, etc...).

3.18 - A solicitação de condição especial será atendida segundo os critérios de viabilidade e de razoabilidade, julgado pelo IGACAP juntamente com a comissão especial do concurso público.

3.19 - A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas, além de solicitar, no ato da inscrição, atendimento especial para tal fim, deverá levar um acompanhante, que ficará em sala reservada para essa finalidade e que será responsável pela guarda da criança. A candidata que não levar acompanhante para cuidar da criança não realizará as provas.

4 - DAS VAGAS DESTINADAS AOS PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS

4.1 - Das vagas destinadas às categorias funcionais previstas neste edital, 10% (dez por cento) serão destinadas a pessoas portadoras de necessidades especiais, para provimento de cargos cujas atribuições sejam compatíveis com as necessidades especiais de que são portadoras.

4.2 - Na aplicação do percentual a que se refere o subitem anterior, quando o resultado for fração de um número inteiro, arredondar-se-ão as vagas para o número inteiro imediatamente posterior.

4.3 - Aos candidatos inscritos na forma do subitem 4.1 é assegurado o direito de se inscreverem nesta condição, declarando serem portadores de necessidades especiais e submetendo- se, se convocados, à perícia médica, promovida pelo IGACAP juntamente com a comissão especial do concurso público, que dará decisão terminativa sobre a condição do candidato com necessidades especiais ou não e o grau das necessidades especiais capacitante para o exercício do cargo.

4.4 - No ato da inscrição o candidato optante a esse direito deverá entregar laudo médico que comprove as suas necessidades especiais e a compatibilidade entre esta e as atribuições do cargo e solicitar, por escrito, os recursos especiais de que necessitar para realizar as provas.

4.5 - A não observância do disposto nos subitens anteriores acarretará a perda do direito ao pleito das vagas reservadas aos candidatos em tais condições, concorrendo normalmente com os demais candidatos.

4.6 - Os portadores de necessidades especiais participarão em igualdade de condições, com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo, avaliação, duração, horário e local de aplicação das provas, observado o disposto no subitem 3.17.

4.7- Os candidatos que no ato da inscrição se declararem portadores de necessidades especiais, se classificados nas provas de conhecimento, além de figurarem na lista geral de classificação, terão seus nomes publicados em relação à parte, observada, a respectiva ordem de classificação.

5 - DO PRAZO DE VALIDADE DO CONCURSO PÚBLICO

5.1 - O prazo de validade do presente concurso público será de 02 (dois) anos, a contar da data da última publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, a critério da Administração Municipal.

5.2 - A prorrogação do presente concurso público deverá ser feita por decreto do Poder Executivo, até no mínimo 30 (trinta) dias antes da data do vencimento.

5.3 - O ato de prorrogação deverá ser publicado no Diário Municipal de Goiás e em jornal de grande circulação, de forma que a data entre a circulação da publicação que circular primeiro e o fim da validade contado da última publicação da homologação, observe um período de no mínimo trinta dias.

6 - DA DOCUMENTAÇÃO E REQUISITOS BÁSICOS PARA A POSSE DO CARGO

6.1 - Documentação básica para todos os candidatos:

- CPF;

- Identidade;

- Comprovante de regularidade perante o serviço militar para homens;

- Comprovante de regularidade com a justiça eleitoral (título de eleitor com prova de ter votado na última eleição);

- Certidão emitida pela Secretaria Municipal de Finanças do Município de Campos Belos, comprovando a quitação para com a fazenda pública municipal;

- Certidão negativa que comprove a quitação para com a fazenda pública estadual e federal;

- Certidão negativa criminal emitida pela justiça estadual e federal;

- Comprovante de endereço residencial;

- Declaração de bens e valores; e

- Declaração de não ter vínculo empregatício com o serviço público, salvo dentro do permissivo constitucional.

6.2 - Requisitos básicos para todos os candidatos:

a) ser brasileiro, ou português, e em caso de nacionalidade portuguesa estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimentos de gozos de direitos políticos, nos termos do artigo 12, § 1º da Constituição Federal;

b) ter idade mínima de 18 (dezoito) anos na data da posse;

c) estar quites com as obrigações militares (se homem);

d) estar regular com as obrigações eleitorais;

e) estar regular com a fazenda pública municipal, estadual e federal;

f) estar regular para com a justiça estadual e federal;

g) preencher os requisitos do cargo a que concorreu, mediante a entrega de cópia dos documentos probantes;

h) comprovar residência através de fatura de água, energia ou conta telefônica;

i) ter aptidão física e mental para o exercício das obrigações do cargo;

j) possuir o nível de escolaridade exigido para o exercício do cargo, conforme descrito no anexo I, constante deste edital, comprovado através do diploma ou histórico escolar com declaração de conclusão expedida pela instituição.

7 - DAS ETAPAS DO CONCURSO PÚBLICO

7.1 - O Concurso Público será composto de prova objetiva escrita, de caráter eliminatório e classificatório, para os candidatos de todos os cargos;

7.2 - Somente serão admitidos no recinto em que se realizarem as provas:

7.2.1 - Os candidatos;

7.2.2 - Os fiscais;

7.2.3 - Os membros da comissão especial de concurso público;

7.2.4 - Os membros da equipe técnica do IGACAP;

7.2.5 - O prefeito, o presidente da câmara municipal, os secretários municipais e os vereadores do Município de Campos Belos;

7.2.6 - O (a) acompanhante da candidata que estiver amamentando, para guarda da criança, que deverá ficar em sala reservada; e,

7.2.6 - Pessoa designada para a limpeza e manutenção da escola onde a prova estará sendo realizada.

8 - DAS PROVAS

8.1 - A prova será escrita, na modalidade objetiva, para os candidatos a todos os cargos, será composta por questões de múltipla escolha e terá caráter eliminatório e classificatório.

8.2 - Cada questão conterá 04 (quatro) opções e somente uma correta de acordo com o enunciado.

8.3 - A prova de português terá 20 (vinte) questões, sendo que cada uma valerá 0,5 (meio) ponto; a prova de conhecimento específico, para os cargos que a exigir, terá 20 (vinte) questões, sendo que cada uma valerá 0,5 (meio) ponto; e a prova prática, para os cargos que a exigir, terá 10 tarefas para cada candidato, sendo que cada tarefa valerá 1,0 (um) ponto.

8.4 - A prova de português será avaliada numa escala de 0,0 (zero) a 10,0 (dez) e terá peso 01 (um), na apuração da média do candidato.

8.5 - A prova de específica será avaliada numa escala de 0,0 (zero) a 10,0 (dez) e terá peso 02 (dois), na apuração da média do candidato.

8.6 - A prova prática será avaliada numa escala de 0,0 (zero) a 10,0 (dez) e terá peso 02 (dois), na apuração da média do candidato.

8.7 - A prova de conhecimento específico, para o cargo que a exigir, terá 20 (vinte) questões sobre as atribuições específicas do cargo.

8.8 - A prova de conhecimento específico, para o cargo de agente administrativo, terá 05 (vinte) questões sobre as atribuições específicas do cargo e 15 (quinze) questões sobre informática.

8.9 - A prova escrita não constitui pré requisito para a realização da prova prática.

8.10 - A prova prática para o cargo de operador de máquinas pesadas será realizada através de teste em máquina pesada, de pneu ou esteira, que terá como tarefa a acoplagem de implementos na máquina; operar a máquina e seus implementos (Ex.: lâmina, escarificador, pá escavadeira, etc.); identificar peças da máquina e suas funções; e demonstrar conhecimentos das normas de trânsito.

8.11 - A prova prática para o cargo de operador de máquinas leves será realizada através de teste em trator de pneu que terá como tarefa a acoplagem de implementos na máquina; operar a máquina e seus implementos (Ex.: grade, niveladora, plantadeira, roçadeira, carreta, etc.); identificar peças da máquina e suas funções; e demonstrar conhecimentos das normas de trânsito.

8.12 - O critério de avaliação da prova prática para os cargos que a exigir será: o candidato irá realizar as tarefas, acompanhado do avaliador, que terá uma prancheta com uma folha com as tarefas a serem aplicadas e marcará se o candidato desempenhou ou não a tarefa, esta avaliação será acompanhada de dois fiscais, devendo o avaliador apresentar de imediato aos fiscais qual foi o desempenho e ao final assinará a folha de avaliação juntamente com os mesmos e o candidato.

8.13 - As provas serão realizadas nos dias 21 e 28 do mês outubro de 2012, sendo que, no dia 08 de agosto de 2012, será divulgado no placar e no site da Prefeitura Municipal de Campos Belos (www.camposbelos.go.gov.br), o dia e o horário da prova de cada cargo.

8.14 - As provas terão duração de 04 (quatro) horas.

8.15 - O local da aplicação das provas será divulgado no placar e no site Prefeitura Municipal de Campos Belos (www.camposbelos.go.gov.br) no dia 17 de outubro de 2012.

8.16 - O conteúdo programático está disponível no anexo I deste edital.

8.17 - O cálculo da média para os cargos que realizará duas provas: português e específica ou português e prática, será efetuado da seguinte forma: multiplica-se a nota da prova pelo seu peso, soma os valores obtidos nas duas provas e divide-se por 3 (três), ou seja, por 3 (três) pesos: 1 (um) da prova de português e 2 (dois) da prova específica ou prática, o resultado é a média obtida.

9 - DAS CONDIÇÕES DE REALIZAÇÃO DA PROVA

9.1 - O candidato deverá comparecer ao local determinado para a realização das provas com antecedência mínima de 01(uma) hora do horário de fechamento dos portões, munido do comprovante de inscrição, documento de identidade original e caneta esferográfica de cor azul ou preta.

9.1.1 - Os portões serão fechados trinta minutos antes do horário de início das provas.

9.1.2 - Serão considerados documentos oficiais de identidade (que contenha foto): carteira expedida pelos comandos militares, pelas secretarias de segurança, pelos corpos de bombeiros, pelas polícias militares e pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos, etc.), passaporte, carteiras funcionais do ministério público e magistratura, carteira de trabalho, carteiras expedidas por órgão público que, por lei federal, valem como identidade, e carteira nacional de habilitação (somente o modelo novo com foto).

9.1.3 - O documento deverá estar em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a identificação do candidato, sua assinatura e deverá estar dentro do prazo de validade.

9.2 - A inexatidão das informações ou a constatação de irregularidades em documentos, ainda que verificadas posteriormente, eliminará o candidato do concurso, assegurado ao candidato a ampla defesa e o contraditório.

9.3 - Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar documento oficial de identidade e/ou comprovante de inscrição, por motivo de roubo ou furto deverá apresentar documento que comprove o registro do fato em órgão policial.

9.4 - No caso de roubo ou furto do documento oficial de identidade e/ou do comprovante de inscrição, o documento que registrou o fato em órgão policial somente será aceito se constar data de expedição de no máximo 30 dias.

9.5 - Não será permitido o acesso ao local de provas sem a caneta e os documentos mencionados no item 9.1 e para candidato que chegar após o fechamento dos portões.

9.6 - Os casos de alterações psicológicas e/ou fisiológicas permanentes ou temporárias (gravidez, estados menstruais, indisposições, câimbras, contusões, crises reumáticas, luxações, fraturas, crises de labirintite, etc.) e caso de alterações climáticas (sol, chuva, etc.) ou trânsito, que diminuam ou limitem a capacidade física dos candidatos de realizarem as provas e o acesso ao local, não serão levados em consideração, não sendo concedido qualquer tratamento privilegiado, respeitando-se o princípio da isonomia.

9.7 - Não haverá, sob pretexto algum, segunda chamada para as provas. O não comparecimento, qualquer que seja a alegação, acarretará a eliminação automática do candidato.

9.8 - É vedado ao candidato prestar as provas fora do local, data e horários pré-determinados pela organização do concurso público.

9.9 - Não será permitido ao candidato entrar no local de realização de prova carregando consigo, bolsa, sacola, pochete, carteiras, armas ou aparelhos eletrônicos (bip, telefone celular, qualquer tipo de relógio, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador, etc.), ou usando óculos escuros, assim como, a candidata ou candidato que tenha cabelos longos, com os mesmos soltos.

9.9.1 - O IGACAP e a comissão organizadora não se responsabilizará por perdas ou extravios de objetos e/ou equipamentos eletrônicos ocorridos durante a realização da prova, nem por danos neles causados.

9.9.2 - O descumprimento do descrito no item 9.9 deste edital implicará na eliminação do candidato, constituindo tentativa de fraude, situação em que o IGACAP e a comissão especial do concurso, se reservam no direito não comunicar o candidato no local de prova sobre sua eliminação, a fim de garantir a tranqüilidade e a organização durante a realização da prova. O fato será lavrado em relatório de ocorrência, pelos fiscais de sala e posteriormente comunicado ao IGACAP e comissão especial do concurso, que em momento oportuno, promoverá a eliminação do candidato do certame, conforme determinado no item 10, assegurando ao mesmo o direito ao contraditório e à ampla defesa.

9.10 - Para a abertura do envelope contendo as provas, um candidato voluntário fará a conferência do lacre do envelope, das provas, dos cartões-resposta e preencherá o termo de abertura assinando-o juntamente com o fiscal.

9.11 - O candidato receberá um caderno contendo as provas, no horário previsto para o início das mesmas, referentes ao cargo pleiteado, conforme conteúdos programáticos constantes do anexo I deste edital.

9.12 - O candidato receberá um cartão-resposta, 30 (trinta) minutos após o início das provas, que deverá ser preenchido e identificado somente com o número de inscrição, o qual será devolvido, pois será o único documento válido para correção da prova. O caderno de provas ficará com o candidato.

9.13 - Somente o número de inscrição deverá ser colocado no cartão-resposta.

9.14 - Não serão aceitas emendas ou rasuras nas respostas do cartão-resposta, em hipótese alguma será fornecido outro caderno de provas ou outro cartão-resposta, exceto no caso de defeito nos mesmos.

9.15 - O preenchimento do cartão-resposta, que será o único documento válido para a correção da prova, é de inteira responsabilidade do candidato.

9.16 - Será atribuída nota 0,0 (zero) à questão do cartão-resposta que não corresponder ao resultado do gabarito oficial, ou que contiver emenda, rasura ou mais de uma ou nenhuma resposta assinalada.

9.17 - Por motivos de segurança os seguintes procedimentos serão adotados:

a) o candidato será identificado ao entrar no local da prova e será efetuada tiragem de conferência, para verificar se o candidato porta a caneta, o comprovante de inscrição e o documento de identificação, assim como para evitar que tenha acesso ao local de provas portando qualquer objeto proibido no item 9.9.

b) após ser identificado o candidato não poderá sair do local da prova sem acompanhamento de fiscal;

c) somente depois de decorrida uma hora do início da prova o candidato poderá entregar o cartão-resposta e retirar-se. Se insistir em sair antes do horário permitido, deverá assinar um termo de desistência declarando sua desistência do Concurso Público nº 001/2012, que será lavrado pelo representante do IGACAP ou presidente da comissão especial do concurso público.

9.18 - As demais instruções acerca da realização da prova estarão contidas na capa do caderno de provas, que é parte integrante deste edital e deverão ser seguidas rigorosamente.

9.19 - A Prefeitura Municipal de Campos Belos se responsabilizará pela segurança dos candidatos nos locais onde se realizarão as provas através da polícia militar.

9.20 - Os candidatos serão responsáveis por suas atitudes ou atos ocasionados por alterações de seu estado físico, mental ou emocional, devendo ainda responder por estes atos e pelos danos causados.

9.21 - Os três últimos candidatos permanecerão na sala até que o último termine e entregue sua prova, os três preencherão e assinarão o termo de encerramento, juntamente com os fiscais de sala. Deverão lacrar o envelope com os cartões-resposta preenchidos, assim como, com os cartões-resposta e provas de candidatos que faltaram, rasgando estes e escrevendo "faltou" no local da assinatura na lista de presença.

10 - DO JULGAMENTO E DA CLASSIFICAÇÃO

10.1 - Será considerado aprovado o candidato que obtiver média geral igual ou superior a 5,0 (cinco pontos), para os cargos que terão duas provas: de português e específica ou de português e prática, onde somente serão utilizadas, para apuração da média, a nota do candidato que alcançou aproveitamento em cada prova, de valor igual ou superior a 30% (trinta por cento) e para candidato que realizar apenas a prova de português será considerado aprovado o que obtiver nota igual e superior a 5,0 (cinco pontos), sendo considerado eliminado o candidato que:

10.1.1 - Obtiver valor menor que 30% (trinta por cento) dos pontos em quaisquer umas das provas, para candidato que realizar duas provas: de português e específica ou de português e prática; e que obtiver menos de 50% (cinqüenta por cento) para candidato que realizar apenas a prova de português.

10.1.2 - Utilizar meios ilícitos e irregulares para inscrição e realização das provas;

10.1.3 - Deixar de comparecer, no horário previsto, às provas, sob qualquer hipótese;

10.1.4 - For flagrado em comunicação com qualquer candidato ou consultando qualquer material;

10.1.5 - Portar material estranho ao necessário para a realização das provas, conforme descrito no item 9.9;

10.1.6 - Adulterar o comprovante de inscrição;

10.1.7 - Escrever no cartão-resposta qualquer tipo de informação alheia às orientações do item 9.13, inclusive colocar o nome ou outro tipo de identificação, observada a determinação do item 9.14.

10.1.8 - Mesmo obtendo média geral igual ou superior a 5,0 (cinco pontos) e esta o posicionaria na lista de classificação em posição abaixo de três vezes ao número de vagas ofertadas para o cargo se candidatou.

10.1.9 - Ausentar-se do recinto de qualquer prova sem permissão;

10.1.10 - Mantiver conduta incompatível com a condição de candidato, ou ser descortês com qualquer um dos fiscais, coordenadores, autoridades, membros da comissão do concurso ou do IGACAP e pessoas incumbidas da realização do concurso público.

10.2 - Os candidatos serão classificados em ordem decrescente de pontos obtidos.

10.3 - No caso de empate terá preferência, para efeito de classificação o candidato que tiver, na seguinte ordem: maior idade entre os idosos, obedecendo ao disposto no parágrafo único do artigo 27 do Estatuto do Idoso (Lei Federal nº. 10741/2003); maior nota na prova específica; permanecendo o empate, maior nota na prova de português; e se ainda permanecer o empate, o que tiver idade mais elevada.

10.4 - Os candidatos classificados para as vagas, após homologação do concurso público, serão chamados de acordo com as necessidades da administração municipal, durante o prazo de validade do concurso, obedecendo à ordem de classificação, e deverão se submeter, à época da nomeação, a exame médico realizado por médico oficial do Município de Campos Belos e só serão nomeados os aprovados no referido exame.

10.5 - Serão classificados para reserva técnica os candidatos que se posicionarem na lista de classificação, em posição que ficar fora do número de vagas, de até três vezes o número de vagas ofertadas para o cargo ao qual se candidataram que poderão ser chamados, caso haja necessidade, durante o prazo de validade do concurso público, obedecendo à ordem de classificação, e deverão se submeter à época de nomeação, a exame médico realizado por médico oficial do Município de Campos Belos, e só serão nomeados os aprovados no referido exame.

10.6 - O candidato, ao ingressar no cargo do presente concurso, ficará em período de estágio probatório durante três anos, nos termos da Constituição Federal, em seu artigo 41, podendo ser exonerado a qualquer momento durante este período, se reprovado na avaliação instituída especificamente para o estágio probatório.

10.7 - O gabarito será divulgado no placar e no site da Prefeitura Municipal de Campos Belos (www.camposbelos.go.gov.br) na seguinte forma:

a) no dia 22 de outubro de 2012 para os cargos de candidatos que realizarem provas no dia 21 de outubro; e

b) no dia 29 de outubro de 2012 para os cargos de candidatos que realizarem provas no dia 28 de outubro de 2012.

10.8 - O resultado do concurso público será publicado no placar da Prefeitura Municipal de Campos Belos, nos termos da Lei Orgânica do Município, no dia 30 de novembro de 2012 e publicado no Diário Municipal de Goiás e em jornal de grande circulação.

10.9 - O termo de homologação do resultado final do concurso público será publicado no Diário Municipal de Goiás e em jornal de grande circulação, assim como a lista dos candidatos aprovados e classificados, assim como dos que se posicionarem na lista de reserva.

10.10 - Aos candidatos aprovados, não será fornecido nenhum documento de aprovação, valendo o resultado final publicado na forma acima.

11 - DOS RECURSOS

11.1 - A data para interposição de recursos será do dia 29 de outubro a 01 de novembro de 2012, no horário das 08:00 às 11:30 e das 14:00 às 17:00 horas, no prédio da Prefeitura Municipal, que também poderá ser interposto via email (igacap@hotmail.com) ou via fax (62 3446 1398), sendo que para a validação do recurso, necessariamente o candidato deverá apresentar o original no prazo de 05 (cinco) dias, sob pena do mesmo não ser recebido.

11.1.1 - Será permitida a interposição de recursos por procuração, com firma reconhecida em cartório, acompanhada de documento de identidade do outorgado, original e cópia, e cópia autenticada do documento de identidade e CPF do candidato.

11.1.2 - O recurso interposto por procuração é de total responsabilidade do candidato.

11.2 - A matéria do recurso será restrita à alegação de erro na elaboração das questões da prova, desde que justificado o erro material ou omissões objetivamente constatáveis, sendo vedado em qualquer caso, o questionamento de critérios de julgamento do examinador ou nota por ele atribuída.

11.3 - O recurso deverá estar devidamente fundamentado em bibliografias, com cópia da página do livro ou outra fonte, constando nome do candidato, número de inscrição, categoria funcional e endereço para correspondência e deverá ser dirigido ao presidente da comissão especial do concurso público, após a publicação do gabarito oficial, sob pena de não ser recebido.

11.4 - O recurso interposto fora do respectivo prazo, não será conhecido, sendo considerada para tanto, a data e horário do seu protocolo.

11.5 - O prazo para a resposta do recurso será de até 30 (trinta) dias, contados da data final para interposição do mesmo.

11.6 - No caso de anulação de alguma questão da prova por observação do IGACAP juntamente com a comissão especial do concurso público ou por efeito de recurso, o ponto da questão será revertido para os candidatos da seguinte forma:

a) Se o candidato tiver marcado a alternativa considerada como a correta no gabarito publicado e a questão for anulada, não será acrescentado o valor da questão, tendo em vista que o mesmo será somado à sua nota no ato da correção do cartão-resposta;

b) Se o candidato tiver marcado a alternativa considerada como errada no gabarito publicado e a questão for anulada, o valor da questão será acrescentado à sua nota no ato da correção do cartão-resposta.

12 - DA HOMOLOGAÇÃO

12.1 - O concurso público será homologado pelo prefeito municipal de Campos Belos, após a resposta dada pela comissão especial do concurso público aos recursos que porventura foram interpostos e após a publicação do resultado.

13 - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E FINAIS

13.1 - Não serão corrigidas provas de candidatos que tenham sofrido qualquer impugnação por parte do IGACAP e/ou da comissão especial do concurso público ou que deixou de identificar o cartão resposta com o número da inscrição.

13.2 - A inscrição do candidato implicará no conhecimento do teor do presente edital, das instruções específicas do presente concurso público e no seu compromisso expresso de aceitar estas condições tais como aqui se acham estabelecidas, assinando para isto a declaração constante da ficha de inscrição.

13.3 - A qualquer tempo e no seu exclusivo interesse, poderá a administração municipal de Campos Belos, modificar ou anular, no todo ou em parte, este concurso público, assegurado aos candidatos o contraditório e a ampla defesa dos candidatos.

13.4 - Não será permitida a entrada, no local da realização das provas, de pessoas não autorizadas pelo IGACAP ou pela comissão especial do concurso público, observado o item 7.2.

13.5 - Serão publicados tão somente os resultados referentes aos candidatos aprovados neste Concurso Público, assim como a lista de cadastro de reserva para aqueles que obtiveram média geral que o posicionar em posição de até três vezes o número de vagas ofertadas.

13.6 - Após cinco anos, contados da data da última publicação da homologação do concurso público, sem que exista qualquer ação pendente, as provas e o material inservível, relativo ao concurso público, poderão ser incinerados, através de uma comissão especial, devidamente designada pelo chefe do executivo municipal.

13.7 - A aprovação e a classificação geram para o candidato o direito à nomeação dentro das vagas oferecidas no período de validade do concurso público. A nomeação do candidato aprovado, que obedecerá a ordem de classificação, deverá iniciar pela lista da classificação geral, seguida da lista reservada aos portadores de necessidades especiais, observando- se a partir de então sucessiva alternância entre ambas, na proporção da porcentagem reservada aos portadores de necessidades especiais, até o esgotamento das vagas reservadas, e será feita em caráter efetivo de acordo com a necessidade do serviço e atendida à existência de vagas.

13.8 - O candidato aprovado no concurso público, quando convocado para manifestar-se acerca de sua nomeação, poderá dela desistir definitiva ou temporariamente.

13.9 - Em caso de desistência temporária, o candidato renunciará a sua classificação e passa a posicionar-se em último lugar na lista dos aprovados e classificados, ou seja, passará para a lista de reserva técnica, aguardando nova convocação, que poderá ou não se efetivar no período de vigência do concurso público.

13.10 - A posse no cargo fica condicionada à aprovação em inspeção médica a ser realizada por médico oficial do Município e ao atendimento das condições constitucionais e legais e a apresentação de cópias e originais de todos os documentos exigidos no item 6.1, além do preenchimento dos requisitos exigidos no item 6.2.

13.11 - O presente edital obedece às normas contidas na Lei Municipal nº. 437/90, de 05 de dezembro de 1990, que dispõe sobre o Regime Jurídico Único dos Funcionários Públicos da Prefeitura de Campos Belos, Lei, Lei nº. 1048/2010, de 06 de dezembro de 2010, Lei nº. 2.002/2012, de 27 de abril de 2012 e Lei nº. 2.004/2012, de 15 de maio de 2012.

13.12 - Possíveis erros neste edital deverão ser corrigidos através de errata que deverá ser publicada no placar da Prefeitura Municipal de Campos Belos, e possíveis erros de digitação nas provas deverão ser corrigidos no dia e no próprio local das provas.

13.13 - Quaisquer outras informações poderão ser obtidas com o representante do

IGACAP ou com o presidente da comissão especial do concurso público, na sede da Prefeitura Municipal de Campos Belos em horário de expediente, bem como este do edital, que poderá ser obtido no site www.camposbelos.go.gov.br.

13.14 - Os casos omissos neste edital serão resolvidos pela comissão especial do concurso público juntamente com o IGACAP.

Campos Belos, 05 de julho de 2012.

Tatiana Barbosa dos Santos
Presidente da Comissão Especial do Concurso Público

CERTIDÃO DE PUBLICAÇÃO

O Sr. Rone Cezar Ferreira Marques, Secretário Municipal de Administração da Prefeitura Municipal de Campos Belos, Estado de Goiás, no uso das funções que lhe são conferidas, CERTIFICA que o Edital do Concurso Público nº 001/12, foi devidamente publicado no placar da Prefeitura Municipal de Campos Belos, no dia 05 de julho de 2012 às 16:50 horas, assim como no site www.camposbelos.go.gov.br.

Campos Belos, 05 de julho de 2012.

Rone Cezar Ferreira Marques
Secretário Municipal de Administração

ANEXO I

Edital nº. 001/12

Cargo: Agente administrativo

Local: Geral

Número de vagas: 10 (dez)

Vencimento básico: R$ 630,00 (seiscentos e trinta reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Auxiliar na execução de tarefas nas áreas financeira, orçamentária, de material, patrimônio de recursos humanos e outros ligados às atividades meio e fim da administração; auxiliar no controle das atividades e tarefas da área de manutenção geral, realizar serviços de informática, operar equipamentos diversos e desempenhar outras atividades inerentes ao cargo.

Processo de avaliação: Provas de português e específica.

Requisitos:

- Nível médio;

- Conhecimentos de informática; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo programático da prova de português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Análise Morfológica: Substantivo, Adjetivo, Artigo, Numeral, Pronome, Verbo, Advérbio, Preposição, Conjunção: classificação, formação e flexão;

- Estrutura das Palavras;

- Processos de Formação das Palavras;

- Análise Sintática: Período Simples: Termos da Oração, Transitividade Verbal, Vozes Verbais. Verbos: Classificação, Conjugação e Formas Nominais;

- Crase;

- Divisão Silábica;

- Acentuação Gráfica;

- Emprego do hífen;

- Ortografia, emprego de letras e correspondência entre som e letra;

- Encontros Vocálicos;

- Encontros Consonantais;

- Pontuação;

- Significação das Palavras: sinônimos, antônimos, homônimos, parônimos e polissemia;

- Denotação e Conotação;

- Figuras de Linguagem: Figuras de Palavras, Figuras de Pensamento.

Bibliografia:

AURÉLIO ELETRÔNICO, Novo Dicionário;

CIPRO NETO, Pasquale & INFANTE, Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. Scipione; FARACO, Carlos Emílio & MOURA, Francisco Marto de. Gramática. Ática

GIACOMOZZI, Gilio, VALÉRIO, Gildete & FENGA, Cláudia Redá. Estudos de GRAMÁTICA. FTD. PASCHOALIN, Maria Aparecida. Gramática: teoria e exercícios. FTD;

ROCHA, Ruth. Minidicionário da Língua Portuguesa. Scipione. (Atualizado conforme o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa); TERRA, Ernani. Minigramática. Scipione;

Conteúdo programático da prova específica de informática: Windows 7

- Livro: Windows 7 - Editora Artmed / Bookman - Autor: Julio Battisti

- Site: www.juliobattisti.com.br

- Pesquisas pela Internet

Office 2007

- Livro: Microsoft Office 2007 - Para todos nós - Autor: Sérgio Sousa / Maria José Sousa

- Site: www.fca.pt

- Pesquisas pela Internet

Hardware e Software

- Livro: Hardware PCS e Periféricos - Curso completo 4ª Edição Atualizada e Aumentada

Autor: Jose Gouveia / Alberto Magalhães

- Site: www.fca.pt

- Pesquisas pela Internet

Internet

- Livro: Utilizar a Internet Depressa & Bem - 13ª Edição Atualizada - Autor: Isabel Vaz

- Site: www.fca.pt

- Pesquisas pela Internet

Conteúdo programático da prova específica sobre atribuições específicas do cargo:

- Correspondência oficial;

- Organização de arquivos e protocolos;

- Recepção e despacho de documentos;

- Noções de direitos e deveres;

- Sindicância e processo administrativo.

Sugestão de bibliografia:

Qualquer livro referente à área e Legislação Municipal (regime jurídico único dos servidores municipais de Campos Belos).

Cargo: Agente de Serviços de Higiene e Alimentação

Local: Geral

Número de vagas: 50 (cinquenta)

Vencimento básico: R$ 622,00 (seiscentos e vinte e dois reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Exercer atividades sociais de apoio, preparando e servindo lanches e refeições, limpando e arrumando as dependências da área de trabalho, controlando entrada e saída de alunos em atendimento às necessidades das unidades escolares do município; executar tarefas de higiene e zeladoria dos edifícios públicos, abrindo e fechando as portas e janelas do local de trabalho, como também acender e apagar as lâmpadas; e desempenhar outras tarefas semelhantes.

Processo de avaliação: Provas de português

Requisitos:

- Ensino fundamental incompleto; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo Programático da prova de português:

- Compreensão de texto (com significados das palavras);

- Singular e Plural;

- Masculino e Feminino;

- Substantivos: Próprio e Comum;

- Separação de sílabas;

- Adjetivo.

Bibliografia:

- Qualquer livro de Português do 1º ao 5º ano.

Cargo: Agente de Serviços Gerais

Local: Geral

Número de vagas: 20 (vinte)

Vencimento básico: R$ 622,00 (seiscentos e vinte e dois reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Executar tarefas de zeladoria do cemitério; varredura de logradouros e acondicionamento do lixo urbano em recipientes próprios; atuar na seleção e reciclagem do Lixo; plantio, poda, rega e adubação de plantas ornamentais, arborização e hortaliças; abrir valetas, tapar buracos e outras tarefas afins. Processo de avaliação: Provas de português.

Requisitos:

- Ensino fundamental incompleto; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo Programático da prova de português:

- Compreensão de texto (com significados das palavras);

- Singular e Plural;

- Masculino e Feminino;

- Substantivos: Próprio e Comum;

- Separação de sílabas;

- Adjetivo.

Bibliografia:

- Qualquer livro de Português do 1º ao 5º ano.

Cargo: Agente de Vigilância

Local: Geral

Número de vagas: 01 (uma)

Vencimento básico: R$ 622,00 (seiscentos e vinte e dois reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Exercer vigilância diurna e noturna nas diversas dependências; fazer ronda de inspeção de acordo com os intervalos fixados; observar e fiscalizar a entrada e saída de pessoas e viaturas das dependências do órgão; verificar perigos de incêndio, inundações e alertar sobre instalações precárias, abrir e fechar portas, portões, janelas, ligar e desligar equipamentos e máquinas; fazer comunicações sobre qualquer ameaça ao patrimônio municipal; e desempenhar outras tarefas semelhantes.

Processo de avaliação: Provas de português.

Requisitos:

- Ensino fundamental incompleto; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo Programático da prova de português:

- Compreensão de texto (com significados das palavras);

- Singular e Plural;

- Masculino e Feminino;

- Substantivos: Próprio e Comum;

- Separação de sílabas;

- Adjetivo.

Bibliografia:

- Qualquer livro de Português do 1º ao 5º ano.

Cargo: Assistente Social

Local: Geral

Número de vagas: 01 (uma)

Vencimento básico: R$ 2.000,00 (dois mil reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Identificar e conhecer a realidade em que vai atuar, mobilizar, organizar e instrumentalizar os grupos demandatários das políticas, visando assegurar a sua participação a nível de decisão, gerência e usufruto; propor medidas para reformulação de políticas sociais vigentes e/ou apresentar e fundamentar a definição de novas políticas sociais; desenvolver pesquisas científicas próprias da área; criar e operacionalizar mecanismos de participação ativa de grupos e movimentos comunitários da sociedade civil, identificando formas alternativas de prestação de serviços e promovendo a participação dos indivíduos enquanto cidadãos; estimular e criar canais de participação popular, no interior dos órgãos públicos e privados afetos à execução da política social; trabalhar, socialmente, as relações interpessoais, familiares e comunitárias dos servidores do órgão; e desempenhar outras tarefas semelhantes.

Processo de Avaliação: - Prova de português e específica.

Requisitos:

- Nível superior em serviço social;

- Registro profissional; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo Programático da provas de português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Idéias principais do texto;

- Vocabulário: o sentido das palavras no contexto - sinonímia e antonímia;

- Termos essenciais, integrantes e acessórios da oração;

- Significação de palavras (homônimas, parônimas, antônimas e sinônimas);

- Emprego dos sinais de Pontuação;

- Ortografia: emprego das letras e acentuação gráfica;

- Colocação pronominal;

- Uso do porquê;

- Morfologia: Classes de palavras: classificação e emprego;

- Pronomes: pessoais e de tratamento;

- Verbo: Flexão de verbos irregulares;

- Plural dos substantivos e adjetivos compostos;

- Preposição, advérbio e conjunção;

- Sintaxe: concordância verbal e nominal.

Sugestão de bibliografia:

- Entre Palavras. Ferreira, Mauro - Editora FTD.

- Novíssima Gramática - Domingos Pascoal Segalla.

- A Palavra e Sua Língua Portuguesa. Luft, Celso Pedro - Editora Scipione.

Conteúdo Programático da prova específica:

O Serviço Social, as Políticas Sociais e as Políticas Públicas e Setoriais; A História do Serviço Social e o Projeto Ético Político; Estratégias de ação em Serviço Social O Serviço Social na Contemporaneidade; Seguridade Social e Serviço social: LOAS Lei nº 8.742, de 7 de setembro de 1993; Gestão da Política Nacional de Assistência Social na perspectiva do SUAS; Atuação do psicólogo no SUAS - Sistema Único de Assistência Social; protagonismo juvenil e trabalho social com juventude. Trabalho social com famílias. A Ética Prof issional e a relação com a Instituição, o Usuário e os Profissionais; O Serviço Social e a Interdisciplinaridade; A atuação do Assistente Social na área de Saúde Pública, Sistema Único de Saúde (SUS), Conselhos de Saúde e a Participação Popular - Controle Social, Gestão, Orçamento e Financiamento da Saúde.

Sugestão de bibliografia:

Qualquer literatura de autor específico da área.

Cargo: Auxiliar de Consultório Odontológico

Local: Geral

Número de vagas: 01 (uma)

Vencimento básico mensal inicial no: R$ 622,00 (seiscentos e vinte e dois reais).

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Atividades envolvendo serviços auxiliares ligados aos desenvolvidos no atendimento odontológico, auxiliando o Odontólogo. As tarefas constituem no desempenho das atividades auxiliares na execução de programas de saúde e saneamento, e exercer as seguintes tarefas:

Preparar o paciente na cadeira, no posicionamento do foco da luz anotando os exames feitos pelos Odontólogos;

Auxiliar no controle e manipulação dos instrumentos e material de consumo usado no consultório;

Esterilizar os instrumentos odontológicos, organizá-los e distribuí-los nas cobertas;

Participar na triagem de pacientes, no preenchimento de fichas clínicas e no controle das mesmas, no lançamento de dados necessários para o acompanhamento individual e coletivo dos pacientes;

Manter o material odontológico permanentemente limpo;

Auxiliar nas restaurações dentárias; Fazer curativos dentários;

Participar da profilaxia dentária;

Controlar a agenda de consultas, o fichário e o arquivo;

Processo de avaliação: Provas de português e específica.

Requisitos:

- Ensino Fundamental completo;

- Habilitação específica;

- Registro no órgão fiscalizador; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo programático da prova de português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Vocabulários: sinônimos, antônimos e parônimos;

- Ortografia - emprego das letras e acentuação gráfica;

- Fonética: encontros vocálicos e consonantais, dígrafos;

- Morfologia;

- Estrutura e processos de formação de palavras;

- Classes de palavras: substantivo, adjetivo, verbo, advérbio, preposição, conjunção e interjeição - classificação e flexão das classes variáveis;

- Pronomes: pessoais e de tratamento;

- Concordância verbal dos casos simples entre sujeito e predicado.

Sugestão de bibliografia:

- Entre Palavras. Ferreira, Mauro - Editora FTD.

- Novíssima Gramática - Domingos Pascoal Segalla.

- A Palavra e Sua Língua Portuguesa. Luft, Celso Pedro - Editora Scipione.

Sugestão de bibliografia:

- Qualquer livro de Português de 5º ao 9º ano.

Conteúdo programático da prova específica:

- Conhecimentos em material dentário:

- Como Manipular os diferentes materiais odontológicos como os cimentos: fosfato de zinco, ionômero de vidro, cimentos resinosos, pasta zincoenólica, etc;

- Noções básicas sobre os tipos e as aplicações em cada procedimento dos gessos odontológicos;

- Instrumentos clínicos e cirúrgicos:

- Utilizados numa extração ou cirurgias como: ciso, cisto, ulectomia, raspagem, limpeza, etc;

- Utilizados nos procedimentos restauradores como: amalgama, resinas, cimentos resinosos, ionômero;

- No tratamento de canal (limas, espaciadores, réguas, brocas Gates, cânulas, filmes, posicionadores, etc).

- Esterilizações:

- A vapor (autoclaves): como proceder e quais tipos de materiais poderão ser esterilizados;

- A seco (estufas): quais os tipos de instrumentos e materiais poderão ser esterilizados em estufas;

- Orientação dos pacientes quanto: higiene, marcar consultas, preencher e organizar fichas, organizar radiografias, como auxiliar de forma adequada cirurgiões-dentistas, vazar gesso, conhecimento básico de prevenção, zelar dos equipamentos e do consultório, desempenhar bem todas as tarefas afins.

Sugestão de bibliografia:

BRADASH, E. R. - Manual de Atendente de Consultório Dentário. LASCALA, N. T. - Prevenção na Clínica Odontológica. ALVARENGA, L., 2000. - Reze para ter Saúde.

Cargo: Enfermeiro

Local: Geral

Número de vagas: 02 (duas)

Vencimento básico mensal: R$ 2.000,00 (dois mil reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Executar as tarefas de observação e educação sanitária do doente, da gestante ou do acidentado; prestar cuidados de enfermagem a pacientes graves com risco de vida; identificar as necessidades de enfermagem, realizando entrevistas, participando de reuniões e através de observações sistematizadas, para preservar e recuperar a saúde; executar tarefas de administração de sangue e plasma controle da pressão venosa, monitorização e aplicação de respiradores artificiais, prestação de cuidados de conforto, movimentação ativa e passiva e de higiene pessoal; aplicação de diálise peritonial, gasoterapia, cateterismo, instilações, lavagens de estômago, visitais e outros tratamentos; executar tarefas complementares ao tratamento médico especializado em casos de cateterismo cardíaco, transplantes de órgãos, hemodiálise e outros, preparando o paciente, o material e o ambiente, para assegurar maior eficiência na realização dos exames e tratamentos; efetuar teste de sensibilidade, aplicando substâncias alergênicas e fazendo leitura das reações, para obter subsídios para diagnósticos; fazer curativos, imobilizações especiais e ministrar medicamentos e tratamentos em situações de emergência, empregando técnicas usuais ou específicas, para atenuar as conseqüências dessas situações; adaptar o paciente ao ambiente hospitalar e aos métodos terapêuticos que lhe são aplicados, realizando entrevistas, visitas diárias e orientando-o, para reduzir sua sensação de insegurança e sofrimento e obter sua colaboração no tratamento. Participar de programas de treinamento e aperfeiçoamento do pessoal de enfermagem e atuar nos programas de ações básicas de saúde.

Processo de Avaliação: - Prova de português e específica.

Requisitos:

- Nível superior em enfermagem;

- Registro profissional; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo Programático da provas de português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Idéias principais do texto;

- Vocabulário: o sentido das palavras no contexto - sinonímia e antonímia;

- Termos essenciais, integrantes e acessórios da oração;

- Significação de palavras (homônimas, parônimas, antônimas e sinônimas);

- Emprego dos sinais de Pontuação;

- Ortografia: emprego das letras e acentuação gráfica;

- Colocação pronominal;

- Uso do porquê;

- Morfologia: Classes de palavras: classificação e emprego;

- Pronomes: pessoais e de tratamento;

- Flexão de verbos irregulares;

- Plural dos substantivos e adjetivos compostos;

- Preposição, advérbio e conjunção;

- Sintaxe: concordância verbal e nominal.

Sugestão de bibliografia:

- Entre Palavras. Ferreira, Mauro - Editora FTD.

- Novíssima Gramática - Domingos Pascoal Segalla.

- A Palavra e Sua Língua Portuguesa. Luft, Celso Pedro - Editora Scipione.

Conteúdo Programático da prova específica:

Legislação do Exercício Profissional da Enfermagem; Planejamento e gestão em saúde, formulação e implementação de políticas públicas; Assistência de enfermagem nas doenças infecto-contagiosas; Assistência de enfermagem aos pacientes em situações clínicas cirúrgicas relativas aos sistemas cardiovascular, gastrointestinal, respiratório, renal, músculo-esquelético, neurológico e endócrino; Atuação do enfermeiro em unidade de ambulatório, centro cirúrgico, centro de material e esterilização, na prevenção e controle de infecção hospitalar; Assistência de enfermagem em saúde mental.

- Reforma psiquiátrica no Brasil: Nova lógica assistencial em saúde mental; Reabilitação psicossocial, clínica da subjetividade, compreensão do sofrimento psíquico e interdisciplinaridade. Álcool, tabagismo, outras drogas e redução de danos.

- Saúde coletiva: SUS, Programa Nacional de Imunização Indicadores de saúde; Vigilância sanitária: conceito, histórico, objetivos, funções importantes na Saúde Pública, noções de processo administrativo e sanitário; Programas de saúde; Fundamentos de epidemiologia, métodos epidemiológicos e pesquisa operacional. Enfermagem na saúde da mulher; Enfermagem na saúde da criança, do adolescente e terceira idade; Enfermagem em situações de urgência e emergência; Curativos, administração de medicamentos, sondas nasogástricas, enteral e vesical; Material descartável, órteses e próteses; Gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde; Assistência integral às pessoas em situação de risco; Violência contra a criança, o adolescente, a mulher e o idoso; Ética e legislação profissional; Modalidades assistências: hospital-dia, assistência domiciliar, trabalho de grupo.

Sugestão de bibliografia:

Legislação do Exercício Profissional da Enfermagem Enfermagem Médica-Cirúrgica; Brunner, Lilian Sholtis e Suddarth, Doris Smith. E, Outras bibliografias.

Cargo: Engenheiro Civil

Local: Geral

Número de vagas: 01 (uma)

Vencimento básico: R$ 2000,00 (dois mil reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Elaborar projetos na área de construção civil; participar de equipe de trabalho, desenvolvendo estudos para implantação e implementação de programas, projetos ou atividades interdisciplinares, emitir pareceres, laudos sobre assuntos de sua competência, elaborar relatórios, memoriais descritivos, plantas e croquis de imóveis, assessorar em assuntos de sua competência, propor políticas habitacionais adequadas à situação sócio-econômica do Município, fiscalizar obras contratadas, bem como construções irregulares; e desempenhar outras tarefas similares.

Processo de avaliação: Provas de português e específica.

Requisitos:

- Nível superior em Engenharia Civil

- Registro Profissional; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo programático da prova de português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Idéias principais do texto;

- Vocabulário: o sentido das palavras no contexto - sinonímia e antonímia;

- Termos essenciais, integrantes e acessórios da oração;

- Significação de palavras (homônimas, parônimas, antônimas e sinônimas);

- Emprego dos sinais de Pontuação;

- Ortografia: emprego das letras e acentuação gráfica;

- Colocação pronominal;

- Uso do porquê;

- Morfologia: Classes de palavras: classificação e emprego;

- Pronomes: pessoais e de tratamento;

- Flexão de verbos irregulares;

- Plural dos substantivos e adjetivos compostos;

- Preposição, advérbio e conjunção;

- Sintaxe: concordância verbal e nominal.

Conteúdo programático da prova específica:

- Planejamento e viabilidade de projetos e obras: programação e controle. Avaliação de custos unitários.

- Projeto e execução de edificações, Documentos descritivos: discriminações técnicas, cadernos de encargos, especificações técnicas.

Terraplenagem e locação da obra. Canteiro de obras: instalações provisórias; proteção e segurança; deposito e armazenamento de materiais, equipamentos e ferramentas. Estruturas metálicas, de madeira e de concreto; formas; armação; alvenaria estrutural; estruturas pré-fabricados. Instalações prediais: instalações elétricas em baixa tensão; instalações hidráulicas; instalações de esgoto; e instalações especiais (proteção e vigilância, gás, ar comprimido, vácuo e água quente). Alvenarias e revestimentos. Esquadrias. Forros. Pisos. Coberturas. Impermeabilização. Conhecimento avançado em AutoCAD.

- Projeto e execução de rodovias. Pavimentação. Projeto, tipos, aplicação e componentes. Principais elementos. Drenagem. Critérios de medição. Custos rodoviários.

- Hidráulica e saneamento básico. Redes de água e esgoto.

- Mecânica dos solos. Permeabilidade, percolação, compactação, compressibilidade, adensamento, estimativa de recalques, resistência ao cisalhamento, empuxos de terra, estruturas de arrimo, estabilidade de taludes, estabilidade das fundações superficiais e estabilidade das fundações profundas.

- Resistência dos materiais e analise estrutural. Deformações e analise de tensões; Flexão simples; flexão composta; torção; cisalhamento e flambarem.

- Estruturas isostáticas.

- Estruturas hiperestáticas.

- Dimensionamento do concreto armado.

- Engenharia legal. NBR 13752. Perícias de engenharia na construção civil. Engenharia de avaliações: métodos; níveis de rigor; depreciação; fatores de homogeneização; desapropriações; laudos de avaliação (NBR 14653 . antiga NBR 5676. Avaliação de Imóveis Urbanos). Fiscalização. Ensaios de recebimento da obra. Acompanhamento da aplicação de recursos (medições, emissão de fatura etc.). Controle de execução de obras e serviços. Documentação da obra: diários, documentos de legalização, ARTs.

- Engenharia de custos. Levantamento dos serviços e seus quantitativos. Orçamento analítico e sintético. Composição analítica de serviços.

Cronograma fisico-financeiro. Cálculo do beneficio e despesas indiretas BDI. Cálculo dos encargos sociais. Índices de atualização de custos na construção civil.

- Patologia das obras de engenharia civil.

- Licitações e contratos da administração publica (Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1992). Modalidades de licitação. Tipos de licitação. Fases de licitação. Elementos técnicos do edital de licitação: projeto básico, projeto executivo e orçamentos.

- Noções de legislação ambiental. (Lei Federal n° 6.766, de 19 de dezembro de 1979), Lei de Acessibilidade (Lei Federal n° 10.048, de 08 de novembro de 2000, Lei Federal n° 10.098, de 19 de dezembro de 2000, Decreto n° 5.296, de 02 de dezembro de 2004); diretrizes e políticas de mobilidade urbana; (Parcelamento do solo urbano).

Noções de uso e ocupação do solo: conhecimento e conceituação da terminologia empregada em Legislação Urbanística; parcelamento do solo: desmembramento; índices: taxa de ocupação, coeficiente de aproveitamento

Sugestão de bibliografia:

Qualquer literatura de autor específico da área e legislação apresentada referente ao conteúdo.

Cargo: Farmacêutico

Local: Geral

Numero de vagas: 01 (uma)

Vencimento básico: R$ 2.000,00 (dois mil reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Orientar a dispensação de medicamentos, prever e aconselhar aqueles que prescrevem ou usam produtos farmacêutico, controlar e regular a gestão de medicamentos na farmácia hospitalar, garantir a otimização de terapia medicamentosa e desempenhar outras tarefas similares a inerentes ao cargo.

Processo de avaliação: Prova de português e específica.

Requisitos:

- Nível superior em farmácia;

- Registro profissional; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo Programático da prova Português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Idéias principais do texto;

- Vocabulário: o sentido das palavras no contexto - sinonímia e antonímia.

- Termos essenciais, integrantes e acessórios da oração;

- Significação de palavras (homônimas, parônimas, antônimas e sinônimas);

- Emprego dos sinais de Pontuação.

- Acentuação gráfica;

- Ortografia: emprego das letras e acentuação gráfica;

- Colocação pronominal;

- Uso do porquê;

- Morfologia: Classes de palavras: classificação e emprego;

- Pronomes: pessoais e de tratamento;

- Flexão de verbos irregulares;

- Plural dos substantivos e adjetivos compostos;

- Preposição, advérbio e conjunção;

- Sintaxe: concordância verbal e nominal.

Sugestão de bibliografia:

- Novíssima Gramática da Língua Portuguesa - Domingos Paschoal Cegalla.

- Aprender e praticar - GRAMÁTICA - Mauro Ferreira

- Gramática Teoria e Exercícios. Paschoalin, Maria Aparecida - FTD

Conteúdo Programático da prova específica:

-Seleção, aquisição, armazenamento, manipulação, distribuição e informações sobre medicamentos. Conhecimento Básico de Farmacologia: interações medicamentosas. Efeitos adversos. Princípios Básicos de Farmacocinética: A dinâmica da absorção, distribuição e eliminação de fármacos; Classificação dos medicamentos; Vias de Administração dos medicamentos; Conservação Dispensação, Acondicionamento dos medicamentos, Padronização dos medicamentos. Farmacodinâmica: Mecanismo de ação dos fármacos e relação entre sua concentração e seu efeito; Fármacos que atuam no Sistema Nervoso Central; Fármacos Antimicrobianos, Antifúngicos e Antivirais; Analgésicos e Antiinflamatórios não esteróides; Fármacos anti hipertensivos e hipoglicemiantes; Fármacos antiparasitários; Fármacos cardiovasculares e de funções renais. Ética Farmacêutica. Conceitos: Atenção Farmacêutica. Assistência Farmacêutica. Medicamentos Genéricos. Medicamentos Similares. Medicamentos Análogos. Medicamentos Essenciais. Rename. Farmacoeconomia. Farmacovigilância. Logística: Aquisição, armazenamento, controle de materiais. Estudo de utilização de medicamentos. Controle de qualidade de medicamentos. Atenção e Assistência Farmacêutica, dispensação; princípios básicos farmacológicos. Biossegurança: equipamentos de proteção individual e equipamentos de contenção. Cálculos envolvendo medicamentos. Seleção e padronização de medicamentos. Programação e aquisição de produtos farmacêuticos. Logística, recebimento, armazenamento e distribuição de medicamentos. Métodos de controle de estoque. Sistema de distribuição de medicamentos. Registros de produtos sujeitos a controle especial. . Formas farmacêuticas. Formas farmacêuticas estéreis Portarias, normas e resoluções da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Norma Operacional da Assistência à Saúde/SUS - NOAS-SUS de 2002, Programa de Controle de Infecção Hospitalar.Portaria 344. Medicamentos genéricos. Programas de Assistência Farmacêutica do Ministério da Saúde - SUS. Lei 8080/90. Lei 8.142/90. Lei 5.991/73. Lei 74170/74. Lei 6.360/76 Decreto 793/93. Resoluções: 338/2004; RDC 44 de 17.08.2009; 417 de 29.09.2001; Resoluções de 2011 nº 549; nº 546; nº 542.

Sugestão de bibliografia:

Qualquer literatura de autor específico da área.

Cargo: Fonoaudiólogo

Local: Geral

Numero de vagas: 01 (uma)

Vencimento básico: R$ 2.000,00 (dois mil reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Subsidiar e acompanhar os professores na identificação e caracterização dos problemas fonoaudiológicos. Colaborar no planejamento e desenvolvimento de programas gerais voltados para o desenvolvimento do educando em seus diversos aspectos fonoaudiológicos. Orientar a família envolvendo-a no trabalho de forma a garantir o desenvolvimento da comunicação entre o aluno, a família e a escola. Participar, quando solicitado, das reuniões do Núcleo de Apoio à Inclusão. Participar da elaboração, execução e acompanhamento na Secretaria Municipal de Educação, dos projetos encaminhados pela SEE e SUEE. Orientar a Avaliação Pedagógica Referencial e o Plano Individualizado de Educação dos alunos com necessidades especiais. Acompanhar o desenvolvimento educacional e profissional dos educandos. Participar e promover reuniões, palestras, ciclos de estudos e encontros pedagógicos. Elaborar programas de controle de audição, voz e ruído para professores e/ou alunos. Apoiar a execução do Plano de Ação da SME. Proceder e orientar encaminhamentos externos ao coordenador geral do Setor quando necessário, realizando o devido acompanhamento dos mesmos de forma a contribuir para a consolidação do processo de inclusão. Subsidiar as escolas inclusivas na execução do Programa estadual para diversidade numa perspectiva inclusiva. Outras atividades pertinentes ao cargo.

Processo de avaliação: Prova de português e específica.

Requisitos:

- Nível superior em fonoaudiologia; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo Programático da prova Português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Idéias principais do texto;

- Vocabulário: o sentido das palavras no contexto - sinonímia e antonímia.

- Termos essenciais, integrantes e acessórios da oração;

- Significação de palavras (homônimas, parônimas, antônimas e sinônimas);

- Emprego dos sinais de Pontuação.

- Acentuação gráfica;

- Ortografia: emprego das letras e acentuação gráfica;

- Colocação pronominal;

- Uso do porquê;

- Morfologia: Classes de palavras: classificação e emprego;

- Pronomes: pessoais e de tratamento;

- Flexão de verbos irregulares;

- Plural dos substantivos e adjetivos compostos;

- Preposição, advérbio e conjunção;

- Sintaxe: concordância verbal e nominal.

Sugestão de bibliografia:

- Novíssima Gramática da Língua Portuguesa - Domingos Paschoal Cegalla.

- Aprender e praticar - GRAMÁTICA - Mauro Ferreira

- Gramática Teoria e Exercícios. Paschoalin, Maria Aparecida - FTD

Conteúdo Programático da prova específica:

- Sistema de atenção à saúde no Brasil, Processo saúde / doença; Saúde pública - conceito e ações. Fonoaudiólogo em saúde pública. Conhecimento em Anatomia e Fisiologia (pertencentes à prática fonoaudiológica). Patologia dos Órgãos da Fala e da Audição. Lingüística Fonética e fonologia. Desenvolvimento Humano: físico e motor, perceptual e cognitivo. Desenvolvimento do Indivíduo Excepcional: Conceitos Básicos. Recém nascido de risco para alteração no desenvolvimento e a intervenção fonoaudióloga. Audiologia: Avaliação audiológica completa. Avaliação audiológica infantil, Avaliação audiológica do recém nascido. Patologia do Sistema Nervoso Central: Patologia do SNC e suas implicações na comunicação. Encefalopatias não progressivas. Encefalopatia Crônica Infantil Fixa (Paralisia Cerebral), Disartrias, Dispraxias, Apraxias, Dislexia. Deficiência Mental. Distúrbio Psiquiátrico. Desenvolvimento da linguagem: aspectos orgânicos, funcionais, ambientais e sociais. Linguagem escrita-processo de aquisição enquanto sistema de representação. Deficiência auditiva: classificação, diagnóstico diferencial, identificação de próteses auditivas. Sistema sensório motor oral. Deglutição atípica; Fissuras labiopalatais. Distúrbios de linguagem nas psicoses infantis. Distúrbios de linguagem por alterações neurológicas; Distúrbios da voz; Distúrbios articulatórios. Gagueira. Atuação fonoaudiológica junto ao idoso. Linguagem Oral: desenvolvimento da Linguagem Oral: Contribuições das principais teorias psicolingüísticas: Comportamental (Skiner); Construtivista (Piaget); Inatista (Chomsky) e Sociointeracionista (Vygotsky). Etapas de aquisição da linguagem: fonético-fonológica; Sintática. Ética profissional, Saúde Pública, SUS e PSF. Trabalho em equipe; relações do trabalho; humanização intra equipes e atendimento ao público usuário.

Sugestão de bibliografia:

Qualquer literatura de autor específico da área.

Cargo: Gestor de Resíduos Sólidos

Local: Geral

Numero de vagas: 01 (uma)

Vencimento básico mensal inicial: R$ 2.000,00 (dois mil reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Gerir o local de disposição final dos resíduos sólidos; coordenar a implantação da política municipal de resíduos sólidos; promover o arranjo institucional, como regulamento municipal para limpeza urbana, capacitação técnica continuada dos profissionais e motivação para o melhor desempenho de suas funções; auditar o cumprimento do regulamento de limpeza pública municipal, das leis, resoluções e outros instrumentos ligados aos resíduos sólidos; criar o Sistema Municipal de Informação de Resíduos Sólidos; estabelecer canal de comunicação a fim de possibilitar a participação social nos projetos decisórios, ouvir e atender demandas, divulgar os serviços prestados, bem como permitir a formação de consciência coletiva sobre a importância da limpeza pública por meio da educação ambiental; promover políticas de redução de Geração de Resíduos Sólidos; responder por todas as ações decorrentes da gestão e operação de gerenciamento dos resíduos sólidos do aterro sanitários; integrar a equipe de elaboração do Plano de Gerenciamento Integrado de Resíduos sólidos - PGIRS.

Processo de Avaliação: Provas de Português e específica.

Requisitos:

- Curso superior completo;

- Possuir ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) no respectivo órgão de classe, autorizado a gerir aterro sanitário; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo Programático da prova Português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Idéias principais do texto;

- Vocabulário: o sentido das palavras no contexto - sinonímia e antonímia.

- Termos essenciais, integrantes e acessórios da oração;

- Significação de palavras (homônimas, parônimas, antônimas e sinônimas);

- Emprego dos sinais de Pontuação.

- Acentuação gráfica;

- Ortografia: emprego das letras e acentuação gráfica;

- Colocação pronominal;

- Uso do porquê;

- Morfologia: Classes de palavras: classificação e emprego;

- Pronomes: pessoais e de tratamento;

- Flexão de verbos irregulares;

- Plural dos substantivos e adjetivos compostos;

- Preposição, advérbio e conjunção;

- Sintaxe: concordância verbal e nominal.

Sugestão de bibliografia:

- Novíssima Gramática da Língua Portuguesa - Domingos Paschoal Cegalla.

- Aprender e praticar - GRAMÁTICA - Mauro Ferreira

- Gramática Teoria e Exercícios. Paschoalin, Maria Aparecida - FTD

Conteúdo Programático da prova Específica:

Avaliação de impacto ambiental como instrumento da Política Nacional do Meio Ambiente: métodos e aplicações. Resolução CONAMA nº 01, de 23 de janeiro de 1986. Geoprocessamento: elaboração e interpretação de dados cartográficos e georreferenciados. Noções básicas de sistemas de controle ambiental. Controle da poluição ambiental. Monitoramento do solo, água e ar. Auditoria Ambiental: definição, finalidade e classificação. Hidrografia: manejo de bacias hidrográficas e recursos hídricos. Área degradada: avaliação dos danos, plano de recuperação e monitoramento ambiental. Licenciamentos: critérios básicos. Tipos de licenças. Resolução CONAMA nº 237/97. Agrotóxicos: comércio, uso, produção, consumo, transporte e armazenamento. Recursos florestais: inventário, controle, transporte e manejo sustentável. Saneamento ambiental: conhecimento de sistemas e tratamentos adequados. Direito ambiental (legislação). SNUC (Sistema Nacional de Unidades de Conservação). Saneamento básico (água, esgoto e lixo). Resíduos líquidos, sólidos e gasosos. Tratamento dos resíduos. Política Nacional de Recursos Hídricos e a Lei nº 9.433/97. Gestão de bacias hidrográficas e águas subterrâneas. Bacias hidrográficas do estado de Goiás. Ciclo hidrológico e balanço hídrico. Planejamento do uso, instrumentos de gestão ambiental, ecologia e preservação. Usos múltiplos da água e qualidade dos recursos hídricos. Política Nacional de Meio Ambiente, objetivos e instrumentos. Avaliação de impacto ambiental, licenciamento e competência. Recursos naturais: água, ar, solo, flora e fauna, legislação aplicável. Licenciamento ambiental. Gestão ambiental. Planejamento e gestão de recursos hídricos. Avaliação de impactos ambientais. Análise e elaboração de EIA/RIMA. Fotogrametria e fotointerpretação. Sensoriamento remoto. Manejo de bacias hidrográficas. Manejo florestal. Biodegradação. Climatologia e meteorologia. Ecologia de populações e comunidades rurais. Revitalização de bacias hidrográficas. Ecossistemas. Agroecologia. Educação ambiental. Legislação estadual e municipal. Os instrumentos na legislação brasileira, licenciamento ambiental, EIA/RIMA, auditoria ambiental, plano diretor, zoneamento. Disposição do lixo, controle de artrópodes, controle de roedores.

Sugestão de bibliografia:

Qualquer literatura de autor específico da área e legislação apresentada referente ao conteúdo.

Cargo: Monitor

Local: Geral.

Número de vagas: 10 (dez)

Vencimento básico mensal inicial: R$ 1.088,25 (um mil, oitenta e oito reais e vinte e cinco centavos)

Carga horária: 30 (trinta) horas semanais

Função:

Docência na educação infantil e em creches; e demais atribuições inerentes aos titulares de cargos da carreira do magistério, listadas no item de atribuições do cargo de monitor abaixo. Garantir o bem estar, assegurar o crescimento e promover o desenvolvimento e a aprendizagem das crianças da educação infantil sob sua responsabilidade incluindo, entre outras, as seguintes atribuições: Participar da elaboração da proposta pedagógica da escola; Elaborar e cumprir plano de trabalho segundo a proposta pedagógica da escola; Assegurar que bebês e crianças sejam atendidos em suas necessidades de saúde: nutrição, higiene, descanso e movimentação; Assegurar que os bebês e crianças sejam atendidos em suas necessidades de proteção, dedicando atenção especial a elas durante o período de acolhimento inicial ("adaptação") e em momentos peculiares de suas vidas; Encaminhar a seus superiores, e estes aos serviços específicos, os casos de crianças vítimas de violência ou maus- tratos; Possibilitar que bebês e crianças possam exercer a autonomia permitida por seu estágio de desenvolvimento; Auxiliar bebês e crianças nas atividades que não podem realizar sozinhos; Alternar brincadeiras de livre escolha das crianças com aquelas propostas por elas ou eles, bem como intercalar momentos agitados com outros mais calmos, atividades ao ar livre com as desenvolvidas em salas e as desenvolvidas individualmente com as realizadas em grupos; Organizar e desenvolver atividades nas quais bebês e crianças desenvolvam imaginação, a curiosidade e a capacidade de expressão em suas múltiplas linguagem (linguagem dos gestos, do corpo, plástica, verbal, musical, escrita, virtual); Possibilitar que bebês e crianças expressem com tranqüilidade sentimentos e pensamentos; Realizar atividades nas quais bebês e crianças sejam desfiados a ampliar seus conhecimentos a respeito do mundo da natureza e da cultura; Organizar situações nas quais seja possível que bebês e crianças diversifiquem atividades, escolhas e companheiros de interação; Criar condições favoráveis à construção do autoconceito e da identidade pela criança em um ambiente que expresse e valorize a diversidade estética e cultural própria da população brasileira; Intervir para assegurar que bebês e crianças possam movimentar-se em espaços amplos diariamente; Coordenar a realização de atividades extraclasse, quando houver (pátio, parque e outras); Intervir para assegurar que bebês e crianças tenham opções de atividades de brincadeiras que correspondam aos interesses e às necessidades apropriadas às diferentes faixas etárias e que não esperem por longos períodos durante o tempo em que estiverem acordados; Garantir oportunidades iguais a meninos e meninas, sem discriminação de etnia, opção religiosa ou das crianças com necessidades educacionais especiais; Valorizar atitudes de cooperação, tolerância recíproca e respeito à diversidade e orientar contra discriminação de gênero, etnia, opção religiosa ou às crianças com necessidades educacionais especiais, permitindo às crianças aprender a viver em coletividade, compartilhando e competindo saudavelmente; Planejar, realizar e avaliar atividades que propiciem o desenvolvimento integral da criança no campo afetivo, social e intelectual; Utilizar materiais didáticos existentes, ou confeccioná-los quando necessário para o enriquecimento das atividades pedagógicas, assim como, responsabilizar-se pela sua conservação; Administrar somente medicamentos solicitados, por escrito, pelo responsável da criança ou pelo médico, quando se tratar de medicamentos de uso contínuo; Prestar os primeiros socorros, cientificando o superior imediato da ocorrência; Realizar avaliação contínua e diversificada do processo de desenvolvimento dos bebês e crianças, observando criteriosamente, cada criança e fazer registro; - Manter e promover relacionamento cooperativo de trabalho, com seus colegas diretos e de outras salas, com crianças, pais e com demais segmentos; Participar de grupos de estudo, encontros, cursos, seminários e outros eventos, tendo em vista o seu constante aperfeiçoamento profissional; Manter atualizados os diários de classe e as fichas avaliativas; Colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade; Desincumbir-se das demais tarefas indispensáveis ao atingimento dos fins educacionais da escola e ao processo de ensino aprendizagem.

Processo de Avaliação: Prova de português e prova específica.

Requisitos para posse no cargo:

- Ter idade mínima de 18 anos;

- Formação em curso superior na modalidade de licenciatura plena com habilitação específica em pedagogia, ou em curso normal superior, admitida como formação mínima a obtida em nível médio, na modalidade normal. E,

- Aprovação em concurso público.

- O ingresso do monitor será no nível I do plano de carreira, devendo cumprir o estágio probatório para mudar de mudar nível.

Conteúdo programático da prova de português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Análise Morfológica: - Substantivo, Adjetivo, Artigo, Numeral, Pronome, Verbo, Advérbio, Preposição, Conjunção: classificação, formação e flexão;

- Estrutura das Palavras;

- Processos de Formação das Palavras;

- Análise Sintática: Período Simples: Termos da Oração, Transitividade Verbal, Vozes Verbais. Verbos: Classificação, Conjugação e Formas Nominais;

- Crase;

- Divisão Silábica;

- Acentuação Gráfica;

- Emprego do hífen;

- Ortografia, emprego de letras e correspondência entre som e letra;

- Encontros Vocálicos;

- Encontros Consonantais;

- Pontuação;

- Significação das Palavras: sinônimos, antônimos, homônimos, parônimos e polissemia;

- Denotação e Conotação;

- Figuras de Linguagem: Figuras de Palavras, Figuras de Pensamento.

Bibliografia:

AURÉLIO ELETRÔNICO, Novo Dicionário;

CIPRO NETO, Pasquale & INFANTE, Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. Scipione;

FARACO, Carlos Emílio & MOURA, Francisco Marto de. Gramática. Ática

GIACOMOZZI, Gilio, VALÉRIO, Gildete & FENGA, Cláudia Redá. Estudos de GRAMÁTICA. FTD.

PASCHOALIN, Maria Aparecida. Gramática: teoria e exercícios. FTD;

ROCHA, Ruth. Minidicionário da Língua Portuguesa. Scipione. (Atualizado conforme o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa);

TERRA, Ernani. Minigramática. Scipione;

Conteúdo programático da prova de específica:

Fundamentos da Educação: PCN e RCN, Interdisciplinaridade/Transdisciplinaridade. Educação Infantil: diretrizes e fundamentos, legalização e metodologia. Projeto Político Pedagógico - conceito, finalidade e estrutura, diagnóstico e plano de ação. Cotidiano Escolar. Formação docente e profissional. Educação, escola e professores. Ensinar e aprender. Pedagogia e didática. O currículo e seu planejamento. Planejamento de ensino. Os objetivos. Seleção e organização de conteúdos. Como ensinar. Recursos de ensino. Avaliação. A motivação da aprendizagem. A Organização e direção de uma classe escolar. Leis: ECA / LDB. Relação Professor X Aluno. Pilares da Educação proposto pela UNESCO. Concepções de Educação. Ética/Cidadania. Novas Tecnologias. Didática Pedagógica. Pensadores da Nova Geração.

Bibliografia:

- Didática - A aula como Centro - Marcos Masetto - Ftd.

- Didática Geral - Claudino Pilette - Ática.

- Os Sete Saberes Necessários à Educação do Futuro - Ed. Cortez.

- Diretrizes Nacionais para a Educação Básica - MEC / SEESP.

- Parâmetros Curriculares Nacionais: Temas Transversais - introdução - MEC / SEF.

- Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil.

- Lei de diretrizes e bases da Educação Nacional.

- Estatuto da Criança e do adolescente.

- Revista Escola - www.novaescola.com.br.in "Os Novos Pensadores da Educação" - 2002.

- Adeus Professor, Adeus Professora? Novas Exigências educacionais e Profissão Docente - Ed. Cortez.

Cargo: Motorista

Local: Geral

Numero de vagas: 04 (quatro)

Vencimento básico mensal inicial: R$ 800,00 (oitocentos reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Dirigir, com documentação legal, os veículos de passeio, caminhão, ambulância, ônibus e semelhantes; manter o veículo abastecido de combustível e lubrificante; completar água no radiador e verificar o grau de densidade e nível de bateria, verificar o funcionamento e manter em perfeitas condições, o sistema elétrico do veículo sob sua responsabilidade, verificar e manter a pressão normal dos pneus, testando-os, quando em serviço, e substituindo-os, quando necessário; executar pequenos reparos de emergência, respeitar as leis de trânsito e as ordens de serviço recebidas; recolher à garagem o veículo quando concluir o serviço e/ou quando forem exigidos; zelar pela limpeza e conservação do veículo sob sua guarda, cumprir com a regulamentação do setor de transporte; ex ecutar outras tarefas que contribuam direta ou indiretamente para o bom desempenho de suas atividades ou a critério do seu chefe imediato, usar i cinto de segurança, sempre portar a CNH quando dirigindo; e desempenhar outras tarefas semelhantes.

Processo de avaliação: Prova de português e específica (teórica).

Requisitos:

- ensino fundamental incompleto;

- Carteira de habilitação categoria D ou E; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo programático da prova de português:

- Compreensão de texto (com significados das palavras);

- Singular e Plural;

- Masculino e Feminino;

- Substantivos: Próprio e Comum;

- Separação de sílabas; e

- Adjetivo.

Bibliografia:

- Qualquer livro de Português de 1ª a 4ª série.

Prova Específica:

- Normas Gerais de Trânsito;

- Legislação;

- Direção defensiva;

- Placas de regulamentação;

- Placas de advertência;

- Mecânica;

- Primeiros socorros; e

- Cidadania e Meio-ambiente.

Bibliografia:

- Código de Trânsito Brasileiro

- Manual de Trânsito (de qualquer auto escola)

Cargo: Nutricionista

Local: Geral

Numero de vagas: 01 (uma)

Vencimento básico: R$ 2.000,00 (dois mil reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Planejamento, organização, direção, supervisão e avaliação de serviços de alimentação e nutrição; planejamento, coordenação, supervisão e avaliação de estudos dietéticos; assistência e educação nutricional a coletividades ou indivíduos, sadios ou enfermos, em instituições públicas e privadas e em consultório de nutrição e dietética; assistência dietoterápica hospitalar, ambulatorial e a nível de consultórios de nutrição e dietética, prescrevendo, planejando, analisando, supervisionando e avaliando dietas para enfermos; elaboração de informes técnico-científicos; gerenciamento de projetos de desenvolvimento de produtos alimentícios; assistência e treinamento especializado em alimentação e nutrição; controle de qualidade de gêneros e produtos alimentícios; atuação em marketing na ár ea de alimentação e nutrição; estudos e trabalhos experimentais em alimentação e nutrição; prescrição de suplementos nutricionais, necessários à complementação da dieta; solicitação de exames laboratoriais necessários ao acompanhamento dietoterápico; participação em inspeções sanitárias relativas a alimentos; análises relativas ao processamento de produtos alimentícios industrializados; participação em projetos de equipamentos e utensílios na área de alimentação e nutrição; e desempenhar outras atividades pertinentes as atribuições de seu cargo.

Processo de avaliação: Prova de português e específica.

Requisitos:

- Nível superior em nutrição;

- Registro profissional; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo Programático da prova Português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Idéias principais do texto;

- Vocabulário: o sentido das palavras no contexto - sinonímia e antonímia.

- Termos essenciais, integrantes e acessórios da oração;

- Significação de palavras (homônimas, parônimas, antônimas e sinônimas);

- Emprego dos sinais de Pontuação.

- Acentuação gráfica;

- Ortografia: emprego das letras e acentuação gráfica;

- Colocação pronominal;

- Uso do porquê;

- Morfologia: Classes de palavras: classificação e emprego;

- Pronomes: pessoais e de tratamento;

- Flexão de verbos irregulares;

- Plural dos substantivos e adjetivos compostos;

- Preposição, advérbio e conjunção;

- Sintaxe: concordância verbal e nominal.

Sugestão de bibliografia:

- Novíssima Gramática da Língua Portuguesa - Domingos Paschoal Cegalla.

- Aprender e praticar - GRAMÁTICA - Mauro Ferreira

- Gramática Teoria e Exercícios. Paschoalin, Maria Aparecida - FTD

Conteúdo Programático da prova específica:

Administração de serviço de nutrição: Estrutura administrativa de serviços: Características, objetivos, planejamento, organização, comando, controle, avaliação; Unidades do serviço de nutrição: funcionamento e controle; Material e equipamentos; Administração de pessoal; Orçamento e Custos. Código de Ética Profissional. Nutrição e saúde pública: Diagnóstico do Estado Nutricional de populações; nutrição e infecções; Epidemiologia da desnutrição. Nutrição materno-infantil: Alimentação da gestante (adolescente adulta); Alimentação da nutriz; Lactação, leite humano e considerações nutricionais; Alimentação do lactente (aleitamento natural, artificial e misto); Alimentação da criança no primeiro ano de vida, pré-escolar e escolar. Princípios de nutrição: Nutrientes: definição, propriedades, funções, digestão, absorção, metabolismo e fontes alimentares. Dietoterapia: Modificações na dieta normal para atendimento ao paciente: Características físico-químicas e métodos especiais de alimentação parenteral e por sonda; Controle de peso; Enfermidades gastrintestinais. Aspectos físicos das Unidades de Alimentação e Nutrição. Efeito do processamento sobre os nutrientes dos alimentos: vitaminas e proteínas. Doenças veiculadas por alimentos. Cuidados higiênicos com instalações, equipamentos, utensílios, gêneros alimentícios e manipuladores de alimentos.

Sugestão de bibliografia:

Qualquer literatura de autor específico da área.

Cargo: Operador de Máquinas Leves

Local: Geral

Numero de vagas: 02 (duas)

Vencimento básico mensal inicial: R$ 800,00 (oitocentos reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Operar trator de pneu, com ou sem implementos, executando as tarefas pertinentes a utilização dos mesmos na área urbana e rural, vistoriar o veículo e zelar pela manutenção, recolhê-los à garagem assim que as tarefas forem concluídas; e desempenhar outras tarefas semelhantes.

Processo de Avaliação: Prova de Português e prova prática.

Requisitos:

- Ensino fundamental incompleto;

- Aprovação em concurso público; e

- Carteira de Habilitação categoria D.

Conteúdo programático da prova português:

- Compreensão de texto (com significados das palavras);

- Singular e Plural;

- Masculino e Feminino;

- Substantivos: Próprio e Comum;·.

- Separação de sílabas;

- Adjetivo.

Prova Prática:

- Normas de trânsito.

- Teste em trator de pneu.

Cargo: Operador de Máquinas Pesadas

Local: Geral

Numero de vagas: 02 (duas)

Vencimento básico mensal inicial: R$ 900,00 (novecentos reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Operar motoniveladoras, trator de esteira, pá carregadeira e maquinários pesados em geral, executar todas as tarefas pertinentes à utilização de tais equipamentos, seja na área urbana, seja na rural; vistoriar o veículo, zelando pela manutenção; recolhê-los à garagem, assim que as tarefas forem concluídas; e desempenhar outras tarefas semelhantes.

Processo de Avaliação: Prova de Português e prova prática.

Requisitos:

- Ensino fundamental incompleto;

- Aprovação em concurso público; e

- Carteira de Habilitação categoria D.

Conteúdo programático da prova português:

- Compreensão de texto (com significados das palavras);

- Singular e Plural;

- Masculino e Feminino;

- Substantivos: Próprio e Comum;·.

- Separação de sílabas;

- Adjetivo.

Prova Prática:

- Normas de trânsito.

- Teste em trator de esteira ou pá mecânica ou patrol.

CARGO: Professor de Artes

Local: Geral

Número de vagas: 1 (uma)

Vencimento básico mensal inicial:

20 horas - R$ 798,05 (setecentos e noventa e oito reais e cinco centavos);

30 horas - R$ 1.197,08 (um mil, cento e noventa e sete reais e oito centavos);

40 horas - R$ 1.596,10 (um mil, quinhentos e noventa e seis reais e dez centavos).

Atribuições do cargo:

Docência nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio na disciplina de artes na área de artes cênicas, ou artes visuais, ou música, ou teatro, e demais atribuições inerentes aos titulares de cargos da carreira do magistério. Participar da elaboração da proposta pedagógica da escola; elaborar e cumprir plano de trabalho segundo a proposta pedagógica da escola; zelar pela aprendizagem dos alunos; estabelecer e implementar estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento; ministrar os dias letivos de horas de aula estabelecidos; participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional; colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade; desincumbir-se das demais tarefas indispensáveis ao atingimento dos fins educacionais da escola e ao processo de ensino aprendizagem. Atuar em atividade de suporte direto à docência na educação básica, voltada para planejamento, administração, supervisão, orientação e inspeção escolar, incluindo, entre outras, às seguintes atribuições: coordenar a elaboração e a execução da proposta pedagógica da escola; administrar o pessoal e os serviços materiais e financeiros da escola, tendo em vista o atingimento de seus objetivos pedagógicos; assegurar o cumprimento dos dias letivos e horas de aula estabelecidas; velar pelo cumprimento do plano de trabalho de cada docente; prover meios para recuperação dos alunos de menor rendimento; promover a articulação com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola; informar os pais e responsáveis sobre a freqüência e o rendimento dos alunos, bem como sobre a execução da proposta pedagógica da escola; coordenar, no âmbito da escola, as atividades de planejamento, avaliação e desenvolvimento profissional; acompanhar o processo de desenvolvimento dos estudantes, em colaboração com os docentes e as famílias; elaborar estudos, levantamentos qualitativos e quantitativos indispensáveis ao desenvolvimento do sistema ou rede de ensino ou da escola; elaborar, acompanhar e avaliar os planos, programas e projetos voltados para o desenvolvimento do sistema e/ou rede de ensino e de escola, em relação a aspectos pedagógicos, administrativos, financeiros, de pessoal e de recursos materiais; acompanhar e supervisionar o funcionamento das escolas, zelando pelo cumprimento da legislação e normas educacionais e pelo padrão de qualidade de ensino.

Requisitos para Provimento

- Ter idade mínima de 18 anos;

- Formação mínima em curso superior na modalidade de licenciatura plena com habilitação específica em Artes na área da Música, para a docência nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio, que será definida a área de habilitação no edital do concurso público; e

-Aprovação em concurso público.

Processo de Avaliação: Prova de português e prova específica.

Conteúdo Programático da prova de português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Idéias principais do texto;

- Vocabulário: o sentido das palavras no contexto - sinonímia e antonímia.

- Termos essenciais, integrantes e acessórios da oração;

- Significação de palavras (homônimas, parônimas, antônimas e sinônimas);

- Emprego dos sinais de Pontuação.

- Acentuação gráfica;

- Ortografia: emprego das letras e acentuação gráfica;

- Colocação pronominal;

- Uso do porquê;

- Morfologia: Classes de palavras: classificação e emprego;

- Pronomes: pessoais e de tratamento;

- Flexão de verbos irregulares;

- Plural dos substantivos e adjetivos compostos;

- Preposição, advérbio e conjunção;

- Sintaxe: concordância verbal e nominal.

Bibliografia:

AURÉLIO ELETRÔNICO, Novo Dicionário;

CIPRO NETO, Pasquale & INFANTE, Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. Scipione;

FARACO, Carlos Emílio & MOURA, Francisco Marto de. Gramática. Ática

GIACOMOZZI, Gilio, VALÉRIO, Gildete & FENGA, Cláudia Redá. Estudos de GRAMÁTICA. FTD. PASCHOALIN, Maria Aparecida. Gramática: teoria e exercícios. FTD;

ROCHA, Ruth. Minidicionário da Língua Portuguesa. Scipione. (Atualizado conforme o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa);

TERRA, Ernani. Minigramática. Scipione;

Conteúdo programático da prova de específica:

Fundamentos da Educação: PCN e RCN, Interdisciplinaridade/Transdisciplinaridade. Educação Infantil: diretrizes e fundamentos, legalização e metodologia. Projeto Político Pedagógico - conceito, finalidade e estrutura, diagnóstico e plano de ação. Cotidiano Escolar. Formação docente e profissional. Educação, escola e professores. Ensinar e aprender. Pedagogia e didática. O currículo e seu planejamento. Planejamento de ensino. Os objetivos. Seleção e organização de conteúdos. Como ensinar. Recursos de ensino. Avaliação. A motivação da aprendizagem. A Organização e direção de uma classe escolar. Leis: ECA / LDB. Relação Professor X Aluno. Pilares da Educação proposto pela UNESCO. Concepções de Educação. Ética/Cidadania. Novas Tecnologias. Didática Pedagógica. Pensadores da Nova Geração.

Bibliografia:

- Didática - A aula como Centro - Marcos Masetto - Ftd.

- Didática Geral - Claudino Pilette - Ática.

- Os Sete Saberes Necessários à Educação do Futuro - Ed. Cortez.

- Diretrizes Nacionais para a Educação Básica - MEC / SEESP.

- Parâmetros Curriculares Nacionais: Temas Transversais - introdução - MEC / SEF.

- Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil.

- Lei de diretrizes e bases da Educação Nacional.

- Estatuto da Criança e do adolescente.

- Revista Escola - www.novaescola.com.br.in "Os Novos Pensadores da Educação" - 2002.

- Adeus Professor, Adeus Professora? Novas Exigências educacionais e Profissão Docente - Ed. Cortez.

CARGO: Professor de Educação Física

Local: Geral.

Número de vagas: 1 (uma)

Vencimento básico mensal inicial:

20 horas - R$ 798,05 (setecentos e noventa e oito reais e cinco centavos);

30 horas - R$ 1.197,08 (um mil, cento e noventa e sete reais e oito centavos);

40 horas - R$ 1.596,10 (um mil, quinhentos e noventa e seis reais e dez centavos).

Atribuições do cargo:

Docência nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio na disciplina de artes na área de artes cênicas, ou artes visuais, ou música, ou teatro, e demais atribuições inerentes aos titulares de cargos da carreira do magistério. Participar da elaboração da proposta pedagógica da escola; elaborar e cumprir plano de trabalho segundo a proposta pedagógica da escola; zelar pela aprendizagem dos alunos; estabelecer e implementar estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento; ministrar os dias letivos de horas de aula estabelecidos; participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional; colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade; desincumbir-se das demais tarefas indispensáveis ao atingimento dos fins educacionais da escola e ao processo de ensino aprendizagem. Atuar em atividade de suporte direto à docência na educação básica, voltada para planejamento, administração, supervisão, orientação e inspeção escolar, incluindo, entre outras, às seguintes atribuições: coordenar a elaboração e a execução da proposta pedagógica da escola; administrar o pessoal e os serviços materiais e financeiros da escola, tendo em vista o atingimento de seus objetivos pedagógicos; assegurar o cumprimento dos dias letivos e horas de aula estabelecidas; velar pelo cumprimento do plano de trabalho de cada docente; prover meios para recuperação dos alunos de menor rendimento; promover a articulação com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola; informar os pais e responsáveis sobre a freqüência e o rendimento dos alunos, bem como sobre a execução da proposta pedagógica da escola; coordenar, no âmbito da escola, as atividades de planejamento, avaliação e desenvolvimento profissional; acompanhar o processo de desenvolvimento dos estudantes, em colaboração com os docentes e as famílias; elaborar estudos, levantamentos qualitativos e quantitativos indispensáveis ao desenvolvimento do sistema ou rede de ensino ou da escola; elaborar, acompanhar e avaliar os planos, programas e projetos voltados para o desenvolvimento do sistema e/ou rede de ensino e de escola, em relação a aspectos pedagógicos, administrativos, financeiros, de pessoal e de recursos materiais; acompanhar e supervisionar o funcionamento das escolas, zelando pelo cumprimento da legislação e normas educacionais e pelo padrão de qualidade de ensino.

Processo de Avaliação: Prova de português e prova específica.

Requisitos para Provimento

- Ter idade mínima de 18 anos;

- Formação mínima em curso superior na modalidade de licenciatura plena com habilitação específica em Educação Física, para a docência nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo Programático da prova de português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Idéias principais do texto;

- Vocabulário: o sentido das palavras no contexto - sinonímia e antonímia.

- Termos essenciais, integrantes e acessórios da oração;

- Significação de palavras (homônimas, parônimas, antônimas e sinônimas);

- Emprego dos sinais de Pontuação.

- Acentuação gráfica;

- Ortografia: emprego das letras e acentuação gráfica;

- Colocação pronominal;

- Uso do porquê;

- Morfologia: Classes de palavras: classificação e emprego;

- Pronomes: pessoais e de tratamento;

- Flexão de verbos irregulares;

- Plural dos substantivos e adjetivos compostos;

- Preposição, advérbio e conjunção;

- Sintaxe: concordância verbal e nominal.

Bibliografia:

AURÉLIO ELETRÔNICO, Novo Dicionário;

CIPRO NETO, Pasquale & INFANTE, Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. Scipione;

FARACO, Carlos Emílio & MOURA, Francisco Marto de. Gramática. Ática

GIACOMOZZI, Gilio, VALÉRIO, Gildete & FENGA, Cláudia Redá. Estudos de GRAMÁTICA. FTD. PASCHOALIN, Maria Aparecida. Gramática: teoria e exercícios. FTD;

ROCHA, Ruth. Minidicionário da Língua Portuguesa. Scipione. (Atualizado conforme o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa);

TERRA, Ernani. Minigramática. Scipione;

Conteúdo programático da prova de específica:

Fundamentos da Educação: PCN e RCN, Interdisciplinaridade/Transdisciplinaridade. Educação Infantil: diretrizes e fundamentos, legalização e metodologia. Projeto Político Pedagógico - conceito, finalidade e estrutura, diagnóstico e plano de ação. Cotidiano Escolar. Formação docente e profissional. Educação, escola e professores. Ensinar e aprender. Pedagogia e didática. O currículo e seu planejamento. Planejamento de ensino. Os objetivos. Seleção e organização de conteúdos. Como ensinar. Recursos de ensino. Avaliação. A motivação da aprendizagem. A Organização e direção de uma classe escolar. Leis: ECA / LDB. Relação Professor X Aluno. Pilares da Educação proposto pela UNESCO. Concepções de Educação. Ética/Cidadania. Novas Tecnologias. Didática Pedagógica. Pensadores da Nova Geração.

Bibliografia:

- Didática - A aula como Centro - Marcos Masetto - Ftd.

- Didática Geral - Claudino Pilette - Ática.

- Os Sete Saberes Necessários à Educação do Futuro - Ed. Cortez.

- Diretrizes Nacionais para a Educação Básica - MEC / SEESP.

- Parâmetros Curriculares Nacionais: Temas Transversais - introdução - MEC / SEF.

- Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil.

- Lei de diretrizes e bases da Educação Nacional.

- Estatuto da Criança e do adolescente.

- Revista Escola - www.novaescola.com.br.in "Os Novos Pensadores da Educação" - 2002.

- Adeus Professor, Adeus Professora? Novas Exigências educacionais e Profissão Docente - Ed. Cortez.

Cargo: Professor de Letras

Local: Geral.

Número de vagas:

01 - Professor de Letras (Port./Ing.) - Escola Barreirão

01 - Professor de Letras (Port./Ing.) - Escola Pouso Auto

03 - Professor de Letras (Port./Ing.) - Geral

Vencimento básico mensal inicial:

20 horas - R$ 798,05 (setecentos e noventa e oito reais e cinco centavos);

30 horas - R$ 1.197,08 (um mil, cento e noventa e sete reais e oito centavos);

40 horas - R$ 1.596,10 (um mil, quinhentos e noventa e seis reais e dez centavos).

Atribuições do cargo:

Docência nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio na disciplina de artes na área de artes cênicas, ou artes visuais, ou música, ou teatro, e demais atribuições inerentes aos titulares de cargos da carreira do magistério. Participar da elaboração da proposta pedagógica da escola; elaborar e cumprir plano de trabalho segundo a proposta pedagógica da escola; zelar pela aprendizagem dos alunos; estabelecer e implementar estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento; ministrar os dias letivos de horas de aula estabelecidos; participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional; colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade; desincumbir-se das demais tarefas indispensáveis ao atingimento dos fins educacionais da escola e ao processo de ensino aprendizagem. Atuar em atividade de suporte direto à docência na educação básica, voltada para planejamento, administração, supervisão, orientação e inspeção escolar, incluindo, entre outras, às seguintes atribuições: coordenar a elaboração e a execução da proposta pedagógica da escola; administrar o pessoal e os serviços materiais e financeiros da escola, tendo em vista o atingimento de seus objetivos pedagógicos; assegurar o cumprimento dos dias letivos e horas de aula estabelecidas; velar pelo cumprimento do plano de trabalho de cada docente; prover meios para recuperação dos alunos de menor rendimento; promover a articulação com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola; informar os pais e responsáveis sobre a freqüência e o rendimento dos alunos, bem como sobre a execução da proposta pedagógica da escola; coordenar, no âmbito da escola, as atividades de planejamento, avaliação e desenvolvimento profissional; acompanhar o processo de desenvolvimento dos estudantes, em colaboração com os docentes e as famílias; elaborar estudos, levantamentos qualitativos e quantitativos indispensáveis ao desenvolvimento do sistema ou rede de ensino ou da escola; elaborar, acompanhar e avaliar os planos, programas e projetos voltados para o desenvolvimento do sistema e/ou rede de ensino e de escola, em relação a aspectos pedagógicos, administrativos, financeiros, de pessoal e de recursos materiais; acompanhar e supervisionar o funcionamento das escolas, zelando pelo cumprimento da legislação e normas educacionais e pelo padrão de qualidade de ensino.

Requisitos para Provimento

- Ter idade mínima de 18 anos;

- Formação mínima em curso superior na modalidade de licenciatura plena com habilitação específica em Letras; e

- Aprovação em concurso público.

Processo de Avaliação: Prova de português e prova específica.

Conteúdo Programático da prova de português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Idéias principais do texto;

- Vocabulário: o sentido das palavras no contexto - sinonímia e antonímia.

- Termos essenciais, integrantes e acessórios da oração;

- Significação de palavras (homônimas, parônimas, antônimas e sinônimas);

- Emprego dos sinais de Pontuação.

- Acentuação gráfica;

- Ortografia: emprego das letras e acentuação gráfica;

- Colocação pronominal;

- Uso do porquê;

- Morfologia: Classes de palavras: classificação e emprego;

- Pronomes: pessoais e de tratamento;

- Flexão de verbos irregulares;

- Plural dos substantivos e adjetivos compostos;

- Preposição, advérbio e conjunção;

- Sintaxe: concordância verbal e nominal.

Bibliografia:

AURÉLIO ELETRÔNICO, Novo Dicionário;

CIPRO NETO, Pasquale & INFANTE, Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. Scipione;

FARACO, Carlos Emílio & MOURA, Francisco Marto de. Gramática. Ática

GIACOMOZZI, Gilio, VALÉRIO, Gildete & FENGA, Cláudia Redá. Estudos de GRAMÁTICA. FTD.

PASCHOALIN, Maria Aparecida. Gramática: teoria e exercícios. FTD;

ROCHA, Ruth. Minidicionário da Língua Portuguesa. Scipione. (Atualizado conforme o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa);

TERRA, Ernani. Minigramática. Scipione;

Conteúdo programático da prova de específica:

Fundamentos da Educação: PCN e RCN, Interdisciplinaridade/Transdisciplinaridade. Educação Infantil: diretrizes e fundamentos, legalização e metodologia. Projeto Político Pedagógico - conceito, finalidade e estrutura, diagnóstico e plano de ação. Cotidiano Escolar. Formação docente e profissional. Educação, escola e professores. Ensinar e aprender. Pedagogia e didática. O currículo e seu planejamento. Planejamento de ensino. Os objetivos. Seleção e organização de conteúdos. Como ensinar. Recursos de ensino. Avaliação. A motivação da aprendizagem. A Organização e direção de uma classe escolar. Leis: ECA / LDB. Relação Professor X Aluno. Pilares da Educação proposto pela UNESCO. Concepções de Educação. Ética/Cidadania. Novas Tecnologias. Didática Pedagógica. Pensadores da Nova Geração.

Bibliografia:

- Didática - A aula como Centro - Marcos Masetto - Ftd.

- Didática Geral - Claudino Pilette - Ática.

- Os Sete Saberes Necessários à Educação do Futuro - Ed. Cortez.

- Diretrizes Nacionais para a Educação Básica - MEC / SEESP.

- Parâmetros Curriculares Nacionais: Temas Transversais - introdução - MEC / SEF.

- Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil.

- Lei de diretrizes e bases da Educação Nacional.

- Estatuto da Criança e do adolescente.

- Revista Escola - www.novaescola.com.br.in "Os Novos Pensadores da Educação" - 2002.

- Adeus Professor, Adeus Professora? Novas Exigências educacionais e Profissão Docente - Ed. Cortez.

Cargo: Professor de Matemática

Local: Geral.

Número de vagas:

01 - Professor de Matemática - Escola Barreirão

01 - Professor de Matemática - Escola Pouso Auto

Vencimento básico mensal inicial:

20 horas - R$ 798,05 (setecentos e noventa e oito reais e cinco centavos);

30 horas - R$ 1.197,08 (um mil, cento e noventa e sete reais e oito centavos);

40 horas - R$ 1.596,10 (um mil, quinhentos e noventa e seis reais e dez centavos).

Atribuições do cargo:

Docência nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio na disciplina de artes na área de artes cênicas, ou artes visuais, ou música, ou teatro, e demais atribuições inerentes aos titulares de cargos da carreira do magistério. Participar da elaboração da proposta pedagógica da escola; elaborar e cumprir plano de trabalho segundo a proposta pedagógica da escola; zelar pela aprendizagem dos alunos; estabelecer e implementar estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento; ministrar os dias letivos de horas de aula estabelecidos; participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional; colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade; desincumbir-se das demais tarefas indispensáveis ao atingimento dos fins educacionais da escola e ao processo de ensino aprendizagem. Atuar em atividade de suporte direto à docência na educação básica, voltada para planejamento, administração, supervisão, orientação e inspeção escolar, incluindo, entre outras, às seguintes atribuições: coordenar a elaboração e a execução da proposta pedagógica da escola; administrar o pessoal e os serviços materiais e financeiros da escola, tendo em vista o atingimento de seus objetivos pedagógicos; assegurar o cumprimento dos dias letivos e horas de aula estabelecidas; velar pelo cumprimento do plano de trabalho de cada docente; prover meios para recuperação dos alunos de menor rendimento; promover a articulação com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola; informar os pais e responsáveis sobre a freqüência e o rendimento dos alunos, bem como sobre a execução da proposta pedagógica da escola; coordenar, no âmbito da escola, as atividades de planejamento, avaliação e desenvolvimento profissional; acompanhar o processo de desenvolvimento dos estudantes, em colaboração com os docentes e as famílias; elaborar estudos, levantamentos qualitativos e quantitativos indispensáveis ao desenvolvimento do sistema ou rede de ensino ou da escola; elaborar, acompanhar e avaliar os planos, programas e projetos voltados para o desenvolvimento do sistema e/ou rede de ensino e de escola, em relação a aspectos pedagógicos, administrativos, financeiros, de pessoal e de recursos materiais; acompanhar e supervisionar o funcionamento das escolas, zelando pelo cumprimento da legislação e normas educacionais e pelo padrão de qualidade de ensino.

Processo de Avaliação: Prova de português e prova específica.

Requisitos para Provimento

- Ter idade mínima de 18 anos;

- Formação mínima em curso superior na modalidade de licenciatura plena com habilitação específica em Matemática, para a docência nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo Programático da prova de português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Idéias principais do texto;

- Vocabulário: o sentido das palavras no contexto - sinonímia e antonímia.

- Termos essenciais, integrantes e acessórios da oração;

- Significação de palavras (homônimas, parônimas, antônimas e sinônimas);

- Emprego dos sinais de Pontuação.

- Acentuação gráfica;

- Ortografia: emprego das letras e acentuação gráfica;

- Colocação pronominal;

- Uso do porquê;

- Morfologia: Classes de palavras: classificação e emprego;

- Pronomes: pessoais e de tratamento;

- Flexão de verbos irregulares;

- Plural dos substantivos e adjetivos compostos;

- Preposição, advérbio e conjunção;

- Sintaxe: concordância verbal e nominal.

Bibliografia:

AURÉLIO ELETRÔNICO, Novo Dicionário;

CIPRO NETO, Pasquale & INFANTE, Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. Scipione; FARACO, Carlos Emílio & MOURA, Francisco Marto de. Gramática. Ática

GIACOMOZZI, Gilio, VALÉRIO, Gildete & FENGA, Cláudia Redá. Estudos de GRAMÁTICA. FTD. PASCHOALIN, Maria Aparecida. Gramática: teoria e exercícios. FTD;

ROCHA, Ruth. Minidicionário da Língua Portuguesa. Scipione. (Atualizado conforme o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa);

TERRA, Ernani. Minigramática. Scipione;

Conteúdo programático da prova de específica:

Fundamentos da Educação: PCN e RCN, Interdisciplinaridade/Transdisciplinaridade. Educação Infantil: diretrizes e fundamentos, legalização e metodologia. Projeto Político Pedagógico - conceito, finalidade e estrutura, diagnóstico e plano de ação. Cotidiano Escolar. Formação docente e profissional. Educação, escola e professores. Ensinar e aprender. Pedagogia e didática. O currículo e seu planejamento. Planejamento de ensino. Os objetivos. Seleção e organização de conteúdos. Como ensinar. Recursos de ensino. Avaliação. A motivação da aprendizagem. A Organização e direção de uma classe escolar. Leis: ECA / LDB. Relação Professor X Aluno. Pilares da Educação proposto pela UNESCO. Concepções de Educação. Ética/Cidadania. Novas Tecnologias. Didática Pedagógica. Pensadores da Nova Geração.

Bibliografia:

- Didática - A aula como Centro - Marcos Masetto - Ftd.

- Didática Geral - Claudino Pilette - Ática.

- Os Sete Saberes Necessários à Educação do Futuro - Ed. Cortez.

- Diretrizes Nacionais para a Educação Básica - MEC / SEESP.

- Parâmetros Curriculares Nacionais: Temas Transversais - introdução - MEC / SEF.

- Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil.

- Lei de diretrizes e bases da Educação Nacional.

- Estatuto da Criança e do adolescente.

- Revista Escola - www.novaescola.com.br.in "Os Novos Pensadores da Educação" - 2002.

- Adeus Professor, Adeus Professora? Novas Exigências educacionais e Profissão Docente - Ed. Cortez.

Cargo: Professor Pedagogo

Local: Geral.

Número de vagas:

3 - Professor Pedagogo - Escola Barreirão

3 - Professor Pedagogo - Escola Pouso Auto

10 - Professor Pedagogo - Geral

Vencimento básico mensal inicial:

20 horas - R$ 725,50 (setecentos e vinte e cinco reais e cinquenta centavos);

30 horas - R$ 1.088,25 (um mil, oitenta e oito centavos e vinte e cinco centavos);

40 horas - R$ 1.451,00 (um mil, quatrocentos e cinquenta e um reais).

Atribuições do cargo:

Docência nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio na disciplina de artes na área de artes cênicas, ou artes visuais, ou música, ou teatro, e demais atribuições inerentes aos titulares de cargos da carreira do magistério. Participar da elaboração da proposta pedagógica da escola; elaborar e cumprir plano de trabalho segundo a proposta pedagógica da escola; zelar pela aprendizagem dos alunos; estabelecer e implementar estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento; ministrar os dias letivos de horas de aula estabelecidos; participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional; colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade; desincumbir-se das demais tarefas indispensáveis ao atingimento dos fins educacionais da escola e ao processo de ensino aprendizagem. Atuar em atividade de suporte direto à docência na educação básica, voltada para planejamento, administração, supervisão, orientação e inspeção escolar, incluindo, entre outras, às seguintes atribuições: coordenar a elaboração e a execução da proposta pedagógica da escola; administrar o pessoal e os serviços materiais e financeiros da escola, tendo em vista o atingimento de seus objetivos pedagógicos; assegurar o cumprimento dos dias letivos e horas de aula estabelecidas; velar pelo cumprimento do plano de trabalho de cada docente; prover meios para recuperação dos alunos de menor rendimento; promover a articulação com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola; informar os pais e responsáveis sobre a freqüência e o rendimento dos alunos, bem como sobre a execução da proposta pedagógica da escola; coordenar, no âmbito da escola, as atividades de planejamento, avaliação e desenvolvimento profissional; acompanhar o processo de desenvolvimento dos estudantes, em colaboração com os docentes e as famílias; elaborar estudos, levantamentos qualitativos e quantitativos indispensáveis ao desenvolvimento do sistema ou rede de ensino ou da escola; elaborar, acompanhar e avaliar os planos, programas e projetos voltados para o desenvolvimento do sistema e/ou rede de ensino e de escola, em relação a aspectos pedagógicos, administrativos, financeiros, de pessoal e de recursos materiais; acompanhar e supervisionar o funcionamento das escolas, zelando pelo cumprimento da legislação e normas educacionais e pelo padrão de qualidade de ensino.

Processo de Avaliação: Prova de português e prova específica.

Requisitos para Provimento

- Ter idade mínima de 18 anos;

- Formação em curso superior na modalidade de licenciatura plena com habilitação específica em pedagogia, ou em curso normal superior, admitida como formação mínima a obtida em nível médio, na modalidade normal; e

- Aprovação em concurso público

- O ingresso do professor pedagogo será no nível I do plano de carreira, devendo cumprir o estágio probatório para mudar de mudar nível.

Conteúdo programático da prova de português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Análise Morfológica: - Substantivo, Adjetivo, Artigo, Numeral, Pronome, Verbo, Advérbio, Preposição, Conjunção: classificação, formação e flexão;

- Estrutura das Palavras;

- Processos de Formação das Palavras;

- Análise Sintática: Período Simples: Termos da Oração, Transitividade Verbal, Vozes Verbais. Verbos: Classificação, Conjugação e Formas Nominais;

- Crase;

- Divisão Silábica;

- Acentuação Gráfica;

- Emprego do hífen;

- Ortografia, emprego de letras e correspondência entre som e letra;

- Encontros Vocálicos;

- Encontros Consonantais;

- Pontuação;

- Significação das Palavras: sinônimos, antônimos, homônimos, parônimos e polissemia;

- Denotação e Conotação;

- Figuras de Linguagem: Figuras de Palavras, Figuras de Pensamento.

Bibliografia:

AURÉLIO ELETRÔNICO, Novo Dicionário;

CIPRO NETO, Pasquale & INFANTE, Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. Scipione; FARACO, Carlos Emílio & MOURA, Francisco Marto de. Gramática. Ática

GIACOMOZZI, Gilio, VALÉRIO, Gildete & FENGA, Cláudia Redá. Estudos de GRAMÁTICA. FTD. PASCHOALIN, Maria Aparecida. Gramática: teoria e exercícios. FTD;

ROCHA, Ruth. Minidicionário da Língua Portuguesa. Scipione. (Atualizado conforme o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa);

TERRA, Ernani. Minigramática. Scipione;

Conteúdo Programático da prova específica:

Fundamentos da Educação: PCN e RCN, Interdisciplinaridade/Transdisciplinaridade. Educação Infantil: diretrizes e fundamentos, legalização e metodologia. Projeto Político Pedagógico - conceito, finalidade e estrutura, diagnóstico e plano de ação. Cotidiano Escolar. Formação docente e profissional. Educação, escola e professores. Ensinar e aprender. Pedagogia e didática. O currículo e seu planejamento. Planejamento de ensino. Os objetivos. Seleção e organização de conteúdos. Como ensinar. Recursos de ensino. Avaliação. A motivação da aprendizagem. A Organização e direção de uma classe escolar. Leis: ECA / LDB. Relação Professor X Aluno. Pilares da Educação proposto pela UNESCO. Concepções de Educação. Ética/Cidadania. Novas Tecnologias. Didática Pedagógica. Pensadores da Nova Geração.

Bibliografia:

- Didática - A aula como Centro - Marcos Masetto - Ftd.

- Didática Geral - Claudino Pilette - Ática.

- Os Sete Saberes Necessários à Educação do Futuro - Ed. Cortez.

- Diretrizes Nacionais para a Educação Básica - MEC / SEESP.

- Parâmetros Curriculares Nacionais: Temas Transversais - introdução - MEC / SEF.

- Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil.

- Lei de diretrizes e bases da Educação Nacional.

- Estatuto da Criança e do adolescente.

- Revista Escola - www.novaescola.com.br.in "Os Novos Pensadores da Educação" - 2002.

- Adeus Professor, Adeus Professora? Novas Exigências educacionais e Profissão Docente - Ed. Cortez.

Cargo: Técnico de Enfermagem

Local: Geral

Número de vagas: 05 (cinco)

Vencimento básico mensal inicial: R$ 650,00 (seiscentos e cinquenta reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Desenvolver atividades auxiliares e técnicos nos serviços de enfermagem, através de participações e programas que visem a preservação, manutenção, recuperação e elevação de bom nível de saúde da coletividade, bem como atividades de apoio ou tratamento médico e cirúrgico sob supervisão do enfermeiro e desempenhar outras tarefas como: Assistir o enfermeiro no planejamento, programação, orientação e supervisão das atividades de assistência de enfermagem; Preparar o paciente para consultas, exames e tratamento; Observar, reconhecer e descrever sinais e sintomas, ao nível de sua qualificação; Executar tratamentos especificamente prescritos ou de rotinas ministrando medicamentos por via oral e parenteral, realizando controle hídrico; Fazer curativos, aplicar oxigenoterapia, nebulização, enteroclisma, edema e calor ou frio; Realizar testes e proceder à leitura, para subsídio de diagnóstico, colher material para exames laboratoriais; Prestar cuidados de enfermagem pré e pós-operatórios; Cumprir ou fazer cumprir prescrições médicas relativas aos doentes e auxiliar em intervenções cirúrgicas, acompanhando o tratamento; Providenciar as esterilizações das salas de cirurgias e obstetrícia e do instrumental a ser utilizado, mantendo-os sempre em condições de uso imediato; Aplicar oxigênio, soro, injeções, sondas, realizar drenagens e hemóstase; Aplicar lavagens estomacais e vesicais, sondagens, aspiração de secreção e cateterismo vesicais, sob supervisão imediata; Participar da ação de vigilância epidemiológica coletando notificações, atuando em bloqueios, investigando os surtos, busca de faltosos tabulação de análise dos dados de morbidade; Orientar e conscientizar a comunidade, efetuando ocasionalmente visitas domiciliares, preparando e proferindo palestras, enfatizando a atenção primária à saúde e ao saneamento básico; Manter controle de medicamentos, materiais, instrumentos de enfermagem, distribuindo e orientando a execução de tarefas, verificando necessidades de consumo, registrando a execução de tarefas, verificando necessidades de consumo, registrando dados em formulários dispondo informações ou arquivo e elaborando relatório de atividades para avaliação dos resultados; Ministrar treinamento quando necessário, na sua área específica.

Processo de avaliação: Prova de português e específica.

Requisitos para provimento:

- Nível médio completo em técnico em enfermagem;

- Habilitação específica;

- Registro no órgão fiscalizador; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo programático da prova de português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Análise Morfológica: - Substantivo, Adjetivo, Artigo, Numeral, Pronome, Verbo, Advérbio, Preposição, Conjunção: classificação, formação e flexão;

- Estrutura das Palavras;

- Processos de Formação das Palavras;

- Análise Sintática: Período Simples: Termos da Oração, Transitividade Verbal, Vozes Verbais. Verbos: Classificação, Conjugação e Formas Nominais;

- Crase;

- Divisão Silábica;

- Acentuação Gráfica;

- Emprego do hífen;

- Ortografia, emprego de letras e correspondência entre som e letra;

- Encontros Vocálicos;

- Encontros Consonantais;

- Pontuação;

- Significação das Palavras: sinônimos, antônimos, homônimos, parônimos e polissemia;

- Denotação e Conotação;

- Figuras de Linguagem: Figuras de Palavras, Figuras de Pensamento.

Bibliografia:

AURÉLIO ELETRÔNICO, Novo Dicionário;

CIPRO NETO, Pasquale & INFANTE, Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. Scipione; FARACO, Carlos Emílio & MOURA, Francisco Marto de. Gramática. Ática

GIACOMOZZI, Gilio, VALÉRIO, Gildete & FENGA, Cláudia Redá. Estudos de GRAMÁTICA. FTD. PASCHOALIN, Maria Aparecida. Gramática: teoria e exercícios. FTD;

ROCHA, Ruth. Minidicionário da Língua Portuguesa. Scipione. (Atualizado conforme o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa);

TERRA, Ernani. Minigramática. Scipione;

Conteúdo programático da prova específica:

- Saúde Pública: SUS, Estratégia do programa saúde da família; Programa Nacional de Imunização; Notificação de Doenças Transmissíveis; Doenças Transmissíveis (Sarampo, Coqueluche, Difteria, Tétano, Hepatite Viral, AIDS, Dengue, Meningite, Poliomielite, Tuberculose, Hanseníase); Doenças Sexualmente Transmissíveis; Assistência à saúde da mulher: atuação no Pré-Natal, parto, puerpério, planejamento familiar e prevenção de câncer de colo uterino e de mama; Assistência a Saúde da Criança: atuação nas doenças diarréicas, crescimento e desenvolvimento, doenças respiratórias, verminoses, alimentação da criança; Assistência em doenças crônico - degenerativas: diabetes e hipertensão.

- Cuidados de Enfermagem em Clínica Médica: Nas doenças do aparelho respiratório, cardiovascular, sistema renal, gastrointestinal, distúrbios endócrinos e alcoolismo.

- Fundamentos de Enfermagem: Legislação do Exercício Profissional da Enfermagem; Administração de medicamentos e preparo de soluções; Sinais vitais; Curativo; Oxigenoterapia; Nebulização; Aplicação de calor e frio; Controle de infecção: limpeza, desinfecção e esterilização; Preparo do paciente e coleta de material para exames; Preparo da unidade do paciente; Higiene corporal; Movimentação e transporte do paciente; Alimentação do paciente acamado: por via oral, por sonda nasogástrica ou lavagem.

- Cuidados de Enfermagem nas Emergências: Parada cárdio-respiratória; Choque; Hemorragias; Traumatismos; Fraturas; Desmaios; Envenenamento; Queimaduras; Picada de cobra, aranha e escorpião.

Bibliografia:

- LOPES, Idelmina e Outros. Manual do Técnico e do Auxiliar de Enfermagem. 3 ed. Ed. Goiânia A. B. 1992.

- MINISTÉRIO DA SAÚDE - Guia de Vigilância Epidemiológica.

- MINISTÉRIO DA SAÚDE - Programa Nacional de Imunizações. Manual de Normas em Vacinação. Brasília, 1993.

- MINISTÉRIO DA SAÚDE - Programa de Assistência Integral à Saúde da Criança - Manual de Assistência e Controle das Infecções Respiratórias Agudas (IRA) - 3 ed. Brasília, 1993.

- MINISTÉRIO DA SAÚDE - Programa de Assistência Integral à Saúde da Criança - Manual de Aleitamento Materno e Orientação Alimentar para o Desmame. 3 ed. Brasília, 1986.

- MINISTÉRIO DA SAÚDE - Programa Nacional de Controle SIDA/AIDS: Síndrome de Imunodeficiência Adquirida. Publicação Brasília.

- MINISTÉRIO DA SAÚDE - Divisão Nacional Materno-Infantil-Assistência Pré-Natal. Brasília, 1988.

- SILVIA, Maria Aparecida de Andrade Etall. Enfermagem na Unidade de Centro Cirúrgico - São Paulo - E.P.U. 1982. 89 P.

- Legislação do Exercício Profissional da Enfermagem.

Cargo: Técnico de Laboratório

Local: Geral

Número de vagas: 01 (uma)

Vencimento básico mensal inicial: R$ 650,00 (seiscentos e cinquenta reais)

Carga horária: 40 (quarenta) horas semanais

Função:

Desenvolver atividades gerais de laboratório de análise clínicas, coletar e preparar exames bacterioscópicos e químicos, reações sorológicas dosagem e outros bem como anatomia para fins clínicos e desempenhar outras tarefas como:Colaborar nos estudos de padronização ou experimentação de processo de análise; Auxiliar na preparação de reativos, antígenos, alérgicos e vacinas; Preparar lâminas microscópicas e meias de cultura, inclusive com tuberculose; Montar, manejar, coilibrar e conservar aparelhos, instalações e equipamentos utilizados nos laboratórios; Executar exames de rotina como parasitológicos, bioquímicos, uranálises, hematológicos, licor, bacteriológico e imunológicos; Realizar exames em alimentos e produtos alimentícios; Proceder à destilação de água, centrifugação e fazer desprotenização do sangue; Fazer coleta de material por punção digital; Fazer a classificação e seleção do sangue de doações e receptores de transfusão; Proceder à dosagem do colesterol das proteínas totais e separadas desfatose alcalina e ácida, do fósforo, do cálcio, da bilirrubina, reação de revaltereserva alcalina; Menorréia ou algum tumor na glândula supra-renal; Esterilizar, conservar, recolher, guardar os materiais e aparelhos de laboratório; Reparar e executar esfregaço e coloração de lâminas, mistura de reativos, soluções e meios de cultura e repicagem. de bactérias conforme especificações técnicas; Desempenhar outras tarefas semelhantes.

Processo de avaliação: Provas de Português e específica.

Requisitos:

- Nível médio completo em técnico em laboratório;

- Habilitação específica;

- Registro no órgão fiscalizador; e

- Aprovação em concurso público.

Conteúdo programático da prova de português:

- Interpretação de textos literários ou não;

- Análise Morfológica: - Substantivo, Adjetivo, Artigo, Numeral, Pronome, Verbo, Advérbio, Preposição, Conjunção: classificação, formação e flexão;

- Estrutura das Palavras;

- Processos de Formação das Palavras;

- Análise Sintática: Período Simples: Termos da Oração, Transitividade Verbal, Vozes Verbais. Verbos: Classificação, Conjugação e Formas Nominais;

- Crase;

- Divisão Silábica;

- Acentuação Gráfica;

- Emprego do hífen;

- Ortografia, emprego de letras e correspondência entre som e letra;

- Encontros Vocálicos;

- Encontros Consonantais;

- Pontuação;

- Significação das Palavras: sinônimos, antônimos, homônimos, parônimos e polissemia;

- Denotação e Conotação;

- Figuras de Linguagem: Figuras de Palavras, Figuras de Pensamento.

Bibliografia:

AURÉLIO ELETRÔNICO, Novo Dicionário;

CIPRO NETO, Pasquale & INFANTE, Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. Scipione;

FARACO, Carlos Emílio & MOURA, Francisco Marto de. Gramática. Ática

GIACOMOZZI, Gilio, VALÉRIO, Gildete & FENGA, Cláudia Redá. Estudos de GRAMÁTICA. FTD.

PASCHOALIN, Maria Aparecida. Gramática: teoria e exercícios. FTD;

ROCHA, Ruth. Minidicionário da Língua Portuguesa. Scipione. (Atualizado conforme o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa);

TERRA, Ernani. Minigramática. Scipione;

Conteúdo programático da prova Específica:

- Controle de microorganismos: esterilização e desinfecção; Principais métodos físicos e químicos.

- Preparo de soluções.

- Fundamentos básicos da microscopia ótica e sua aplicação.

- Técnicas de coleta; Anticoagulantes; Punção venosa e arterial. Soro e plasma.

- Valores normais e interpretação clínica dos principais exames laboratoriais.

- Hematologia: Elementos figurados do sangue: morfologia, função, alterações; Coagulograma; hemograma completo, vhs, grupo sanguíneo e fator Rh, coombs direto e indireto, pesquisa de hematozoários.

- Bioquímica: glicose, uréia, creatinina, ácido úrico, colesterol, triglicerídios, proteínas totais e frações, bilirrubinas e enzimas.

- Uroanálise: Principais analitos bioquímicos na urina. Função renal: clearences. Metodologias de análise.

- Microbiologia: Coleta e transporte de material em bacteriologia; Culturas: urina, fezes, sangue, secreção e líquidos biológicos; Isolamento e identificação de microorganismos; Morfologia e métodos de coloração.

- Parasitologia: Coleta de material: conservação e transporte. Principais métodos utilizados para helmintos e protozoários de importância médica.

- Noções preliminares de Higiene e Boas Práticas no Laboratório;

- Biossegurança: Equipamentos de Proteção Individual e de Proteção Coletiva: Tipos principais e utilização adequada.

Bibliografia:

CARLI, Geraldo Attílio de. Parasitologia Clínica - Seleção de Métodos e Técnicas de Laboratório para o Diagnóstico das Parasitoses Humanas. São Paulo: Editora Atheneu, 2001.

CARVALHO, William de Freitas. Técnicas Médicas de Hematologia e ImunoHematologia. 7a edição. Belo Horizonte: Coopmed Editora, 2008.

FERREIRA, Antônio Walter; ÁVILA, Sandra do Lago Moraes de. Diagnóstico Laboratorial da principais doenças infecciosas e autoimunes. 2ª edição. Rio de Janeiro: Guanabara koogan, 2001.

HENRY, J. Bernard. Diagnósticos Clínicos e Tratamento por Métodos Laboratoriais. 19ª edição. São Paulo: Editora Manole, 1999.

LIMA, A. Oliveira, SOARES, J. Benjamim, GRECO, J. Métodos de Laboratório Aplicados a Clínica: Técnica e Interpretação. 8ª edição. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogam, 2001.

LORENZI, Therezinha Ferreira. Manual de Hematologia Propedêutica Clínica. 4ª Edição. Rio de Janeiro: Editora Medsi, 2006.

NEVES, David Pereira, MELO Alan Lane de, LINARDI, Pedro Marcos. Parasitologia Humana. 11ª edição. São Paulo: Editora Atheneu, 2005.

STRASINGER, Susan K.. Uroanálise & Fluidos Biológicos. 3ª. Edição. São Paulo: Editora Premier, 2000.

Concurso relacionado:Processo seletivo Prefeitura de Campos Belos - GO