Edital Concurso de São Carlos – SP

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO CARLOS
Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoal
Departamento de Gestão de Pessoas
EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR EM CARÁTER TEMPORÁRIO

A Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoal torna público, por determinação do Exmo. Prefeito Municipal, Oswaldo B. Duarte Filho, a abertura de inscrições para o Processo Seletivo para contratação de Professor I, II, lll e IV, em caráter temporário, nos termos da Lei 13.889/06 - Estatuto da Educação, sob organização e aplicação da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Fundação VUNESP. O Processo Seletivo será regido pelas Instruções Especiais, parte integrante deste Edital.

INSTRUÇÕES ESPECIAIS I - DO EMPREGO

1. As contratações ocorrerão durante o ano letivo de 2013, de acordo com a necessidade da Prefeitura e a medida que surgirem vagas para substituição

2. O emprego, salário e requisitos exigidos são os estabelecidos a seguir:

Nº do Processo Seletivo

Emprego

Área de Atuação

Jornada de Trabalho Semanal

Vencimento mais auxílio alimentação**

Pré-Requisitos

01/13

Professor I

Centros municipais de educação infantil

30 horas/aulas

R$ 1.655,00

Normal de nível médio ou normal superior ou Licenciatura plena em Pedagogia

02/13

Professor II

Séries iniciais do ensino fundamental regular

30 horas/aulas

R$ 1.655,00

Normal em nível médio ou Normal superior ou Licenciatura plena em Pedagogia

03/13

Professor III

Educação Especial, em todos os níveis e modalidades de ensino da Rede Municipal de Ensino e/ou nas demais repartições públicas municipais.

*

R$ 12,56

- Pedagogia com habilitação em Educação Especial, ou

- Pedagogia com Especialização em Educação Especial de, no mínimo, 360 horas, realizada após 20/12/96, ou

- Pedagogia com Pós-Graduação em níveis de Mestrado ou Doutorado em Educação Especial.

- Licenciatura em Educação Especial

04/13

Professor III

Educação Física para educação infantil, ensino fundamental, recreação e em projetos específicos

*

R$ 12,56

Licenciatura Plena em Educação Física e Registro no Conselho Competente

05/13

Professor III

Artes, em todos os níveis e modalidades de ensino da Rede Municipal de Ensino e/ou nas demais repartições públicas municipais.

*

R$ 12,56

Licenciatura em Educação Artística, em Arte ou em quaisquer linguagens específicas: Artes Visuais e Plásticas, Dança, Música e Teatro.

06/13

Professor III

Português nas séries finais do ensino fundamental, regular ou Educação de Jovens e Adultos

*

R$ 12,56

Licenciatura Plena em Letras

07/13

Professor III

Inglês nas séries finais do ensino fundamental, regular ou Educação de Jovens e Adultos

*

R$ 12,56

Licenciatura Plena em Letras, com habilitação em Inglês

08/13

Professor III

Matemática nas séries finais do ensino fundamental, regular ou Educação de Jovens e Adultos

*

R$ 12,56

Licenciatura Plena em Matemática

09/13

Professor III

Ciências Físicas e Biológicas nas séries finais do ensino fundamental, regular ou Educação de Jovens e Adultos

*

R$ 12,56

Licenciatura Plena em Ciências Físicas e Biológicas

10/13

Professor III

História nas séries finais do ensino fundamental, regular ou supletivo

*

R$ 12,56

Licenciatura Plena em História

11/13

Professor III

Geografia nas séries finais do ensino fundamental, regular ou Educação de Jovens e Adultos

*

R$ 12,56

Licenciatura Plena em Geografia

12/13

Professor III

Música, em todos os níveis e modalidades de ensino da Rede Municipal de Ensino e/ou nas demais repartições públicas municipais.

*

R$ 12,56

Licenciatura em Música, Licenciatura em Educação Musical ou Licenciatura em Artes com habilitação em Música

13/13

Professor IV

Séries iniciais do ensino fundamental/EJA

20 horas/aulas

R$ 1.133,00

Normal em nível médio ou Normal superior, ou Licenciatura plena em Pedagogia

* De acordo com o Art. 34 da Lei 13889/06, os docentes contratados em caráter temporário para substituição de Professor III, terão sua carga horária semanal pelo número de horas-aulas substituídas, resguardados os direitos trabalhistas.

**Nos valores mensais e de hora-aula, já estão inclusos o Auxílio Alimentação previsto na Lei 13130/03 incorporado ao Vencimento Padrão por força da Lei 13771/06 e o descanso semanal remunerado (DSR).

3. A jornada de trabalho será distribuída da seguinte forma:

- Professor I - 30 (trinta horas) semanais, sendo 25 horas em atividades com alunos e cinco horas de trabalho pedagógico, coletivo e individual;

- Professor II - 30 (trinta horas) semanais, sendo 25 horas em atividades com alunos e cinco horas de trabalho pedagógico, coletivo e individual;

- Professor III - carga horária semanal correspondente ao número de horas-aula a serem substituídas. Caso sejam atribuídas no mínimo 20 horas - aulas/ semanais, serão dezessete horas em atividades com alunos e três horas de trabalho pedagógico, coletivo e individual;

- Professor IV - 20 (vinte horas) semanais, sendo 17 horas em atividades com alunos e 3 horas de trabalho pedagógico, coletivo e individual.

3.1. Os docentes com carga horária integral (20 ou 30 horas), cumprirão duas horas de trabalho pedagógico coletivo semanais (HTPC) na unidade escolar ou em outro local definido pela Secretaria Municipal de Educação e as demais horas em local de livre escolha do docente.

3.2. Poderá haver suplementação das jornadas de trabalho, a critério da Administração, desde que a jornada total não ultrapasse 40 horas semanais.

3.3. Os horários de cumprimento da jornada de trabalho serão estabelecidos pela Secretaria Municipal de Educação podendo, inclusive, ser cumpridos aos sábados, domingos e feriados e em períodos diurnos ou noturnos.

4. As atribuições a serem exercidas pelo candidato contratado encontram-se no Anexo I - DAS ATRIBUIÇÕES.

II - DAS INSCRIÇÕES

1. As inscrições serão realizadas pela internet, entre 10 horas de 22/10/12 a 16 horas de 14/11/12, e implicará a completa ciência e tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, sobre as quais o candidato não poderá alegar qualquer espécie de desconhecimento.

2. Objetivando evitar ônus desnecessário, o candidato deverá tomar conhecimento de todos os requisitos exigidos para o Processo Seletivo.

3. São requisitos para a inscrição:

a) ser brasileiro, nato ou naturalizado ou estrangeiro na forma da lei;

b) possuir os requisitos necessários para exercer o emprego;

c) ter 18 (dezoito) anos completos;

4. Para inscrever-se, o candidato deverá:

4.1 acessar o site www.vunesp.com.br, durante o período de inscrição (22/10/12 a 14/11/12);

4.2 localizar, no site, o "link" correlato ao Processo Seletivo;

4.3 ler integralmente o edital e preencher total e corretamente o cadastro com os dados solicitados;

4.4 imprimir a ficha de inscrição.

5.  A efetivação da inscrição só ocorrerá mediante entrega da ficha de inscrição assinada na Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoal, situada à Rua Episcopal (piso Major José Inácio), nº 1575 - Centro, das 08h30 às 18h, no período de 22/10/12 a 14/11/12, bem como de cópias autenticadas da documentação abaixo:

5.1. Cédula de Identidade;

5.2. Diploma, Certificado ou Declaração de conclusão dos Cursos de acordo com os pré- requisitos constantes no item I - Dos Empregos e Vagas deste Edital. Não serão aceitos declarações ou qualquer outro documento que não comprovem a conclusão dos Cursos definidos como pré-requisitos, até a data da efetivação da inscrição.

6. Não serão aceitas inscrições por via postal ou extemporâneas

7. Não será considerada efetuada a inscrição que não atender total e corretamente o exposto neste capítulo

III - DO DEFERIMENTO DAS INSCRIÇÕES

1. Serão deferidas as inscrições dos candidatos que atenderem aos requisitos estabelecidos neste Edital.

2. As inscrições deferidas serão publicadas no Diário Oficial do Município no dia 30/11/12.

IV - DAS PROVAS

1 - O Processo Seletivo constará das seguintes provas:

Emprego

Provas Objetivas

Número de Questões

Valor da Questão

Professor III (Educação Especial, Educação Física, Artes, Inglês, Ciências Físicas e Biológicas, História, Geografia e Música)

Português

10

1

Matemática

10

1

Legislação

4

1

Conhecimentos Pedagógicos

6

1

Conhecimentos Específicos

10

1

Emprego

Provas Objetivas

Número de Questões

Valor da Questão

Professor III - área Português

Matemática

10

1

Legislação

4

1

Conhecimentos Pedagógicos

6

1

Conhecimentos Específicos

20

1

Emprego

Provas Objetivas

Número de Questões

Valor da Questão

Professor III - área Matemática

Português

10

1

Legislação

4

1

Conhecimentos Pedagógicos

6

1

Conhecimentos Específicos

20

1

Emprego

Provas Objetivas

Número de Questões

Valor da Questão

Professor I, Professor II e Professor IV

Português

10

1

Matemática

10

1

Legislação

10

1

Conhecimentos Pedagógicos

10

1

2 - As provas objetivas serão aplicadas somente aos candidatos que tiverem suas inscrições deferidas.

3 - As provas objetivas serão de caráter eliminatório, classificatório e elaboradas de acordo com a especificidade de cada área, as questões serão de múltipla escolha, com 5 alternativas cada uma, de acordo com o conteúdo programático constante do Anexo II - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO.

V - DA REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA

1. As Provas Objetivas serão realizadas na cidade de São Carlos, no dia 13/01/13, de acordo com a tabela apresentada abaixo, em local e horário a serem comunicados por meio de publicação no Diário Oficial do Município de São Carlos e disponibilizados na Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoal - Rua Episcopal (piso Major José Inácio), nº 1575, Centro - São Carlos SP.

Emprego

Data da Prova

Período

Professor III - área Inglês, Professor III - área Matemática, Professor III - área Geografia, Professor III - área Educação Física, Professor III - área Artes, Professor III - área Música, Professor I

13/01/13

Manhã

Professor III - área Ciências Físicas e Biológicas, Professor III - área História, Professor III - área Educação Especial, Professor III - área Português, Professor II e Professor IV

13/01/13

Tarde

2. O candidato deverá comparecer ao local designado para a prova com antecedência de 30 (trinta) minutos, munido de original de um dos seguintes documentos de identificação:

- Cédula de Identidade (RG);

- Carteira de órgão ou conselho de classe;

- Carteira de Trabalho e Previdência Social;

- Certificado Militar;

- Carteira Nacional de Habilitação (com foto).

3. Não serão aceitos protocolos, nem cópias dos documentos acima citados, ainda que autenticadas.

4. Os documentos apresentados deverão estar em perfeitas condições, de forma a permitir a identificação do candidato com clareza.

5. Não será admitida a entrada de candidato na sala de provas após o seu início.

6. Não haverá 2ª chamada, seja qual for o motivo alegado, para justificar o atraso ou a ausência do candidato.

7. Durante as provas não serão permitidas consultas bibliográficas de qualquer espécie nem a utilização de máquina calculadora ou de qualquer equipamento eletrônico.

8. Será eliminado do Processo Seletivo o candidato que, durante a realização das provas, for surpreendido comunicando-se com outro candidato ou terceiros, verbalmente ou por escrito ou usando de meios ilícitos.

9. O candidato não poderá ausentar-se da sala de provas sem o acompanhamento de um fiscal.

10. O candidato deverá comparecer ao local designado munido de caneta de tinta preta ou azul, lápis preto e borracha. Não será permitido o uso de corretivo na Folha Definitiva de Respostas.

11. O candidato lerá as questões no caderno de questões e marcará suas respostas na Folha Definitiva de Respostas, que será o único documento válido para correção eletrônica. O preenchimento da Folha Definitiva de Respostas será de inteira responsabilidade do candidato, que deverá proceder em conformidade com as instruções especificadas na capa do Caderno de Questões e na própria Folha Definitiva. Não haverá substituição de Folha Definitiva de Respostas.

12. A prova objetiva terá duração de 3 horas. A Folha de Respostas, cujo preenchimento é de responsabilidade do candidato, é o único documento válido para a correção eletrônica e deverá ser entregue no final da prova ao fiscal de sala. O candidato, após o tempo mínimo de permanência, levará consigo somente o rascunho do gabarito de respostas.

13. Não será atribuída pontuação à questão que contiver mais de uma ou nenhuma resposta, ou resposta rasurada ou errada.

14. Por motivo de segurança, os candidatos somente poderão ausentar-se do recinto de provas depois de decorrida uma hora do seu início.

15. Não haverá em hipótese alguma revisão e/ou vistas de prova.

VI - Do Julgamento das Provas

1. As provas objetivas totalizarão 40 (quarenta) pontos. Só será considerado habilitado o candidato que acertar, no mínimo, 50% do total das questões das Provas Objetivas, desde que o candidato não zere em nenhuma das partes que compõem a prova.

VII - Classificação Final

1. A Nota Final do candidato, será composta pela soma dos pontos da Prova Objetiva.

2. Os candidatos habilitados serão classificados por ordem decrescente da nota final.

3. Em caso de empate da Nota Final, terá prioridade o candidato que:

a) Tiver mais Idade

b) Obtiver o maior número de pontos na Prova de Conhecimentos Pedagógicos c) Obtiver maior número de pontos na Prova Legislação

VIII - Dos Recursos

1. Será assegurado aos candidatos o direito a recurso, caso não concordem com os resultados de cada uma das fases deste processo seletivo. O candidato poderá impetrar recurso nas datas estabelecidas no cronograma constante do item XIV deste edital.

1. Admitir-se-á, por candidato, desde que devidamente fundamentado, um único recurso para cada etapa da seleção.

3. Após o julgamento dos recursos interpostos e caso haja deferimento, será feita nova publicação com as devidas alterações.

4. O prazo para interposição de recurso será de 02 (dois) dias úteis, contados da data da publicação do fato que lhe deu origem.

5. O candidato, dentro do prazo estabelecido, poderá interpor recurso contra as diversas etapas do Processo Seletivo, devendo utilizar o campo próprio para interposição de recursos no endereço www.vunesp.com.br, na página específica do Processo Seletivo, e seguir as instruções ali contidas.

6. No caso de recurso em pendência à época da realização de alguma das etapas do Processo Seletivo, o candidato poderá participar condicionalmente da etapa seguinte.

7. A pontuação relativa à(s) questão(ões) anulada(s) será atribuída a todos os candidatos presentes na prova objetiva.

8. No caso de provimento do recurso interposto dentro das especificações, esse poderá, eventualmente, alterar a nota/classificação inicial obtida pelo candidato para uma nota/classificação superior ou inferior, ou ainda poderá ocorrer a desclassificação do candidato que não obtiver a nota mínima exigida para habilitação.

4. A decisão do deferimento ou indeferimento de recurso será publicada no Diário Oficial do Município, e disponibilizada no site www.vunesp.com.br.

5. A Banca Examinadora constitui última instancia para os recursos, sendo soberana em suas decisões, razão pela qual não caberão recursos adicionais.

6. O recurso interposto fora da forma e dos prazos estipulados neste Edital não será conhecido, bem como não será conhecido aquele que não apresentar fundamentação e embasamento, ou aquele que não atender às instruções constantes do "link" Recursos na página específica do Processo Seletivo.

7. Não será aceito recurso interposto por meio de fax, e-mail ou por qualquer outro meio além do previsto neste Capítulo.

8. Não será aceito pedido de revisão de recurso e/ou recurso de recurso.

9. Não haverá, em hipótese alguma, vistas de prova.

IX - Resultado da Prova Objetiva

1. As notas das provas objetivas serão divulgadas no dia 01/02/2013, na Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoal e Diário Oficial do Município.

X - Da Manifestação de Interesse

1. A manifestação de interesse em ministrar aulas em caráter temporário para o ano letivo de 2013, será realizada no dia 13/01/13, durante a realização da prova objetiva. Nesta mesma data, declararão ainda estar cientes da data e local das primeiras atribuições.

2. A manifestação de interesse em ministrar aulas em caráter temporário para o ano letivo de 2013, terá validade apenas para os candidatos habilitados neste Processo Seletivo.

3. Os candidatos que não comparecerem ou não manifestarem interesse na data estipulada, serão desclassificados da lista.

4. Os candidatos habilitados neste Processo Seletivo que manifestaram interesse deverão acompanhar pelo site da Prefeitura, Diário Oficial do Município ou Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoal, as publicações de aulas disponíveis para substituição.

5. Os candidatos habilitados neste Processo Seletivo, que manifestarem interesse em substituições no decorrer do período letivo de 2013, ficam automaticamente convocados à comparecerem, semanalmente, em dias úteis, às quintas-feiras, às 15h00, no Auditório da Biblioteca Municipal, localizado Rua Treze de Maio, nº 2000, Centro - São Carlos - SP, para atribuição de aulas.

6. Esgotada a lista de classificação do processo seletivo, os candidatos que não haviam manifestado interesse, bem como os que já tiveram seu contrato de trabalho encerrado, estarão novamente habilitados para a contratação por tempo determinado neste exercício.

7. Apenas na hipótese acima, a lista de classificação do processo seletivo será reaproveitada.

XI - Da Contratação

1. A contratação será realizada pelo regime da Consolidação das Leis de Trabalho - C.L.T. e em conformidade com a Lei nº 13.889 de 18/10/06 - Estatuto da Educação.

2. A base de vencimentos dos servidores contratados por prazo determinado deverá ser o mesmo dos demais servidores públicos municipais, com os benefícios previstos em Lei.

3. Os contratos de trabalho por tempo determinado serão celebrados pelo prazo mínimo de um mês, e máximo até o final do período letivo.

4. A extinção do contrato de trabalho por iniciativa do contratado deverá sempre ser comunicada com antecedência mínima de quinze dias e acarretará na falta de aviso prévio:

I - impedimento de celebrar novos contratos por prazo determinado, no exercício, no magistério municipal.

5. Considera-se justa causa para extinção do contrato de trabalho, que acarretará a dispensa da penalidade previstas nos subitens I do item 4.

I - convocação do contratado em concurso público;

II - transferência do emprego de familiar para outra cidade, desde que ex officio.

6. Por ocasião da contratação, deverão ser entregues os seguintes documentos:

6.1. 01 foto 3x4

6.2. Carteira de Identidade (cópia reprográfica);

6.3. Cadastro de Pessoa Física;

6.4. Carteira Profissional;

6.5. PIS/PASEP (cópia reprográfica);

6.6. Certidão de nascimento (cópia reprográfica)

6.7. Certificado de Reservista (cópia reprográfica)

6.8. Certidão de Casamento (cópia reprográfica)

6.9. Certidão de Nascimento dos filhos (cópia reprográfica)

6.10. Carteira de Vacinação dos filhos menores de 14 anos.

6.11. Título e registros citados no item I - Do Emprego.

XII - Da Validade da Seleção

O processo seletivo terá validade durante o ano letivo de 2013.

XIII- Das Disposições Gerais

1. Os itens deste Edital poderão sofrer eventuais alterações, atualizações ou acréscimos, enquanto não consumada a providência ou evento que lhes disser respeito, circunstância que será mencionada em Edital ou aviso publicado.

2. A inscrição do candidato importará no conhecimento e aceitação tácita das condições da seleção estabelecidas neste Edital.

3. Será automaticamente excluído do Processo Seletivo o candidato que:

a) não comparecer às provas;

b) não entregar ao fiscal a folha definitiva de respostas ao final das provas;

c) usar de meios ilícitos na execução das provas.

4. A aprovação e correspondente classificação não gera direito automático de contratação.

5. O provimento das vagas, em caráter de substituição, ocorrerá de acordo com a necessidade da Prefeitura, durante o ano letivo de 2013, obedecendo a ordem de classificação, implicando o não comparecimento, em desistência tácita.

6. Não será permitida a acumulação remunerada de cargos e empregos públicos, exceto nas hipóteses previstas no inciso XVI do Art. 37 da Constituição Federal, Lei Orgânica do Município e Estatuto da Educação.

7. A contratação dependerá da compatibilidade de horários quando o docente tiver mais de um vínculo empregatício; respeitado o limite máximo de quarenta horas semanais quando a acumulação ocorrer no quadro da Prefeitura.

8. Para efeito de sua contratação fica o candidato sujeito à aprovação em exame médico que o ateste estar em condições físicas e mentais para o desenvolvimento das atividades para as quais está sendo contratado e a apresentação dos documentos que lhe forem exigidos.

9. A inexatidão das informações ou a constatação de irregularidade em documentos, ainda que verificadas posteriormente, eliminará o candidato da seleção.

10. O candidato que não comparecer ou desistir das aulas, somente estará habilitado para assumir vaga durante o exercício em caso de reaproveitamento da lista.

11. O candidato se responsabiliza por atualizar formalmente os seus dados cadastrais, em caso de aprovação, na Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoal, das 8h às 18h.

12. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão designada para realizar o processo seletivo.

XIV - CRONOGRAMA DE EVENTOS

22/10/12 à 14/11/12

Período de Inscrição

22/10/12 à 14/11/12

Entrega de documentos

30/11/12

Publicação de inscrições deferidas

03 e 04/12/12

Recurso da fase de deferimento das inscrições

11/12/12

Convocação para prova objetiva dos candidatos

13/01/13

Realização da Prova Objetiva e Manifestação de interesse em ministrar aula no ano letivo de 2013

15/01/13

Divulgação do gabarito

16 e 17/01/13

Período para interposição de recursos do Gabarito

01/02/13

Resultado dos recursos contra o gabarito, Notas das Provas Objetivas e Classificação prévia

04 e 05/02/13

Recurso da nota da Prova Objetiva e da Classificação

15/02/13

Resultado do recurso e Classificação Final

São Carlos, 15 de outubro de 2012.

ANA MARIA CARLOS PONCE

Secretária Municipal de Administração e Gestão de Pessoal

ANEXO I - DAS ATRIBUIÇÔES

PROFESSOR I: Atuar na educação infantil de 0 a 5 anos, em Centros Municipais de Educação Infantil(CEMEI). Acompanhar o desenvolvimento da criança tendo em vista seus direitos e suas necessidades próprias no que se refere à alimentação, à saúde, à higiene, à proteção, à afetividade, à convivência e ao acesso ao conhecimento pleno e sistematizado. Assegurar a organização e higienização do espaço físico para o pleno desenvolvimento das crianças e para o desenvolvimento das atividades. Participar da elaboração e execução do Projeto Político Pedagógico da Unidade Escolar desenvolvido de acordo com as diretrizes e orientações da Secretaria Municipal de Educação (SME). Participar da Hora de Trabalho Pedagógico Coletiva (HTPC), do planejamento, dos momentos de avaliação discente e docente, de capacitação e formação profissional, bem como de atividades culturais e educativas extraclasse, quando for proposta da Unidade Escolar e/ou da Secretaria Municipal de Educação. Planejar e executar o plano de trabalho visando o desenvolvimento infantil, de acordo com cada faixa etária. Colaborar nas ações concernentes ao programa de integração escola/família/comunidade. Executar e manter em ordem a escrituração pertinente à vida escolar do aluno, à organização da escola e toda aquela referente à própria função. Executar outras tarefas no âmbito escolar a fim de garantir a qualidade do atendimento oferecido às crianças e à comunidade. Participar dos Conselhos e Instituições auxiliares da Unidade Escolar.

PROFESSOR II: Atuar nas séries e anos iniciais do ensino fundamental regular. Participar da laboração e execução do Projeto Político Pedagógico da Unidade Escolar, bem como desenvolver projetos, programas e atividades em sua área específica de conhecimento ou afim. Participar da Hora de Trabalho Pedagógico Coletiva (HTPC), planejamento, momentos de avaliação discente e docente, capacitação e formação profissional, bem como de atividades culturais e educativas extraclasse, quando for proposta da Unidade Escolar e/ou da Secretaria Municipal de Educação. Planejar e executar a recuperação de alunos que não obtiveram aproveitamento, conforme o plano de trabalho da escola. Colaborar nas ações concernentes ao programa de integração escola/família/comunidade. Executar e manter em ordem a escrituração pertinente à vida escolar do aluno, à organização da escola e toda aquela referente à própria função. Executar e manter em ordem a escrituração pertinente à vida escolar do aluno, à organização da escola e toda aquela referente à própria função. Executar outras tarefas no âmbito escolar a fim de garantir a qualidade do atendimento oferecido às crianças e à comunidade. Participar dos Conselhos e Instituições auxiliares da Unidade Escolar.

PROFESSOR III - PORTUGUÊS, INGLÊS, MATEMÁTICA, CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS, HISTÓRIA, GEOGRAFIA: Atuar nas séries finais do Ensino Fundamental, regular ou supletivo, participar da elaboração e execução da Proposta Política Pedagógica da Unidade Escolar, bem como desenvolver projetos, programas e atividades em sua área específica de conhecimento ou afim. Participar da Hora de Trabalho Pedagógico Coletiva (HTPC), planejamento, momentos de avaliação discente e docente, capacitação e formação profissional, bem como de atividades culturais e educativas extraclasse, quando for proposta da Unidade Escolar e/ou da Secretaria Municipal de Educação. Planejar e executar a recuperação de alunos que não obtiveram aproveitamento, conforme o plano de trabalho da escola. Colaborar nas ações concernentes ao programa de integração escola/família/comunidade. Executar e manter em ordem a escrituração pertinente à vida escolar do aluno, à organização da escola e toda aquela referente à própria função. Participar dos Conselhos e Instituições auxiliares da Unidade Escolar.

PROFESSOR III - MÚSICA E ARTES: Atuar na Educação Infantil (em Centros Municipais de Educação Infantil - CEMEIs), no Ensino Fundamental e/ou na EJA, de acordo com a demanda da SME, ministrando aulas de música. Assegurar qualidade dos conteúdos e garantir aos alunos uma experiência musical, sonora e artística efetiva. Trabalhar no sentido de garantir que a disciplina Música figure no currículo em igualdade com as demais áreas do conhecimento. Participar da elaboração e execução do Projeto Político Pedagógico da Unidade Escolar desenvolvido de acordo com as diretrizes e orientações da Secretaria Municipal de Educação (SME). Participar da Hora de Trabalho Pedagógico Coletiva (HTPC), do planejamento, dos momentos de avaliação discente e docente, de capacitação e formação profissional, bem como de atividades culturais e educativas extraclasse, quando for proposta da Unidade Escolar e/ou da Secretaria Municipal de Educação. Planejar e executar o plano de trabalho visando o desenvolvimento humano, de acordo com cada faixa etária. Colaborar nas ações concernentes ao programa de integração escola/família/comunidade. Executar e manter em ordem a escrituração pertinente à vida escolar do aluno, à organização da escola e toda aquela referente à própria função. Executar outras tarefas no âmbito escolar a fim de garantir a qualidade do atendimento oferecido às crianças e à comunidade. Participar dos Conselhos e Instituições auxiliares da Unidade Escolar.

PROFESSOR III - EDUCAÇÃO ESPECIAL: Planejar e executar o trabalho docente. Orientar o processo de aprendizagem e avaliação do aluno, realizando o registro das observações. Organizar as operações inerentes ao processo de ensino e aprendizagem; diagnosticar a realidade do aluno; constatar indicadores que sinalizem deficiências, altas habilidades e superdotação, transtornos globais do desenvolvimento, com o intuito de realizar e/ou encaminhar para atendimento específico. Estabelecer estratégias, em parceria com o professor da sala regular para o atendimento educacional dos alunos público alvo da educação especial. Cooperar com a equipe diretiva da escola, com atividades que articulem: instituição, família e comunidade. Participar da elaboração e da execução da Proposta Político Pedagógica da Unidade Escolar de modo que o Atendimento Educacional Especializado (AEE) seja inserido no documento. O AEE será feito em toda a rede municipal de ensino, de acordo com a demanda e conforme designação da Secretaria Municipal de Educação. Participar das Horas de Trabalho Pedagógico Coletivo (HTPC), planejamento, momentos de avaliação discente e docente, capacitação e formação profissional, bem como de atividades culturais e educativas extraclasse, quando for proposta da Unidade Escolar e/ou da Secretaria Municipal de Educação. Instruir alunos no uso de linguagens, no manuseio de equipamentos específicos (LIBRAS, Braille, dosvox, soroban, orientação e mobilidade, alta tecnologia assistiva, entre outros); produzir materiais (transcrever, adaptar, confeccionar, ampliar, gravar, entre outros materiais) de acordo com as necessidades apresentadas e orientar familiares e equipe escolar quanto à utilização dos mesmos. Executar e manter em ordem a documentação pertinente à vida escolar do aluno, à organização da escola e toda aquela referente à própria função. Executar outras tarefas no âmbito escolar a fim de garantir a qualidade do atendimento oferecido aos alunos e à comunidade. Trabalhar de modo colaborativo com o professor da sala de aula regular, que possua estudantes público alvo da educação especial matriculados, no planejamento, adequação e realização de atividades e avaliação. Participar dos Conselhos e Instituições auxiliares da Unidade Escolar.

PROFESSOR III - EDUCAÇÃO FÍSICA: Participar da elaboração e execução da Proposta Política Pedagógica da Unidade Escolar, bem como desenvolver projetos, programas e atividades em sua área específica de conhecimento ou afim. Trabalhar com crianças, jovens e adolescentes, nas escolas e outros espaços educativos, desenvolvendo atividades de educação física, esportes, recreação, lazer, atividades físicas e de estimulação de desenvolvimento físico. Participar da Hora de Trabalho Pedagógico Coletiva (HTPC), planejamento, momentos de avaliação discente e docente, capacitação e formação profissional, bem como de atividades culturais e educativas extraclasse, quando for proposta da Unidade Escolar e/ou da Secretaria Municipal de Educação. Planejar e executar a recuperação de alunos que não obtiveram aproveitamento, conforme o plano de trabalho da escola. Colaborar nas ações concernentes ao programa de integração escola/família/comunidade. Executar e manter em ordem a escrituração pertinente à vida escolar do aluno, à organização da escola e toda aquela referente à própria função. Executar outras tarefas no âmbito escolar a fim de garantir a qualidade do atendimento oferecido às crianças e à comunidade. Participar dos Conselhos e Instituições auxiliares da Unidade Escolar.

PROFESSOR IV: Atuar na educação de 1ª a 4ª série do ensino fundamental supletivo. Participar da elaboração e execução da proposta pedagógica da escola, bem como desenvolver projetos, programas e atividades em sua área específica de conhecimento ou afim. Participar da Hora de Trabalho Pedagógico Coletivo (HTPC), planejamento, momentos de avaliação discente e docente, capacitação e formação profissional, bem como de atividades culturais e educativas extraclasse, quando for proposta da Escola e da Secretaria Municipal de Educação. Atuar em outros espaços educativos que não a escola, utilizando-se de metodologias e recursos adequados a educação de jovens e adultos. Planejar e executar a recuperação de alunos que não obtiveram aproveitamento, conforme o plano de trabalho da escola. Colaborar nas ações concernentes ao programa de integração escola/família/comunidade. Executar e manter em ordem a escrituração pertinente à vida escolar do aluno, à organização da escola e toda aquela referente à própria função. Executar outras tarefas no âmbito escolar a fim de garantir a qualidade do atendimento oferecido às crianças e à comunidade.

Concurso relacionado: Prefeitura de São Carlos - SP abre concurso público