Edital Concurso Casa da Moeda do Brasil – BR

CASA DA MOEDA DO BRASIL
EDITAL DE RECRUTAMENTO
PROCESSO SELETIVO PÚBLICO Nº 01/2012

A CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB realizará Processo Seletivo Público para preenchimento de vagas e formação de Cadastros de Reserva para os cargos/especialidades listados no subitem 2.3, mediante as condições contidas neste Edital.

1 - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 - O Processo Seletivo Público será regido por este Edital e executado pela FUNDAÇÃO CESGRANRIO.

1.2 - O Processo Seletivo Público compreenderá as seguintes etapas:

a) 1ª Etapa: constituída de provas objetivas para todos os cargos sob a responsabilidade técnica e operacional da FUNDAÇÃO CESGRANRIO, de caráter eliminatório e classificatório;

b) 2ª Etapa: qualificação biopsicossocial e procedimentos admissionais competentes sob a responsabilidade da CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB.

1.3 - Os candidatos habilitados em todas as avaliações do Processo Seletivo Público serão chamados, em função das vagas existentes e de acordo com as necessidades da Empresa, obedecida a ordem de classificação, a assinar Contrato Individual de Trabalho com a CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB, o qual se regerá pelos preceitos da CLT, sujeitando-se às normas internas e ao Plano de Carreiras, Cargos e Salários da Empresa - PCCS.

2 - DOS CARGOS

2.1 - As denominações dos cursos técnicos previstos para os cargos de nível médio, objeto deste Edital, foram estabelecidas com base no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos, instituído pelo Ministério da Educação através da Portaria nº 870, de 16 de julho de 2008. Serão aceitos diplomas e certificados de outros cursos técnicos, com denominações distintas, desde que constem na Tabela de Convergência do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos e estejam diretamente relacionadas aos cursos técnicos requeridos para o cargo ofertado, conforme a citada Tabela de Convergência, disponível no endereço eletrônico do Ministério da Educação. (http://catalogonct.mec.gov.br/pdf/tabela_convergencia.pdf).

2.2 - As denominações dos cursos de graduação tecnológica exigidos nos requisitos dos cargos, objeto deste Edital, foram estabelecidas com base no Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia, instituído através da Portaria n.º 1.024, de 11 de maio de 2006, do Ministério da Educação. Serão aceitos diplomas e certificados de outros cursos superiores de tecnologia, com denominações distintas, desde que constem na Tabela de Convergência anexa ao Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia e que estejam diretamente relacionadas aos cursos de graduação tecnológica requeridos para o cargo ofertado, conforme a citada Tabela de Convergência, disponível no endereço eletrônico do Ministério da Educação. (http://portal.mec.gov.br/index.php-option=com_docman&task=doc_download&gid=5362&Itemid=)

2.3 - QUADROS DE CARGOS/ESPECIALIDADES E VAGAS

2.3.1 - Cargos de Níveis Médio/Técnico

CARGO

ESPECIALIDADE

VAGAS EFETIVAS

CADASTROS DE RESERVA

Ampla Concorrência

PCD*

Assistente Técnico Administrativo

Apoio Administrativo

04

53

03

Programador de Computador

00

19

01

Auxiliar de Operação Industrial

Acabamento de Produção

00

47

03

Armazenagem

00

28

02

Elétrica

00

19

01

Hidráulica

00

09

01

Impressão Gráfica

00

142

08

Mecânica

00

19

01

Técnico Industrial

Artes Gráficas

00

19

01

Edificações

00

09

01

Eletrônica

00

19

01

Eletrotécnica

00

09

01

Mecânica

00

19

01

Meio Ambiente

01

09

01

Pré-impressão

00

09

01

Projetos Elétricos

01

09

01

Projetos Mecânicos

01

09

01

2.3.2 - Cargos de Nível Superior

CARGO

ESPECIALIDADE

VAGAS EFETIVAS

CADASTROS DE RESERVA

Ampla Concorrência

PCD*

Analista da CMB

Administrador de Dados

00

28

02

Análise de Negócios

00

28

02

Arquitetura

01

09

01

Contabilidade

01

28

02

Desenvolvimento de Sistemas

04

38

03

Designer

01

09

01

Economia e Finanças

00

19

01

Engenharia de Produção

00

28

02

Engenharia Elétrica

01

18

02

Engenharia Eletrônica

01

28

02

Engenharia Mecânica

01

28

02

Engenharia Metalúrgica

01

18

02

Gestão em TI

01

28

02

Gravação de Valores

00

09

01

Logística de Transporte

01

09

01

Patrocínio, PCP e Vendas

00

28

02

Produtos e Processos

00

09

01

Projetos Artísticos

00

09

01

Recursos Humanos

00

09

01

Rede de Telecomunicações e Suporte

01

28

02

Segurança da Informação

02

28

02

Suporte em TI

04

38

03

*Pessoas com deficiência

2.4 - CARGO/ESPECIALIDADE, JORNADA DE TRABALHO, EXEMPLO DE ATRIBUIÇÕES, REQUISITOS BÁSICOS E SALÁRIOS INICIAIS.

2.4.1 - CARGOS DE NÍVEIS MÉDIO/TÉCNICO

2.4.1.1 - Assistente Técnico Administrativo/Apoio Administrativo

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: digitar trabalhos, separar e classificar documentos, despachar correspondências de sua área e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade. Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação e conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 1.820,16.

2.4.1.2 - Assistente Técnico Administrativo/Programador de Computador

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: proceder à codificação dos programas de computador, estudando os objetivos propostos, analisando as características dos dados de entrada e o processamento necessário à obtenção dos dados de saída desejados; elaborar diagramas/fluxogramas de lógica para fins de documentação e/ou construção de programas; prestar assistência aos analistas na especificação de sistemas, ou seja, no levantamento de dados e definição das metodologias, ferramentas e recursos necessários a serem utilizados junto ao cliente; modificar programas, alterando o processamento, a codificação e demais elementos, visando a corrigir falhas e/ou atender alterações de sistemas e necessidades novas; realizar testes em condições operacionais simuladas, visando a verificar se o programa executa corretamente dentro do especificado e com a performance adequada prestar assistência técnica na utilização de recursos de Informática; atuar na causa básica de problemas e na padronização de soluções; conhecer e aplicar os requisitos de segurança das informações e dos sistemas de informação e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade correspondente ao cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma de curso técnico em informática, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação.

Salário Inicial: R$ 1.820,16.

2.4.1.3 - Auxiliar de Operação Industrial/Acabamento de Produção

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: atuar nos processos de acabamento dos produtos gráficos, que consiste em tornar os impressos realizados em produtos como: carteiras de classe, bilhetes magnéticos, cartões indutivos, certificados, diplomas, certidões, cédulas, selos postais, fiscais e cartoriais, folders e passaportes, dentre outros; realizar as etapas de crítica, corte, alceamento, dobra, costura, contagem, colagem, furação, grampeamento e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, acrescido de certificado de conclusão ou diploma de curso de operador de acabamento editorial com carga horária mínima de 240 horas, ou certificado de conclusão ou diploma de cursos de qualificação na área de impressão gráfica, com carga horária mínima de 140 horas, realizados em instituições que atendam às exigências do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) e conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 1.395,10.

2.4.1.4 - Auxiliar de Operação Industrial/Armazenagem

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: abastecer equipamentos no processo de fabricação de produtos, auxiliar nas operações dos processos de produção, separar produtos defeituosos, transportar produtos, efetuar entregas nas diversas áreas da Empresa, coletar e transportar materiais recicláveis e resíduos industriais; proceder carregamentos e descarregamentos de matérias-primas, produtos, máquinas e materiais diversos, operando máquina transportadora e/ou empilhadeira e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, acrescido de certificado de conclusão ou diploma de curso de Operador de Empilhadeira, com certificado atualizado há no máximo 02 (dois) anos e conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 1.395,10.

2.4.1.5 - Auxiliar de Operação Industrial/Elétrica

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: auxiliar na execução de serviços de manutenção elétrica preventiva e corretiva de máquinas e equipamentos, assegurando o seu correto funcionamento e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, acrescido de certificado de conclusão ou diploma de curso de Eletricista de Manutenção, ou Eletricista de Manutenção Industrial, ambos com carga horária mínima de 130 horas e Curso Básico de Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade; Curso Complementar de Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) e em suas proximidades, em conformidade com a NR-10, da Portaria 3214 de 08-06-78, Cap. V, CLT e conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 1.395,10.

2.4.1.6 - Auxiliar de Operação Industrial/ Hidráulica

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: operar centrífuga, sistema de refrigeração e hidráulico, controlando painéis e acionando instalações para refrigeração do ar e abastecimento de água para os diversos órgãos da Empresa e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, acrescido de curso de Bombeiro Hidráulico.

Salário: R$ 1.395,10.

2.4.1.7 - Auxiliar de Operação Industrial/Impressão Gráfica

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: abastecer equipamentos no processo de fabricação de produtos, auxiliar no processo de impressão gráfica e impressão de cartões, bem como limpar os equipamentos e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, acrescido de certificado de conclusão ou diploma de curso de Impressor de Offset, com carga horária mínima de 440 horas; ou certificado de conclusão ou diploma de curso de Produtor Gráfico com carga horária mínima de 1200 horas; ou certificado de conclusão ou diploma de curso de Serígrafo com carga horária mínima de 500 horas; ou certificado de conclusão ou diploma de cursos de qualificação na área de impressão ou pré-impressão gráfica, com carga horária mínima de 500 horas, realizados em instituições que atendam às exigências do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) e conhecimentos de Windows, Linux, Word, Excel e Internet.

Salário Inicial: R$ 1.395,10.

2.4.1.8 - Auxiliar de Operação Industrial/Mecânica

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: auxiliar na execução de serviços de manutenção mecânica preventiva e corretiva de máquinas e equipamentos, assegurando o seu correto funcionamento e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, acrescido de certificado de conclusão ou diploma de curso de Mecânico de Manutenção; ou certificado de conclusão ou diploma de curso de Manutenção Aplicada a Equipamentos Industriais, ambos com carga horária mínima de 320 horas.

Salário Inicial: R$ 1.395,10.

2.4.1.9 - Técnico Industrial/Artes Gráficas

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: prestar suporte operacional às áreas de Criação e Processamento de Imagens em Artes Gráficas nos Sistemas (hardwares e softwares aplicativos - plataforma Macintosh e PC); avaliar as características e a qualidade de matérias-primas dos processos de produção e dos produtos acabados e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma de curso técnico de Artes Gráficas, com carga horária mínima de 1200 horas, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação e conhecimentos de operação de impressoras rotográficas e Offset, de softwares aplicativos AutoCAD, Corel Draw, Photoshop, Ilustrator, Acrobat (plataforma Macintosh e PC).

Salário Inicial: R$ 1.930,63.

2.4.1.10 - Técnico Industrial/Edificações

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias ou turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: participar do planejamento, desenvolvimento e legalização de projetos de edificações, bem como da elaboração do orçamento e aquisição de suprimentos, fazer levantamentos topográficos e planialtimétricos e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: diploma ou certificado de habilitação de técnico de nível médio em Edificações, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação e conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 1.930,63.

2.4.1.11 - Técnico Industrial/Eletrônica

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: realizar manutenção preventiva e corretiva em equipamentos industriais microprocessados e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade. Requisitos Básicos: diploma ou certificado de habilitação de técnico de nível médio em Eletrônica, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, acrescido de certificado de conclusão ou diploma de Curso Básico de Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade; Curso Complementar de Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) e em suas proximidades, em conformidade com a NR-10, da Portaria 3214 de 08-06-78, Cap. V, CLT e conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 1.930,63.

2.4.1.12 - Técnico Industrial/Eletrotécnica

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: elaborar estudos e projetos; participar no desenvolvimento de processos; operar sistemas elétricos e executar manutenção; assegurar a qualidade de produtos e serviços e aplicar normas e procedimentos de segurança no trabalho e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: diploma ou certificado de habilitação de técnico de nível médio em Eletricidade, ou em Eletrotécnica, ou em área correlata, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, acrescido de certificado de conclusão ou diploma de Curso Básico de Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade; Curso Complementar de Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) e em suas proximidades, em conformidade com a NR-10, da Portaria 3214 de 08-06-78, Cap. V, CLT e conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 1.930,63.

2.4.1.13 - Técnico Industrial/Mecânica

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: medir peças e componentes mecânicos utilizados nos processos de produção através de instrumentos próprios, garantindo a qualidade do material a ser empregado na área de produção, desenvolver métodos de trabalho, procedimentos e projetos mecânicos (c/software aplicativo-plataforma PC, AutoCad, Word); prestar suporte operacional, acompanhar, padronizar e propor melhorias de rotinas em todos os processos de produção; atuar na elaboração de projetos de ferramentas e dispositivos mecânicos e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: diploma ou certificado de habilitação de curso técnico de nível médio em Mecânica, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação e conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 1.930,63.

2.4.1.14 - Técnico Industrial/Meio Ambiente

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: aplicar metodologias para minimizar impactos ambientais; analisar efluentes; acompanhar auditorias de manutenção do programa Gestão Ambiental; efetuar estudos para a aplicação da logística reversa; emitir relatórios de desempenho ambiental e efetuar plano de controle ambiental e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: diploma ou certificado de habilitação de técnico de nível médio em Meio Ambiente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação e conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 1.930,63

2.4.1.15 - Técnico Industrial/Pré-impressão

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: produzir modelos (provas de prelo); acompanhar início de produção (lotes piloto) e gerar relatório de análise de conformidade entre prova de máquina e modelo (provas de prelo) e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: diploma ou certificado de habilitação de curso técnico de nível médio em qualquer área de formação, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, acrescido de certificado de conclusão ou diploma de curso de Operador de Pré-Impressão com carga horária mínima de 500 horas; conhecimento de Informática aplicada à área gráfica, de processos de impressão diversos, com habilitação e operação de equipamentos de impressão de provas (Offset, Calcografia, Tipografia e Flexografia) e conhecimentos de Inglês básico.

Salário Inicial: R$ 1.930,63.

2.4.1.16 - Técnico Industrial/Projetos Elétricos

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: projetar e desenvolver estudos de instalações elétricas, de telefonia e lógica, bem como elaborar diagramas de máquinas e instalações e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: diploma ou certificado de habilitação de curso técnico de nível médio em Eletricidade, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, acrescido de certificado de conclusão ou diploma de curso de Desenhista Projetista Elétrico ou de certificado de conclusão ou diploma de curso de AutoCAD; certificado de conclusão ou diploma de Curso Básico - Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade; e certificado de conclusão ou diploma de Curso Complementar de Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) e em suas proximidades, em conformidade com a NR-10, da Portaria 3214 de 08-06-78, Cap. V, CLT, e conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 1.930,63.

2.4.1.17 - Técnico Industrial/Projetos Mecânicos

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: projetar e desenvolver estudos de sistemas de climatização e ar condicionado, bem como elaborar diagramas dos respectivos equipamentos e instalações e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: diploma ou certificado de habilitação de curso técnico de nível médio em Mecânica, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, acrescido de certificado de conclusão ou diploma de curso de Desenhista Projetista Mecânico ou de certificado de conclusão ou diploma de curso de AutoCAD, e conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 1.930,63.

2.4.2 - CARGO/ESPECIALIDADE DE NÍVEL SUPERIOR

2.4.2.1 - Analista da CMB/Administrador de Dados

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: criar ambientes de banco de dados, estabelecer políticas de gestão e garantir a sua segurança física; prestar apoio às equipes de desenvolvimento na modelagem de dados, no desenvolvimento e na implantação ou manutenção de sistemas; definir critérios e parâmetros para a instalação de programas e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Informática, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, ou certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação na área de Informática, com carga horária mínima de 360 horas, reconhecido pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; Inglês técnico, conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.2 - Analista da CMB/Análise de Negócios

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: realizar a sustentação dos produtos referentes a sistemas de informação implantados nos clientes; identificar necessidades dos clientes relativas a sistemas de informação e demandá-las para as áreas de desenvolvimento e infraestrutura; acompanhar o desenvolvimento e implantação de produtos de sistemas de informação; consolidar as informações de cunho comercial relativas aos projetos e demandas realizadas para atendimento das necessidades de sistemas de informação dos clientes e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Informática, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; ou certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação na área de Informática, com carga horária mínima de 360 horas, reconhecido pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; Inglês técnico e conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.3 - Analista da CMB/Arquitetura

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: elaborar projetos de interiores; elaborar projetos de arquitetura e urbanismo, detalhamento de mobiliário; elaborar detalhes construtivos; elaborar especificações técnicas de serviços, levantamento de materiais e de mobiliários e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Arquitetura, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, domínio de desenhos elaborados em mídia eletrônica (AutoCAD); conhecimentos de Windows, Word e Excel e Inglês básico.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.4 - Analista da CMB/ Contabilidade

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: escriturar e fechar livros registro de apuração de ICMS e IPI, controlar financiamentos e classificação bancária, Boletins Diário de Caixa e outros; fechar relatórios de Razão, Balancete de Verificação e Diário, controle e contabilização do Ativo Fixo, apuração e contabilização dos custos fabris, confecção e análise de Relatórios Gerenciais Contábil/Financeiros e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Ciências Contábeis, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações e conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.5 - Analista da CMB/Desenvolvimento de Sistemas

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: desenvolver sistemas de informação, atuando diretamente nas diversas fases e etapas do processo, segundo prática adotada na CMB, visando à manutenção, racionalização, otimização e evolução dos processos internos estabelecidos e do cliente e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Informática, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; ou certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação na área de Informática, com carga horária mínima de 360 horas, reconhecido pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; certificação Sun Certified Java Programmer; Inglês técnico e conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações. Salário Inicial: R$ 3.592,98

2.4.2.6 - Analista da CMB/Designer

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: desenvolver projetos de comunicação e programação visual voltada para design de interface para web e sistemas: executar as atividades em equipe multifuncional e com domínio do ambiente digital e de softwares atuais específicos para produtos em mídias digitais e sociais; aplicar conceitos de arquitetura de sites, arquitetura da informação, programação web e técnicas de animação; criar e otimizar a apresentação de site, construindo protótipos e realizando sessões de teste de uso; atuar na definição de identidade visual, desenvolvimento de temas e templates e navegabilidade do sistema, capturar os requisitos da interface do usuário, responder pela criação e execução de projetos gráficos para material impresso e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Design Gráfico, ou em Comunicação Digital, ou em Programação Visual, ou em Web Design, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; ou certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, com pós graduação em Web Design; domínio de técnicas manuais e digitais de Ilustração e Desenho (realismo acadêmico, desenho da anatomia humana, portrait), domínio operacional dos softwares (Photoshop, Illustrator, Corel Draw, In design, Dreamweaver, Flash, Fireworks.), Sistemas Operacionais (Mac OS X e Windows), conhecimento e domínio operacional dos requisitos gráficos de projeto, em fontes, cores, layout, arte-finalização; fechamento de arquivos para gráfica, diagramação de jornais, livros, revistas, cartazes, interface para web sites e Inglês básico.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.7 - Analista da CMB/ Economia e Finanças

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: elaborar e analisar tabelas de preços e de orçamentos diversos; realizar controle das contas a receber; classificar os pagamentos, preparar dados para elaboração de relatórios e de Orçamento Empresarial e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Economia, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações e domínio de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.8 - Analista da CMB/Engenharia de Produção

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: elaborar especificações de produtos, materiais, componentes, processos ou equipamentos, analisando e pesquisando literatura técnica específica, verificando prioridades e características objetivando a otimização dos recursos da Empresa e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Engenharia de Produção, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações; conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.9 - Analista da CMB/Engenharia Elétrica

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: coordenar e supervisionar a manutenção dos equipamentos de utilidades; operar o sistema elétrico de potência; levantar as necessidades e propor melhorias no sistema elétrico; elaborar relatórios de acompanhamento das manutenções preventivas; supervisionar e instruir as manutenções corretivas e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Engenharia Elétrica, com ênfase em Eletrotécnica, especialidade em manutenção e operação de sistema de potência, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; domínio de Windows, Word e Excel, Inglês técnico, Curso Básico - Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade, Curso Complementar de Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) e em suas proximidades, em conformidade com a NR-10, da Portaria 3214 de 08-06-78, Cap. V, CLT e conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.10 - - Analista da CMB/ Engenharia Eletrônica

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: elaborar as especificações técnicas para contratação de serviços e materiais; desenvolver estudos de alternativas de componentes e equipamentos auxiliares no mercado; orientar os técnicos nas manutenções preventivas e corretivas dos equipamentos industriais microprocessados e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Engenharia Eletrônica, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; Curso Básico de Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade, Curso Complementar de Segurança no Sistema Elétrico de Potência (SEP) e em suas proximidades, em conformidade com a NR-10, da Portaria 3214 de 08-06-78, Cap. V, CLT, Inglês técnico, conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações e conhecimentos de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.11 - Analista da CMB/ Engenharia Mecânica

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: elaborar especificações de produtos, materiais, componentes, processos ou equipamentos; analisar e pesquisar literatura técnica específica; verificar prioridades e características objetivando otimizar os recursos da Empresa e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Engenharia Mecânica, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações; conhecimentos de Windows, Word e Excel e Inglês técnico.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.12 - Analista da CMB/ Engenharia Metalúrgica

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: elaborar especificações de produtos, materiais, componentes, processos ou equipamentos; realizar estudo das propriedades e características dos metais; conhecer e atuar em processos de tratamento térmico de aços-ferramenta; utilizar a metalografia e ensaios mecânicos como elemento de análise de metais, seja para controle de recebimento de matérias-primas ou peças com falha na utilização; atuar em processos galvânicos de eletrodeposição de não-ferrosos sobre aço e banhos de ouro e prata em ligas de cobre, fundição de ligas de cobre, ouro e prata compreendendo o ciclo de laminação e tratamentos térmicos intermediários; acompanhar testes com novas alternativas de materiais metálicos ou produtos químicos pertinentes aos processos; estudar e propor novos processos ou produtos que minimizem a geração de rejeitos ao meio ambiente; analisar e pesquisar literatura técnica específica, verificar prioridades e características objetivando otimizar os recursos da Empresa e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Engenharia Metalúrgica, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; conhecimento dos processos metalúrgicos tais como metais ferrosos, metais não - ferrosos e tratamento de metais; conhecimento da Lei 8.666/93 e suas alterações; conhecimentos de Windows, Word e Excel e Inglês técnico.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.13 - Analista da CMB/ Gestão em TI

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: realizar atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao planejamento, organização, supervisão, assessoramento, estudo e pesquisa; que envolverão tarefas inerentes às áreas de gestão de projetos e gestão de aquisição de bens e serviços de TI e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Informática, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; ou certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação acrescido de curso de pós-graduação na área de Informática, com carga horária mínima de 360 horas, reconhecido pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; Inglês técnico e conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.14 - - Analista da CMB/ Gravação de Valores

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: desenvolver pesquisas histórico-iconográficas para aplicação em projetos artísticos; ilustrar (processo manual e digital) para composição de leiautes de produtos (gravuras tridimensionais); executar trabalhos paralelos de escultura (vultos e baixos-relevos); executar modelagens por processo manual e digital (softwares e hardwares de geração de gravuras 3D); dominar técnicas de confecção de moldes e modelos (gesso, resina, etc.); operar sistema digital de produção de matrizes (fresa eletrônica); executar restaurações e retoques manuais (buril) e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Escultura, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; domínio de técnicas manuais de desenho e modelagem acadêmica da anatomia humana e retrato (portrait), domínio de técnicas digitais de ilustração de produto tridimensional, domínio operacional da mais recente versão dos softwares Photoshop e Illustrator, Sistemas Operacionais, plataformas Apple e PC e Inglês básico. Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.15 Analista da CMB/ Logística de Transporte

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: planejar e executar projetos de organização e controle da circulação dos veículos por ruas e rodovias e outras vias de trânsito, estudando a natureza e características dos fenômenos de tráfego, o planejamento e a disposição das ruas, estradas e terrenos adjacentes, para permitir uma perfeita definição de rotas, contribuindo para um fluxo regular dos veículos pertencentes à frota da CMB e daqueles por ela contratados, a exemplo de ônibus, micros, vans e automóveis, de forma a garantir um máximo de segurança para os usuários e motoristas e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Tecnologia em Logística de Transporte, reconhecido pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações e domínio de Windows, Word e Excel.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.16 - Analista da CMB/ Patrocínio, PCP e Vendas

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: elaborar relatórios técnicos e emitir pareceres em seu âmbito de atuação; fiscalizar e promover o cumprimento da legislação aplicável nas normas internas pertinentes e dos procedimentos específicos da CMB; acompanhar processos de negociação de vendas, elaborar orçamento e previsão de vendas; prestar assessoria especializada aos clientes internos e externos relativas à sua área de atuação e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; conhecimentos de Windows, Word e Excel; Inglês ou Espanhol básico e conhecimento da CLT e da Lei nº 8.666/93 e suas alterações.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.17 - Analista da CMB / Produtos e Processos

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: auxiliar no estabelecimento e na padronização de formas de controle e executar rotinas que envolvam qualquer atividade de projeto e delineamento de produtos, registro, padronização e controle de processos de produção e de desenvolvimento de matérias primas e insumos, acompanhando todas as etapas de desenvolvimento e prestando o suporte operacional aos processos de produção, criando e auxiliando na implantação dos procedimentos necessários, promovendo e participando de análises e pesquisas de novas tecnologias, envolvendo equipamentos (hardwares e softwares) processos, produtos e materiais; auxiliar e realizar ações de consultoria, bem como de assistência técnica e tecnológica e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Desenho Industrial, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, ou certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Tecnologia de Artes Gráficas, reconhecido pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.18 - Analista da CMB/ Projetos Artísticos

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: desenvolver pesquisas histórico-iconográficas para aplicação em projetos (cédulas e selos postais); desenvolver projetos gráficos promocionais (identidade visual, cartaz, folder, etc.); desenvolver projetos gráficos de segurança (cédulas, selos fiscais, carteiras, diplomas, etc.); operar sistemas de editoração eletrônica para produção de artes finais dos originais destinados a montagens e produção de matrizes para impressão; confeccionar ilustrações manuais (grafite, lápis de cor, aquarela, nanquim, ecoline, guache, etc.), digitais (diagramações, tratamentos de imagens (fotos) e ilustração) e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Comunicação Visual, ou em Desenho Industrial, ou em Design Gráfico, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, domínio de técnicas manuais e digitais de Ilustração e Desenho (realismo acadêmico, desenho da anatomia humana, portrait), domínio operacional dos softwares (Photoshop, Illustrator, Core, In design, etc.), Sistemas Operacionais (Apple e PC), conhecimento e domínio operacional dos requisitos gráficos de projeto para os diversos processos de impressão (Offset, Rotogravura, Calcografia, Tipografia, Flexografia, Serigrafia, Hot-Stamping, etc.); conhecimento sobre indústria gráfica de segurança e Inglês básico. Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.19 - Analista da CMB/ Recursos Humanos

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: atuar na coordenação de programas de educação empresarial; implementar projetos de capacitação e desenvolvimento; participar do processo de produtos educacionais; atuar nas demais atividades voltadas para RH e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade. Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Psicologia, ou em Pedagogia, ou em Administração, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; domínio de Windows, Word e Excel e conhecimento da CLT e da Lei nº 8.666/93 e suas alterações.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.20 - Analista da CMB/Rede de Telecomunicações e Suporte

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: realizar atividades de natureza técnica, relacionadas ao planejamento, organização, supervisão, assessoramento, estudo e pesquisa, que envolverá tarefas inerentes à área de desenvolvimento de projetos de redes de telecomunicações; realizar atividades de suporte, planejamento de capacidade, gerenciamento de rede, bem como atividades relacionadas à gestão dos processos tecnológicos e de contabilização da rede e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Informática, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; ou certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação na área de Informática, com carga horária mínima de 360 horas, reconhecido pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; Inglês técnico e conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.21 - Analista da CMB/Segurança da Informação

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: executar o suporte técnico-operacional em Hardware (Rede, Servidores e Estações de Trabalho) e em Software (operacionais Windows e Linux e banco de dados); participar da implementação e manutenção de banco de dados SQL Server; prestar suporte técnico quanto à aquisição, implantação e uso adequado dos recursos de rede; realizar atividades relacionadas ao planejamento, organização, supervisão, assessoramento, estudo e pesquisa, que envolverá tarefas inerentes às áreas de política de segurança da informação e segurança do ambiente corporativo (CFTV, controles de acesso, políticas de segurança) auditoria de TI e realizar outras atividades de mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Informática, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; ou certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação na área de Informática, com carga horária mínima de 360 horas, reconhecido pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; Inglês técnico e conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

2.4.2.22 - Analista da CMB/Suporte em TI

Jornada de Trabalho: 08 horas diárias, turnos de trabalho ou escalas.

Exemplo de Atribuições: executar o suporte técnico-operacional em Hardware (Rede, Servidores e Estações de Trabalho) e em Software (operacionais Windows e Linux e banco de dados); conhecer os ambientes operacionais Windows e Linux; participar na implementação e manutenção de banco de dados SQL Server; participar da instalação, customização e manutenção dos recursos de rede; prestar suporte técnico quanto à aquisição, implantação e ao uso adequado dos recursos de rede; participar da implementação de procedimentos de segurança do ambiente de rede e executar outras atribuições da mesma natureza e nível de complexidade compatíveis com o cargo/especialidade.

Requisitos Básicos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em Informática, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; ou certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação na área de Informática, com carga horária mínima de 360 horas, reconhecido pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação; Formação Oficial MCTS Win Server 2008 Active Directory Configuration ou Formação Oficial MCTS Win Server 2008 Networking Infrastructure Configuration ou Formação Oficial MCTS Win Server 2008 Apps Infrastructure Configuration ou Formação Linux; Inglês técnico e conhecimento da Lei nº 8.666/93 e suas alterações.

Salário Inicial: R$ 3.592,98.

3 - DAS VAGAS DESTINADAS ÀS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

3.1 - Em cumprimento ao disposto no inciso VIII do artigo 37 da Constituição da República Federativa do Brasil, na Lei nº 7.853, de 24 de outubro de 1989, e no Decreto nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, publicado no Diário Oficial da União, de 21 de dezembro de 1999, alterado pelo Decreto nº 5.296, de 02 de dezembro de 2004, ficam reservados 5% (cinco por cento) do total das vagas deste Edital para as pessoas com deficiência.

3.1.1 - Somente serão consideradas como pessoas com deficiência aquelas que se enquadrem nas categorias constantes do artigo 4 do Decreto nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, alterado pelo Decreto nº 5.296, de 02 de dezembro de 2004.

3.2 - No ato da inscrição, o candidato com deficiência que necessite de tratamento diferenciado no dia das provas deverá requerê-lo indicando as condições diferenciadas de que necessita para a realização das provas (ledor, prova ampliada, auxílio para transcrição, sala de mais fácil acesso, intérprete de libras e/ou tempo adicional), apresentando justificativas acompanhadas de parecer emitido por especialista na área de sua deficiência.

3.2.1 - O candidato com deficiência auditiva que necessitar utilizar aparelho auricular no dia das provas deverá enviar laudo médico específico para esse fim, até o término das inscrições. Caso o candidato não envie o referido laudo, não poderá utilizar o aparelho auricular.

3.3 - O candidato com deficiência que solicitar condições diferenciadas e/ou optar por concorrer aos quantitativos reservados aos deficientes deverá enviar correspondência, via SEDEX, ao Departamento de Concursos da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (Rua Santa Alexandrina, 1011- Rio Comprido - Rio de Janeiro - RJ, CEP 20261-903), impreterivelmente, até o dia 31/01/2012, (mencionando Processo Seletivo Público - CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB), confirmando sua pretensão, e anexando laudo médico atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças - CID, bem como a provável causa da deficiência. Caso o candidato não envie o laudo médico, não será considerado como deficiente apto para concorrer aos quantitativos reservados, nem terá preparadas as condições diferenciadas, mesmo que tenha assinalado tal(is) opção(ões) no Requerimento de Inscrição.

3.4 - O candidato com deficiência que não a declarar no ato de inscrição e/ou o que não enviar laudo médico, conforme determinado no subitem anterior, deixará de concorrer aos quantitativos reservados aos deficientes e/ou de dispor de condição diferenciada e não poderá impetrar recurso em favor de sua situação.

3.5 - O candidato que declarar falsamente a deficiência será excluído, se confirmada tal situação, em qualquer fase desta Seleção Pública, sujeitando-se às consequências legais pertinentes.

3.6 - Os candidatos com deficiência que vierem a ser convocados para os procedimentos pré-admissionais serão submetidos aos Exames Médicos, de competência da CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB, por equipe multiprofissional, destinada a verificar a existência da deficiência declarada e a sua compatibilidade com o exercício das atribuições do cargo/especialidade, de acordo com o artigo 43 do Decreto nº 3298, de 20/12/1999, alterado pelo Decreto nº 5.296, de 02 de dezembro de 2004.

3.6.1 - Será excluído deste Processo Seletivo Público o candidato que tiver deficiência considerada incompatível com as atribuições do cargo/especialidade.

3.6.2 - As deficiências dos candidatos, admitida a correção por equipamentos, adaptações, meios ou recursos especiais, devem permitir o desempenho adequado das atribuições especificadas para o cargo/especialidade a que se candidatar.

3.6.3 - A decisão final da equipe multiprofissional será soberana e irrecorrível.

3.7 - Os candidatos com deficiência participarão deste Processo Seletivo Público em igualdade de condições com os demais candidatos no que diz respeito ao conteúdo e à avaliação das provas.

3.8 - As vagas reservadas aos candidatos com deficiência obedecem ao disposto no art. 37, inciso VIII, da Constituição da República Federativa do Brasil, na Lei nº 7853/89 e no Decreto nº 5296/2004, bem assim a seguinte metodologia:

a) serão elaboradas duas listas por cargo/especialidade, uma geral e outra destinada exclusivamente aos candidatos com deficiência;

b) a listagem destinada aos candidatos com deficiência obedecerá à seguinte ordem de chamada, respeitado o quantitativo de vagas para admissão imediata ou para cadastro de reserva: 5º, 21º, 41º, 61º, 81º, 101º, 121º, 141º e c) caso os candidatos com deficiência figurem na lista geral em posição que lhe seja mais favorável, tal deve prevalecer.

3.9 - As vagas definidas nos subitens 2.3.1 e 2.3.2 que não forem providas por falta de candidatos com deficiência aprovados na Seleção Pública serão preenchidas pelos demais candidatos, observada a ordem geral de classificação por cargo/especialidade.

4 - DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA ADMISSÃO

4.1 - Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos do parágrafo 1.º, artigo 12, da Constituição Federal e do Decreto nº 70.436/72.

4.2 - Estar em dia com as obrigações eleitorais.

4.3 - Estar em dia com as obrigações militares, em caso de candidato brasileiro do sexo masculino.

4.4 - Ter, na data de admissão, idade mínima de dezoito anos completos.

4.5 - Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo/especialidade, que será comprovada por meio de exames específicos, conforme previsto no subitem 10.3.

4.6 - Ser aprovado no Processo Seletivo Público e possuir o nível de escolaridade exigido para o exercício do cargo/especialidade conforme estabelecido no item 2 deste Edital.

4.7 - Não receber proventos de aposentadoria ou remuneração de cargo, emprego ou função pública, ressalvados os cargos acumuláveis previstos na Constituição Federal.

4.8 - Quando houver exigência de experiência na atividade, a mesma deverá ser documentalmente comprovada nos procedimentos pré-admissionais, através da Carteira de Trabalho e Previdência Social e/ou, preferencialmente, por declaração do respectivo empregador que especifique as atividades desenvolvidas.

4.9 - Para os cargos de níveis superior e técnico que possuam órgão de classe representativo será exigido respectivo registro com jurisdição no local onde o candidato venha a ter seu domicílio profissional.

4.10 - Serão aceitos diplomas e certificados de cursos técnicos e/ou superiores de tecnologia, com denominações distintas das estabelecidas neste Edital, desde que constem na Tabela de Convergência anexa ao Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia e que estejam diretamente relacionadas aos cursos de graduação tecnológica requeridos para o cargo ofertado, conforme a citada Tabela de Convergência.

4.11 - Cumprir as determinações deste Edital.

5 - DAS INSCRIÇÕES NO PROCESSO SELETIVO PÚBLICO

5.1 - Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá conhecer este Edital e certificar-se de que preencherá todos os requisitos exigidos para o cargo/especialidade.

5.1.1 - No momento da inscrição, o candidato deverá optar por somente um cargo/especialidade oferecido, devendo efetuar uma única inscrição, de vez que as provas poderão ser realizadas no mesmo dia e horário.

5.1.2 - Efetivada a inscrição, não serão aceitos pedidos para alteração de cargo/especialidade.

5.2 - A inscrição deverá ser efetuada somente via Internet, conforme procedimentos especificados a seguir.

5.2.1 - A inscrição deverá ser efetuada, no período de 12 a 31/01/2012, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).

5.2.2 - O recolhimento da taxa de inscrição, expressa em reais, será nos valores de R$ 45,00 (quarenta e cinco reais) para os cargos de níveis médio/técnico e de R$ 90,00 (noventa reais) para os cargos de nível superior.

5.2.3 - O valor referente ao pagamento da taxa de inscrição não será devolvido, ainda que efetuado em duplicidade, exceto em caso de cancelamento do Certame por conveniência da Administração.

5.3 - INSCRIÇÕES

5.3.1 - Para inscrição, o candidato deverá obedecer aos seguintes procedimentos:

a) estar ciente de todas as informações sobre este Processo Seletivo Público. Essas informações também estão disponíveis na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br);

b) cadastrar-se, no período entre 0 (zero) hora do dia 12/01/2012 e 23h e 59 min do dia 31/01/2012, observado o horário oficial de Brasília/DF, por meio do formulário específico disponível na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br) e

c) imprimir o boleto bancário e efetuar o pagamento da taxa de inscrição, em qualquer banco, até a data de vencimento constante no mesmo.

ATENÇÃO:

a) a inscrição via Internet só será válida após a confirmação do pagamento feito por meio do boleto bancário até a data do vencimento e

b) o pagamento após a data de vencimento implica o cancelamento da inscrição. O banco confirmará o seu pagamento junto à FUNDAÇÃO CESGRANRIO.

5.3.2 - A FUNDAÇÃO CESGRANRIO não se responsabiliza por solicitações de inscrição via Internet não recebidas por quaisquer motivos de ordem técnica ou por procedimento indevido do usuário.

5.3.3 - O candidato que solicitar condições diferenciadas deverá postar correspondência, via SEDEX, ao Departamento de Concursos da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (Rua Santa Alexandrina, 1011 - Rio Comprido - Rio de Janeiro - RJ, CEP 20261-903), impreterivelmente, até o dia 31/01/2012 (mencionando Processo Seletivo Público - CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB), confirmando sua pretensão, e anexando documento que comprove tal necessidade. Caso contrário, não terá preparadas as condições diferenciadas, mesmo que tenha assinalado tal(is) opção(ões) no Requerimento de Inscrição.

5.4 - Havendo mais de uma inscrição pelo mesmo candidato, prevalecerá a de data/hora de Requerimento mais recente.

5.5 - Os candidatos que prestarem qualquer declaração falsa ou inexata no ato da inscrição, ou caso não possam satisfazer a todas as condições enumeradas neste Edital, terão a inscrição cancelada e serão anulados todos os atos dela decorrentes, mesmo que classificados nas provas, exames e avaliações.

5.6 - A não integralização dos procedimentos de inscrição implica a insubsistência da inscrição.

5.7 - Para os candidatos que não dispuserem de acesso à Internet, a FUNDAÇÃO CESGRANRIO disponibilizará, nos dias úteis, locais de inscrição credenciados com computadores, no período de 12 a 29/01/2012, entre 09 e 16 horas, localizados nos endereços constantes do Anexo I deste Edital.

5.8 - Não haverá isenção total ou parcial do valor da taxa de inscrição, exceto para os candidatos amparados pelo Decreto nº 6.593, de 2 de outubro de 2008, publicado no Diário Oficial da União, de 3 de outubro de 2008.

5.8.1 - Fará jus à isenção total de pagamento da taxa de inscrição o candidato que, cumulativamente:

a) comprovar inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, de que trata o Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007, por meio de indicação do Número de Identificação Social - NIS, atribuído pelo Cadastro Único, conforme apontado no Requerimento de Inscrição disponível na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br), ou nos locais de inscrição credenciados, especificados no Anexo IV do presente Edital; e b) for membro de "família de baixa renda", nos termos do Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007.

5.9 - A isenção tratada no subitem 5.8.1 deverá ser solicitada durante a inscrição via Internet, de 12 a 13/01/2012, ocasião em que o candidato deverá, obrigatoriamente, indicar o seu Número de Identificação Social - NIS, atribuído pelo Cadastro Único, bem como declarar-se membro de "família de baixa renda", nos termos da letra "b" do mesmo subitem.

5.10 - A FUNDAÇÃO CESGRANRIO irá consultar o órgão gestor do Cadastro Único a fim de verificar a veracidade das informações prestadas pelo candidato. A declaração falsa sujeitará o candidato às sanções previstas em Lei, aplicando-se, ainda, o disposto no parágrafo único do art. 10 do Decreto nº 83.936, de 6 de setembro de 1979.

5.11 - O candidato interessado que preencher os requisitos descritos no subitem 5.8.1 e desejar solicitar isenção de pagamento da taxa de inscrição neste Processo Seletivo Público deverá fazê-lo ao se inscrever, conforme descrito no subitem 5.9, no período de 12 a 13/01/2012.

5.11.1 - O simples preenchimento dos dados necessários para a solicitação da isenção de pagamento da taxa, no período previsto, não garante ao interessado a isenção pleiteada, a qual estará sujeita à análise e deferimento da solicitação por parte da FUNDAÇÃO CESGRANRIO.

5.11.2 - Não serão aceitos, após o envio da documentação, acréscimos ou alterações nas informações prestadas.

5.11.3 - Não será aceita solicitação de isenção de pagamento da taxa de inscrição via fax ou via correio eletrônico.

5.11.4 - O não cumprimento de uma das etapas fixadas, a falta ou a inconformidade de alguma informação ou documentação, ou a solicitação apresentada fora do período determinado implicará a eliminação automática deste processo de isenção.

5.12 - O resultado da análise dos pedidos de isenção de pagamento da taxa de inscrição será divulgado no dia 24/01/2012, via Internet, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).

5.13 - O candidato poderá, a partir da data de divulgação da relação citada no subitem anterior, contestar o indeferimento, até o dia 25/01/2012, por meio do campo de Interposição de Recursos, na página referente a este Processo Seletivo Público no endereço eletrônico (www.cesgranrio.org.br). Após esse período, não serão aceitos pedidos de revisão.

5.14 - O resultado da análise dos pedidos de isenção de pagamento da taxa de inscrição será divulgado no dia 27/01/2012, via Internet, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).

5.15 - Para ter acesso ao resultado da referida análise os interessados poderão, ainda, consultar a Central de Atendimento da FUNDAÇÃO CESGRANRIO, pelo telefone 0800 701 2028, no período de 24 a 31/01/2012, nos dias úteis, das 9 às 17 horas, horário oficial de Brasília.

5.16 - Os candidatos cujas solicitações de isenção da taxa tiverem sido indeferidas poderão efetuar a inscrição, no período de 24 a 31/01/2012, e efetuar o pagamento até a data de vencimento no boleto bancário.

6 - DA CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO

6.1 - Os candidatos devem verificar a Confirmação de Inscrição, a partir de 29/02/2012, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br) e são responsáveis por imprimi-la.

6.2 - O Cartão de Confirmação de Inscrição do candidato inscrito via Internet estará disponível no endereço eletrônico da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br), a partir de 29/02/2012, sendo de responsabilidade exclusiva do candidato a obtenção desse documento.

6.2.1 - O Cartão de Confirmação de Inscrição será enviado por via postal, pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, exclusivamente para os inscritos nos locais de inscrição credenciados, para o endereço indicado pelo candidato no Requerimento de Inscrição. No Cartão de Confirmação de Inscrição, serão colocados, além dos principais dados do candidato, seu número de inscrição, cargo/especialidade, data, horário e local de realização das provas.

6.3 - É obrigação do candidato conferir, no Cartão de Confirmação de Inscrição ou na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO na Internet, os seguintes dados: nome; número do documento de identidade, sigla do órgão expedidor e Estado emitente; CPF; data de nascimento; sexo; cargo/especialidade; e, quando for o caso, a informação de tratar-se de pessoa com deficiência que demande condição diferenciada para a realização das provas e/ou esteja concorrendo às vagas reservadas para pessoas com deficiência.

6.4 - Caso haja inexatidão na informação relativa ao cargo/especialidade e/ou em relação à sua eventual condição de pessoa com deficiência que demande condição diferenciada para a realização das provas e/ou esteja concorrendo às vagas reservadas para pessoas com deficiência, os candidatos deverão entrar em contato com a FUNDAÇÃO CESGRANRIO, pelo telefone 0800 701 2028, das 09 às 17 horas, horário oficial de Brasília, ou pelo e-mail (concursos@cesgranrio.org.br), nos dias 01 ou 02/03/2012.

6.5 - Os eventuais erros de digitação no nome, número/Órgão expedidor ou Estado emitente do documento de identidade, CPF, data de nascimento, sexo, etc. deverão ser corrigidos, somente, no dia das respectivas provas.

6.6 - Caso o Cartão de Confirmação de Inscrição dos candidatos inscritos nos locais de inscrição credenciados não seja recebido até 29/02/2012, o candidato deverá entrar em contato com a FUNDAÇÃO CESGRANRIO, pelo telefone 0800 701 2028, ou pelo e-mail concursos@cesgranrio.org.br, nos dias 01 ou 02/03/2012, das 09 às 17 horas, horário oficial de Brasília, ou imprimir o Cartão de Confirmação.

6.7 - As informações sobre os respectivos locais de provas estarão disponíveis, também, no endereço eletrônico da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br), sendo o documento impresso por meio do acesso à página na Internet válido como Cartão de Confirmação de Inscrição.

6.8 - O candidato não poderá alegar desconhecimento dos horários ou dos locais de realização das provas como justificativa de sua ausência. O não comparecimento às provas ou aos exames, qualquer que seja o motivo, será considerado como desistência do candidato e resultará na eliminação deste Processo Seletivo Público.

6.9 - Não serão prestadas, por telefone, informações a respeito de datas, locais e horários de realização das provas, exceto o disposto nos subitens 6.4 e 6.6.

7 - ESTRUTURA DO PROCESSO SELETIVO PÚBLICO

7.1 - Cargos de Níveis Médio/Técnico

7.1.1 - Para os cargos de Assistente Técnico Administrativo/Apoio Administrativo e Auxiliar de Operação Industrial/Hidráulica.

7.1.1.1 - 1ª ETAPA - Constituída de prova objetiva de Conhecimentos Básicos, com 30 questões. A prova de Conhecimentos Básicos, de caráter eliminatório e classificatório, será composta de Língua Portuguesa I (10 questões, sendo 5 questões no valor de 3 pontos; e 5 no valor de 5 pontos, subtotalizando 40 pontos), de Matemática (10 questões, sendo 5 questões no valor de 3 pontos; e 5 no valor de 5 pontos, subtotalizando 40 pontos) e de Informática (10 questões no valor de 2 pontos, subtotalizando 20 pontos).

Total da prova objetiva - 100 pontos.

7.1.1.2 - Após as provas, os candidatos serão classificados por cargo/especialidade a partir do total de pontos obtidos na prova de Conhecimentos Básicos.

7.1.1.3 - Será eliminado o candidato que obtiver aproveitamento inferior a 50% (cinquenta por cento) do total de pontos da prova objetiva de Conhecimentos Básicos ou obtiver ZERO em qualquer das matérias da prova de Conhecimentos Básicos.

7.1.1.4 - Em caso de empate, terá preferência, sucessivamente, o candidato que:

a) tiver idade igual ou superior a sessenta anos, até o último dia de inscrição neste processo seletivo, conforme artigo 27, parágrafo único do Estatuto do Idoso;

b) obtiver o maior número de pontos na prova de Língua Portuguesa I;

c) obtiver o maior número de pontos na prova de Matemática;

d) obtiver o maior número de acertos, sucessivamente, nas questões de maior valor, em Língua Portuguesa I e em Matemática;

e) for mais idoso.

7.1.1.5 - Será considerado habilitado à 2ª ETAPA o candidato não enquadrado nos critérios de eliminação detalhados no subitem 7.1.1.3 e cuja classificação por cargo/especialidade esteja entre os mais bem classificados na 1ª ETAPA segundo os quantitativos definidos de Vagas Efetivas e de Cadastros de Reserva no item 2.

7.1.1.6 - 2ª ETAPA - Exames Pré-Admissionais (Qualificação Biopsicossocial, de caráter eliminatório).

7.1.2 - Para o cargo de Assistente Técnico Administrativo/Programador de Computador.

7.1.2.1 - 1ª ETAPA - Constituída de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, de Conhecimentos Básicos, com 10 questões, e de Conhecimentos Específicos, com 20 questões, num total de 30 questões. A prova de Conhecimentos Básicos será composta de Língua Portuguesa I (5 questões no valor de 2 pontos, subtotalizando 10 pontos) e de Língua Inglesa I (05 questões no valor de 2 pontos, subtotalizando 10 pontos). A prova de Conhecimentos Específicos terá 20 questões com valor de 4 pontos subtotalizando 80 pontos.

Total das provas objetivas - 100 pontos.

7.1.2.2 - Após as provas, os candidatos serão classificados a partir do total de pontos obtidos, sendo eliminado o candidato que obtiver aproveitamento inferior a 50% (cinquenta por cento) do total da pontuação do conjunto das provas objetivas. Será, ainda, eliminado, o candidato que obtenha zero em qualquer das provas objetivas.

7.1.2.3 - Em caso de empate, terá preferência, sucessivamente, o candidato que:

a) tiver idade igual ou superior a sessenta anos, até o último dia de inscrição, conforme artigo 27, parágrafo único do Estatuto do Idoso;

b) obtiver o maior número de pontos na prova de Conhecimentos Específicos;

c) obtiver o maior número de pontos na prova de Língua Portuguesa I;

d) for mais idoso.

7.1.2.4 - Será considerado habilitado à 2ª ETAPA o candidato não enquadrado nos critérios de eliminação detalhados no subitem 7.1.2.2 e cuja classificação esteja entre os mais bem classificados na 1ª ETAPA segundo os quantitativos definidos de Vagas Efetivas e de Cadastros de Reserva no item 2.

7.1.2.5 - 2ª ETAPA - Exames Pré-Admissionais (Qualificação Biopsicossocial, de caráter eliminatório).

7.1.3 - Para os cargos de Auxiliar de Operação Industrial (Acabamento de Produção; Armazenagem; Elétrica; Impressão Gráfica e Mecânica) e Técnico Industrial (Artes Gráficas; Edificações; Eletrônica; Eletrotécnica; Mecânica; Meio Ambiente; Pré-impressão; Projetos Elétricos e Projetos Mecânicos).

7.1.3.1 - 1ª ETAPA - Constituída de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, de Conhecimentos Básicos, com 10 questões, e de Conhecimentos Específicos, com 20 questões, num total de 30 questões. A prova de Conhecimentos Básicos será composta de Informática (5 questões no valor de 2 pontos, subtotalizando 10 pontos) e de Matemática (5 questões no valor de 2 pontos, subtotalizando 10 pontos). A prova de Conhecimentos Específicos terá 20 questões com valor de 4 pontos subtotalizando 80 pontos.

Total das provas objetivas - 100 pontos.

7.1.3.2 - Após as provas, os candidatos serão classificados por cargo/especialidade a partir do total de pontos obtidos, sendo eliminado o candidato que obtiver aproveitamento inferior a 50% (cinquenta por cento) do total da pontuação do conjunto das provas objetivas. Será, ainda, eliminado, o candidato que obtenha zero em qualquer das provas objetivas.

7.1.3.3 - Em caso de empate, terá preferência, sucessivamente, o candidato que:

a) tiver idade igual ou superior a sessenta anos, até o último dia de inscrição, conforme artigo 27, parágrafo único do Estatuto do Idoso;

b) obtiver o maior número de pontos na prova de Conhecimentos Específicos;

c) obtiver o maior número de pontos na prova de Matemática;

d) for mais idoso.

7.1.3.4 - Será considerado habilitado à 2ª ETAPA o candidato não enquadrado nos critérios de eliminação detalhados no subitem 7.1.3.2 e cuja classificação por cargo/especialidade esteja entre os mais bem classificados na 1ª ETAPA segundo os quantitativos definidos de Vagas Efetivas e de Cadastros de Reserva no item 2.

7.1.3.5 - 2ª ETAPA - Exames Pré-Admissionais (Qualificação Biopsicossocial, de caráter eliminatório).

7.2 - Cargos de Nível Superior

7.2.1 - Para os cargos de Analista da CMB (Arquitetura; Contabilidade; Economia e Finanças; Engenharia de Produção; Engenharia Elétrica; Engenharia Eletrônica; Engenharia Mecânica; Engenharia Metalúrgica; Gravação de Valores; Logística de Transporte; Patrocínio, PCP e Vendas; Produtos e Processos; Projetos Artísticos e Recursos Humanos)

7.2.1.1 - 1ª ETAPA - Constituída de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, de Conhecimentos Básicos, com 10 questões, e de Conhecimentos Específicos, com 20 questões, num total de 30 questões. A prova de Conhecimentos Básicos será composta de 10 questões de Língua Portuguesa II no valor de 2 pontos, subtotalizando 20 pontos. A prova de Conhecimentos Específicos terá 20 questões com valor de 4 pontos subtotalizando 80 pontos.

Total das provas objetivas - 100 pontos.

7.2.1.2 - Após as provas, os candidatos serão classificados por cargo/especialidade a partir do total de pontos obtidos, sendo eliminado o candidato que obtiver aproveitamento inferior a 50% (cinquenta por cento) do total da pontuação do conjunto das provas objetivas. Será, ainda, eliminado, o candidato que obtenha zero em qualquer das provas objetivas.

7.2.1.3 - Em caso de empate, terá preferência, sucessivamente, o candidato que:

a) tiver idade igual ou superior a sessenta anos, até o último dia de inscrição, conforme artigo 27, parágrafo único do Estatuto do Idoso;

b) obtiver o maior número de pontos na prova de Conhecimentos Específicos;

d) for mais idoso.

7.2.1.4 - Será considerado habilitado à 2ª ETAPA o candidato não enquadrado nos critérios de eliminação detalhados no subitem 7.2.1.2 e cuja classificação por cargo/especialidade esteja entre os mais bem classificados na 1ª ETAPA segundo os quantitativos definidos de Vagas Efetivas e de Cadastros de Reserva no item 2.

7.2.1.5 - 2ª ETAPA - Exames Pré-Admissionais (Qualificação Biopsicossocial, de caráter eliminatório).

7.2.2 - Para os cargos de Analista da CMB (Administrador de Dados; Análise de Negócios; Desenvolvimento de Sistemas; Designer; Gestão em TI; Rede de Telecomunicações e Suporte; Segurança da Informação e Suporte em TI)

7.2.2.1 - 1ª ETAPA - Constituída de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, de Conhecimentos Básicos, com 10 questões, e de Conhecimentos Específicos, com 20 questões, num total de 30 questões. A prova de Conhecimentos Básicos será composta de Língua Portuguesa II (5 questões no valor de 2 pontos, subtotalizando 10 pontos) e de Língua Inglesa II (5 questões no valor de 2 pontos, subtotalizando 10 pontos). A prova de Conhecimentos Específicos terá 20 questões com valor de 4 pontos subtotalizando 80 pontos.

Total das provas objetivas - 100 pontos.

7.2.2.2 - Após as provas, os candidatos serão classificados por cargo/especialidade a partir do total de pontos obtidos, sendo eliminado o candidato que obtiver aproveitamento inferior a 50% (cinquenta por cento) do total da pontuação do conjunto das provas objetivas. Será, ainda, eliminado, o candidato que obtenha zero em qualquer das provas objetivas.

7.2.2.3 - Em caso de empate, terá preferência, sucessivamente, o candidato que:

a) tiver idade igual ou superior a sessenta anos, até o último dia de inscrição, conforme artigo 27, parágrafo único do Estatuto do Idoso;

b) obtiver o maior número de pontos na prova de Conhecimentos Específicos;

c) obtiver o maior número de pontos na prova de Língua Portuguesa II;

d) for mais idoso.

7.2.2.4 - Será considerado habilitado à 2ª ETAPA o candidato não enquadrado nos critérios de eliminação detalhados no subitem 7.2.2.2 e cuja classificação por cargo/especialidade esteja entre os mais bem classificados na 1ª ETAPA segundo os quantitativos definidos de Vagas Efetivas e de Cadastros de Reserva no item 2.

7.2.2.5 - 2ª ETAPA - Exames Pré-Admissionais (Qualificação Biopsicossocial, de caráter eliminatório).

8 - NORMAS E PROCEDIMENTOS RELATIVOS À CONTINUIDADE DO PROCESSO SELETIVO PÚBLICO

8.1 - As provas objetivas para os cargos de nível superior terão duração de 4 (quatro) horas. As provas objetivas terão por base os conteúdos programáticos específicos (Anexo II).

8.2 - As provas objetivas para os cargos de níveis médio/técnico terão duração de 3 (três) horas, tendo por base os conteúdos programáticos específicos (Anexo II).

8.3 - A CASA DA MOEDA DO BRASIL define apenas os conteúdos programáticos referentes aos Processos Seletivos Públicos por ela conduzidos, ficando a critério de cada candidato escolher a bibliografia que entender como mais conveniente.

8.4 - As provas serão realizadas, obrigatoriamente, nos locais previstos nos Cartões de Confirmação de Inscrição ou nas listas de alocação disponíveis na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).

8.5 - Somente será admitido à sala de provas o candidato que estiver munido de documento oficial de identidade (com retrato do candidato). Serão considerados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (Ordens, Conselhos); passaporte brasileiro; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por Lei Federal, valham como identidade; carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação (somente modelo com foto aprovado pelo artigo 159 da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997). Como o documento não ficará retido, será exigida a apresentação do original, não sendo aceitas cópias, ainda que autenticadas.

8.5.1 - Caso o candidato esteja impossibilitado de exibir, no dia de realização das provas, documento de identidade original, por motivo de perda, roubo ou furto, deverá ser apresentado documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, expedido há, no máximo, 90 (noventa) dias, ocasião em que será submetido à identificação especial, compreendendo coleta de dados, de assinatura e de impressão digital em formulário próprio.

8.5.2 - A identificação especial será exigida, também, do candidato cujo documento de identificação apresente dúvidas relativas à fisionomia ou à assinatura do portador ou esteja fora do prazo de validade.

8.6 - O candidato deverá chegar ao local das provas e dos exames com uma hora de antecedência do início dos mesmos, munido de Cartão de Confirmação de Inscrição, recebido via postal ou impresso da página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO na Internet; do documento de identidade original com o qual se inscreveu e de caneta esferográfica transparente de tinta preta.

8.6.1 - Não serão aplicadas provas em local, data ou horário diferentes dos predeterminados em Edital, em Comunicado, ou constantes nos Cartões de Confirmação de Inscrição.

8.6.2 - Não será admitido no local de provas ou de exames o candidato que se apresentar após o horário estabelecido para o início das mesmas.

8.7 - Não haverá segunda chamada seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausência do candidato.

8.8 - O candidato só poderá ausentar-se do recinto das provas após uma hora contada a partir do efetivo início das mesmas. Por motivos de segurança, o candidato não poderá levar o Caderno de Questões, a qualquer momento.

8.8.1 - As questões das provas estarão à disposição dos candidatos, no primeiro dia útil seguinte ao da realização das mesmas, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br), por um período mínimo de três meses após a divulgação dos resultados finais deste Processo Seletivo Público.

8.9 - O candidato, no dia da realização das provas, somente poderá anotar as suas respostas, para conferência quando da divulgação dos gabaritos, no seu Cartão de Confirmação de Inscrição. Qualquer outra anotação ou impressão nesse documento será considerada tentativa de fraude sujeitando o candidato infrator à eliminação deste Processo Seletivo Público.

8.10 - Ao final das provas, os 3 (três) últimos candidatos em cada sala só serão liberados quando todos as tiverem concluído ou as mesmas se tenham encerrado. Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação das provas em virtude de afastamento do candidato da sala de provas.

8.11 - O candidato deverá assinalar as respostas na folha própria (Cartão-Resposta) e assinar, no espaço devido, à caneta esferográfica transparente de tinta preta.

8.12 - Não serão computadas questões não assinaladas e/ou questões que contenham mais de uma resposta, emendas ou rasuras, ainda que legíveis.

8.13 - Os gabaritos das provas objetivas serão distribuídos à Imprensa, no primeiro dia útil seguinte ao de realização das mesmas, estando disponíveis, também, na página da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).

8.14 - O candidato será sumariamente eliminado deste Processo Seletivo Público se: a) lançar mão de meios ilícitos para realização das provas; b) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido ou descortês com qualquer dos aplicadores, seus auxiliares ou autoridades; c) atrasar-se ou não comparecer a qualquer das provas; d) afastar-se do local das provas sem o acompanhamento do fiscal, antes de ter concluído as mesmas; e) deixar de assinar a Lista de Presença e/ou o respectivo Cartão-Resposta; f) ausentar-se da sala portando o Cartão-Resposta e/ou o Caderno de Questões; g) descumprir as instruções contidas nas capas das provas; h) for surpreendido, durante as provas, em qualquer tipo de comunicação com outro candidato ou utilizando máquinas de calcular ou similares, livros, códigos, manuais, impressos ou anotações, ou, após as provas, for constatado por meio eletrônico, estatístico, visual ou grafológico, ter utilizado processos ilícitos na realização das mesmas.

8.15 - São vedados o porte e/ou o uso de armas, aparelhos sonoros, fonográficos, de comunicação ou de registro, eletrônicos ou não, tais como: agendas, relógios, telefones celulares, "pagers", microcomputadores portáteis e/ou similares.

8.15.1 - É vedado, também, o uso de óculos escuros ou de quaisquer acessórios de chapelaria tais como chapéu, boné, gorro ou protetores auriculares.

8.15.2 - Não será permitida a entrada de candidatos, no ambiente de provas, portando armas. O candidato que estiver armado será encaminhado à Coordenação. O candidato que não atender à solicitação será, sumariamente, eliminado.

8.16 - A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas, além de solicitar atendimento especial para tal fim, deverá levar acompanhante que ficará em sala reservada para essa finalidade e será responsável pela guarda da criança. A candidata que não levar acompanhante não realizará as provas.

8.17 - Não serão concedidas recontagens de pontos, ou reconsiderações, exames, avaliações ou pareceres, qualquer que seja a alegação do candidato.

8.18 - No dia de realização das provas, não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação das mesmas e/ou pelos representantes da FUNDAÇÃO CESGRANRIO ou da CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB, informações referentes ao conteúdo das provas.

9 - RECURSOS

9.1 - Recursos quanto aos conteúdos das questões objetivas e/ou aos gabaritos divulgados - o candidato poderá interpor recursos, desde que devidamente fundamentados e apresentados até 06/03/2012.

9.1.1 - Para recorrer, o candidato deverá encaminhar sua solicitação à FUNDAÇÃO CESGRANRIO, por meio do campo de Interposição de Recursos, na página referente a este Processo Seletivo Público no endereço eletrônico da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br).

9.1.2 - Não serão aceitos recursos via postal, via correio eletrônico, via fax ou fora do prazo pré-estabelecido.

9.1.3 - As decisões dos recursos serão dadas a conhecer, coletivamente, e apenas as relativas aos pedidos que forem deferidos, quando da divulgação dos resultados finais em 22/03/2012.

9.1.4 - A pontuação relativa à questão eventualmente anulada será atribuída a todos os candidatos que realizaram as provas objetivas.

9.2 - A Banca Examinadora da entidade promotora do presente Processo Seletivo Público constitui última instância para recurso, sendo soberana em suas decisões, razão por que não caberão recursos adicionais.

10 - PROCEDIMENTOS PRÉ-ADMISSIONAIS

10.1 - Após o término do Processo Seletivo Público, conduzido pela FUNDAÇÃO CESGRANRIO, a CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB responsabilizar-se-á pela etapa de Qualificação Biopsicossocial e pelos Procedimentos Admissionais.

10.2 - Os candidatos classificados serão convocados, obedecida rigorosamente a ordem de colocação por cargo/especialidade, de acordo com as necessidades da Empresa.

10.3 - A Qualificação Biopsicossocial, de caráter eliminatório, será composta das seguintes fases: Exames Médicos e avaliação de integridade funcional.

10.4 - Os candidatos aprovados na etapa de provas, dentro das vagas efetivas ou dos Cadastros de Reserva para cada cargo/especialidade, sendo chamados para admissão, passarão por Processo de Qualificação Biopsicossocial.

11 - ADMISSÃO

11.1 - Quando da admissão, os candidatos assinarão contrato individual de trabalho com a CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB, o qual se regerá pelos preceitos da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, não gerando, portanto, estabilidade ou direitos correlatos.

11.2 - A contratação será em caráter experimental, pelo período de 90 (noventa) dias, ao término do qual, mediante resultado positivo na avaliação funcional realizada pela chefia imediata do setor, o contrato converter-se-á, automaticamente, em prazo indeterminado.

11.3 - A admissão dos candidatos ficará condicionada à aprovação em todas as etapas e avaliações do Processo Seletivo Público, a não possuir vínculo empregatício remunerado com órgão ou entidade da Administração Pública Direta ou Indireta e à apresentação dos documentos a seguir:

a) Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) (atual e anteriores);

b) comprovante de inscrição no PIS/PASEP (se não for o primeiro emprego);

c) cartão de identificação do contribuinte - CIC (ou CPF - Cadastro de Pessoa Física);

d) cédula de identidade;

e) título de eleitor e último comprovante de votação/justificativa;

f) certificado de reservista ou certificado de alistamento militar constando dispensa, se do sexo masculino;

g) se solteiro, certidão de nascimento;

h) se casado, viúvo ou divorciado, certidão de casamento;

i) certidão de nascimento dos dependentes, se for o caso;

j) comprovante(s) de conclusão do(s) curso(s) de formação exigido(s);

k) 02 (duas) fotografias 3x4 (iguais e coloridas com fundo branco);

l) comprovante de residência;

m) declaração de imposto de renda (se não for isento);

n) registro profissional e comprovante de pagamento da anuidade do Órgão de Classe, se for o caso.

Obs: Todos os documentos deverão ser originais e com cópia não autenticada.

11.4 - A não apresentação dos documentos listados no subitem 11.3, no prazo máximo de 05 (cinco) dias após a convocação pela CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB, implicará a eliminação do candidato.

11.5 - Os candidatos já integrantes do quadro da CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB terão seus Contratos de Trabalho suspensos pelo exato período de duração do contrato de experiência do novo cargo, com o direito de retornar ao cargo inicial caso não seja aprovado no período de experiência.

11.6 - Não poderão ser admitidos ex-funcionários da CMB demitidos por justa causa.

12 - VANTAGENS E BENEFÍCIOS

12.1 - Os candidatos que vierem a ser admitidos poderão receber os seguintes benefícios que estiverem vigorando à época das respectivas admissões:

a) alimentação gratuita em restaurante interno; transporte subsidiado nos limites do Grande Rio; auxílio-creche (na forma do Acordo Coletivo de Trabalho);

b) mediante a participação do empregado, em 50% do seu custo: assistência médica e odontológica, extensiva aos dependentes legais; seguro de vida em grupo;

c) mediante negociação no Acordo Coletivo de Trabalho: auxílio medicamentos; auxílio oftalmológico e prótese-órtese; e prótese-órtese odontológico;

d) a CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB fornecerá transporte aos futuros contratados no deslocamento de suas residências até o efetivo local de trabalho e vice versa, dentro dos itinerários traçados pela área responsável pelo transporte coletivo de empregados da CMB;

e) aos empregados que necessitarem, serão fornecidos vales-transporte para cobrir os segmentos da viagem não abrangidos pelo serviço de transporte disponibilizado pela CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB, em conformidade com os termos no Decreto Lei n.º 95.247, de 17 de novembro de 1987, de acordo com os Instrumentos Normativos Internos específicos e Acordo Coletivo de Trabalho em vigor;

f) previdência complementar opcional, mediante participação do empregado e

g) os benefícios oferecidos são disciplinados por normas internas específicas e em Acordo Coletivo de Trabalho, podendo ser alterados ou suprimidos.

13 - INFORMAÇÕES GERAIS

13.1 - A inscrição do candidato implicará a aceitação das normas para o Processo Seletivo Público contidas nos Comunicados, neste Edital e em outros a serem eventualmente divulgados.

13.2 - - Para atender a determinações governamentais ou a conveniências administrativas, a CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB poderá alterar o seu Plano de Carreiras, Cargos e Salários da Empresa vigente. Todos os parâmetros considerados para as presentes instruções se referem aos termos dos Regulamentos em vigor. Qualquer alteração porventura ocorrida no atual sistema, por ocasião da admissão ou readmissão dos candidatos, significará, por parte destes, a integral e irrestrita adesão ao novo Plano de Carreiras, Cargos e Salários da Empresa.

13.3 - O prazo de validade do presente Processo Seletivo Público será de 01 (hum) ano, a partir da data de homologação do resultado, podendo ser prorrogado, a critério da CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB, por igual período.

13.4 - O candidato convocado para a etapa de Qualificação Biopsicossocial e que não possa atender momentaneamente àquela convocação deverá entregar à CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB declaração expressando tal condição. Nesta hipótese, o candidato passará para a última colocação do Cadastro de Reserva de seu cargo/especialidade. Caso ocorra uma nova convocação que não possa ser atendida pelo candidato, este será desclassificado do Processo Seletivo Público.

13.5 - Os candidatos que forem convocados para a etapa de Qualificação Biopsicossocial e/ou para as providências preliminares de admissão terão um prazo de 05 (cinco) dias úteis para se apresentarem. Decorrido esse prazo e em caso de o candidato convocado não comparecer ou não apresentar qualquer um dos documentos citados no subitem 11.3 ou, ainda, não entregar a declaração citada em 13.4 será o mesmo desclassificado para todos os fins, sendo convocado o candidato seguinte na lista de classificação.

13.6 - Caso o candidato, por impedimento de força maior ou por motivos particulares, não possa ser admitido no prazo de 30 (trinta) dias a contar da data estabelecida pela CMB para admissão, será considerado desistente e, portanto, eliminado do presente Processo Seletivo Público.

13.7 - O resultado final do Processo Seletivo Público, incluídos apenas os candidatos aprovados e classificados, será homologado pelo Superintendente do Departamento Gestão de Pessoas da CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB, publicado no Diário Oficial da União e divulgado na Internet, nos endereços <www.cesgranrio.org.br> e <www.casadamoeda.gov.br>.

13.8 - Não será fornecido ao candidato qualquer documento comprobatório de classificação no Processo Seletivo Público, valendo para esse fim a homologação divulgada no Diário Oficial da União.

13.9 - Não serão concedidas vistas de provas, exames, avaliações ou pareceres, qualquer que seja a alegação do candidato.

13.10 - Os quantitativos estabelecidos no cadastro de reserva para cada cargo/especialidade são determinados de acordo com a frequência de ocupação dos mesmos, sendo assim, os cargos/especialidades de alta frequência de ocupação terão um quantitativo maior e os de baixa frequência um quantitativo menor. A aprovação do candidato para o cadastro de reserva não implica a obrigatoriedade da sua contratação, cabendo à CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB o direito de aproveitar os candidatos em número estritamente necessário para o provimento das vagas existentes e para as que surgirem ao longo do prazo de validade do Processo Seletivo Público, conforme a conveniência da Administração.

13.11 - Caberá ao candidato selecionado para prover vaga em localidade diversa de seu domicílio arcar com as despesas de sua mudança.

13.12 - A inexatidão de declarações e/ou irregularidade de documentos, ainda que verificadas posteriormente, importarão insubsistência de inscrição, nulidade da aprovação ou habilitação e perda dos direitos decorrentes, sem prejuízo das cominações legais aplicáveis.

13.13 - A candidata convocada que se encontrar em licença maternidade terá sua vaga preservada até o término da mesma desde que não exceda a validade do Processo Seletivo Público.

13.14 - Os candidatos aprovados e classificados se comprometem a manter atualizados seus endereços junto à Seção de Recrutamento e Seleção - SERS da CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB (Rua René Bittencourt, 371 - Santa Cruz - RJ e Rua Sete de Setembro, 111 - 10º andar - Centro/RJ), informando qualquer alteração por carta ou e-mail, e se responsabilizam por prejuízos decorrentes da não atualização.

13.15 - Será realizada Investigação Social, objetivando verificar se o candidato possui a idoneidade moral necessária para ingressar na CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB, órgão da Administração Pública, bem como as condições de ambiência social e doméstica que não colidam com a natureza e a personalidade da Empresa, e com as obrigações e deveres dos seus empregados, na qualidade de agentes públicos. A Investigação Social realizada pelo Departamento de Segurança da Empresa, em parecer de caráter sigiloso, dirá se o candidato pode ou não ingressar no quadro de pessoal da CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB, sendo, portanto, de caráter eliminatório.

13.16 - Os candidatos aprovados no Processo Seletivo Público - 01/2009, durante o prazo de validade do mesmo, serão convocados com prioridade sobre novos classificados.

13.17 - A CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB por ser uma indústria funciona 24 horas por dia, necessitando contratar candidatos com disponibilidade para trabalhar 8 horas por dia, turnos de trabalho e/ou escalas.

13.18 - As ocorrências não previstas neste Edital serão resolvidas a critério exclusivo e irrecorrível do Superintendente do Departamento de Gestão Pessoas da CASA DA MOEDA DO BRASIL - CMB.

ALVARO DE OLIVEIRA SOARES

Superintendente do Departamento de Gestão de Pessoas

ANEXO I - POSTOS CREDENCIADOS

UF

CIDADE

POSTO CONTRATADO

ENDEREÇO

BAIRRO

RJ

RIO DE JANEIRO

MICROLINS

AVENIDA RIO BRANCO, 173/SL

CENTRO

RJ

RIO DE JANEIRO

MICROLINS

RUA CARVALHO DE SOUZA, 257/SL

MADUREIRA

RJ

RIO DE JANEIRO

MICROLINS

RUA VIÚVA DANTAS, 99

CAMPO GRANDE

RJ

RIO DE JANEIRO

MICROLINS

RUA FELIPE CARDOSO, 425 A

SANTA CRUZ

RJ

RIO DE JANEIRO

MICROLINS

RUA BARATA RIBEIRO, 602 - SOBRELOJA

COPACABANA

RJ

RIO DE JANEIRO

MICROLINS

RUA DO CATETE, 355/SL

LARGO DO MACHADO

ANEXO II - CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CARGOS DE NÍVEIS MÉDIO / TÉCNICO

LÍNGUA PORTUGUESA I - Para os cargos de Assistente Técnico Administrativo/Apoio Administrativo, Assistente Técnico Administrativo/Programador de Computador e Auxiliar de Operação Industrial/Hidráulica.

I. Compreensão de Texto. II. Ortografia Oficial: Emprego das Letras e Acentuação Gráfica, segundo o Novo Acordo Ortográfico. III. Emprego do sinal indicativo de crase. IV. Pontuação. V. Classes das Palavras. VI. Emprego dos Verbos Regulares, Irregulares e Anômalos. VII. Concordância Verbal e Nominal. VIII. Regência Nominal e Verbal. IX. Emprego dos Pronomes. X. Significação das Palavras: Sinônimos. Antônimos. Homônimos. Parônimos. XI. Linguagem Formal e Informal; Modalidades: Linguagem Escrita e Oral.

LÍNGUA INGLESA I - Para o cargo de Assistente Técnico Administrativo/Programador de Computador.

I. Compreensão de textos em Língua Inglesa. II. Itens gramaticais relevantes para a compreensão dos conteúdos semânticos.

MATEMÁTICA - Para os cargos de Assistente Técnico Administrativo/Apoio Administrativo, Auxiliar de Operação Industrial/Hidráulica, Auxiliar de Operação Industrial (Acabamento de Produção; Armazenagem; Elétrica; Impressão Gráfica e Mecânica) e Técnico Industrial (Artes Gráficas; Edificações; Eletrônica; Eletrotécnica; Mecânica; Meio Ambiente; Pré-impressão; Projetos Elétricos e Projetos Mecânicos).

I. Números inteiros e racionais. Operações. Problemas. II. Números e grandezas proporcionais. Razão e proporção. Divisão proporcional. Regra de três. III. Porcentagem. Juros simples e compostos. Descontos. IV. Equações e inequações do 1º e 2º Graus. Sistemas. Problemas. V. Medidas de comprimento, área, volume, massa e tempo. Sistema métrico decimal.

INFORMÁTICA - Para os cargos de Assistente Técnico Administrativo/Apoio Administrativo, Auxiliar de Operação Industrial (Acabamento de Produção; Armazenagem; Elétrica; Hidráulica Impressão Gráfica e Mecânica) e Técnico Industrial (Artes Gráficas; Edificações; Eletrônica; Eletrotécnica; Mecânica; Meio Ambiente; Pré-impressão; Projetos Elétricos e Projetos Mecânicos).

I. Conceitos básicos de operação de microcomputadores. II. Noções básicas de operação de microcomputadores em rede local. III. Operação do sistema operacional Windows: uso de arquivos, pastas e operações mais frequentes, uso de aplicativos e ferramentas. IV. Operação do editor de textos Word: conceitos básicos; principais comandos aplicáveis ao texto; uso de tabelas, mala direta e ferramentas; impressão de documentos; V. Operação da planilha Excel: conceitos básicos; digitação e edição de dados; construção de fórmulas para cálculo de valores; criação de gráficos; formatação de dados e planilhas. VI. Noções gerais de utilização da Internet e suas ferramentas.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

ASSISTENTE TÉCNICO ADMINISTRATIVO / PROGRAMADOR DE COMPUTADOR

I. Computadores modernos, padrão IBM PC; Conceitos sobre hardware e software básico; Arquitetura, constituição, componentes, características e funcionamento; Representação binária da informação e unidades de medidas; Componentes de um computador e periféricos. II. Redes de computadores: Conceitos, tipos e abrangência; Topologias lógicas e físicas; Protocolos TCP/IP, DNS, Telnet, FTP e http; Ferramentas Telnet e FTP e comandos ping e tracert: utilização, em MS Windows e Linux, e interpretação dos resultados. III. Componentes de rede de computadores: cabeamento, equipamentos de rede. IV. Instalação e configuração de placa de rede em estação de trabalho (Windows XP). V. Sistemas Operacionais Windows 2000 Server; Auditoria; Gerenciamento de usuários; Administração de disco; Compartilhamento de recursos; Configuração dos serviços de rede no nível corporativo (DHCP, DNS e WINS). VI. Banco de Dados (BD) relacionais e a linguagem SQL; Identificação e utilização do diagrama entidade-relacionamento; Identificação e utilização de diagramas UML: Use Case, Atividades, Classes, Estados; Utilização da linguagem SQL padrão. VII. Algoritmos: Conhecer, saber interpretar e escrever algoritmos em português estruturado (pseudocódigo). VIII. Sistemas Operacionais (SO) LINUX: Instalação e configuração; Estruturação de diretórios (/root, /home, /etc, /lib, /sbin, /usr, etc); Utilização dos comandos passwd, pwd, cat, cd, more, chmod, cp, ls, mkdir, rmdir, mv, rm, kill, ps, mount e unmount. IX. Linguagem de Programação Java: Objetos, classes, pacotes, interfaces; Exceções; Estruturas de dados e strings; Entrada e Saída; JDBC.

AUXILIAR DE OPERAÇÃO INDUSTRIAL / ACABAMENTO DE PRODUÇÃO

I. Noções básicas de processos de impressão. II. Operações de pós-impressão. III. Marcas gráficas para impressão e para orientação das operações de acabamento. IV. Características técnicas dos papéis. V. Formatos industriais dos papéis normatizados para a área gráfica. VI. Problemas ocasionados pelo papel nos procedimentos de acabamento e suas soluções. VII. Procedimentos de acabamento utilizados na fabricação de produtos gráficos como: carteiras de classe, bilhetes magnéticos, cartões indutivos, certificados, diplomas, certidões, cédulas, selos postais, fiscais e cartoriais, folders e passaportes, dentre outros. VIII. Etapas de crítica, tipos de corte em guilhotina, corte especial e facas de corte & vinco, alceamento, dobra, costura, contagem, colagem, furação, aplicação de serrilha, grampeamento. IX. Operações de acabamento editorial: imposição de páginas, dobra de folhas, dobra de cadernos, tipos de dobra, tipos de cadernos, técnicas de encadernação, costura e colagem de miolos, montagem de capas flexíveis, montagens de capas duras, blocagem. X. Conhecimentos básicos de Windows, Word e Excel.

AUXILIAR DE OPERAÇÃO INDUSTRIAL / ARMAZENAGEM

I. Definições de equipamentos de movimentação mecânica de materiais. II. Tipos e características de empilhadeiras. III. Utilização segura de empilhadeiras. IV. Inspeções diárias de empilhadeiras. V. Sinalização na operação de empilhadeiras. VI. Acessórios de elevação de cargas. VII. Arranjo físico de armazéns influenciando no armazenamento de materiais. VIII. Atitudes seguras e inseguras. IX. Uso de Equipamentos de Proteção Individual. X. Noções de logística empresarial. XI. Noções de cadeia de suprimentos. XII. Noções de movimentação de mercadorias. XIII. Noções das recomendações de segurança para operação de empilhadeiras. XIV. Noção de acidente e incidente, causas de acidentes, medidas preventivas contra ocorrência de acidentes. XV. Legislação do Ministério do Trabalho e Emprego sobre segurança do trabalho. XVI. Noções de SMS (Segurança, Meio Ambiente e Saúde). XVII. Noções de Informática (Windows, word, excel).

AUXILIAR DE OPERAÇÃO INDUSTRIAL / ELÉTRICA

I. Grandezas elétricas: principais grandezas elétricas e suas unidades. Múltiplos e sub¬múltiplos de unidades elétricas. II. Circuitos elétricos de corrente contínua: circuitos série: paralelo e misto; associação de resistores; cálculo de resistores, métodos de análise de circuitos, capacitores, indutores. III. Circuitos elétricos de corrente alternada: corrente e tensão senoidais, valor eficaz, valor de pico, notação fatorial, impedância. IV. Aparelhos de medidas elétricas: amperímetros; voltímetros, frequencímetros e megômetros; wattímetros. V. Simbologia elétrica: símbolos de componentes elétricos; diagramas elétricos. VI. Condutores elétricos: capacidade de condução dos condutores elétricos; bitola dos condutores; tipos de condutores elétricos. VII. Aterramento: proteção de aparelhos; malha de aterramento; condutor de proteção. VIII. Comando e proteção de circuitos elétricos: fusíveis; disjuntores; contadores e relés. IX. Chaves magnéticas: chave de partida direta; chave estrela/triângulo; chave compensadora; soft starter e inversor de frequência. X. Motores elétricos: motor monofásico; motor trifásico. XI. Luminotécnica: lâmpadas incandescentes; lâmpadas fluorescentes; lâmpadas de vapor de mercúrio; lâmpadas mistas; instalação de luminárias. XII. Lei de Ohm: cálculo de circuitos elétricos. XIII. Circuitos monofásicos e trifásicos: sistemas de ligações trifásicas; fator de potência. XIV. Transformadores elétricos. XV. Norma brasileira ABNT NBR-5410. XVI. Materiais e ferramentas usados em instalações e serviços em eletricidade. XVII. Segurança em instalações e serviços em eletricidade, NR-10.

AUXILIAR DE OPERAÇÃO INDUSTRIAL / IMPRESSÃO GRÁFICA

I. Operações de pré-impressão: preparação de arquivos para gravação de matrizes de impressão, análise de imagens e arquivos e solução de problemas. II. Tintas gráficas, composição, tipos, características e utilização nos diferentes processos de impressão. III. Tintas especiais. IV. Teoria das cores e escalas cromáticas. V. Problemas de impressão ocasionados pelas tintas gráficas e suas soluções. VI. Matrizes de impressão, classificações, tipos e características. Problemas de impressão ocasionados pelas matrizes e suas soluções. VII. Características técnicas dos papéis. Formatos industriais dos papéis normatizados para a área gráfica. VIII. Problemas ocasionados pelo papel nos processos de impressão e suas soluções. IX. Características e equipamentos dos processos de impressão: tipografia, offset, rotogravura, serigrafia, calcografia. X. Tipos e classificações dos equipamentos de impressão. Preparação e operação dos equipamentos de impressão nos diferentes processos. Alimentação de equipamentos nos diferentes processos de impressão, bem como limpeza dos equipamentos. XI. Noções dos procedimentos de acabamento gráfico. XII. Problemas ocasionados pelos processos de impressão e suas soluções. XIII. Noções básicas de informática: Windows, Linux, Word, Excel e Internet.

AUXILIAR DE OPERAÇÃO INDUSTRIAL / MECÂNICA

I. Metrologia Industrial: Sistemas de medição, polegada e métrico. Instrumentos simples de medidas. Medição com paquímetro, micrômetro, goniômetro e relógio comparador. II. Desenho Mecânico: Representação em vistas ortográficas. Cotagem. Cortes e seções. III. Elementos de Máquinas: Elementos de união permanentes. Elementos de união não permanentes. Eixos e árvores. Molas. Mancais. Elementos de transmissão. IV. Ciência dos Materiais: Materiais de construção mecânica. Propriedades mecânicas. V. Tecnologia Mecânica: Operações com instrumentos e ferramentas manuais. Operações com máquinas operatrizes. Soldagem. VI. Manutenção Mecânica: Sistemas de manutenção centralizada e descentralizada. Tipos de manutenção. Lubrificantes e lubrificação. Proteção anti- corrosiva. Manutenção de elementos de máquinas. Manutenção de conjuntos mecânicos. VII. Eletricidade básica. VIII. Circuitos hidráulicos e pneumáticos. IX. Princípios de higiene e segurança de trabalho.

TÉCNICO INDUSTRIAL / ARTES GRÁFICAS

I. Processamento de Imagens e Impressão: uso de softwares na preparação de arquivos para produtos gráficos: CorelDraw 11; Photoshop 7.0; Freehand 8.0; Ilustrator 10.0; QuarkXPress 4.0; Acrobat 6.0; escaneamento de originais com tratamento de imagem e arte-finalização nos respectivos softwares; diagramação de páginas e documentos; preparação de arquivos para a geração de fotolitos; padrões de cores; paginação e montagem de fotolito para a gravação de chapas; matrizes gráficas; noções de toda a produção gráfica com ênfase nas atividades de pré-impressão. II. Testes Práticos: execução de exercícios em computação, utilizando os programas discriminados, nas plataformas Macintosh e PC para o desenvolvimento de serviços de captura de imagens (escolha da resolução adequada para trabalhos com riqueza de detalhes, considerando as dimensões do original e do produto final); tratamento de imagens (uso adequado dos recursos/ferramentas dos aplicativos, para aplicações em processos gráficos diversos); imposição de páginas, saída de filmes (características técnicas adequadas - lineatura, configuração e ganho do ponto).

TÉCNICO INDUSTRIAL / EDIFICAÇÕES

I. Topografia: Conceitos fundamentais; planimetria; altimetria; instrumentos topográficos; medições de ângulos e distâncias; desenho topográfico; escalas; curvas de nível; cálculo de áreas e volumes. II. Mecânica dos solos: Origem e formação dos solos; estruturas, características, propriedades e classificação dos solos; índices físicos; compressibilidade; compacidade; adensamento; resistência ao cisalhamento; permeabilidade; distribuição de pressões; sondagens. III. Técnicas de construção: Instalações provisórias; canteiro de obras; depósito e armazenamento de materiais; locação de obras; movimento da terra; escavações; fundações; formas; armação; concreto; estruturas; alvenarias; coberturas; revestimentos; pisos e pavimentações; impermeabilizações; esquadrias; ferragens; pinturas; máquinas, equipamentos e ferramentas. IV. Materiais de construção: Propriedades gerais; aglomerantes; agregados; argamassas e concretos; características, propriedades, dosagem, ensaios e controle tecnológico; aço; madeira; materiais cerâmicos; vidros; tintas e vernizes. V. Instalações prediais: Instalações elétricas; instalações hidráulicas; instalações de esgoto; instalações de telefone; instalações especiais. VI. Projetos de arquitetura, de estrutura, de fundações e de instalações: Interpretação, representação, detalhamento e desenvolvimento de projetos; escalas; cotagem; simbologia e representações gráficas. VII. Segurança e higiene do trabalho: Proteção coletiva e individual; ergonomia; riscos ambientais, em transporte, em eletricidade e em movimentação de materiais. VIII. Resistência dos materiais: Esforços normais, cortantes e de flexão; tensões; relação tensão x deformação; estruturas isostáticas; diagramas de esforços normais, cortantes e de momento fletor. IX. Planejamento, orçamentos e acompanhamento de obras e serviços: Planejamento; cronogramas; orçamentos; custos unitários, custos diretos e indiretos, planilhas, levantamento de quantidades; acompanhamento e controle de obra. X. Conhecimentos de Projetos Assistidos por Computador (CAD).

TÉCNICO INDUSTRIAL / ELETRÔNICA

I. Circuitos CC e Leis fundamentais da Eletricidade. II. Circuitos CA. III. Medidas Elétricas (medições elétricas e eletrônicas). IV. Conceitos básicos de Eletromagnetismo. V. Circuitos Eletrônicos Analógicos. VI. Circuitos Eletrônicos Digitais. VII. Eletrônica de Potencia. VIII. Automação Industrial. IX. Conceitos fundamentais de informática e de linguagem computacionais.

TÉCNICO INDUSTRIAL / ELETROTÉCNICA

I. Grandezas elétricas: principais grandezas elétricas e suas unidades. Múltiplos e sub¬múltiplos de unidades elétricas. II. Circuitos elétricos de corrente contínua: circuitos série: paralelo e misto; associação de resistores; cálculo de resistores, métodos de análise de circuitos, capacitores, indutores. III. Circuitos elétricos de corrente alternada: corrente e tensão senoidais, valor eficaz, valor de pico, notação fasorial, impedância. IV. Aparelhos de medidas elétricas: amperímetros; voltímetros, frequencímetros e megômetros; wattímetros. V. Simbologia elétrica: símbolos de componentes elétricos; diagramas elétricos. VI. Condutores elétricos: capacidade de condução dos condutores elétricos; bitola dos condutores; tipos de condutores elétricos. VII. Aterramento: proteção de aparelhos; malha de aterramento; condutor de proteção. Aterramento de equipamentos e de sistemas de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA). VIII. Comando e proteção de circuitos elétricos: fusíveis; disjuntores; contadores e relés. IX. Chaves magnéticas: chave de partida direta; chave estrela/triângulo; chave compensadora; soft starter e inversor de frequência. X. Motores elétricos: motor monofásico; motor trifásico. XI. Luminotécnica: lâmpadas incandescentes; lâmpadas fluorescentes; lâmpadas de vapor de mercúrio; lâmpadas mistas; instalação de luminárias. XII. Lei de Ohm: cálculo de circuitos elétricos. XIII. Circuitos monofásicos e trifásicos: sistemas de ligações trifásicas; fator de potência. XIV. Transformadores elétricos. XV. Materiais e ferramentas usados em instalações e serviços em eletricidade. XVI. Conceitos básicos de iluminação industrial. Manutenção elétrica. Conhecimento e interpretação de projetos elétricos. Equipamentos elétricos industriais. XVII. Utilização de instrumentos de medição e teste. XVIII. Máquinas elétricas: transformadores, máquinas síncronas, máquinas de corrente contínua e motores de indução. XIX. Conceitos básicos de eletrônica analógica, digital, diagramas lógicos., automação industrial, relés microprocessados, redes e protocolos de comunicação. XX. Norma brasileira ABNT NBR-5410. XXI. Segurança em instalações e serviços em eletricidade, NR-10.

TÉCNICO INDUSTRIAL / MECÂNICA

I. Metrologia Industrial: sistemas de medição, polegada e métrico. Instrumentos simples de medidas. Medição com paquímetro, micrômetro, goniômetro e relógio comparador. II. Mecânica Técnica: estática de ponto material. Estática de corpos extensos. III. Resistência dos materiais: tração, compressão, torção e flexão. IV. Elementos de máquinas: elementos de união permanentes. Elementos de união não permanentes. Eixos e árvores. Molas. Mancais. Elementos de transmissão. V. Desenho Mecânico: representação em vistas ortográficas. Cotagem. Cortes e seções. Desenho auxiliado por computador (Auto Cad). VI. Tolerâncias: tolerâncias dimensionais. Sistemas de ajustes. Tolerâncias geométricas. Rugosidade superficial. VII. Ciência dos Materiais: materiais de construção mecânica. Propriedades Mecânicas. Ensaios destrutivos e não destrutivos. Tratamentos térmicos e termoquímicos. VIII. Organização industrial: estudo de tempos e movimentos. Ferramentas da qualidade. Princípios de higiene e segurança de trabalho. IX. Processos de fabricação: processos metalúrgicos. Processos de conformação. Processos de usinagem. X. Lubrificação e lubrificantes.

TÉCNICO INDUSTRIAL / MEIO AMBIENTE

I. Fundamentos de Resíduos sólidos e contaminação de solos e águas subterrâneas: Qualidade do solo e da água subterrânea. II. Noções sobre Gerenciamento interno de resíduos: caracterização, inventário, coleta, acondicionamento, armazenamento, licenciamento e métodos de aproveitamento. III. Noções sobre Gerenciamento externo: transporte manifesto e tratamento e disposição; Noções sobre Tecnologias de tratamento e disposição final de resíduos sólidos; Noções sobre tecnologias de remediação de solos e águas subterrâneas. IV. Fundamentos de recursos hídricos e efluentes líquidos: Abastecimento e tratamento de água. V. Qualidade da água: parâmetros de qualidade e padrões de potabilidade. VI. Poluição hídrica: por matéria orgânica, tóxica, por nutrientes, por óleo, por micro-organismos patogênicos e térmica. VII. Legislação: classificação dos corpos d'água superficiais e descarga de efluentes em corpos receptores. VIII. Noções sobre Gestão, processos e tecnologias de tratamento de efluentes líquidos para descarte e/ou reuso: processos físicos, químicos e biológicos. IX. Fundamentos de Emissões atmosféricas e mudanças climáticas: Características física e química da atmosfera. X. Qualidade do ar: Conceitos e padrões; Poluição atmosférica e características dos principais poluentes atmosféricos; Noções de Tecnologias de controle e abatimento de emissões. XI. Aquecimento Global. XII. Princípios de Gestão Ambiental: Requisitos de Sistema de Gestão Ambiental segundo a NBR ISO 14.001:2004. XIII. Noções de Avaliação de desempenho Ambiental segundo a NBR ISO 14.031:2004. XIV. Noções de Desenvolvimento Sustentável; Principais Aspectos e Impactos Ambientais da Indústria. XV. Legislação ambiental aplicada (Leis, decretos, portarias, resoluções Conama): Sistema Nacional do Meio Ambiente - Sisnama; Regulamentação para os Estudos de Impacto Ambiental (EIA/RIMA); Lei Federal nº 9.605/98 e suas alterações; Lei Federal nº 9.985/00 e suas alterações; Lei Federal nº 9.433/97 e suas alterações. XVI. Fundamentos de Ecologia: Ecossistemas: Conceitos, estrutura, classificação, tipos de ecossistemas brasileiros; Ciclos biogeoquímicos; Dinâmica das populações. XVII. Elementos de ciências do ambiente: Noções de Geologia; Noções de Pedologia; Noções de Química ambiental; Noções de Hidrogeologia; Noções de Geografia/Cartografia; Noções de Hidrologia; Noções de Limnologia; Noções de Meteorologia e Climatologia; Meio ambiente, sociedade e noções de Sociologia e de Antropologia; Noções sobre Planejamento ambiental, planejamento territorial, urbanismo, vocação e uso do solo. XVIII. Princípios de análise, avaliação e gerenciamento de riscos: Inspeção de segurança; Técnicas de análise de risco: APR e HAZOP; 10. XIX. Princípios de Planejamento e Resposta a Emergências: Plano Nacional de Prevenção, Preparação e Resposta Rápida a Emergências Ambientais com Produtos Químicos Perigosos - P2R2. (Decreto Federal nº 5.098/2004 e suas alterações); Noções de resposta à contingência em acidentes com hidrocarbonetos líquidos e gasosos; Noções de Sistema de comando de incidentes: Princípios, funções, estrutura e recursos.

TÉCNICO INDUSTRIAL / PRÉ-IMPRESSÃO

I. Produto, Pré-Impressão, Impressão. II. Orçamentação/custo. III. Delineamento de métodos e processos de fabricação e impressão. Off- set, Tipografia, Rotogravura, Serigrafia e flexografia. IV. Informática aplicada à área gráfica. V. Matrizes de Impressão.

TÉCNICO INDUSTRIAL / PROJETOS ELÉTRICOS

I. Conhecimentos gerais de Desenho Técnico. II. Conceitos Básicos da Linguagem Gráfica. Escrita e Leitura. III. Descrição Ortográfica e Perspectiva. IV. Instrumentos Gráficos e seu Uso. V. Geometria Gráfica. VI. Letras e Algarismos. VII. Vistas Auxiliares. VIII. Vistas Seccionais e Convenções. IX. Desenhos Esboços em perspectiva. X. Cotas, anotações, limites e precisão. XI. Mapas Gráficos e Diagramas. XII. Intersecções de superfícies. XIII. Vistas desenvolvidas. XIV. Fundamentos de Projeto. XV. Escalas. XVI. Desenho Técnico de Instalações Elétricas. Projetos. XVII. Conhecimentos de Projetos Assistidos por Computador (CAD).

TÉCNICO INDUSTRIAL / PROJETOS MECÂNICOS

I. Conhecimentos gerais de Desenho Técnico. II. Conceitos Básicos da Linguagem Gráfica. Escrita e Leitura. III. Descrição Ortográfica e Perspectiva. IV. Instrumentos Gráficos e seu Uso. V. Geometria Gráfica. VI. Letras e Algarismos. VII. Vistas Auxiliares. VIII. Vistas Seccionais e Convenções. IX. Desenhos Esboços em perspectiva. X. Cotas, anotações, limites e precisão. XI. Mapas Gráficos e Diagramas. XII. Intersecções de superfícies. XIII. Vistas desenvolvidas. XIV. Fundamentos de Projeto. XV. Escalas. XVI. Desenho Técnico Mecânico. Projetos. XVII. Conhecimentos de Projetos Assistidos por Computador (CAD).

CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

LÍNGUA PORTUGUESA II - Para todos os cargos de Nível Superior.

I. Compreensão e interpretação de texto. II. A estrutura do parágrafo. III. Coerência e coesão. IV. Ortografia. V. Acentuação gráfica. VI. Pontuação. VII. Regência (verbal e nominal). VIII. Crase. IX. Concordância (verbal e nominal). X. Estrutura do período simples e composto. XI. Morfologia - classes de palavras: artigo, substantivo, adjetivo, pronome (emprego e colocação), numeral, verbo e suas flexões; advérbio, conjunção, preposição e interjeição. XII. Noções de semântica.

LÍNGUA INGLESA II - Para os cargos de Analista da CBM com as Especialidades de: Administrador de Dados, Análise de Negócios, Desenvolvimento de Sistemas, Designer, Gestão em TI, Rede de Telecomunicações e Suporte, Segurança da Informação e Suporte em TI. I. Compreensão de textos em Língua Inglesa. II. Itens gramaticais relevantes para a compreensão dos conteúdos semânticos.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

ANALISTA DA CMB / ADMINISTRADOR DE DADOS

I. Modelagem de Dados: Modelagem Conceitual, Lógica e Física de Dados; Modelo Entidade-Relacionamento-Atributo - MER; Modelo de Redes; Modelo Hierárquico; Estrutura de Dados; Estrutura de Armazenamento; Construção de Dicionário de Dados; Utilização de ferramenta CASE para modelagem de dados; Desenvolvimento e implantação de Metodologia para Administração de Dados; Formas Normais; Álgebra Relacional. II. Administração de dados: Gerenciamento de dados segundo DAMABOK. III. Modelagem de Sistemas de Informação: Fundamentos em Ciclo de Vida de Sistemas; Conceitos em Modelagem Funcional de Sistemas - Diagramação, dicionarização e especificação funcional; Utilização de ferramenta CASE para desenho funcional; Análise orientada a Objetos; Conceitos de UML; Metodologia MPSBR; Mapeamento Objeto-relacional; Modelo Global de Dados; Conceitos de Dados Abertos. IV. Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados: SQL-Server (Conceitos de SQL-Server; Domínio do uso de SQL-Language e comandos T-SQL (Transact - SQL) para SQL-SERVER; Tabela Hash; Análise de desempenho e "tunning") e Banco de dados distribuídos. V. Sistemas Operacionais: Windows 2008, Windows 2003, Windows 2000; Linux. VI. Business Intelligence. Extração, Transformação e Carga de Dados: Processos de Extração, Transformação e Carga de Dados (ETL); Armazenamento de Metadados; Conceitos de Data Warehouse e Data Marts. Exploração, Análise e Apresentação de Informações: Conceitos de On Line Analytical Process (OLAP): Modelagem Multidimensional (Star / Snow Flake Schema); Drill down/ drill up / drill across; Slice and dice; Pivotagem; Exploração de dados em ambiente WEB; Conceitos de Data Mining: Sementação e Agrupamento de Dados; Principais algorítmos estatísticos; Exploração de dados em ambiente WEB. VII. Gestão e Governança de TI. Gerenciamento de projetos segundo PMBOK. Conceitos de CobIT v4.1. Conceitos básicos e objetivos. Requisitos da informação. Recursos de tecnologia da informação. Domínios, processos e objetivos de controle. Gerenciamento de Serviços - ITIL v3. Conceitos básicos e objetivos. Processos e funções de estratégia, desenho, transição e operação de serviços.

ANALISTA DA CMB / ANÁLISE DE NEGÓCIOS

I. Administração financeira e orçamentária. II. Ambientes operacionais/ambientes tecnológicos. III. Conceitos básicos de métricas de desenvolvimento de software (Pontos de Função). IV. Elaboração de orçamentos. V. Engenharia de software. VI. Gestão de contratos. VII. Inglês técnico. VIII. Lei de Licitações (Lei no 8.666/93) e alterações posteriores. IX. Linguagens de programação; Metodologias e documentos usados em teste de software; Metodologias e padrões de gerenciamento de produtos e projeto; Metodologias e técnicas para arquitetura e projeto software com orientação a objetos e para arquitetura e projeto software estruturado; Metodologias, técnicas e processos de desenvolvimento de sistemas estruturados; Metodologias, técnicas e processos de desenvolvimento de sistemas web e web services. X. Métricas de qualidade de software. XI. Modelagem de processos de negócios. XII. Noções de gerenciamento de projetos baseadas no PMBok. XIII. Princípios básicos da gestão pública; Direito administrativo; gestão de contratos; Lei de Licitações (Lei n° 8.666/93) e alterações. XIV. Redação comercial. XV. Técnicas de análise e modelagem de dados; Técnicas de levantamento e gerenciamento de requisitos; Técnicas de modelagem de BI (Business Inteligence) e Data mining; Técnicas de modelagem de processos.

ANALISTA DA CMB / ARQUITETURA

I. Projeto Arquitetônico - Metodologia de projeto, tipologias de organização espacial, partido arquitetônico e construtivo, Fluxos e circulações. Projetos de interiores para ambientes corporativos e industriais. Projeto executivo, leiautes e detalhamentos. Comunicação Visual. II. Ergonomia, Acessibilidade Universal (Norma ABNT 9050). III. Materiais de Construção, Tecnologia da Construção. IV. Instalações prediais: instalações elétricas, instalações hidráulicas, instalações sanitárias, Sistemas de Combate a Incêndios em Edificações. V. Conforto Ambiental, Iluminação e Ventilação Natural, Insolação, Luminotécnica, Conforto Acústico e Térmico. VI. Urbanismo, Paisagismo. VII. Análise Orçamentária: orçamento de obras, reajustamentos, quantitativos, licitações e contratos administrativos, utilização de índices de custos. VIII. Especificação Técnica de materiais e serviços. IX. Representação gráfica, Auto CAD.

ANALISTA DA CMB / CONTABILIDADE

I. Noções de Contabilidade: Definição, objetivo, finalidade e campo de aplicação; técnicas contábeis; princípios fundamentais de contabilidade; o patrimônio, capital e fatos contábeis; escrituração: contas, plano de contas, lançamentos e livros de escrituração. II. Ajustes de Elementos Patrimoniais: Avaliação de investimentos; provisões; depreciação, amortização e exaustão; aspectos fiscais. III. Balanço Patrimonial: Classificação e avaliação das contas do ativo, passivo e patrimônio líquido; grupos de contas segundo a lei 6.404/76. IV. Demonstração do Resultado do Exercício: Operações com mercadorias; receitas de vendas de produtos e serviços; custo dos produtos vendidos e dos serviços prestados; despesas operacionais; resultado não operacional; distribuição do lucro; dividendos e juros sobre o capital próprio: tratamento contábil e fiscal V. Outras Demonstrações Contábeis: Demonstração de lucros ou prejuízos acumulados; Demonstração de mutações do patrimônio líquido; demonstração de fluxo de caixa pelo método direto e Notas explicativas. VI. Contabilidade de Custos: Terminologia, classificação e nomenclatura usada; Rateio dos custos indiretos, departamentalização e ABC; aplicação de custos indiretos de fabricação; Materiais diretos, mão-de-obra direta e custos indiretos de fabricação; produção por ordem, produção contínua e produção conjunta; critérios de custeio por absorção e direto ou variável; contribuição marginal; custo de reposição; relação custo/volume/lucro; custo-padrão. VII. Análise de Demonstrações Contábeis: Objetivos e técnicas de análise; padronização das demonstrações contábeis; Análise horizontal, vertical e índices financeiros. VIII. Contabilidade Tributária: Sistema tributário nacional; Princípios e normas básicas de legislação tributária. Contabilidade tributária aplicada: IPI, ICMS, ISS, PIS e COFINS; Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido: Lucro Real, Presumido e Arbitrado. IX. Contabilidade Gerencial - Planejamento, Controle e Tomada de Decisão, Análise Incremental, descentralização e avaliação de desempenho. X. Matemática Financeira: Capitalização simples e composta; descontos; séries de pagamentos; métodos de avaliação de fluxos de caixa; sistemas de amortização; operações financeiras realizadas no mercado.

ANALISTA DA CMB / DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

I. Redes de Computadores - Conceitos Básicos; Comunicação de dados; Arquitetura OSI da ISO; Segurança; Arquitetura Distribuída: Principais conceitos e componentes; Modelo Cliente/Servidor em 2, 3 e N camadas; Conceitos de Internet, Intranet, Extranet; Certificação Digital. II. Análise de Sistemas: Análise e projeto estruturado de sistemas; Modelagem funcional; Modelagem de processos; Análise e projeto orientado a objetos com notação UML (conceitos gerais); Diagrama de casos de uso, diagrama de classes/objetos; diagrama de estados; diagrama de colaboração/comunicação; diagrama de sequência, diagrama de atividades; diagrama de componentes; diagrama de implementação; Projeto de interfaces; Padrões de Projetos (design patterns; Uso/conceitos de ferramentas de suporte à análise e projetos orientados a objetos; Uso/conceitos de ferramentas CASE de implementação de códigos em projetos orientados a objetos. III. Banco de Dados: Níveis da Arquitetura de banco de dados; Bancos de dados relacionais e utilitários. Modelagem de Dados - Modelo entidade- relacionamento; Mapeamento do modelo entidade-relacionamento para o modelo objeto relacional; Modelo relacional. SQL (ANSI) - Conceitos gerais; Principais instruções de manipulação de dados; Uso do Join; Noções de Procedures, Functions, Triggers, Restrição, Integridade, segurança em Banco de Dados e Subconsultas ("subqueries"); Elaboração de consultas SQL que retornem a informação desejada a partir de um modelo de dados pré-estabelecido (tradução de consultas em português corrente para SQL). IV. Engenharia de Software: Princípios de Engenharia de Software; Processos de Software - engenharia de sistemas e da informação; Gerenciamento de projetos de software (planejamento, monitoração e controle de projetos, análise de pontos de função, gerência de requisitos, gerência de configuração e mudanças); Engenharia de requisitos; Projeto (design); Verificação, Validação e testes; Processo de Testes de Software (Conceitos, Fases, Técnicas e Automação de Testes); Técnicas de Revisão de Software (Inspeção, Walkthrough, Pair Programming); Planejamento, controle e garantia da qualidade e manutenção; Modelos de ciclo de vida (cascata, prototipação, modelo evolutivo, modelo incremental, modelo espiral, modelo orientado a reuso); Processo de desenvolvimento de software unificado - Unified Process; Modelos de melhoria de qualidade de processo e produto - CMM/CMMI, ISO 12207, ISO 9126.; Gerenciamento de Projetos - Conceitos; Planejamento, Acompanhamento e Controle de Projetos (Gerência de Escopo, Estrutura de Decomposição de Tarefa - EDT, Gerência de Tempo, de Custos, de Qualidade, de Recursos Humanos, de Comunicação, de Riscos, de Aquisição e Gerência de Integração). V. Técnicas de Programação: Lógica formal; Algoritmos e estrutura de dados; Noções de complexidade de algoritmo; Estruturas sequenciais, condicionais e de repetição; Programação orientada a objetos (conceitos de orientação por objetos, herança, polimorfismo, propriedades, objetos, classes, interfaces, métodos, encapsulamento, sobrecarga); Programação por eventos; Desenvolvimento Java EE - Especificação Java EE; Conceito de servidor de aplicação Container web e EJB; Padrões e anti-padrões de projeto Java EE; Padrão MVC de Projeto; Uso da linguagem Java; SHELL Linux; Software para versionamento e guarda de fontes; Ferramenta case para Java; Modelagem, Projeto e Construção de Processos de DataWarehouse e aplicações OLAP.

ANALISTA DA CMB / DESIGNER

I. Elementos do Design Gráfico: criação e desenvolvimento de identidades visuais, impressos, anúncios, capas de livros e outros produtos gráficos manuseando ferramentas fundamentais de editoração eletrônica e diagramação utilizadas nas artes gráficas. Aspectos do design: conceitos, metodologia e implantação. Processos de criação: forma e conteúdo. Cor: teoria e aplicação na comunicação visual. Gestalt do objeto. Pré-impressão e impressão de materiais gráficos. II. Tecnologias Digitais: desenvolvimento de web sites com domínio de estrutura de dados e algoritmos, estrutura de um programa, estruturas condicionais e de repetição e conceitos básicos de estruturas de dados; domínio de conceitos básicos e estrutura das linguagens HTML, ActionScript, Java Script e JQuery; Programação de scripts, gerenciamento de banco de dados, noções de linguagem de manipulação de bancos de dados (mySQL e MSSQL) e noções de linguagens de desenvolvimento de aplicações web (JAVA e PHP). Ferramentas dos sistemas operacionais Windows e Mac OS X. Softwares de autoria e design (Dreamweaver, In Design, Adobe Acrobat 3D, Adobe Distiller, Illustrator, Flash, Photoshop, Macromedia Fireworks, Coreldraw). Animações interativas com Flash, animações timeline, ActionScript 2.0 e ActionScript 3.0, integração com XML, entendimento matemático básico (para combinações +, -, /, *, %), áudio/vídeo compressão, classes tween (caurina, TweenLite, MC Tween), SWFAddress, GAforflash, e o básico de Away3D. Domínio do processo de produção de web sites em tecnologias e padrões CSS/CSS3, HTML/HTML5, DTHML, XTHML, XML,; normas, padrões W3C (World Wide Web Consortium), portabilidade e mobilidade. Codificação/SEO Otimização: Folksonomia e Taxonomia. III. Web design: planejamento, estruturação, desenvolvimento, manutenção e atualização de web sites interativos e projetos de programação visual para sites e sistemas web, com o domínio de software gerador de documentos e de softwares de finalização de imagens e animação. Usabilidade, acessibilidade, arquitetura da informação e navegabilidade em interfaces. IV. Design e Interatividade em Interfaces Digitais. Criação, desenvolvimento, hospedagem, registro de domínios, padrões Web e gerenciamento de informações em web sites. V. WEB 2.0. Conhecimentos básicos de criação de formulários web e da ferramenta InfoPath. Conhecimentos de IPTV e transmissão de eventos on-line em tempo real. Domínio do ambiente e ferramentas Web 2.0 (blogs, wikis, microblogs, streaming de vídeos e redes sociais). IV. e- Commerce: Conhecimento de conceitos de e-Commerce.

ANALISTA DA CMB / ECONOMIA E FINANÇAS

I. Contabilidade Geral: conceito, objetivo e campo de aplicação. Patrimônio: conceito, composição, equação fundamental, estados patrimoniais e suas representações gráficas. Componentes patrimoniais (Lei 6.404/76). Fatos contábeis e variações do patrimônio líquido. Contas: função, classificação, plano de contas, determinação de débito e crédito. Escrituração: método das partidas dobradas, lançamentos, fórmulas de escrituração, livros de escrituração, correção de erros de escrituração - estornos. Balancete de verificação e encerramento do exercício. Demonstrações financeiras: balanço patrimonial; demonstração de resultado do exercício (Lei 6.404/76); demonstração de lucros ou prejuízos acumulados; demonstração das mutações do patrimônio líquido; DOAR; notas explicativas. II. Contabilidade de Custos: conceito, classificação, nomenclaturas e terminologia contábil. Sistema de custos. Determinação de custos. Critérios para avaliação dos estoques. Custos para decisão. Custo fixo. Lucro. Margem de contribuição. Contribuição marginal. Custo variável. Relação custo/volume/lucro. Custeio por atividade. Custos para controle (Estimados, Padrão). III. Microeconomia: comportamento do consumidor, demanda individual e demanda de mercado. Função de produção, lei dos rendimentos decrescentes, custos de produção e economias de escala. Estruturas de mercado e maximização de lucros: concorrência perfeita e monopólio. Elasticidades-preço, renda e substituição. IV. Macroeconomia: mercado de bens e serviços, mercado monetário e demanda agregada da economia. Produto de equilíbrio e o modelo IS/LM. Setor externo e regimes cambiais: taxas de câmbio fixa e flutuante. Modelo IS/LM/BP. Oferta agregada da economia. Modelo IS/LM/BP e demanda e oferta agregadas: políticas fiscal, monetária, cambial e comercial e seus efeitos sobre o produto, os preços e o balanço de pagamentos. Interação entre as políticas monetária, fiscal e cambial. Déficit e dívida pública. V. Matemática Financeira: juros simples e composto. Taxas efetivas, normal, equivalente e real. Desconto simples e composto. Equivalência de capitais. Rendas uniformes e variáveis. Planos de amortização de dívidas. Cálculo financeiro: Custo real e efetivo de operações de financiamento, empréstimos e investimento. VI. Estatística: Teoria da Probabilidade. Amostragem. Inferência estatística. Variância. Correlação. Regressão. Séries temporais. Números índices. Gráficos de Dispersão. VII. Sistema Financeiro Nacional: conceitos e função. Subsistemas Normativo e de Intermediação Financeira. Autoridades Monetárias. Atribuições do Banco Central do Brasil. Conselho Monetário Nacional. Banco do Brasil. Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. VIII. Administração Financeira e Orçamentária: Princípios básicos da administração financeira. Métodos de avaliação do investimento. Elaboração e execução orçamentária. Elaboração e gerenciamento do fluxo de caixa. IX. Projetos de Investimento: Natureza; Valor Presente Líquido (VPL); Custo de Capital; Taxa Interna de Retorno (TIR), Payback Simples e Descontado, Valor de um Ativo (Po), Análise de Sensibilidade; Ponto de Equilíbrio; Inflação e Orçamento de Capital.

ANALISTA DA CMB / ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

I. Gestão Estratégica e Operacional: gestão e planejamento estratégico; princípios de administração; princípios de marketing; projeto e desenvolvimento de produtos; gestão de equipes e liderança. II. Gestão de Sistemas de Produção: gestão de sistemas de produção e operações; planejamento, programação e controle da produção; gestão de processos produtivos discretos e contínuos; sistemas flexíveis de manufatura, de produção enxuta e JIT; Teoria das Restrições (TOC); projeto de fábrica e de instalações industriais, organização industrial, layout/arranjo físico. III. Engenharia de Métodos e Processos: estudos dos métodos, tempos e movimentos; ergonomia; modelagem, análise e otimização de processos de negócios. IV. Logística e Gestão de Materiais: gestão da cadeia de suprimentos; projeto e análise de sistemas logísticos; logística empresarial; gestão de estoques; gestão de suprimentos e compras; transporte e distribuição física; processo de seleção de fornecedores, licitações e contratos, no âmbito de empresas estatais. Lei nº 8.666/1993. V. Gestão de Manutenção: gestão da manutenção, corretiva, preventiva e preditiva; análise de falhas; princípios de confiabilidade; Manutenção Produtiva Total. VI. Gestão da Qualidade: gestão de sistemas da qualidade; planejamento e controle da qualidade; Controle Estatístico da Qualidade (CEP); normatização, auditoria e certificação para a qualidade, normas NBR ISO 9001:2000. VII. Engenharia Econômica: noções de matemática financeira; engenharia econômica; gestão de custos. VIII. Sistemas de Informação e Automação Empresariais: conhecimentos básicos de MS Word, MS Excel e MS PowerPoint; conceitos de Internet, Intranet, e-mail, navegadores para a WWW; conhecimentos básicos de Sistemas de Gestão Integrada (SGI), Sistemas de Apoio à Decisão (DSS), MRP I, MRP II e ERP; conhecimentos básicos de sistemas de suporte ao projeto e produção CAE/CAD/CAM. IX Gerenciamento de Projetos: Métodos PERT e Caminho Crítico (CPM); Metodologia PMI. X. Sistemas de Gestão em Saúde, Meio Ambiente e Segurança (SMS).

ANALISTA DA CMB / ENGENHARIA ELÉTRICA

I. Circuitos elétricos de Corrente Contínua. II. Circuitos elétricos de Corrente Alternada (monofásicos e trifásicos). III. Transformadores. IV. Máquina síncrona, Máquina de indução, Máquina de corrente contínua. V. Análise de sistemas elétricos: valores por unidade (p.u.), componentes simétricas, modelagem dos elementos, faltas simétricas e assimétricas VI. Sistemas de controle: Transformada de Laplace, funções de transferência, sistemas de 1ª e 2ª ordem, malha aberta e malha fechada, estabilidade VII. Aterramento de sistemas e de segurança. VIII. Proteção de sistemas elétricos IX. Medidas Elétricas X. Eletrônica Analógica e Digital. XI. Eletrônica de potência. XII. Acionamentos e controles elétricos. XIII. Ferramentas Matemáticas aplicadas à Engenharia Elétrica.

ANALISTA DA CMB / ENGENHARIA ELETRÔNICA

I. Eletrônica Analógica. II. Eletrônica Digital. III. Eletrônica de Potência. IV. Circuitos Elétricos e Medidas. V. Processamento de Sinais e Teoria das Comunicações. VI. Microprocessadores, CLP, Microcomputadores e Interfaceamento. VII. Controle e Automação. VIII. Linguagens e Técnicas de Programação. IX. Redes de Computadores e Comunicação de Dados. X. Ferramentas Matemáticas à Engenharia Elétrica.

ANALISTA DA CMB / ENGENHARIA MECÂNICA

I. Mecânica - Estática: Equilíbrio dos corpos rígidos. Análise de estruturas. Esforços em barras, vigas, eixos e cabos. Diagramas de momentos fletores e esforços cortantes. II. Mecânica - Dinâmica: Cinemática e Dinâmica das Partículas. Cinemática das máquinas. Análise de esforços em máquinas. Vibrações em máquinas. III. Resistência dos Materiais: Tensão e deformação. Carregamento axial. Torção. Flexão. Carregamento transversal em vigas. Análise de tensões e deformações. Análise de deslocamentos em vigas. Vigas estaticamente indeterminadas. Projetos de vigas e eixos. IV. Elementos de Máquinas: Critérios de resistência. Projeto estático. Fadiga. Parafusos e uniões aparafusadas. Uniões soldadas. Molas. Rolamentos. Engrenagens. Correias. Eixos e árvores de transmissão. V. Materiais de Construção Mecânica: Diagrama de equilíbrio ferro-carbono. Diagramas transformação-tempo-temperatura. Temperabilidade. Tratamentos térmicos e termo-químicos. Aços carbono comuns e aços de baixa liga. Materiais resistentes à corrosão e à oxidação. Ferros fundidos. VI. Tecnologia Mecânica: Fundição. Conformação mecânica. Usinagem. Soldagem. Ensaios de materiais - Destrutivos e Não destrutivos. Inspeção de equipamentos - Técnicas de inspeção. VII. Mecânica dos Fluidos: Estática dos fluidos. Equações básicas para um volume de controle. Escoamento incompressível. Propriedades dos fluidos. Escoamento de fluídos em tubulações. VIII. Máquinas Hidráulicas: Classificação e características de bombas. Turbobombas, classificação, características e componentes. Seleção e especificação de bombas. Desempenho da bomba centrífuga - curvas características. Testes, instalação, operação e manutenção de bombas. Instalações de bombeamento. IX. Lubrificação: Lubrificantes. Princípios Básicos de Lubrificação. Lubrificação de equipamentos e componentes mecânicos. X. Transmissão de calor: Condução unidimensional em regime permanente. Convecção. Trocadores de calor. XI. Termodinâmica: Substância pura. Trabalho e calor. Primeira lei da termodinâmica. Segunda lei da termodinâmica. Ciclos termodinâmicos das máquinas térmicas. XII. Manutenção: Manutenção Industrial. As diferentes formas de manutenção. Gerência e Planejamento de manutenção - PERT - caminho crítico, nivelamento de mão de obra. XIII. Qualidade e Administração da Produção: Administração de materiais. Formação e controle de estoques. Administração, planejamento, programação e controle de projetos. Planejamento para a qualidade.

ANALISTA DA CMB / ENGENHARIA METALÚRGICA

I - Estrutura cristalina dos metais e ligas: Reticulados cúbicos e hexagonal. Direções e planos cristalinos. II - Alterações cristalinas em metais e ligas: Impurezas, soluções sólidas, fases. Defeitos cristalinos: lacunas, discordâncias, contornos de grãos e superfícies livres. Difusão atômica no estado sólido. III - Transformações em metais e ligas: Encruamento/deformação plástica. Restauração: recuperação e recristalização. Endurecimento por precipitação. IV - Ligas ferrosas: Classificação, diagrama de fase (Fe-Fe3C), microestrutura, propriedades e aplicações. Aços especiais: aços inoxidáveis e aços-ferramenta: microestrutura, propriedades e aplicações. V - Ligas não ferrosas: Ligas de alumínio: classificação, diagramas de fase, microestrutura, propriedades e aplicações. Ligas de cobre: classificação, diagramas de fase, microestrutura, propriedades e aplicações. Ligas de níquel: microestrutura, propriedades e aplicações. VI - Fundamentos dos processos de fabricação de metais e ligas: Fundição, processos de conformação mecânica (laminação e outros), soldagem e metalurgia do pó. VII - Degradação dos metais e ligas: Fratura. Fadiga. Corrosão e proteção anticorrosiva. Desgaste. Fundamentos de análise de falha. VIII - Ensaios mecânicos de materiais metálicos: Ensaio de dureza (escalas Brinell, Rockwell e Vickers): características de cada escala e métodos de realização. Ensaios de tração: método de realização e interpretação das curvas resultantes dos ensaios. Ensaios de fadiga: características e métodos de realização.

ANALISTA DA CMB / GESTÃO EM TI

I. Governança de TI: Conceitos, objetivos, componentes (etapa de alinhamento estratégico e compliance, etapa de decisão, compromisso, priorização e alocação de recursos, etapa de estrutura, processos e organização e gestão, etapa de medição e desempenho de TI). II. Visão geral do modelo de Governança de TI. III. Alinhamento estratégico de TI: Conceito, requisitos das estratégias empresariais para TI, requisitos dos fatores críticos de sucesso para TI, análise de planos funcionais, alinhamento através do Balanced Scorecard. IV. Plano de Tecnologia da Informação - PETI: Visão geral, objetivos e importância. V. Portfolio de TI: Objetivos, importância, tipos de projetos, serviços e ativos do portfolio de TI, alternativas de classificação e representação. VI. ITIL - Information Technology Infrastructure Library: histórico do modelo, objetivos do modelo, estrutura do modelo, aplicabilidade do modelo, benefícios do modelo. VII. COBIT - Control Objectives for Information and Related Technology: histórico do modelo, objetivos do modelo, estrutura do modelo, visão geral do modelo, benefícios do modelo. VIII. Padrão para Gestão de Portfolio: histórico do modelo, objetivos do modelo, estrutura do modelo, aplicabilidade do modelo, benefícios do modelo. IX. Gerência de projetos: conceitos básicos, processos do PMBOK 4ª edição, gerenciamento do escopo, gerenciamento do tempo, gerenciamento de custos, gerenciamento de recursos humanos, gerenciamento de riscos, gerenciamento das comunicações, gerenciamento da qualidade, gerenciamento de aquisições, estudo de viabilidade técnica e econômica, análise de risco, métricas para estimativas de prazo e custo. X. Processo de testes de software (conceitos, fases, técnicas e automação de testes). XI. Planejamento, controle e garantia da qualidade. XII. Qualidade de software - CMMI 1.2. Conceitos básicos e objetivos. Áreas de Processos. Níveis de capacidade e maturidade. Método de avaliação. Benefícios do modelo. MPS-BR. Conceitos básicos e objetivos. Áreas de Processos. Níveis de capacidade e maturidade. Método de avaliação. Benefícios do modelo. XIII. BPM: Modelagem de Processos. Análise de Processos AS IS/TO BE. Conceitos de BPMS(Business Process Management Suite). BPMN (Business Process Modeling Notation). Conceitos de BAM (Business Activity Monitoring). Indicadores de desempenho. Benefícios do modelo. XIV. Noções relativas a software livre. XV. Aquisições de bens e serviços de TI: Normas federais aplicadas às contratações de TI, exigências e restrições específicas para contratação de bens e serviços de TI. XVI. Especificação, mensuração e fiscalização de serviços de TI. XVII. Cláusulas de nível de serviços (SLA) e sanções por inadimplemento.

ANALISTA DA CMB / GRAVAÇÃO DE VALORES

I. Origem e evolução da moeda no Brasil. II. História da arte. Estilos de época e principais representantes. III. Escultura: noções gerais; baixo relevo, alto relevo e vulto pleno. IV. Técnicas de representação bidimensional: figura humana, com enfoque principal voltado para retrato. V. Técnicas de Modelagem: materiais e instrumental para execução. VI. Computação Gráfica: Adobe Creative Premium CS3 (Photoshop, Ilustrator, Acrobat); Corel X4. VII. Classificação das imagens: originais, imagens digitais, extensões de imagens, holografia, digitalização de originais e resolução; imagens CMYK, RGB, Grayscale e Bitmap. VIII. Numismática: conceitos gerais sobre partes, material e detalhes de moedas e medalhas; história da numismática no Brasil. IX. Projetos de peças numismática: desenvolvimento e execução de projetos gráficos para moedas e medalhas: criação, layout e arte-final. X. Processo fabril de moedas e medalhas: noções gerais sobre o processo de cunhagem (estampagem); preparação de originais tridimensionais em material rígido (resina) para redução pantográfica. Noções gerais de produção e design gráficos.

ANALISTA DA CMB / LOGÍSTICA DE TRANSPORTE

I. Legislação em vigor sobre licitações e contratos administrativos pertinentes a obras, serviços, inclusive de publicidade, compras, alienações e locações no âmbito dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. II. Logística empresarial e cadeia de suprimentos. III. Características gerais do sistema de transporte. IV. Planejamento e operação dos transportes urbanos. V. Hierarquização funcional das vias. VI. Teoria do fluxo de tráfego. VII. Capacidade e desempenho em sistemas expressos. VIII. Capacidade e desempenho em interseções semaforizadas e não semaforizadas. IX. Segurança no trânsito e segurança viária. X. Conhecimento de Informática (Windows, word, excel).

ANALISTA DA CMB / PATROCÍNIO, PCP E VENDAS

I. Conceitos de Produto, de Vendas e de Marketing. II. Administração de Vendas. O relacionamento entre o comprador e o vendedor. As tarefas do vendedor. O que faz um bom vendedor. III. Previsão de Vendas. Procedimentos para fazer a previsão e o plano de vendas. Análise do Mercado (interno e externo). IV. Segmentação e definição de objetivos de mercado. Decisões de preço. Determinação de preço na prática. Decisões de Canal. Natureza e tipos de canais de distribuição e intermediários. V. Noções de Direito do Trabalho: Relações de Trabalho. Conceito de empregado e empregador, contrato individual de trabalho por prazo determinado e indeterminado, interrupção, suspensão e extinção de contrato de trabalho, trabalho em condições insalubres, periculosas. Trabalho noturno, jornada de trabalho, banco de horas, acordos e convenções coletivas de trabalho, greve, férias, licença paternidade e maternidade, proteção do trabalho da mulher, e da criança e do adolescente, repouso semanal remunerado, o trabalho temporário, seguro desemprego e 13º salário. VI. Noções de Direito Administrativo: Lei nº 8.666/1993 (Licitações) e suas alterações posteriores.Lei nº 10.520/2002 (Pregão). Decreto nº 5.450/2005 (Pregão Eletrônico).

ANALISTA DA CMB / PRODUTOS E PROCESSOS

I. Processos envolvidos com o desenvolvimento de produtos gráficos e suas etapas de produção. II. Elaboração de indicadores de acompanhamento do trabalho desenvolvido nas áreas de pré-impressão e impressão. III. Visão geral dos processos de reprodução gráfica (direto-para-filme, IV. direto-para-chapa e direto-para-papel) e suas etapas: editoração eletrônica, processamento de imagens, fotomecânica, impressão, acabamento e embalagens. V. Softwares/aplicativos, extensões/formatos de arquivos digitais de imagens, digitalização de originais e resolução. VI. Matrizes: definição, tipos de matrizes, processos de gravação, classificação das chapas de impressão quanto à forma, prensagem e transferência da tinta. VII. O uso da retícula na produção gráfica: definição, tipos de retículas, comparações entre os tipos de retícula, resoluções e cálculo de tons de cinza. Retículas de pontos e de linhas, lineatura e retícula estocástica. VIII. Princípios de gerenciamento de cor: sistema Europa, sistema Pantone, quadricromia, policromia, seleção de cor, duotone, hexacromia, síntese aditiva e subtrativa, sistema de cor luz e pigmento e cartas de cores. IX. Papéis: características, propriedades e classificação, análises/controles específicos, aplicação, formatos e aproveitamento. X. Tintas gráficas: Características, propriedades, classificação, análises/controles específicos e aplicação. XI. Principais softwares para aplicação em artes gráficas. XII. Arquivos digitais: formatos específicos (arquivos abertos e fechados), Postscript e PDF. XIII. Avaliação do fotolitos. XIV. Provas de pré-impressão: Provas analógicas e digitais (prints, cromalins e provas de prelos), análises e correções. XV. Sistemas digitais e analógicos de impressão: processos e características. XVI. Acabamento, vincos, cortes e dobras, facas especiais, vernizes, encadernação e embalagens. XVII. Normas específicas, padronização de processos e controle de qualidade de produção (ISO 9001/2000).

ANALISTA DA CMB / PROJETOS ARTÍSTICOS

I. Origem e evolução da moeda no Brasil. II. História do design gráfico e das artes gráficas. III. História da arte. IV. Técnicas de desenho e manipulação de materiais: papeis, tintas, grafite. V. Computação Gráfica: Adobe Creative Premium CS3 (Photoshop, Ilustrator, Acrobat). VI. Arte final digital: formatos de arquivos; arquivo digital aberto e fechado, Postscript e PDF. VII. Visão geral dos processos de reprodução gráficos (offset, calcografia, tipografia, serigrafia): matrizes, definição, tipos de matrizes, processos de gravação, classificação das chapas de impressão quanto à forma, prensagem e transferência da tinta. VIII. Classificação das imagens: originais, imagens digitais, extensões de imagens, holografia, digitalização de originais e resolução; imagens CMYK, RGB, Grayscale e Bitmap. IX. Fotolitos: uso de retícula na produção gráfica, definição, tipos de retículas. X. Princípios de gerenciamento de cor: sistema Pantone, policromia, seleção de cor, síntese aditiva e subtrativa. XI. Sistema de cor luz e pigmento. XII. Papéis, características e classificação, formatos, aproveitamento. Provas de pré-impressão: prelo e digital. XIII. Sistemas digitais e mecânicos de impressão: processos e características. XIV. Tintas. XV. Acabamento, cortes, facas e vernizes.

ANALISTA DA CMB / RECURSOS HUMANOS

I. Recursos Humanos: conceito de treinamento, processos de treinamento, diagnóstico das necessidades de treinamento; projetos de treinamento; plano de curso; avaliação de resultados de treinamento. II. Desenvolvimento de pessoas e organizações, desenvolvimento de equipes, mudança organizacional. III. Relações com empregados, programas de reconhecimento, administração de conflitos. IV. Banco de dados e sistemas de informações de RH. V. Higiene, segurança e qualidade de vida. VI. Responsabilidade social das organizações e a gestão das pessoas

ANALISTA DA CMB / REDE DE TELECOMUNICAÇÕES E SUPORTE

I. Sistemas Operacionais (Windows e Linux). II. Rede de Computadores: Arquitetura de redes, topologias de redes, modelo OSI, Projetos de Redes Locais, Projetos de Redes Longa Distância, Noções de monitoramento e gestão de tráfego em redes. III. Transmissão de informação: banda passante, taxa de transmissão máxima de um canal, formas de distorção de sinais em transmissão. Multiplexação e modulação: multiplexação na frequência, técnicas de modulação, sistemas em banda larga e banda básica. Comutação de circuitos, mensagens e pacotes. Codificação e transmissão de sinais em banda básica: transmissão sincrona e assíncrona. Meios de transmissão: par trançado, cabo coaxial, fibras óticas, outros meios de comunicação, cabeamento estruturado EIA/TIA 568. IV. Principais funções dos níveis físico, enlace, rede, transporte, sessão, apresentação e aplicação. V. Considerações sobre o nível de rede: endereçamento, roteamento, tipos de serviço, controle de congestionamento, protocolo IP (Internet Protocol), endereçamento IP, máscara de rede, protocolos (IP, ARP, ICMP, UDP, TCP, FTP, SMTP). VI. Considerações sobre o nível de transporte: endereçamento, multiplexação e splitting, serviços oferecidos, estabelecimento e encerramento de conexões. VII. Tecnologias e protocolos de redes locais: padrões ethernet. VIII. Elementos de interconexão de redes de computadores (hubs, bridges, switches, roteadores, gateways). IX. Configuração e gerenciamento de serviços de rede Windows e Linux: DNS, DHCP, FTP, servidores WEB, servidores de arquivos, serviço de diretório LDAP. X. Gerenciamento de redes de computadores: conceitos, protocolo SNMP, agentes e gerentes, MIBs, gerenciamento de dispositivos de rede, servidores e aplicações, qualidade de serviço (QoS). XI. Tecnologias de redes de longa distância: frame relay, ATM e MPLS. XII. Voz sobre IP (VOIP, Telefonia IP): Conceitos, arquiteturas, protocolos (RTP, RTPC, SIP, H.323, MGCP). Videoconferência (SIP, H323, Multicast, IGMP). XIII. Redes sem fio (wireless): conceitos, protocolos (802. 1x, EAP, WEP, WPA, WPA2). XIV. Segurança de Rede e Controle de Acesso: Noções básicas de segurança de servidores Windows e Linux, Operação de sistemas de Firewall, Proxy e Defesa de Perímetros, IDS e IPS, Ferramentas de análise de vulnerabilidades, VPN, Certificação Digital, Administração de antivírus, Controle de logs, Definição e operação de políticas de backup de ativos de rede, sistemas operacionais, aplicativos, logs e bancos de dados. XV. Ambiente SAN (Storage Area Networks) e Network Attached Storage (NAS): Conceitos e protocolos. XVI. Qualidade de serviços (QoS): DiffServ, Filas, DCSP, CoS (IEEE 802.1p). XVII. Gerência de projetos: conceitos básicos, processos do PMBOK, gerenciamento do escopo, gerenciamento do tempo, gerenciamento de custos, gerenciamento de recursos humanos, gerenciamento de riscos, gerenciamento das comunicações, gerenciamento da qualidade, gerenciamento de aquisições, estudo de viabilidade técnica e econômica, análise de risco, métricas para estimativas de prazo e custo.

ANALISTA DA CMB / SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

I. Gestão de segurança da informação: análise de riscos, classificação e controle dos ativos de informação, controles de acesso físico e lógico, plano de continuidade de negócio (plano de contingência, de recuperação de desastres etc.), política de segurança, avaliação de segurança de aplicações, conceitos de backup e recuperação de dados, tratamento de incidentes e problemas. II. Identificação de tipos de códigos maliciosos: vírus e outros malware (cavalos de tróia, adware, spyware, backdoors, keyloggers, worms, bots, botnets, rootkits, phishing). III. Ataques e proteções relativos a hardware, software, sistemas operacionais, aplicações, bancos de dados, redes, pessoas e ambiente físico. IV. Segurança de Rede: conceitos básicos, principais ameaças, análise de vulnerabilidades, controle de acesso (IEEE 802.1x), sistemas de proteção (IDS, IPS, firewall, Proxy, NAC, VLANs, Antivirus e Antispam), monitoramento de tráfego, sniffer de rede, VPN, interpretação de pacotes, detecção e prevenção de ataques (IDS e IPS), arquitetura de firewalls, ataques e ameaças na Internet e de redes sem fio (phishing/scam, spoofing, DoS, flood). V. Segurança de host: conceitos básicos, principais ameaças, vulnerabilidades e sistemas de proteção (antivírus, IDS, IPS, personal firewall). VI. Criptografia: simétrica (cifragem de bloco, cifragem de fluxo, principais algoritmos de criptografia simétrica) e assimétrica (chave privada, chave pública, principais algoritmos de criptografia assimétrica. VII. Certificação digital: infraestrutura de chaves públicas (ICP), certificado digital, autoridade certificadora. VIII. Comunicação segura: ameaças a uma comunicação, ataque do man-in-the-middle (interceptor), controle de integridade (resumo de mensagem), controle de autenticidade (assinatura digital, HMAC), controle de confidencialidade (sigilo com criptografia). IX. ISO 27001, ISO 27002 e ISO 27005: Conceitos, estrutura, objetivos, categorias de segurança, controles, diretrizes, histórico do modelo, objetivos, estrutura do modelo, aplicabilidade do modelo e benefícios do modelo.

ANALISTA DA CMB / SUPORTE EM TI

I. Sistemas de Computação: Hardware: definição, constituição, componentes, características, funções e funcionamento dos microcomputadores e periféricos; testes e manutenção preventiva de componentes; Impressoras e dispositivos de comunicação; Software: definição, tipos de software, funções e características; Conceitos de processamento paralelo e distribuído; Sistemas Operacionais (SO): Gerenciamento do processador - Conceito e estados de processo; Chamadas ao SO; I/O bound, CPU bound; Comunicação entre processos; Threads; Escalonamento; Deadlocks; Gerenciamento de memória: Áreas de memória de um processo; Algoritmos de alocação de memória; Fragmentação; Paginação; Segmentação; Memória Virtual; Substituição de páginas; Gerenciamento de E/S: Estrutura de E/S (polling, interrupções, acesso direto à memória); Comunicação com dispositivos; Estrutura do disco; Escalonamento de disco; Contenção; Sistemas de arquivo - Conceitos de arquivos e diretórios; Armazenamento: conceitos básicos; arquiteturas SAN, NAS e DAS; Virtualização. II. Redes de Computadores: conceitos básicos; topologias; arquitetura; componentes; padrões; transmissão de dados; identificação de problemas em redes; redes sem fio (wireless); Redes e sistemas de comunicação de dados/teleprocessamento; Modelo OSI; Tipos e meios de transmissão; Técnicas de comutação de circuitos, pacotes e células; Tecnologias de redes locais e de longa distância; Redes Frame-Relay e MPLS; TCP/IP, protocolos HTTP, HTTPS, NFS, DNS SMTP, IMAP, POP, SNMP; Cabeamento: conceitos básicos, características, emprego, instalação e construção de cabos de rede; cabeamento estruturado. Equipamentos de Comunicação de Dados e Rede (modem, roteador e switch): conceitos básicos. Administração e gerência de redes de computadores; Protocolos e banco dedados de gerência de redes. III. Tecnologias Internet: conceitos básicos; correio eletrônico; administração de servidores de Internet, Intranet, Extranet e e-mail; VoIP: fundamentos, protocolos e aplicações. IV. Segurança: políticas de segurança, plano de contingência; segurança física e lógica; backup; firewall, proxy, IDS, DMZ, filtragem de conteúdo e VPN; protocolos de autenticação; algoritmos de criptografia; vírus e antivírus; técnicas de detecção e prevenção de ataques; Análise forense computacional; Assinatura digital, autenticação, protocolos criptográficos, sistemas de criptografia e aplicações; certificação digital: conceitos básicos; ICP-Brasil. V. Sistemas Operacionais Windows XP, VISTA, SEVEN, 2003 e 2008 Server: fundamentos; configuração; administração; instalação de software; conectividade; principais tipos de aplicativos e utilitários. VI. Sistema Operacional Linux: fundamentos; configuração; conectividade; administração; recursos, comandos e utilitários; clientes de rede. VII. Banco de Dados: fundamentos, características, componentes e funcionalidades; Arquitetura de um SGBD (características, componentes, vantagens e desvantagens e funcionalidades); Banco de Dados Microsoft SQL Server 2005 e 2008: configuração. VIII. Serviços de Tecnologia da Informação: ITIL: Conceitos e Características. IX. Microsoft Office 2007 Professional: Fundamentos, instalação, configuração, uso de programas integrantes MS Word, MS Excel, MS Power Point, MS Outlook e MS Access.

ANEXO III - CRONOGRAMA DE EVENTOS BÁSICOS

EVENTOS BÁSICOS CASA DA MOEDA

DATAS

Inscrições.

12/01 a 31/01/2012

Solicitação de inscrição com isenção de taxa.

12 e 13/01/2012

Resultado dos pedidos de isenção de taxa.

24/01/2012

Prazo para recurso dos candidatos que tiveram a solicitação de isenção da taxa de inscrição indeferida.

24 e 25/01/2012

Divulgação da relação de candidatos que tiveram a solicitação de isenção da taxa de inscrição deferida, após recurso.

27/01/2012

Entrega dos Cartões de Confirmação de Inscrição (via ECT) exclusivamente para os inscritos nos postos credenciados e obtenção impressa do Cartão de Confirmação de Inscrição no endereço eletrônico (www.cesgranrio.org.com.br).

A partir de 29/02/2012

Atendimento aos candidatos com dúvidas sobre os locais de provas, vagas reservadas ou condição diferenciada para realização de provas.

01 e 02/03/2012

Aplicação das provas objetivas para todos os cargos/especialidades.

04/03/2012

Divulgação dos gabaritos das provas objetivas.

05/03/2012

Interposição de eventuais recursos quanto às questões formuladas e/ou aos gabaritos divulgados.

05 e 06/03/2012

Divulgação dos Resultados Finais.

22/03/2012

Concurso relacionado:Concurso Casa da Moeda do Brasil 2012