Edital Concurso Prefeitura de Extrema – MG

PREFEITURA DE EXTREMA
ESTADO DE MINAS GERAIS

Concurso Público - Edital 001/2012 - O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE EXTREMA, Sr. Luiz Carlos Bergamin, no uso de suas atribuições legais, estabelece normas para a realização de Concurso Público de provas para provimento dos cargos atualmente vagos e cadastro de reserva dos cargos que vagarem e dos que forem criados durante o prazo de validade deste Concurso, em consonância com as Disposições Constitucionais referentes ao assunto, Instruções Normativas do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (nº 05/2007, alterada pelas nº 04/2008 e nº 08/2009) e Legislação Municipal (em especial com a Lei Orgânica Municipal; Estatuto dos Servidores Públicos do Município de EXTREMA, Leis 1.460/99 e 2629/10, e das Leis Complementares: 13/02, 20/03, 38/04, 47/05, 48/05, 56/07), conforme dispõe este Edital.

I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. O Concurso Público será regido por este Edital, por seus anexos e eventuais retificações, e será organizado pela empresa CENTRO DE CONSULTORIA E TREINAMENTO LIBERTAS, sediada à Av. do Luiz Paulo Franco 500, 13º. Andar, Bairro Belvedere, Belo Horizonte, inscrita no CRA/MG sob o nº PJ-2919. Telefone: (31) 32640602. Horário de expediente: 8h30 às 12h e 13h às 17h.

2. A PREFEITURA MUNICIPAL DE EXTREMA está sediada à Av. Delegado Waldemar Gomes Pinto, 1.624, Bairro Ponte Nova, CEP 37640-000, EXTREMA, Minas Gerais. Telefone: (35) 34351911. Horário de expediente: 8h às 12h e 13h às 17h.

3. Toda menção a horário neste Edital terá como referência o horário oficial da cidade de Brasília-DF.

4. O prazo de validade do presente Concurso Público é de 02 (dois) anos, contados da data da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por uma única vez, por igual período, mediante ato do Prefeito Municipal.

5. A fiscalização e o acompanhamento do Concurso Público caberá à Comissão Especial de Concurso Público, nomeada pelo Prefeito Municipal.

II - DO REGIME JURÍDICO E DO LOCAL DE TRABALHO

1. Regime Jurídico: Estatutário, nos termos da legislação do município de EXTREMA.

2. Local de Trabalho: Dependências da Administração Municipal, em todo território do Município (zonas urbana e rural) ou nas dependências de outras Entidades com as quais o Município de EXTREMA mantém convênio.

III - DAS ESPECIFICAÇÕES DOS CARGOS

1. Os cargos, vencimento, número de vagas, requisitos, carga horária semanal, valor da taxa de inscrição e provas (tipos, nº de questões, ponto) constam do  ANEXO I deste Edital.

2. Ao número de vagas constante do ANEXO I deste Edital, poderão ser acrescidas novas vagas que surgirem, seja por vacância ou para preenchimento de novas vagas criadas, dentro do prazo de validade do Concurso Público.

3. As atribuições dos cargos constam do  ANEXO II deste Edital.

IV - DOS REQUISITOS PARA INVESTIDURA

1. O candidato aprovado no Concurso Público de que trata este Edital será investido no cargo se atendidas as seguintes exigências:

a) Ter nacionalidade brasileira; no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, na forma do disposto no art. 12, § 1º, da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.

b) Gozar dos direitos políticos.

c) Estar quite com as obrigações eleitorais.

d) Estar quite com as obrigações do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino. e) Possuir os requisitos exigidos para o cargo.

f) Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos, no ato da posse no cargo.

g) Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovada por avaliação médica realizada por profissional ou junta médica devidamente credenciada pela PREFEITURA MUNICIPAL DE EXTREMA, cujo atestado deverá ser apresentado no ato da posse no cargo.

V - DOS PEDIDOS DE ISENÇÃO DA TAX A DE INSCRIÇÃO

1. Considerando os princípios fundamentais estabelecidos na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, o candidato de baixa renda ou desempregado, que seja capaz de comprovar insuficiência de recursos financeiros, em razão de limitações de ordem financeira, e desde que não possa arcar com o pagamento da taxa de inscrição sem que comprometa o sustento próprio e de sua família, poderá requerer a isenção do pagamento da taxa de inscrição.

2. A caracterização da hipossuficiência está condicionada à declaração expressa do candidato, RESPONDENDO CIVIL E CRIMINALMENTE PELO SEU TEOR.

3. O pedido de isenção do pagamento da taxa de inscrição poderá ser realizado da seguinte forma:

a) Na sede da Biblioteca Pública Municipal de Extrema, localizada à Praça Coronel Simeão, s/nº, Centro, EXTREMA - MG, a solicitação poderá ser pessoalmente ou através de procurador devidamente constituído (modelo de procuração constante do  ANEXO III deste Edital), mediante apresentação do Formulário de pedido de isenção de pagamento do valor da taxa de inscrição, devidamente preenchido e assinado, acompanhado dos documentos relacionados no referido formulário (modelo constante do ANEXO IV deste Edital); ou

b) Pela internet, no endereço eletrônico da empresa organizadora - www.libertas-mg.com.br, mediante inscrição "on line". Após, o interessado deverá encaminhar o Formulário de pedido de isenção de pagamento do valor da taxa de inscrição, devidamente preenchido e assinado, acompanhado dos documentos relacionados no referido formulário (constante do ANEXO IV deste Edital), através dos Correios, (averiguando-se sua tempestividade pela data da postagem), dentro de um envelope devidamente identificado (PREFEITURA MUNICIPAL DE EXTREMA - Concurso Público - Edital nº 01/2012, nº de inscrição, nome completo e cargo pleiteado), endereçado ao CENTRO DE CONSULTORIA E TREINAMENTO LIBERTAS, para o endereço: Av. Luiz Paulo Franco, 500, 13º. Andar, Bairro Belvedere, Belo Horizonte-MG, CEP.: 30.320.570.

4. O pedido de isenção do pagamento da taxa de inscrição e entrega dos documentos exigidos deverá ocorrer, exclusivamente, nos dias 20/08/2012 e 21/08/2012, não sendo aceitos fora destas datas, seja qual for o motivo alegado.

5. A análise dos pedidos de isenção do pagamento da taxa de inscrição é de competência da empresa organizadora do Concurso.

6. Será divulgado o resultado da análise dos pedidos de isenção do pagamento da taxa de inscrição no dia 05/09/2012, nos termos do item XIV-1 deste Edital - Das Disposições Gerais.

7. O interessado que tiver o pedido de isenção do pagamento da taxa de inscrição deferido, será automaticamente inscrito no presente concurso público e poderá imprimir o Comprovante de Inscrição no endereço eletrônico da empresa organizadora - www.libertas-mg.com.br (acessar a "Área do Candidato" localizada na parte superior do site) ou na na sede da Biblioteca Pública Municipal de Extrema,, localizada à Praça Coronel Simeão, s/nº, Centro, EXTREMA - MG, a partir do dia 23/10/2012, sendo de responsabilidade exclusiva do candidato a obtenção desse documento.

8. Ao interessado que tiver o pedido de isenção do pagamento da taxa de inscrição indeferido é assegurado o contraditório e ampla defesa, conforme disposto no art. 5º, inciso LV da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, e conforme consta no item XII deste Edital - Dos Recursos Administrativos.

VI - DAS INSCRIÇÕES

1. Período: 20/08/2012 à 20/09/2012

2. Serão efetivadas somente inscrições via Internet, através do endereço eletrônico: www.libertas-mg.com.br, solicitadas entre 12:00 hrs do dia 20/08/2012 até 23:59 hrs do dia 20/09/2012.

3. O candidato que tiver dificuldade de acesso a internet poderá, pessoalmente ou através de procurador, comparecer, durante o período de inscrição, na sede da Biblioteca Pública Municipal de Extrema,, localizada à Praça Coronel Simeão, s/nº, Centro, EXTREMA - MG, no horário de 08:00 às 12:00 H e das 13:00 às 17:00 H de segunda a sexta-feira, munido de documento de identidade e CPF para realização de sua inscrição e impressão do seu boleto bancário.

4. Será disponibilizado no endereço acima citado, pessoal capacitado para atender o candidato, inclusive no preenchimento do Requerimento Eletrônico de Inscrição e na impressão do boleto bancário.

5. A prestação de informação falsa pelo candidato, quando da inscrição, poderá acarretar o cancelamento da inscrição e a anulação de todos os atos decorrentes, em qualquer época, assegurado o contraditório e ampla defesa, conforme disposto no art. 5º, inciso LV da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, e conforme consta no item XI deste Edital - Dos Recursos Administrativos. Se o candidato for aprovado e classificado para uma das vagas e o ato perpetrado for descoberto após a homologação do concurso caberá a Administração Pública a instauração de processo Administrativo objetivando a anulação dos atos.

6. O candidato inscrito por procuração assume total responsabilidade pelas informações prestadas por seu procurador, arcando com as consequências de eventuais erros de seu representante.

7. O Manual do Candidato (Edital, conteúdo programático, sugestão bibliográfica, cronograma do concurso e outros anexos) estará disponível na sede da Prefeitura Municipal de Extrema, na sede da Biblioteca Pública Municipal de Extrema, localizada à Praça Coronel Simeão, s/nº, Centro, EXTREMA - MG e estará disponível para download no endereço eletrônico www.libertas-mg.com.br.

8. A inscrição somente será efetivada, após o pagamento do boleto bancário, preferencialmente na Caixa Econômica Federal e este deverá ser efetuado até o dia 21/09/2012, no horário de atendimento das agências bancárias. Em caso de feriado ou evento que acarrete o fechamento de agências bancárias na localidade em que o candidato se encontra, este deverá antecipar o respectivo pagamento, considerando o primeiro dia útil que antecede o feriado como data final para realização do pagamento da taxa de inscrição, desde que o pagamento seja feito no período de inscrição determinado neste Edital.

9. Depois de efetuado o pagamento da taxa de inscrição (BOLETO BANCÁRIO), o candidato receberá em seu endereço eletrônico, no máximo, 5 (cinco) dias úteis, a confirmação efetiva de sua inscrição em nosso sistema. No caso do boleto ser impresso na Sede da Biblioteca Municipal em Extrema, o candidato deverá indicar um e- mail para o envio da confirmação de sua inscrição, após o pagamento do boleto bancário.

10. Durante o período de inscrição, a segunda via do boleto bancário poderá ser obtida no endereço eletrônico www.libertas-mg.com.br, ficando indisponível a partir do primeiro dia útil após a data determinada para pagamento.

11. A solicitação de inscrição cujo pagamento for efetuado após a data estabelecida não será aceita.

12. É de exclusiva responsabilidade do candidato a informação dos dados cadastrais no ato de inscrição.

13. O CENTRO DE CONSULTORIA E TREINAMENTO LIBERTAS não se responsabiliza por solicitação de inscrição não recebida por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a transferência de dados. Ressalta-se que tal disposição só será válida se as falhas ocorridas não forem de responsabilidade dos organizadores.

VII - OUTRAS INFORMAÇÕES SOBRE AS INSCRIÇÕES

1. A inscrição do candidato implicará o conhecimento e a tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento.

2. A taxa de inscrição, uma vez paga, somente será devolvida nos seguintes casos:

a) Cancelamento do concurso;

b) Alteração da data de realização das provas;

c) Exclusão de algum cargo oferecido.

3. A devolução, nos casos enumerados acima, ocorrerá no prazo máximo de 60 (sessenta) dias, a contar da data de requerimento do candidato. A restituição da taxa de inscrição deverá ser requerida pelo candidato ou por procurador por ele constituído, por meio do preenchimento e entrega de formulário a ser disponibilizado pela CENTRAL, em seu site (www,libertas-mg.com.br) e na sede da Biblioteca Pública Municipal de Extrema, localizada à Praça Coronel Simeão, s/nº, Centro, EXTREMA - MG, no horário 08:00 às 12:00 H e das 13:30 às 17:00 H de segunda a sexta-feira, ou enviado via Correios com AR por meio de SEDEX, para a Av. Luiz Paulo Franco 500, 13º.andar, Bairro Belvedere, Belo Horizonte/MG, CEP.: 30320-570

4. O formulário de restituição, devidamente preenchido e acompanhado de cópia de documento de identidade do candidato, deverá ser entregue, em até 30 (trinta) dias após o ato que ensejou a não realização do certame, na sede da Biblioteca Pública Municipal de Extrema, localizada à Praça Coronel Simeão, s/nº, Centro, EXTREMA - MG, no horário 08:00 às 12:00 H e das 13:30 às 17:00 H de segunda a sexta-feira, ou enviado via Correios com AR por meio de SEDEX, para a Av. Luiz Paulo Franco 500, 13º.andar, Bairro Belvedere, Belo Horizonte/MG, CEP.: 30320-570.

5. A restituição da taxa de inscrição será processada por meio de depósito bancário em conta a ser indicada no respectivo formulário de restituição.

6. O valor a ser restituído ao candidato será corrigido monetariamente pela variação do IGPM desde a data do pagamento da inscrição até a data da efetiva restituição.

7. Não serão recebidas inscrições por via postal, fac-símile, correio eletrônico, condicional ou extemporânea.

8. Caso o candidato se inscreva para mais de um cargo, havendo coincidência quanto aos horários de provas, deverá optar por apenas um deles.

9. Efetivada a inscrição, não será permitida alteração ou troca de cargo.

10. O Comprovante Definitivo de Inscrição - CDI dos candidatos inscritos via Internet estará disponível, a partir do dia 23/10/12, no endereço eletrônico www.libertas-mg.com.br para impressão, ou poderá ser obtido também, na sede da Biblioteca Pública Municipal de Extrema, localizada à Praça Coronel Simeão, s/nº, Centro, EXTREMA - MG, sendo de responsabilidade exclusiva do candidato a obtenção desse documento.

11. Para obter o Comprovante Definitivo de Inscrição - CDI pela internet, no endereço www.libertas-mg.com.br, o candidato deverá acessar a "Área do Candidato" localizada na parte superior do site.

12. Será permitida a inscrição do candidato que estiver cursando a escolaridade mínima exigida como requisito para o cargo, entretanto, caso seja convocado, o candidato deverá apresentar no ato da posse o documento comprobatório de conclusão do curso, sem o qual não terá direito à investidura no cargo pleiteado, além de ser eliminado do presente concurso público.

VIII - DAS PROVAS

1. O Concurso Público constará de provas Objetivas de Múltipla Escolha, redação, elaboração de plano de aula, títulos e provas práticas.

1.1 A Prova Objetiva de Múltipla Escolha, de caráter eliminatório, será aplicada a todos os candidatos e terá duração máxima de 3:00 horas.

1.1.1 Cada questão da prova objetiva de múltipla escolha comporta apenas uma resposta correta dentre 05 (cinco) alternativas oferecidas: (A, B, C, D, ou E).

1.1.2 A Prova Objetiva de Múltipla Escolha valerá 100 (cem) pontos e será classificado o candidato que obtiver, no mínimo, 70% (setenta por cento) dos pontos.

1.1.3 O Programa de Prova para as questões de múltipla escolha e critérios de avaliação das provas de títulos, elaboração de plano de aula, redação e provas práticas, constam do  ANEXO V deste Edital.

1.2 Haverá Prova Prática, de caráter classificatório e eliminatório, para os candidatos inscritos nos cargos de Motorista, Pedreiro de Vias Públicas, Pintor de Parede e Mecânico de Veículos a Diesel.

1.2.1. A Prova Prática valerá 100 (cem) pontos e será aprovado o candidato que obtiver, no mínimo, 70% (Setenta por cento) dos pontos. O candidato que não obtiver esta pontuação mínima estará eliminado do concurso. A pontuação máxima para os candidatos aos cargos que farão provas práticas será de 200 (duzentos) pontos (valor máximo da prova de múltipla escolha, somado ao valor máximo da prova prática).

1.2.2. Avaliar-se-á quanto à prova prática a capacidade, atenção e percepção dos candidatos no trato das questões ligadas à sua categoria profissional, a habilidade no manuseio de equipamentos, bem como o conhecimento de normas de segurança no trabalho.

1.2.3. Serão classificados para as provas práticas os melhores classificados dos cargos, que obtiverem 70% dos pontos da prova escrita, observados os critérios de desempate constantes neste edital, nas quantidades máximas, de acordo com o quadro abaixo:

CARGO

MÁXIMO DE CANDIDATOS CLASSIFICADOS PARA A PROVA PRÁTICA

Motorista

40 (quarenta) primeiros melhores classificados que obtiveram no mínimo 70% (Setenta por cento) dos pontos das provas escritas

Pedreiro Vias Públicas

15 (quinze) primeiros melhores classificados que obtiveram no mínimo 70% (Setenta por cento) dos pontos das provas escritas

Pintor de Parede

10 (dez) primeiros melhores classificados que obtiveram no mínimo 70% (Setenta por cento) dos pontos das provas escritas

Mecânicos de Veículos a Diesel

10 (dez) primeiros melhores classificados que obtiveram no mínimo 70% (Setenta por cento) dos pontos das provas escritas

1.3. As provas práticas serão realizadas em horários e locais a serem divulgados. A informação quanto aos locais e horários das mesmas, serão divulgadas no Hall da Prefeitura Municipal de EXTREMA, no DOE e nos sites:  www.libertas-mg.com.br e www.extrema.mg.gov.br

1.4. Não haverá segunda chamada da Prova Prática por ausência do candidato, seja qual for o motivo alegado.

1.4.1. Os candidatos poderão utilizar suas próprias ferramentas para execução das provas práticas, desde previamente examinadas e aprovadas pela banca examinadora.

1.4.2. Os candidatos ao cargo de Motorista deverão apresentar-se para a prova, munidos da CNH correspondente ao pré-requisito do cargo. A falta de apresentação da CNH impedirá a execução da prova prática, levando à eliminação do candidato no concurso. Não será aceito nenhum outro documento em substituição à Carteira Nacional de Habilitação.

1.5.1. O candidato que faltar à Prova Prática será eliminado do Concurso Público.

1.6. Para os cargos de Professor de Ensino Infantil, Professor de Educação Básica I e Professor de Educação Básica II, haverá também prova de redação (20 pontos), prova de elaboração de plano de aula (25 pontos) e prova de títulos (10 pontos), perfazendo o valor máximo de 155 (cento e cinquenta e cinco) pontos. Os critérios de correção da redação, da elaboração do Plano de Aula e dos títulos, constam no ANEXO V deste edital.

1.6.1. Para os cargos de Orientador Pedagógico I e Orientador Pedagógico II, haverá também prova de redação (20 pontos) e prova de títulos (10 pontos), perfazendo o valor máximo de 130 (cento e trinta) pontos. Os critérios de correção da redação e dos títulos constam no ANEXO V deste edital.

1.7. As provas de redação, de Elaboração de Plano de Aula e de títulos, têm caráter apenas classificatório.

1.8. Conforme reza o item 1.1.2, será automaticamente eliminado TODO E QUALQUER CANDIDATO que não obtiver 70% (setenta por cento) dos pontos previstos para a Prova Escrita de Múltipla Escolha. Neste caso as redações, o Plano de Aula e os títulos não serão pontuados.

1.9. A classificação final dos candidatos será feita pelo somatório dos pontos obtidos na prova de Múltipla Escolha, da prova prática (quando houver), da redação (quando houver), da elaboração de Plano de Aula (quando houver) e dos títulos (quando houver), em ordem decrescente  (desde que o candidato obtenha 70% do valor das provas de Múltipla Escolha ), observados os critérios de desempate constantes no edital.

2. A candidata lactante poderá amamentar durante a realização das provas, desde que leve 1 (um) acompanhante, que ficará em local determinado pela Coordenação do Concurso Público e será responsável pela guarda da criança. Durante o período de amamentação, a candidata lactante será acompanhada por fiscal, que garantirá que sua conduta esteja de acordo com os termos e condições estabelecidos, não havendo compensação desse período no tempo de duração da prova.

3. Caso necessite de condições especiais para se submeter às provas previstas neste edital, o candidato deverá solicitá-las por escrito, no prazo de até 10 (dez) dias antes da data de realização da prova, encaminhando através dos Correios por meio de Sedex com AR, dentro de um envelope devidamente identificado (PREFEITURA MUNICIPAL DE EXTREMA - Concurso Público - Edital nº 01/2012, nº de inscrição, nome completo e cargo pleiteado), endereçado ao CENTRO DE CONSULTORIA E TREINAMENTO LIBERTAS, para o endereço: Av. Luiz Paulo Franco, 500, 13º. Andar, Bairro Belvedere, Belo Horizonte-MG, CEP.: 30.320.570, ou enviando por e- mail para concursos@libertas-mg.com.br, ou entregando pessoalmente na Sede da BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL DE EXTREMA.

IX - DA REALIZAÇÃO DAS PROVAS

1. A Prova Objetiva de Múltipla Escolha será realizada no Município de EXTREMA, nos dias 27/10/2012 e 28/10/2012, de acordo com o número de candidatos inscritos e de acordo com sua composição prevista no ANEXO I deste Edital. A relação de candidatos inscritos, o local de realização da Prova Objetiva de Múltipla Escolha e confirmação de data e horários de provas, serão divulgados até 23/10/2012, nos termos do item XIV-1 deste Edital - Das Disposições Gerais.

2. Os portões de acesso aos locais de aplicação da Prova Objetiva de Múltipla Escolha serão fechados pontualmente no horário divulgado para realização das mesmas.

3. O candidato deverá comparecer ao local das provas 30 (trinta) minutos antes do horário fixado para o fechamento dos portões de acesso aos locais de aplicação das provas, considerado o horário de Brasília, munido do Comprovante Definitivo de Inscrição - CDI, (que poderá ser retirado no site www.libertas-mg.com.br, ou na sede da Biblioteca Municipal de Extrema), cédula oficial de identidade ou outro documento equivalente, original ou cópia autenticada, (com foto e assinatura), não sendo aceitos protocolos ou declarações, e caneta esferográfica azul ou preta.

4. Serão considerados documentos de identidade carteiras expedidas pelos Ministérios Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (Ordens, Conselhos, etc); passaporte brasileiro (ainda válido), certificado de reservista, carteiras funcionais do Ministério Público e da Magistratura, carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valem como identidade; carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação (somente o Modelo novo, com foto, obedecido o período de validade).

5. Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento ou casamento, títulos eleitorais, carteiras de motorista (Modelo antigo ou Modelo novo com o período de validade vencido), carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidade, nem documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados.

6. Os documentos deverão estar em perfeita condições, de forma a permitirem, com clareza, a identificação do candidato e deverão conter, obrigatoriamente, fotografia e data de nascimento.

7. Não será permitido o ingresso de candidatos no local de provas, em hipótese alguma, após o fechamento dos portões.

8. O candidato que comparecer ao local das provas sem documento de identidade não poderá, a não ser que venha munido de boletim de ocorrência feito pela autoridade policial indicando perda, roubou, ou extravio do documento, em nenhuma outra hipótese, participar de sua realização e estará automaticamente eliminado do concurso.

9. O candidato deverá apor sua assinatura na lista de presença, de acordo com aquela constante do seu documento de identidade, vedada a aposição de rubrica.

10. Após instalado em sala de provas, o candidato não poderá consultar ou manusear qualquer material de estudo ou de leitura enquanto aguardar o horário de início das provas.

11. Em nenhuma hipótese haverá segunda chamada ou repetição de prova, importando a ausência ou retardamento do candidato em sua exclusão no Concurso Público, seja qual for o motivo alegado.

12. Em nenhuma hipótese haverá aplicação de provas fora dos locais e horários preestabelecidos.

13. O horário de início das provas poderá ser definido dentro de cada sala de aplicação, observado o tempo de duração estabelecido no presente Edital.

14. A inviolabilidade das provas será comprovada no momento de rompimento do lacre dos malotes de provas, na presença dos candidatos, dentro de cada sala de aplicação.

15. Não será permitido nenhum tipo de consulta durante a realização das provas.

16. Não haverá guarda-volumes para objetos, documentos, equipamentos eletrônicos ou similares, não possuindo a PREFEITURA MUNICIPAL DE EXTREMA ou o CENTRO DE CONSULTORIA E TREINAMENTO LIBERTAS qualquer responsabilidade sobre os mesmos, por eventual extravio, perda, furto, dentre outros. Os itens perdidos durante a realização das provas escritas, que porventura venham a ser encontrados pelo CENTRO DE CONSULTORIA E TREINAMENTO LIBERTAS serão guardados pelo prazo de 30 (trinta) dias, quando, então, serão encaminhados à Seção de Achados e Perdidos dos Correios.

17. O candidato deverá transcrever suas respostas na folha de respostas, que é o documento válido para correção eletrônica, com caneta esferográfica azul ou preta, vedada qualquer colaboração ou participação de terceiros.

18. Serão de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos das marcações feitas incorretamente na folha de respostas.

19. Não serão computadas questões não assinaladas na folha de respostas, ou que contenham mais de uma resposta, emenda ou rasura, ainda que legível.

20. Não se poderá substituir a folha de respostas por erro do candidato e a ausência de assinatura na mesma implicará em sua anulação e reprovação do candidato.

21. Ao iniciar a prova, o candidato deverá permanecer na sala pelo tempo mínimo de 30 (trinta) minutos.

22. Serão mantidos, no mínimo, 02 (dois) candidatos dentro de sala, até que o último termine a prova.

23. O CANDIDATO, AO TERMINAR A PROVA, ENTREGARÁ AO FISCAL A SUA FOLHA DE RESPOSTAS, DEVIDAMENTE PREENCHIDA E ASSINADA, A REDAÇÃO E O PLANO DE AULA, QUANDO FOR O CASO.

24. Não haverá revisão de provas sem que haja recurso devidamente fundamentado.

25. Não será permitido o ingresso ou a permanência de pessoas estranhas ao concurso público no estabelecimento de aplicação das provas, exceto quando for acompanhante de candidata lactante, conforme previsto no presente edital.

26. Será excluído do Concurso Público o candidato que:

a) Se apresentar após o horário estabelecido;

b) Não comparecer às provas, seja qual for o motivo alegado;

c) Não apresentar a cédula oficial de identidade ou outro documento equivalente;

d) Utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos para obter aprovação própria ou de terceiros, em qualquer etapa do concurso público;

e) Durante a realização das provas for colhido em flagrante comunicação com outro candidato ou com pessoas estranhas, oralmente, por escrito, ou através de aparelhos eletrônicos, máquinas calculadoras (também em relógios), agendas eletrônicas ou similares, BIP, telefone celular, pager, walkman, máquina fotográfica, receptor, gravador etc, ou ainda que venha tumultuar a sua realização;

f) Ausentar-se do recinto da prova, a não ser momentaneamente, em casos especiais e desde que na companhia de um fiscal;

g) Usar de incorreções ou descortesia para com os coordenadores, membros da Comissão Especial de Concurso Público, fiscais de salas, auxiliares e autoridades presentes;

h) Não devolver a folha de respostas recebida, a prova de redação e o plano de aula, quando for o caso, todos devidamente assinados.

27. O gabarito da Prova Objetiva de Múltipla Escolha será divulgado no dia 29/10/2012, às 13h, nos termos do item XIV-1 deste Edital - Das Disposições Gerais.

X - DA CLASSIFICAÇÃO FINAL E DESEMPATE

1. A classificação final dos candidatos será ordenada por cargo, em ordem decrescente, de acordo com a soma do total de pontos obtidos nas provas Objetiva de Múltipla Escolha, redação, elaboração de plano de aula e Prática (com indicação de pontos em cada prova), contemplando todos os candidatos envolvidos, aprovados e reprovados (SENDO QUE OS CANDIDATOS QUE NO ATO DA INSCRIÇÃO SE DECLARAREM PORTADORES DE DEFICIÊNCIA, SE APROVADOS NO CONCURSO PÚBLICO, TERÃO SEUS NOMES PUBLICADOS NA LISTA GERAL DOS APROVADOS E EM LISTA À PARTE).

2. Para efeito de desempate entre os candidatos aprovados com a mesma pontuação, inclusive os portadores de necessidades especiais, terá preferência, sucessivamente, o candidato que:

a) Tiver idade mais elevada, dentre aqueles que tenham idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos (parágrafo único do artigo 27 da lei Federal nº 10.741, de 01/10/2003 - Estatuto do Idoso);

b) Obtiver o maior número de pontos na Prova Específica, se houver;

c) Obtiver o maior número de pontos na prova de Português;

d) Tiver idade mais elevada, dentre aqueles que tenham idade inferior a 60 (sessenta) anos.

XI - DOS RECURSOS ADMINISTRATIVOS

1. Caberão recursos, à Comissão Especial de Concurso Público, em única e última instância, desde que interposto no prazo de 02 (dois) dias úteis, a contar do primeiro dia útil subsequente ao da publicação do ato no endereço eletrônico da empresa organizadora - www.libertas-mg.com.br, esclarecendo- se que a publicação será feita na mesma data, no quadro de avisos da PREFEITURA MUNICIPAL DE EXTREMA, podendo assim o candidato valer-se da consulta, contra os seguintes eventos:

a) Indeferimento do pedido de isenção da taxa de inscrição;

b) Inscrições (erro na grafia do nome; omissão do nome; erro no nº de inscrição; erro no nº da identidade; erro na nomenclatura do cargo; indeferimento de inscrição);

c) Local, sala, data e horário de prova (erro no local e/ou sala; erro na data e/ou horário);

d) Questão da Prova Objetiva de Múltipla Escolha (desde que demonstrado erro material);

e) Gabarito da Prova Objetiva de Múltipla Escolha (erro na resposta divulgada);

f) Realização das provas (Objetiva de Múltipla Escolha, redação, Plano de Aula, títulos e Prática);

g) Resultado (erro na pontuação e/ou classificação);

h) Qualquer outra decisão proferida no certame.

2. Os recursos deverão ser protocolados diretamente na Sede da Prefeitura Municipal de Extrema, no horário de expediente, ou encaminhado através dos Correios por meio de Sedex (averiguando-se sua tempestividade pela data da postagem), dentro de um envelope devidamente identificado (PREFEITURA MUNICIPAL DE EXTREMA - Concurso Público - Edital nº 01/2012, nº de inscrição, nome completo e cargo pleiteado), endereçado ao CENTRO DE CONSULTORIA E TREINAMENTO LIBERTAS.

3. A anulação de qualquer questão, seja por recurso administrativo ou decisão judicial, resultará em benefício de todos os candidatos, ainda que estes não tenham recorrido ou ingressado em juízo.

4. Os recursos deverão ser preenchidos em formulário específico (Modelo constante do  ANEXO III deste Edital).

5. Será indeferido liminarmente o pedido de recurso fora de contexto ou não fundamentado ou ainda aqueles a que se der entrada fora dos prazos estabelecidos.

6. Os recursos interpostos serão decididos em única instância.

7. Não serão aceitos recursos interpostos por via fax, internet ou correio eletrônico.

8. A PREFEITURA MUNICIPAL DE EXTREMA, através da Comissão Especial de Concurso Público, enviará os recursos protocolados pelos candidatos ao CENTRO DE CONSULTORIA E TREINAMENTO LIBERTAS.

9. Os recursos interpostos serão respondidos pelo CENTRO DE CONSULTORIA E TREINAMENTO LIBERTAS e respectivo parecer será divulgado nos termos do item XIV-1 deste Edital - Das Disposições Gerais em, no máximo, até a data do evento subsequente constante do cronograma de concurso.

XII - DA IMPUGNAÇÃO DESTE EDITAL

1. Este Edital poderá ser impugnado no prazo de 10 (dez) dias úteis, a contar do primeiro dia útil subsequente ao da publicação de seu extrato no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais (Jornal "Minas Gerais").

2. A apresentação de impugnação e a solução respectiva obedecerão às mesmas regras estabelecidas no item XI deste Edital - Dos Recursos Administrativos.

XIII - DOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

1. Às pessoas portadoras de deficiência que pretendam fazer uso das prerrogativas que lhes são facultadas no inciso VIII do artigo 37 da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, é assegurado o direito de inscrição no presente Concurso Público.

2. O candidato portador de deficiência deverá observar a compatibilidade das atribuições do cargo ao qual pretende concorrer com a deficiência da qual é portador

3. Ficam assegurados 5% (cinco por cento) das vagas oferecidas para cada cargo aos portadores de deficiência. Porque a aplicação do referido percentual resulta em fração, fixa-se o critério de arredondamento da fração para o número inteiro subsequente, desde que o novo valor não corresponda a mais de 20% (vinte por cento). Por analogia, com relação ao arredondamento, seguiu os preceitos do Decreto nº 3.298/1999, que regulamentou a Lei Federal nº 7.853/1989.

4. Caso surjam novas vagas no decorrer do prazo de validade do presente Concurso Público, 5% (cinco por cento) delas serão igualmente reservadas para candidatos portadores de deficiência, devidamente comprovados.

5. Não havendo nomeação e posse conjunta de todos os aprovados, o 1º (primeiro) candidato portador de deficiência aprovado no concurso público, será nomeado para ocupar a 5ª (quinta) vaga aberta, enquanto os demais serão nomeados a cada intervalo de 20 (vinte) vagas providas, independentemente de sua classificação geral, respeitando-se a ordem de classificação da lista dos candidatos aprovados com deficiência.

6. O candidato que quiser concorrer como portador de deficiência deverá declarar, no momento da inscrição, essa condição e a necessidade especial da qual é portador, apresentando Laudo Médico (original ou cópia autenticada) atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência, COM EXPRESSA REFERÊNCIA AO CÓDIGO CORRESPONDENTE DA CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DE DOENÇA - CID, bem como a provável causa da deficiência.

7. O candidato poderá entregar o Laudo Médico na sede da Biblioteca Pública Municipal de Extrema, localizada à Praça Coronel Simeão, s/nº, Centro, EXTREMA - MG, até 17h do dia 20/09/2012, no horário de expediente, dentro de um envelope devidamente identificado ( LAUDO MÉDICO, nº de inscrição, nome completo e cargo pleiteado); ou deverá encaminhar, via postal, endereçado ao CENTRO DE CONSULTORIA E TREINAMENTO LIBERTAS, postado, impreterivelmente, até o dia 20/09/2012, através dos Correios, dentro de um envelope devidamente identificado (nº de inscrição, nome completo e cargo pleiteado).

8. O Laudo Médico (original ou cópia autenticada) valerá somente para este concurso, não podendo ser devolvido ou dele ser fornecida cópia.

9. Caso o candidato não apresente o laudo médico, não será considerado como deficiente apto para concorrer às vagas reservadas, mesmo que tenha assinalado tal opção no formulário de inscrição.

10. O candidato portador de deficiência que, no ato da inscrição, não declarar essa condição, não poderá interpor recurso em favor de sua situação.

11. Caso necessite de condições especiais para se submeter às provas previstas neste edital, ao candidato portador de deficiência deverá solicitá-las por escrito, no prazo de até 10 (dez) dias antes da data de realização da prova, encaminhando através dos Correios por meio de Sedex, dentro de um envelope devidamente identificado (PREFEITURA MUNICIPAL DE EXTREMA - Concurso Público - Edital nº 01/2012, nº de inscrição, nome completo e cargo pleiteado), endereçado ao CENTRO DE CONSULTORIA E TREINAMENTO LIBERTAS , ou enviando por e-mail para concursos@libertas-mg.com.br, com a documentação scaneada, ou entregando pessoalmente na Sede da Prefeitura Municipal de Extrema.

12. Se necessário, requerer tempo adicional para a realização das provas, apresentando justificativa acompanhada de parecer emitido por especialista da área de sua deficiência.

13. O atendimento diferenciado obedecerá critérios de viabilidade e de razoabilidade e será comunicado ao candidato caso seja negado o seu requerimento.

14. Somente serão consideradas como pessoas portadoras de deficiência aquelas que se enquadrem nas situações previstas no art. 4º do Decreto Federal n. 3.298/1999.

15. Não serão considerados como deficiência os distúrbios de acuidade visual, passíveis de correção simples do tipo miopia, astigmatismo, estrabismo e congêneres.

16. O candidato portador de deficiência, se aprovado, quando de sua posse, será submetido a exames médicos e complementares, que terá decisão terminativa sobre a qualificação como deficiente ou não e o grau de deficiência que não o incapacite para o exercício do cargo. Caso a decisão não o qualifique para o exercício do cargo, é assegurado o contraditório e ampla defesa, conforme disposto no art. 5º, inciso LV da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, podendo interpor recurso administrativo, em única e última instância administrativa, ao Senhor Prefeito Municipal, no prazo de 10 (dez) dias contados da data de sua intimação, da decisão que o desqualificou.

17. Na falta de candidatos aprovados para as vagas reservadas aos portadores de deficiência, estas serão revertidas aos demais concursados, com a estrita observância da ordem de classificação.

18. As pessoas portadoras de deficiência participarão do Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo das provas, avaliação e critérios de aprovação, ao horário e ao local de aplicação das provas e à pontuação mínima exigida.

19. Os candidatos que no ato da inscrição se declararem portadores de deficiência, se aprovados no Concurso Público, terão seus nomes publicados na lista geral dos aprovados e em lista à parte.

XIV - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. O ato inaugural do presente Concurso Público (extrato) e o ato de homologação do resultado final serão publicados no quadro de avisos da PREFEITURA MUNICIPAL DE EXTREMA, no endereço eletrônico da empresa organizadora - www.libertas-mg.com.br , da Prefeitura- www.extrema.mg.gov.br e em mídia impressa (Diário Oficial do Estado - "Jornal Hoje em Dia" e Jornal de grande circulação da região/município - "Jornal Registro"). Os demais atos do Concurso Público serão publicados no quadro de avisos da PREFEITURA MUNICIPAL DE EXTREMA e no endereço eletrônico da empresa organizadora - www.libertas-mg.com.br.

2. Não serão dadas, por telefone, informações a respeito de datas, locais e horários de realização das provas. O candidato deverá observar rigorosamente os comunicados a serem divulgados na forma prevista neste edital.

3. Ao entrar em exercício, o candidato ficará sujeito ao cumprimento do estágio probatório de 03 (três) anos, durante o qual sua eficiência e capacidade serão objeto de avaliação para o desempenho do cargo.

4. A PREFEITURA MUNICIPAL DE EXTREMA e o CENTRO DE CONSULTORIA E TREINAMENTO LIBERTAS, não se responsabilizam por quaisquer cursos, textos, apostilas e outras publicações referentes a este Concurso Público, embora reconheçam sua importância.

5. O candidato deverá manter junto à entidade em que prestou o concurso público, durante o seu prazo de validade, seu endereço atualizado, visando eventuais convocações (realizadas através de envio de carta com aviso de recebimento no endereço indicado pelo candidato), não lhe cabendo qualquer reclamação caso esta não seja possível, por falta da citada atualização.

6. A APROVAÇÃO NO CONCURSO FICA CONDICIONADA À OBSERVÂNCIA DAS DISPOSIÇÕES LEGAIS PERTINENTES, DA RIGOROSA ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO, DO PRAZO DE VALIDADE DO CONCURSO E LIMITES DE VAGAS EXISTENTES OU QUE VIEREM A VAGAR OU FOREM CRIADAS POSTERIORMENTE, SENDO QUE TODAS AS VAGAS OFERECIDAS SERÃO OBRIGATORIAMENTE PROVIDAS DENTRO DO PRAZO DE VALIDADE DO CERTAME (OU SEJA, O CANDIDATO TEM O DIREITO DE SER NOMEADO DENTRO DO NÚMERO DE VAGAS OFERECIDAS).

7. Caso sejam necessárias contratações temporárias para atender situações de Excepcional Interesse Público, no prazo de validade do Concurso, poderá ser utilizada a lista de classificação em ordem decrescente da pontuação, para o chamamento dos contratados observados a conveniência administrativa.

8. No caso de ser criada a vaga, os eventuais contratados temporariamente para atender situações de Excepcional Interesse Público, terão prioridade no chamamento para vaga, tendo em vista sua classificação final, observadas as prioridades aos deficientes físicos.

9. O candidato aprovado no presente concurso público deverá tomar posse no prazo de no prazo de 30 (trinta) dias contados da data da publicação da Portaria de nomeação, prorrogável por igual período, mediante solicitação escrita do interessado e despacho favorável da autoridade competente para dar posse. A convocação para posse será enviada para o endereço indicado pelo candidato no ato da inscrição, através dos Correios, por meio de Sedex com AR.

10. Quando a posse do candidato não ocorrer dentro do prazo previsto, sua nomeação será considerada sem efeito, implicando no reconhecimento da desistência e renúncia quanto ao preenchimento do cargo para o qual foi aprovado, reservando-se à administração o direito de convocar o próximo candidato.

11. Para o cargo de Agente Comunitário de Saúde, a posse somente se dará se o mesmo já houver concluído o Curso Introdutório de Formação Inicial e Continuada, conforme fixa a Lei nº 11.350 de 5 de outubro de 2006.

12. Caso não tenha concluído o curso, o mesmo será disponibilizado gratuitamente ao candidato, onde serão oportunamente informados: o período e o local onde será realizado, os procedimentos para a formalização da matrícula, os critérios para a aferição da frequência, os mecanismos de avaliação e as sanções para o candidato que não formalizar a matrícula ou não comparecer às aulas.

13. Este curso terá caráter eliminatório, não podendo o candidato reprovado por alguma razão, ser contratado através da classificação deste Concurso Público, pela Prefeitura Municipal de Extrema.

14. É de inteira responsabilidade do candidato, acompanhar a publicação do Edital ou comunicado referente ao Curso Introdutório de Formação Inicial e Continuada, de acordo com o item XIV 1, deste edital.

15. No ato da posse no cargo o candidato deverá apresentar, obrigatoriamente, os seguintes documentos:

a) fotocópia de comprovante de residência;

b) fotocópia da certidão de nascimento ou casamento ou averbações, se houver;

c) fotocópia da Cédula de Identidade ou Carteira de Identidade Profissional e CPF;

d) fotocópia do cartão de cadastramento no PIS/PASEP (se possuir);

e) laudo médico favorável, fornecido por profissional ou junta médica devidamente credenciada pela PREFEITURA MUNICIPAL DE EXTREMA;

f) 2 fotografias 3x4 recentes;

g) fotocópia do Título de Eleitor com o comprovante de votação na última eleição;

h) fotocópia do Certificado de Reservista, de isenção ou de dispensa (se do sexo masculino);

i) Declaração de bens que constituam seu patrimônio;

j) declaração de que não infringe o art 37, inciso XVI da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 (Acumulação de Cargos e Funções) e ainda, quanto aos proventos de aposentadoria, o disposto no art 37, §10, da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, com a redação dada pela Emenda Constitucional nº 20/98;

k) fotocópia do comprovante de capacitação legal para o exercício do cargo (diploma registrado ou declaração ou atestado ou certificado de conclusão do curso emitido pela instituição de ensino, carteira de identidade profissional, registro no órgão de fiscalização do exercício profissional competente).

16. Os casos omissos ou duvidosos serão resolvidos pela Comissão Especial de Concurso Público e ratificados pelo Prefeito Municipal.

17. A eliminação de registros escritos produzidos durante o Concurso Público será realizada após o(s) prazo(s) de que trata a Resolução nº 14, de 24/10/2001 do CONARQ (Conselho Nacional de Arquivos).

18. Caberá ao Prefeito Municipal a homologação do resultado final.

19. Integra também o presente Edital o Cronograma do Concurso, constante do  ANEXO VII deste Edital.

EXTREMA/MG, 15 de junho de 2012.

LUIZ CARLOS BERGAMIN
PREFEITO DO MUNICÍPIO DE EXTREMA

ANEXO I

C
ó
d
.

Cargos

V
e
n
c
i
m
e
n
t
o

(
R
e
a
i
s

-

R
$
)

Nº de Vagas

Requisitos (escolaridade, categoria profissional e outras exigências do cargo)

C
a
r
g
a

H
o
r
á
r
i
a

S
e
m
a
n
a
l

(
H
o
r
a
s
)

V
a
l
o
r

d
a

t
a
x
a

d
e

i
n
s
c
r
i
ç
ã
o

(
R
e
a
i
s

-

R
$
)

Provas

P
o
r
t
.

D
e
f
i
c
.

D
e
m
a
i
s

V
a
g
a
s

C
a
d
a
s
t
r
o

R
e
s
e
r
v
a

Tipos

N
º

d
e

q
u
e
s
t
õ
e
s

P
o
n
t
o
s

p
o
r

q
u
e
s
t
ã
o

1

Ajudante de Serviço Escolar

552,31

2

19

SIM

Alfabetizado

40

29,80

Português

13

4

Matemática

12

4

2

Ajudante de Manutenção Geral

852,66

1

13

SIM

Alfabetizado

40

46,00

Português

13

4

Matemática

12

4

3

Motorista

852,66

1

9

SIM

4ª. Série do Ensino Fundamental + CNH "D"

40

46,00

Português

13

4

Matemática

12

4

Prova Prática

1

100

4

Pedreiro Vias Públicas

1.532,28

1

6

SIM

4a. Série do Ensino Fundamental

40

82,00

Português

13

4

Matemática

12

4

Prova Prática

1

100

5

Pintor de Parede

1.143,03

-

2

SIM

4a. Série do Ensino Fundamental

40

61,70

Português

13

4

Matemática

12

4

Prova Prática

1

100

6

Cozinheiro

852,66

1

4

SIM

Ensino Fundamental Completo + dois anos de experiência comprovada

40

46,00

Português

13

4

Matemática

12

4

7

Mecânico de Veículos a diesel

1.774,08

-

2

SIM

Ensino Fundamental Completo + três anos de experiência profissional comprovada

40

95,00

Português

13

4

Matemática

12

4

Prova Prática

1

100

8

Agente Epidemiológico

682,15

1

5

SIM

Ensino Fundamental Completo

40

36,80

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos e de Saúde Pública

10

4

9

Agente da Administração

682,15

1

16

SIM

Ensino Fundamental Completo

40

36.80

Português

10

4

Matemática

10

4

Noções de Informática

5

4

10

Auxiliar de Consultório Dentário

682,15

-

4

SIM

Curso de Nível Fundamental completo, curso profissionalizante da especialidade ou experiência profissional mínima de 06 meses e Registro no CRO/MG.

40

36,80

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos e de Saúde Publica

10

4

11

Inspetor de Alunos

789,81

1

8

SIM

Ensino Médio Completo

40

42,60

Português

10

4

Matemática

10

4

Noções de Informática

5

4

12

Monitor Escolar

852,66

3

40

SIM

Ensino Médio Completo

40

46,00

Português

10

4

Matemática

10

4

Noções de Informática

5

4

13

Auxiliar Administrativo

852,66

1

7

SIM

Ensino Médio Completo

40

46,00

Português

10

4

Matemática

10

4

Noções de Informática

5

4

14

Instrutor de Informática

1.210,57

-

4

SIM

Curso de Magistério a Nível Médio

30

65,00

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos

10

4

15

Auxiliar de Enfermagem

852,66

1

13

SIM

Ensino Médio Completo + Curso de Auxiliar de Enfermagem e Registro no COREN

40

46,00

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos e de Saúde Publica

10

4

16

Técnico de Laboratório

1.143,03

-

2

SIM

Curso Técnico em Laboratório de Nível Médio

40

61,70

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos e de Saúde Publica

10

4

17

Secretária de Escola

789,81

1

9

SIM

Ensino Médio Completo

40

42,60

Português

10

4

Matemática

10

4

Noções de Informática

5

4

18

Zelador de Escola

852,66

1

5

SIM

Ensino Médio Completo

40

46,00

Português

10

4

Matemática

10

4

Noções de Informática

5

4

19

Técnico Ambiental

1.532,28

-

2

SIM

Curso Técnico de Nível Médio

40

82,00

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos

10

4

20

Agente Comunitário de Saúde PSF I - Tenentes - (Tenentes, Jardim,Juncal, Helinho, Climp, Nelson Marques, Sertão Lopes, Pedroso.Paulo, Valongo, Nossa Senhora das Graças, Criolo Doido, Morada Nova).

682,15

-

4

SIM

Ensino Médio completo, morar na área de abrangência do PSF na data da publicação do edital e curso de capacitação

40

36,80

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos

5

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

21

Agente Comunitário de Saúde PSF II - Salto - (Salto - Cima, Meio- Baixo-, Posses, Forjos, Morro Grande Retiro)

682,15

-

4

SIM

Ensino Médio completo, morar na área de abrangência do PSF na data da publicação do edital e curso de capacitação

40

36,80

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos

5

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

22

Agente Comunitário de Saúde PSF III - Lavapés -(Centro, Jardim Santa Rita)

682,15

-

4

SIM

Ensino Médio completo, morar na área de abrangência do PSF na data da publicação do edital e curso de capacitação

40

36,80

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos

5

4

Conhecimentos deSaúde Pública

5

4

23

Agente Comunitário de Saúde PSF IV - Bela Vista: (Bela Vista,Vila João Epidio, Barreiro, Rodeio,Vila Frum)

682,15

-

3

SIM

Ensino Médio completo, morar na área de abrangência do PSF na data da publicação do edital e curso de capacitação

40

36,80

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos

5

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

24

Agente Comunitário de Saúde PSF V- Roseira: (Roseira, Rodeio, Furnas - Cima, Meio, Baixo - , São Brás, Pessegueiro).

682,15

-

4

SIM

Ensino Médio completo, morar na área de abrangência do PSF na data da publicação do edital e curso de capacitação

40

36,80

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos

5

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

25

Agente Comunitário de Saúde PSF VI - Mantiqueira: (Residencial Mantiqueira, Pires, Ponte Alta, Godoy, Fazenda Matão, Várzea do João Pinto, Fisgão,Fronteira).

682,15

-

4

SIM

Ensino Médico completo, morar na área de abrangência do PSF na data da publicação do edital e curso de capacitação

40

36,80

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos

5

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

26

Agente Comunitário de Saúde PSF VII - Vila Esperança(Vila Esperança, Jardim Europa, Jardim Itália, Jardim São Cristovão, Vila Egidinho, Cachoeira, Ponte Alta, Estrada Embratel).

682,15

-

4

SIM

Ensino Médio completo, morar na área de abrangência do PSF na data da publicação do edital e curso de capacitação

40

36,80

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos

5

4

Conhecimentos de Saúde Pública Específicos

5

4

27

Agente Comunitário de Saúde - PSF VIII - Agenor: (Pedacinho do Céu, Parque dos Pássaros, Vila Rica, Morro Grande, Jardim Nova Extrema).

682,15

1

5

SIM

Ensino Médio completo, morar na área de abrangência do PSF na data da publicação do edital e curso de capacitação

40

36,80

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos

5

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

28

Agente Comunitário de Saúde PSF IX - Centro: (Centro, Morbidelli, Jardim Santa Cruz, Jardim Bela Vista, Bosque, Ponte Nova, Estrada Fabiano).

682,15

-

4

SIM

Ensino Médico completo, morar na área de abrangência do PSF na data da publicação do edital e curso de capacitação

40

36,80

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos

5

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

29

Professor de Ensino Infantil

1210,57

2

23

SIM

Curso Normal Superior e/ou Licenciatura Plena em Pedagogia com Habilitação em Educação Infantil.

30

65,00

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos, de Ensino e Atualidades

10

4

Títulos

1

10

Redação

1

20

Elaboração de Plano de Aula

1

25

30

Professor de Educação Básica I

1210,57

2

24

SIM

Curso Normal Superior e/ou Licenciatura Plena em Pedagogia com Habilitação de Magistério nas séries iniciais.

30

65,00

Português

10

4

Matemática

5

4

Conhecimentos Específicos, de Ensino e Atualidades

10

4

Títulos

1

10

Redação

1

20

Elaboração de Plano de Aula

1

25

31

Professor de Educação Básica II - Português

16,03 por hora/aula

-

3

SIM

Curso superior, Licenciatura de graduação plena com habilitação especifica ou formação superior em área correspondente e complementação nos termos da legislação vigente

V
a
r
i
á
v
e
l

100,00

Conhecimentos específicos

20

4

Conhecimentos de Ensino e atualidades

5

4

Redação

1

20

Títulos

1

10

Elaboração de Plano de Aula

1

25

32

Professor de Educação Básica II - Matemática

16,03 por hora/aula

1

7

SIM

Curso superior, Licenciatura de graduação plena com habilitação especifica ou formação superior em área correspondente e complementação nos termos da legislação vigente

V
a
r
i
á
v
e
l

100,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Ensino e atualidades

5

4

Redação

1

20

Títulos

1

10

Elaboração de Plano de Aula

1

25

33

Professor de Educação Básica II - Artes

16,03 por hora/aula

-

2

SIM

Curso superior, Licenciatura de graduação plena com habilitação especifica ou formação superior em área correspondente e complementação nos termos da legislação vigente

V
a
r
i
á
v
e
l

100,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Ensino e atualidades

5

4

Redação

1

20

Títulos

1

10

Elaboração de Plano de Aula

1

25

34

Orientador Pedagógico I

1.313,92

-

1

SIM

Licenciatura plena em pedagogia com Habilitação Especifica em Supervisão Escolar. e ou pós- graduação na área de Educação e ter no mínimo 02 (dois) anos de exercício efetivo no magistério público ou privado, no campo de atuação.

20

70,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Ensino e atualidades

5

4

Redação

1

20

Títulos

1

10

35

Orientador Pedagógico II

2.627,58

-

2

SIM

Licenciatura plena em pedagogia com Habilitação Especifica em Supervisão Escolar. e ou pós- graduação na área de Educação e ter no mínimo 02 (dois) anos de exercício efetivo no magistério público ou privado, no campo de atuação.

40

140,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Ensino e atualidades

5

4

Redação

1

20

Títulos

1

10

36

Pedagogo

1.856,04

-

3

SIM

Curso Superior em Pedagogia com Registro no Órgão de Classe e Especialização em Psicopedagogia

20

100,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Ensino e atualidades

5

4

37

Psicólogo Escolar

1.856,04

-

1

SIM

Curso Superior em Psicologia com Registro no Órgão de Classe e Especialização em Psicopedagogia

20

100,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de

Ensino e atualidades

5

4

38

Psicólogo

1.856,04

1

6

SIM

Curso Superior e Registro no Órgão de Classe

20

100,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

39

Assistente Social

1.856,04

-

3

SIM

Curso Superior e Registro no Órgão de Classe

30

100,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

40

Analista Ambiental

2.650,84

-

3

SIM

Superior Completo

40

143,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

15

4

41

Arquiteto

2.650,84

-

1

SIM

Curso Superior e Registro no Órgão de Classe

40

143,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

15

4

42

Fisioterapeuta

1.856,04

-

3

SIM

Curso Superior e Registro no Órgão de Classe

20

100,00

Português

10

4

Conhecimentos

10

4

43

Dentista

2.650,84

1

4

SIM

Curso Superior e Registro no Órgão de Classe

20

140,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

44

Enfermeiro

1.856,04

1

5

SIM

Curso Superior e Registro no Órgão de Classe

30

100,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

45

Farmacêutico

1.856,04

-

2

SIM

Curso Superior em Farmácia e Registro no Órgão de Classe

20

100,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

46

Farmacêutico/Bioquímico

1.856,04

-

1

SIM

Curso Superior em Bioquímica e Registro no Órgão de Classe

20

100,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

47

Nutricionista

1.856,04

-

2

SIM

Curso Superior e Registro no Órgão de Classe

20

100,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

48

Enfermeiro Padrão

2.650,84

-

4

SIM

Curso Superior e Registro no Órgão de Classe

30

140,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

49

Médico Pronto Atendimento

87,41 por hora

1

18

SIM

Curso Superior e Registro no Órgão de Classe

P
l
a
n
t
ã
o

12 hrs.

200,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

50

Médico da Família

13.977,32

-

4

SIM

Curso Superior e Registro no Órgão de Classe

40

200,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

51

Médico Psiquiatra

2.650,84

-

1

SIM

Curso Superior com Especialização e Registro no Órgão de Classe

6

140,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

52

Médico Neurologista

2.650,84

-

1

SIM

Curso Superior com Especialização e Registro no Órgão de Classe

6

140,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

53

Psicólogo

3.579,46

-

1

SIM

Curso Superior e Registro no Órgão de Classe

40

150,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

10

4

Conhecimentos de Saúde Pública

5

4

54

Biblioteconomo

2.650,84

-

1

SIM

Curso Superior e Registro no Órgão de Classe

40

140,00

Português

10

4

Conhecimentos específicos

15

4

Total de Vagas

P
o
r
t
.

D
e
f
i
c
.

D
e
m
a
i
s

V
a
g
a
s

26

332

Total Geral

358

ANEXO II

ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE (ACS)

Visitas Domiciliares (atividade externa solicitada e supervisionada por profissional enfermeiro); Fazer

cadastramentos familiares, identificação, encaminhamentos e acompanhamentos da população alvo para ações de saúde nos programas específicos (DST/AIDS, DOENÇAS CRÔNICO DEGENERATIVAS, ENDEMIAS, SISVAN, PSF, ETC...); Participação nas ações de Vigilância Sanitária e epidemiológica, cadastrando e tabulando quantitativamente; Solicitar, quando necessário e sob supervisão do enfermeiro, visitas domiciliares, tanto ao Médico da Família, quanto ao enfermeiro; Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

AGENTE DE ADMINISTRAÇÃO

Redigir cartas, ofícios, despachos, memorandos e outros documentos de controle administrativo. Atender ao público, prestando informações relativas à sua área de atuação ou orientando-o para outros setores. Receber, conferir e distribuir documentos e correspondências em sua unidade de trabalho. Efetuar cálculos e conferência de tabelas, quadros, relatórios, preenchimento de fichas e outros documentos, bem como controles administrativos. Executar atividades de arquivamento, de acordo com orientação superior. Operar equipamento eletrônico ou máquinas eletro-eletrônicas que sejam instrumentos para o trabalho realizado no órgão onde atua. Atender a ligações telefônicas internas e externas, executar ligações interurbanas por solicitação superior e transmitir recados. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

AGENTE EPIDEMIOLÓGICO

Redigir cartas, ofícios, despachos, memorandos e outros documentos de controle epidemiológico. Atender ao público, prestando informações relativas à sua área de atuação ou orientando-o para outros setores. Receber, conferir e distribuir documentos e correspondências em sua unidade de trabalho. Efetuar cálculos e conferencia de tabelas, quadros, relatórios, preenchimento de fichas e outros documentos, bem como controles administrativos. Executar atividades de arquivamento, de acordo com orientação superior. Operar equipamento eletrônico ou máquinas eletro-eletrônicas que sejam instrumentos para o trabalho realizado no órgão onde atua. Atender a ligações telefônicas internas e externas, executar ligações irterurbanas por solicitação superior e transmitir recados. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

AJUDANTE DE MANUTENÇÃO GERAL

Executar serviços em obras de engenharia civil em vias públicas, construindo alicerces, estruturas de concreto armado. Executar serviços de pavimentação de ruas, meio fio e cuidar de sua manutenção. Executar serviços de drenagem, analisando plantas com pontos de níveis e programar as operações a serem executadas. Executar serviços de preparo e nivelamento da valas, instalação e conservação de redes de tubos de águas pluviais, construção de caixas coletoras e conservação do sistema de captação.Construção de pontes.Executar se em redes coletoras de esgoto, nivelamento e colocação de tubos com escoras das valas e construção de P.V. (Ponto de vista) e manutenção do sistema.Conhecimento operacional de máquinas, Patrol, Carregadeira, Retroescavadeira e caminhões. Carregar e Descarregar matérias e efetuar transporte para locais definidos quer para armazenamento, quer para utilização. Auxiliar em tarefas de conservação de estradas rurais, limpando canaletas, construindo cercas, quebrando pedras e pavimentos. Zelar pela guarda e conservação do material de trabalho. Atender às normas de Segurança do Trabalho.

AJUDANTE DE SERVIÇO ESCOLAR

Auxiliar na limpeza e conservação da escola, mudança de móveis, nas dependências interna e externa. Ajudar no serviço de café ou similar e lanche, segundo orientação da chefia. Auxiliar no recebimento e entrega de processos, documentos e outros materiais necessários ao serviço escolar, interna e externamente. Desempenhar serviço de portaria, no local de trabalho, segundo demanda e orientações específicas. Efetuar pequenos serviços internos e externos atendendo as necessidades da escola e de seu pessoal. Controlar o estoque de materiais, utilizado em suas atividades, cuidando de seu adequado acondicionamento e armazenamento, solicitando sua reposição, segundo normas e rotinas estabelecidas. Manter limpos, higienizados e conservados os utensílios e equipamentos que são utilizados na preparação de café e lanches. Atender às normas de segurança e higiene do trabalho. Zelar pela guarda e conservação do material de trabalho. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

ANALISTA AMBIENTAL:

Planejamento ambiental, organizacional e estratégico afetos à execução da política de meio ambiente formuladas no âmbito do município, em especial as que se relacionem com as seguintes atividades:

a) - regulação, controle, fiscalização, licenciamento e auditoria ambiental;

b) - monitoramento ambiental;

c) - gestão, proteção e controle da qualidade ambiental;

d) - conservação dos ecossistemas e das espécies neles inseridas, incluindo seu manejo e proteção; e e)- estímulo e difusão de tecnologias, informação e educação ambientais.

Parágrafo único. As atividades mencionadas no caput poderão ser distribuídas por áreas de especialização, mediante ato do Poder Executivo, ou agrupadas de modo a caracterizar um conjunto mais abrangente de atribuições, cuja natureza generalista seja requerida no exercício de suas funções.

ASSISTENTE SOCIAL

Efetuar coleta de dados, análise e diagnóstico no intuito de caracterizar problemas sociais existentes na comunidade e apresentar planos, projetos ou programas propondo as ações adequadas para a solução. Participar da elaboração e execução de planos e programas que visem o desenvolvimento da comunidade no tocante a saúde pública, educação e moradia e outros que venham a exigir sua atuação. Atuar através de palestras, visitas às famílias e outras técnicas e métodos adequados na prevenção e solução de problemas sociais detectados na comunidade. Efetuar levantamento sócio-econômico dos servidores para o desenvolvimento de projeto integrado de aperfeiçoamento de recursos humanos da Prefeitura Municipal. Participar de programas educacionais da rede escolar no sentido de se buscar maior integração entre escola, família e comunidade. Participar de programas de saúde pública e de medicina preventiva, integrando a equipe multiprofissional, interagindo, de forma sistemática com os demais elementos da equipe e promovendo a operacionalização dos serviços para assegurar o efetivo atendimento às necessidades da população. Coordenar, supervisionar e executar as atividades ambulatoriais, integrando a equipe multiprofissional, interagindo, de forma sistemática com os demais elementos da equipe e promovendo a operacionalização dos serviços para assegurar o efetivo atendimento às necessidades da população. Proceder ao atendimento de ambulatório, integrando-se à equipe de trabalho multidisciplinar, oferecendo um serviço que atenda às necessidades da comunidade. Coordenar e supervisionar o pessoal sob seu comando, a fim de garantir os bons resultados nos trabalhos de seu setor de atuação. Preencher corretamente a Ficha Sócio-Econômica. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

ARQUITETO

Realizar estudos urbanísticos, com o intuito de extrair dados e outras informações necessárias ao desenvolvimento do Município. Elaborar projetos paisagísticos, urbanísticos e arquitetônicos de interesse do Município. Realizar estudos e elaborar projetos que tenham por finalidade a preservação do patrimônio histórico do Município. Executar o detalhamento de projetos. Analisar projetos de obras particulares, de loteamento, desmembramento e remembramento de terrenos, emitindo parecer a respeito. Participar da fiscalização das posturas urbanísticas. Orientar e fiscalizar a execução de projetos. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

AUXILIAR ADMINISTRATIVO

Executar trabalhos de protocolo, seleção, classificação, registro, coleção e arquivamento de processos, documentos, publicações, bem como preenchimento de formulários de controle administrativo. Executar atividades de apoio administrativo, classificando e conferindo documentos, na unidade onde atua. Realizar levantamentos coletando dados em arquivos e fichários, efetuando cálculos para obter informações necessárias a relatórios e outros documentos da unidade em que trabalha. Preparar ofícios, circulares, memorandos, quadros demonstrativos, boletins, relatórios, mapas, requisições e outros documentos atendendo a necessidades administrativas. Examinar processos e redigir informações de rotina. Atender ao público, prestando informações relativas à sua área de atuação ou orientando-o para outros setores. Atender a ligações telefônicas internas e externas, executar ligações interurbanas por solicitação superior e transmitir recados. Efetuar preenchimento de guias, requisições e outros impressos. Operar equipamento eletrônico ou máquinas eletro-eletrônicas que sejam instrumentos para o trabalho realizado no órgão onde atua. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

AUXILIAR DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO

Recepção do paciente: ficha clínica, organização de arquivo; Preparo e manutenção das salas de atendimento com suprimento do material necessário; Isolamento do Campo Operatório; Manipulação e classificação de materiais odontológicos; Revelação e montagem de radiografias intra-orais; Preparo do paciente para o atendimento; Auxílio no atendimento: instrumentação do C.D. e/ou THD junto à cadeira operatória; Aplicação de métodos preventivos para o controle de carie dental e doenças periodontais: orientação ao paciente sobre a higiene bucal; Confecção de modelos e troqueis.

AUXILIAR DE ENFERMAGEM

Auxiliar o direito do médico. Cuidar dos pacientes internada em hospital ou clinica, observando seu estado geral no dia a dia. Auxiliar a equipe de técnicos e atendentes de enfermagem. Controlar o uso e a distribuição do material médico-hospitalar. Providenciar que os medicamentos sejam ministrados conforme a prescrição médica, aplicar injeção, soros e fazer curativos.

BIBLIOTECONOMO

Classifica, cataloga, arquiva e conserva o acervo de bibliotecas e centros de documentos; É responsável pelo planejamento, implantação e organização de serviços e de centros de documentação; Ordena coleções de revistas, jornais, livros, discos, fitas magnéticas ou mapas, utilizando sempre que possível os modernos recursos da informática; Orienta o usuário na consulta às fontes bibliográficas e de referência; Responsável pela supervisão dos serviços de restauração e encadernação; Administra os recursos materiais e humanos e a maneira como a informação será classificada e guardada; É responsável pela indexação, codificação e arquivamento de documento; É responsável pelo contato com as editoras, pela análise dos catálogos e pela compra de obras em geral; Outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

COZINHEIRA

Preparar as refeições sempre sob orientação técnica da Nutricionista, bem como seguir o cardápio proposto. Conservar sempre limpos e higienizados, todos os equipamentos e utensílios da cozinha bem como executar os serviços de limpeza e arrumação das dependências da cozinha, refeitório e despensa. Cuidar do recebimento, acondicionamento e armazenamento dos alimentos, para evitar danos que possam comprometer os mesmos. Controlar o estoque dos alimentos e materiais, para pedir reposição segundo as normas e critérios estabelecidos. Zelar pela guarda e conservação do material de trabalho, equipamentos e utensílios. Atender as normas de segurança e higiene do trabalho em conformidade com as orientações recebidas. Participar de treinamentos sempre que solicitados pela chefia. Executar outras atividades similares acima descritas, a critério do chefe imediato. Participar de treinamento sempre que for necessário.

DENTISTA

Receber e examinar pacientes, para fins de diagnóstico, cuidados imediatos e orientação para tratamento programado. Realizar tratamentos empregando técnicas adequadas, bem como as de anestesiologia, profilaxia e higiene bucal. Tirar e interpretar radiografias buco-dentais. Participar de programas de saúde pública e de medicina preventiva. Participar de programas de saúde pública e de medicina preventiva, integrando a equipe multiprofissional, interagindo, de forma sistemática com os demais elementos da equipe e promovendo a operacionalização dos serviços para assegurar o efetivo atendimento às necessidades da população. Coordenar e supervisionar o pessoal sob seu comando, afim de garantir os bons resultados nos trabalhos de seu setor de atuação.

ENFERMEIRO

Elaborar programa relativo às atividades de enfermagem, visando atender às necessidades de saúde da comunidade, garantindo a qualidade do serviço. Proceder ao atendimento de ambulatório, utilizando-se de equipe de trabalho multidisciplinar, oferecendo um serviço que atenda às necessidades da comunidade. Responsabilizar- se pela guarda, conservação e correta utilização das máquinas e equipamentos da área de enfermagem. Prestar assistência à comunidade através de consulta de enfermagem, colaborando no controle de doenças transmissíveis. Participar de programas de saúde pública e de medicina preventiva, integrando a equipe multiprofissional, interagindo, de forma sistemática com os demais elementos da equipe e promovendo a operacionalização dos serviços para assegurar o efetivo atendimento às necessidades da população. Administrar a utilização de medicamentos e sua reposição. Coordenar, supervisionar e executar as atividades ambulatoriais, integrando a equipe multiprofissional, interagindo, de forma sistemática com os demais elementos da equipe e promovendo a operacionalização dos serviços para assegurar o efetivo atendimento às necessidades da população. Coordenar e supervisionar o pessoal sob seu comando, a fim de garantir os bons resultados dos trabalhos de seu setor de atuação. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

ENFERMEIRO PADRÃO

Coordenação do órgão de enfermagem integrante da estrutura básica da instituição de saúde, pública e privada, e chefia de serviço e de unidade de enfermagem. Planejamento, organização, coordenação, execução e avaliação dos serviços de assistência de enfermagem. Cuidados de enfermagem de maior complexidade técnica e que exijam conhecimentos de base científica e capacidade de tomar decisões imediatas. Participação do planejamento, execução e avaliação da programação de saúde. Prevenção e controle sistemático de danos que possam ser causados à clientela durante a assistência de enfermagem. Educação visando à melhoria de saúde da população.

FARMACÊUTICO

Atuar na pesquisa, produção e distribuição de medicamentos e cosméticos. Testa substâncias a serem utilizadas em remédios e em produtos higiênicos e de perfumaria para observar a reação que eles provocam no organismo. Cabe a este profissional fazer o registro de novas drogas e verificar se os produtos não chegam ao consumidor contaminados ou fora dos patrões. Na indústria alimentícia, faz o controle de qualidade das matérias primas e do produto final. Em farmácias, distribui medicamentos e prepara fórmulas individualizadas. Implantar novos métodos de processamento de alimentos, produtos químicos ou drogas. Controlar a venda de medicamentos em drogarias, hospitais e postos de saúde preparar remédios individualizados, conforme prescrição médica. Desenvolver e ampliar exames de laboratórios para o diagnóstico de doenças e de contaminação por alimentos, produtos químicos ou drogas. Formular cosméticos e produtos higiênicos em indústrias e farmácias de manipulação. Atuar no controle de qualidade desses produtos. Acompanhar pacientes internados e submetidos a tratamentos longos assessorar médicos e enfermeiros.Pesquisar e testar princípios ativos e a aplicação de novas drogas nas divisões científicas de indústrias farmacêuticas.

FARMACÊUTICO-BIOQUÍMICO

Realizar exames laboratoriais empregando equipamentos e substâncias apropriadas, de acordo com técnicas adequadas. Efetuar a interpretação e avaliação dos resultados dos exames para fins de diagnóstico clínico. Zelar pela manutenção, aferição e calibração dos equipamentos do laboratório, tendo em vista a efetividade do seu trabalho. Supervisionar o controle de estoque, a armazenagem e validade de materiais e reagentes usados no laboratório. Efetuar registro dos exames realizados e providenciar seu arquivamento. Participar de programas de saúde pública e de medicina preventiva, integrando a equipe multiprofissional, interagindo, de forma sistemática com os demais elementos da equipe e promovendo a operacionalização dos serviços para assegurar o efetivo atendimento às necessidades da população. Coordenar e supervisionar o pessoal sob seu comando, a fim de garantir os bons resultados nos trabalhos de seu setor de atuação. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

FISIOTERAPEUTA

Programar, orientar e executar a prestação do serviço de fisioterapia, efetuando estudo de caso, indicando e utilizando recursos fisioterapêuticos adequados para a reabilitação de pacientes. Avaliar e acompanhar o desenvolvimento físico de pacientes, realizando exames de prova de função física, discutindo com o corpo clínico casos específicos, promovendo o tratamento fisioterápico e analisando periodicamente os resultados, para verificar o progresso individual do paciente. Exercitar a reabilitação física de pacientes, orientando-os na execução de exercícios adequados ao tratamento, utilizando equipamentos e instrumentos fisioterápicos adequados. Coordenar, supervisionar e executar as atividades ambulatoriais, integrando a equipe multiprofissional, participando de forma sistemática com os demais elementos da equipe e promovendo a operacionalização dos serviços para assegurar o efetivo atendimento às necessidades da população. Participar de programas de saúde pública e de medicina preventiva, integrando a equipe multiprofissional, interagindo, de forma sistemática com os demais elementos da equipe e promovendo a operacionalização dos serviços para assegurar o efetivo atendimento às necessidades da população. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

INSPETOR DE ALUNOS

Observar os alunos em todas as dependências da Unidade Municipal de Educação, zelando pelo seu bem estar, orientando-os no cumprimento das normas de conduta e organizando os grupos nos jogos e brincadeiras; Acompanhar os alunos na entrada, saída, nos intervalos de aulas, recreios e ônibus escolar; Zelar pela disciplina dos alunos nas áreas de circulação da Unidade Municipal de Educação; Atender as solicitações da direção e professores pertinentes ao trabalho pedagógico; Verificar o estado geral das salas antes e depois das aulas, comunicando à direção quaisquer irregularidades; Informar à direção e orientação educacional sobre a conduta dos alunos, comunicando ocorrências; Colaborar na divulgação de avisos e instruções de interesse da direção; Colaborar na execução de atividades cívicas, sociais, culturais e trabalhos curriculares complementares; Executar as tarefas delegadas pelo Gestor da Unidade Municipal de Educação, no âmbito de sua atuação; Auxiliar na coordenação e supervisão de turno, segundo determinação de seu superior; Encaminhar para a área competente os alunos que necessitem de atendimento individual; Auxiliar no controle da movimentação de alunos dentro da escola; Encaminhar para a área competente, os pais ou responsáveis pelos alunos para atendimento requerido; Auxiliar na manutenção da ordem e da disciplina, visando o bom funcionamento da escola e a formação do aluno; Participar de reuniões, quando solicitado; Desinbuir-se de todas as atividades que por sua natureza ou virtude das disposições, sejam decorrentes de suas atribuições; Cumprir o horário de trabalho determinado pela equipe diretora, de acordo com os turnos de funcionamento da escola; Executar outras atividades similares por demanda de seu superior.

INSTRUTOR DE INFORMÁTICA

Introduzir o Ensino de Informática para turmas de 3ª, 4ª, 5ª, 6ª, 7ª e 8ª séries do Ensino Fundamental. Trabalhar noções básicas de cuidados de higiene e manuseio do computador e impressora. Trabalhar noções de recursos mais atualizados do Sistema Operacional Windows até que a criança seja capaz de utilizar o computador como auxiliar nas pesquisas escolares e na digitação de trabalhos. Trabalhar os conteúdos de cada disciplina, através de jogos. Auxiliar a participação dos alunos, sempre através de conceitos e notas. Procurar colocar para a criança a importância do conhecimento da Informática nos dias atuais.

MECÂNICO DE VEÍCULOS A DIESEL

Realizar manutenção em bombas, redutores, compressores, turbocompressores, motores a diesel, bombas injetores; Reparar peças, ajustar, lubrificar, testar e instalar equipamentos; Substituir peças, reparar e testar o desempenho de componentes e sistemas de veículos; Realizar manutenções preventivas e corretivas em veículos automotores a diesel e gasolina; Requisitar ao setor de almoxarifado peças e/ou componentes à necessários; Manter a área de trabalho limpa e organizada; Realizar tarefas pertinentes à montagem, desmontagem e manutenção de veículos; Examinar o veiculo inspecionado-o para determinar os defeitos e anormalidades do funcionamento; Realizar a desmontagem de peças de veículos, utilizando materiais, instrumentos e equipamentos próprios, visando identificar os defeitos e anormalidade de funcionamento; Executar a substituição, reparação ou regulagem total ou parcial do sistema mecânico do veiculo; Fazer o desmonte, limpeza e a montagem, órgãos de transmissão de motores e outras partes; Testar o serviço executado, colocando o veiculo em funcionamento e dirigindo, se for o caso, para provar o seu resultado; Zelar por materiais, ferramentas e equipamentos, providenciando limpeza, conserto, manutenção, substituição e devolução; Obedecer às normas e procedimentos de segurança do trabalho, utilizando equipamentos de proteção; Desempenhar outras atividades correlatas.

MÉDICO DA FAMÍLIA (MF)

Prestar assistência médica à comunidade, individual e/ou familiar, tanto em ambulatório quanto em visitas domiciliares, examinando os pacientes, diagnosticando e prescrevendo medicamentos ou outros tratamentos que se fizerem necessários; Requerer exames clínicos laboratoriais, analisa-los e avalia-los para fins de diagnósticos e/ou tratamento; Manter em arquivo, alfanumérico e/ou informatizados, dos pacientes, de acordo com o procedimento previsto; Efetuar atendimento em caso de urgência (se for o caso, clínica ou traumatológicas); Encaminhar pacientes para tratamento especializado, quando o tratamento não for caso adequado à sua especialidade; Participar de programas de saúde pública e de medicina preventiva, integrando equipe multiprofissional, interagindo, de forma sistemática com os demais elementos da equipe e promovendo a operacionalização dos serviços para assegurar o efetivo atendimento às necessidades da população; Colaborar em programas médicos de saúde pública e em especial o Programa de Saúde da Família, promovidos pela municipalidade; Responsabilizar-se pela emissão de laudos médicos para fins diversos; Responsabilizar-se pela equipe multidisciplinar do Programa de Saúde da Família, quanto ao fluxograma de serviços, pontualidade, manutenção das atividades fins; Executar outras atividades similares por demanda do Diretor e/ou Secretária Municipal de Saúde , seu chefe imediato.

MÉDICO ESPECIALISTA

Prestar assistência médica à comunidade, de acordo com sua especialidade, examinando os pacientes, diagnosticando e prescrevendo medicamentos ou outros tratamentos que se fizerem necessários. Requerer exames clínicos laboratoriais, analizá-los e avaliá-los para fins de diagnóstico e tratamento. Manter em arquivo os registros dos pacientes, de acordo com procedimento previsto. Efetuar atendimento em casos de urgências clínicas, cirúrgicas ou traumatológicas. Encaminhar pacientes para tratamento especializado. Participar de programas de saúde pública e de medicina preventiva, integrando a equipe multiprofissional, interagindo, de forma sistemática com os demais elementos da equipe e promovendo a operacionalização dos serviços para assegurar o efetivo atendimento às necessidades da população. Colaborar em programas de fiscalização sanitária. Responsabilizar-se pela emissão de laudos médicos para fins diversos. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

MONITOR ESCOLAR

Auxiliar os professores em sala de aula no acompanhamento e distribuição das tarefas. Orientar as crianças (alunos) juntamente com a professora quanto a higiene, lazer,vestuário, medicação, refeições e repouso. Conduzir as crianças ao banheiro, dar banho (quando for o caso), escovação de dentes, fazer uso do sanitário, acompanhamento diretamente essas atividades. Manter as crianças sempre limpas e com roupas e calçados adequados a todas as situações e adequado com temperatura. Ajudar a servir a merenda ou lanche, e dar na boca quando for o caso. Executar juntamente com a professora atividades recreativas, educacionais e ocupacionais com as crianças, bem como acompanhá-las em passeios fora da unidade escolar. Informar a coordenação qualquer problema de saúde com as crianças para posterior atendimento medico. Manter vigilância constante sobre as crianças, prevenindo acidentes que coloquem em risco a saúde e ou a vida das mesmas. Garantir que todos tenham um comportamento adequado nos horários de refeições, fazendo com que tenham uma boa alimentação, que sentem corretamente em seus lugares e comam adequadamente. Comunicar a coordenação qualquer irregularidade ou ocorrência com as crianças. Manter-se ocupada com atividades em sala, no horário do repouso das crianças. Deixar a sala de aula em ordem, após o termino das atividades do dia. Participar de eventos, palestras e treinamento sempre que solicitado pela chefia. Executar outras atividades similares as acima descritas, a critério do seu chefe imediato.

MOTORISTA

Verificar o bom funcionamento e as condições de segurança do veículo, antes da jornada diária de trabalho, seguindo instruções e normas estabelecidas. Efetuar transporte de passageiros e de compras de pequeno porte realizadas em cidades vizinhas, de acordo com determinação da chefia imediata. Efetuar transporte de passageiros, principalmente alunos da rede de escolas municipais. Efetuar transporte de doentes a serem hospitalizados ou para cidades vizinhas a fim de receberem atendimento especializado. Verificar o itinerário a ser seguido. Dirigir automóvel ou veículo de transporte coletivo observando o fluxo do trânsito e sinalização, zelando pelo conforto e segurança dos passageiros. Dirigir caminhão, observando o fluxo do trânsito e sinalização, zelando pela segurança da carga transportada. Efetuar transporte de cascalho, areia, terra, cimento, pedra e outros materiais similares. Efetuar transporte de cargas diversas de acordo com as necessidades da Prefeitura. Efetuar transporte do lixo coletado , descarregando-o em áreas preparadas para esta finalidade. Solicitar os serviços de manutenção do veículo, especificando os reparos a serem efetuados. Recolher à garagem o veículo após a jornada de trabalho. Atender às normas de segurança do trabalho. Efetuar o controle de combustível, segundo formulário da Prefeitura Municipal. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

NUTRICIONISTA

Planejar e administrar programas de nutrição e regimes alimentares. Estabelecer cardápios e selecionar fornecedores de matéria prima, além de acompanhar a preparação da comida. Orientar a elaboração de dietas por indivíduos ou grupos e supervisionar sua realização. Treinar funcionários e gerenciar a produção de alimentos em indústrias alimentícias, cozinhas industriais, hospitais, restaurantes de empresas e escolas. Supervisionar e gerenciar a produção de alimentos em indústrias alimentícias, cozinhas industriais, hospitais, restaurantes de empresas e escolas. Elaborar cardápios e fornecê-los para empresas aéreas, produtoras de cinema em ou companhias de espetáculos teatrais. Criar cardápios balanceados para restaurantes industriais. Controlar a quantidade da cozinha e as condições de higiene de restaurantes como funcionário ou consultor de hotéis estabelecimentos comerciais. Coordenar pesquisas de produtos, testes de receitas e serviços de atendimento ao consumidor em indústrias alimentícias e cozinhas experimentais. Prescrever dietas a pacientes de hospitais e adaptar a alimentação, formular dietas de emagrecimento e de reeducação alimentar. Prestar consultoria a empresas do setor de alimentos. Fazer o acompanhamento alimentar de atletas e formular a dieta adequada a suas necessidades. Planejar e organizar programas de merenda escolar e alimentação em creches, escolas e centros de saúde.

ORIENTADOR PEDAGÓGICO (I e II)

Orientar e coordenar a elaboração da Proposta Pedagógica na unidade escolar, a fim de contribuir para o planejamento eficaz do sistema municipal de ensino. Elaborar a programação das atividades de sua área de atuação, assegurando sua articulação com as atividades de apoio técnico-pedagógico. Acompanhar, controlar e avaliar o desenvolvimento da programação de currículo das unidades escolares, para assegurar a eficiência do processo educativo. Elaborar, acompanhar e avaliar os planos, programas e projetos voltados para o desenvolvimento do sistema municipal de ensino e da escola em relação a aspectos pedagógicos e didáticos. Avaliar os resultados das atividades pedagógicas, examinando fichas, relatórios, analisando conceitos emitidos sobre alunos, índice de reprovações, cientificando-se dos problemas surgidos, para aferir a eficácia do processo de ensino no âmbito do sistema municipal de ensino. Prestar assistência técnica e pedagógica aos professores visando assegurar a eficiência e eficácia do desempenho dos mesmos para melhoria da qualidade de ensino. Orientar o planejamento das horas- atividade realizadas nas escolas. Propor e coordenar atividades de aperfeiçoamento e atualização de professores para manter um bom nível no processo educativo. Assegurar o fluxo de informações entre as unidades escolares e ao Departamento Municipal de Educação. Estabelecer, implementar e acompanhar as atividades de reforço/ recuperação para os alunos com rendimento insatisfatório. Interpretar a organização técnico-pedagógica do sistema municipal de ensino para a comunidade. Acompanhar com o Gestor de Escola o processo de desenvolvimento dos estudantes, em colaboração com os docentes e as famílias. Realizar estudos e pesquisas relacionadas à sua área de atuação, visando garantir a qualidade e a equidade do sistema municipal de ensino. Elaborar relatório de suas atividades. Assegurar material didático-pedagógico a todos os docentes da sua atividade escolar. Articular e garantir o trabalho coletivo na escola.

PEDAGOGO

Desenvolver serviços relacionados a problemática de aprendizagem, proporcionando a inclusão do individuo à comunidade em geral; Atender a questões relativas a aprendizagem, atuando com conhecimentos específicos, aliados a sua resignação; Explorar a leitura, escrita, pensamento lógico, analise e interpretação de texto, estimulando o processo de desenvolvimento do aluno; Analisar os métodos educativos, utilizados na escola e pela família, bem como de sua interferência no surgimento das dificuldades de assimilação, sugerindo alterações quando necessário. Estudar e entender o processo ensinar-aprender. Desenvolvendo técnicas para casos individuais, contribuindo com a possibilidade do aprender. Estudar e manter-se atualizado a cerca das necessidades especiais mentais, sensoriais, e também das síndromes mais comuns, estando apto com estas características, bem como prestando suporte aos professores que atuam com estas crianças; Realizar avaliações psicopedagógicas, elaborar pareceres, bem como recomendações de programas adequados para alunos em suas especialidades. Ter capacidade de trabalhar em equipe multi profissional, contribuindo com o pleno atendimento das necessidades do educando, pais, professores e escola. Executar outras atribuições, correlatas às acima descritas, conforme demanda e/ou a critério de seu superior imediato.

PEDREIRO DE VIAS PÚBLICAS

Executar serviços em obras de engenharia civil em vias públicas, construindo alicerces, estruturas em concreto armado, levantando paredes e cuidando de seu revestimento. Providenciar e orientar a preparação de concreto e massas. Executar o trabalho de revestimento de paredes, dando-lhes o acabamento especificado. Construir bases de concreto para a instalação de maquinário, postes e outros. Preparar e instalar tubulações para redes elétricas e hidráulicas. Efetuar serviços de demolição de obras públicas. Executar serviços de pavimentação de ruas, meio fio e cuidar de sua manutenção. Atender às normas de segurança do trabalho. Zelar pela manutenção, conservação e limpeza dos equipamentos, ferramentas e do local de trabalho. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

PINTOR DE PAREDES

Verificar o trabalho a ser executado, observando medidas, posição e estado das superfícies a serem pintadas. Limpar e preparar as superfícies a serem pintadas. Preparar material de pintura, misturando tintas, pigmentos, solventes etc. Pintar ornatos, acessórios, móveis, caixilhos e outros elementos das construções. Pintar faixas, sinalização de trânsito, de acordo com demanda de seu superior imediato. Atender às normas de segurança do trabalho. Zelar pela manutenção, conservação e limpeza dos equipamentos, ferramentas e do local de trabalho.Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

PSICÓLOGO

Receber paciente para avaliação e diagnose e emitir laudo indicando problemas e distúrbios de ordem emocional e psíquica e o tratamento adequado. Efetuar o atendimento a paciente em sessões de psicoterapia, quer individuais, quer grupais no sentido de orientá-los na solução de problemas de ordem emocional e psíquica. Participar de programas para o desenvolvimento de recursos humanos dos servidores da Prefeitura Municipal. Participar de programas comunitários de educação para a saúde, organizando cursos, proferindo palestras em matéria específica de psicologia aplicada. Participar de programas de saúde pública e de medicina preventiva, integrando a equipe multiprofissional, interagindo, de forma sistemática com os demais elementos da equipe e promovendo a operacionalização dos serviços para assegurar o efetivo atendimento às necessidades da população. Proceder ao atendimento de ambulatório, integrando-se à equipe de trabalho multidisciplinar, oferecendo um serviço que atenda às necessidades da comunidade. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

PSICÓLOGO ESCOLAR

Trabalhar com alunos do ensino fundamental e infantil de 6 a 14 anos. Inserir o trabalho do Psicopedagogo na função social da escola. Ser um mediador entre a família, e escola e a comunidade. Buscar a melhoria nas relações de aprendizagem com alunos. Contribuir para a melhor qualidade de aprendizagem de alunos e educadores. Fazer um trabalho preventivos junto as professores. Detectar dificuldades apresentadas. Fazer análises criticas, das dificuldades apresentadas. Auxiliar o professor na identificação da situação de fracasso na aprendizagem. Ser o continente das ansiedades dos professores, crianças e pais. Encaminhar o aluno ao especialista, de acordo com os problemas que ele apresenta.

PROFESSOR EDUCAÇÃO INFANTIL

Docência na Educação Infantil incluindo, entre outras, as seguintes atribuições: Integrar-se ao esforço coletivo de elaboração, desenvolvimento e avaliação da proposta pedagógica da Educação Infantil, tendo como perspectiva um projeto global de construção de um novo patamar de qualidade. Promover a integração entre os aspectos físicos, emocionais, afetivos, cognitivos/ linguísticos e sociais da criança, entendendo que ela é um ser total, completo e indivisível. preparar aulas, pesquisando e selecionando materiais e informações. Produzir materiais e recursos para utilização didática, diversificando as possíveis atividades e potencializando seu uso em diferentes situações. Promover cuidados necessários como troca de fraldas, banho e alimentação. Participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional. Colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade. Investigar problemas que se colocam no cotidiano da instituição e construir soluções criativas mediante reflexão socialmente contextualizada e teoricamente fundamentada sobre a prática. Desenvolver práticas educativas que contemplem o modo singular de inserção dos alunos, considerando abordagens condizentes com a sua identidade e o exercício da cidadania plena, ou seja, as especificidades do processo de pensamento, da realidade socioeconômica, da diversidade cultural, étnica, de religião e de gênero, nas situações de aprendizagem. Avaliar a adequação das escolhas feitas no exercício da docência, à luz do processo constitutivo da identidade cidadã de todos os integrantes da comunidade escolar, das diretrizes curriculares nacionais da educação infantil e das regras da convivência democrática. Utilizar linguagens tecnológicas em educação, disponibilizando, na sociedade de comunicação e informação, o acesso democrático a diversos valores e conhecimentos. Ensinar e cuidar de alunos na faixa de zero a cinco anos. Incumbir-se das demais tarefas indispensáveis à plena realização dos fins educacionais da escola e ao sucesso do processo de ensino-aprendizagem. Incentivar o aluno a respeitar e preservar o meio ambiente. Colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade. Trabalhar obrigatoriamente os temas transversais. Cumprir plano de trabalho segundo a Proposta Pedagógica da Escola. Conhecer e trabalhar os Parâmetros Curriculares Nacionais da Educação Infantil; Acompanhar o Desenvolvimento Cognitivo do aluno e emitir relatório à Orientação Pedagógica.

PROFESSOR EDUCAÇÃO BÁSICA I

Docência no Ensino Fundamental nos anos iniciais e na Educação de Jovens e Adultos - 1º segmento, incluindo, entre outras, as seguintes atribuições: exercer atividades de planejamento do ano letivo, discutindo a proposta da escola, participando da definição da proposta pedagógica, fixando metas, definindo objetivos e cronogramas e selecionando conteúdos. Preparar aulas, pesquisando e selecionando materiais e informações. diagnosticar a realidade dos alunos e avaliar seu conhecimento, acompanhando o processo de desenvolvimento dos alunos e aplicando instrumentos de avaliação. Interagir com a comunidade escolar, buscando conscientizá-la sobre temas fundamentais para a cidadania e a qualidade de vida. Cumprir plano de trabalho segundo a Proposta Pedagógica da Escola. Ministrar aulas ensinando os alunos com técnicas de alfabetização, expressão artística e corporal. Zelar pela aprendizagem dos alunos. Estabelecer e implementar estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento. Colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade. Desenvolver suas atividades de forma individual e em equipe. Incumbir-se das demais tarefas indispensáveis à plena realização dos fins educacionais da escola e ao sucesso do processo de ensino-aprendizagem. Trabalhar obrigatoriamente os temas transversais.

PROFESSOR EDUCAÇÃO BÁSICA II

Docência no Ensino Fundamental em classes dos anos finais e na Educação de Jovens e Adultos - 2º segmento, incluindo entre outras, as seguintes atribuições: exercer atividades de planejamento do ano letivo, discutindo a proposta da escola, participando da definição da proposta pedagógica, fixando metas, definindo objetivos, cronogramas e selecionando conteúdos. Preparar aulas, pesquisando, selecionando materiais e informações. Cumprir plano de trabalho segundo a Proposta Pedagógica da Escola. Promover a educação dos (as) alunos (as) por intermédio dos seguintes componentes curriculares: língua portuguesa, matemática, ciências naturais, geografia, história, educação artística, educação física e línguas estrangeiras modernas. Planejar cursos, aulas e atividades escolares. Avaliar o processo de ensino-aprendizagem e seus resultados. Registrar práticas escolares de caráter pedagógico. Desenvolver atividades de estudo. Participar das atividades educacionais e comunitárias da escola: para o desenvolvimento das atividades e mobilizando um conjunto de capacidades comunicativas. Estabelecer e implementar estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento. Cumprir os dias letivos e horas aula estabelecidas. Colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade. Incumbir-se das demais tarefas indispensáveis à plena realização dos fins educacionais da escola e ao sucesso do processo de ensino-aprendizagem. Trabalhar obrigatoriamente os temas transversais.

SECRETÁRIA DE ESCOLA

Realizar trabalhos no campo de Secretariado em unidades escolares da rede de educação municipal. Colaborar com a direção da unidade escolar no planejamento, execução e controle das atividades escolares. Coordenar as atividades da Secretaria da escola e do pessoal auxiliar. Proceder à escrituração escolar conforme disposto na legislação vigente. Realizar trabalhos de datilografia e de digitação. Responsabilizar-se, na área de sua competência, pelo cumprimento da legislação de ensino e disposições regimentais. Instruir, informar e decidir sobre expedientes e escrituração escolar, submetendo à apreciação superior os casos que ultrapassem sua área de decisão. Zelar pela conservação do material sob sua guarda, pela boa ordem e higiene em seu setor de trabalho. Executar outras atividades similares por demanda de seu superior hierárquico.

TÉCNICO AMBIENTAL:

Prestação de suporte e apoio técnico especializado às atividades dos Gestores e Analistas Ambientais; execução de atividades de coleta, seleção e tratamento de dados e informações especializadas voltadas para as atividades finalísticas; e orientação e controle de processos voltados às áreas de conservação, pesquisa, proteção e defesa ambiental.

TÉCNICO DE LABORATÓRIO

Desenvolver atividades e executar tarefas rotinizadas de análises laboratoriais para atender às necessidades do serviço. Fazer coleta de amostras e dados em laboratório ou em atividades de campo. Analisar material cito- patológico, procedendo à leitura de lâminas para conclusão diagnóstica. Executar análises laboratoriais, simplificadas e rotinizadas, sob supervisão, para pesquisas e análises clínicas. Preparar reagentes, corantes, soluções, etc, utilizados nos serviços de rotina do laboratório para pesquisas e análises clínicas. Controlar a utilização de materiais e equipamentos para manter o laboratório em condições de uso. Documentar análises realizadas, registrando e arquivando cópias de laudos e resultados de exames, para controle e avaliação dos serviços. Atender às normas de segurança e higiene do trabalho. Executar outras atividades similares por demanda de seu chefe imediato.

ZELADOR DE ESCOLA

Participar da elaboração, execução e avaliação da proposta pedagógica da escola; Executar tarefas gerais determinadas pela equipe diretora, inerente à função e aos objetivos da escola e da educação; Vigiar e zelar pela conservação e asseio do prédio escolar e de suas instalações, equipamentos e mobiliário, controlando o acesso e saída de pessoas e materiais; Abri e fechar o prédio escolar no horário regularmente fixado pela equipe diretora, manter sob vigilância a área total da escola; Manter sob sua guarda as chaves do prédio e de todas as suas dependências; Orientar o público em geral; Auxiliar e orientar os alunos e pais no horário da entrada e saída dos períodos; Comunicar à equipe diretora irregularidade observadas durante seu horário de trabalho; Executar pequenos reparos quando necessários e outras tarefas solicitadas pela equipe diretora, de acordo com sua função e com os objetivos da educação: Realizar limpeza e conservação das instalações escolares e equipamentos dos prédios onde funcionam as unidades da Prefeitura; Carregar e descarregar móveis e equipamentos em veículos; Exercer tarefas manuais simples que exijam esforço físico, certos conhecimentos e habilidades elementares; Exercer outras atividades compatíveis com atribuições do cargo; Cumprir o horário de trabalho determinado pela equipe diretora, de acordo com os turnos de funcionamento da escola.

Concurso relacionado:/Concurso Prefeitura de Extrema - MG 2017/2018