Edital Concurso IFES - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo – ES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
REITORIA
Edital nº. 04, de 13 de outubro de 2011

O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESPÍRITO SANTO, no uso de suas atribuições legais e de acordo com as normas estabelecidas pelo Decreto nº. 6.944, de 21 de agosto de 2009, publicado no Diário Oficial da União de 24 de agosto de 2009, pela Portaria Interministerial nº 56 de 20 de abril de 2011, publicada no Diário Oficial da União de 25 de abril de 2011, pela Portaria nº 243 de 03 de março de 2011, publicada no Diário Oficial de 04 de março de 2011 e pelo Decreto 7.311 de 22 de setembro de 2010, publicado no Diário Oficial da União de 23 de setembro de 2010, torna pública a abertura das inscrições para o Concurso Público de Provas para provimento de cargos da carreira de Técnicos Administrativos em Educação do Quadro de Pessoal Permanente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo,sob o regime de que trata a lei nº. 8.112 de 11 de dezembro de 1990, publicada no Diário Oficial da União de 12 de dezembro de 1990, e suas respectivas alterações, para exercício nos locais discriminados nos quadros constantes do item 2 deste Edital.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 O Concurso regido por este Edital será executado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo - Ifes, e compreenderá Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais e Específicos.

1.2 O presente certame destina-se a selecionar candidatos para provimento de cargos da carreira de Técnicos Administrativos em Educação, de que trata a Lei nº. 11.091, de 12 de janeiro de 2005, publicada no Diário Oficial da União de 13 de janeiro de 2005, para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo - Ifes.

1.3 Os resultados serão divulgados no endereço eletrônico www.ifes.edu.br.

2. DOS CARGOS, DA DISTRIBUIÇÃO DAS VAGAS, DOS LOCAIS DE TRABALHO, DOS REQUISITOS DE QUALIFICAÇÃO PARA INGRESSO, DOS NÍVEIS DE CLASSIFICAÇÃO/NÍVEIS DE CAPACITAÇÃO/ PADRÕES DE VENCIMENTOS INICIAIS, DA CARGA HORÁRIA/ REMUNERAÇÃO INICIAL.

2.1 Dos cargos de Nível de Classificação C:

Cargos

Nº. de Vagas

Local de trabalho

Requisitos de Qualificação para Ingresso

Níveis de Classificação/Níveis de Capacitação/Padrões de Vencimento Iniciais

Carga Horária/ Remuneração Inicial

AUXILIAR DE ENFERMAGEM

01

Campus Cachoeiro de Itapemirim

Ensino Médio completo com Curso Profissionalizante e registro no conselho competente (COREN).

C/I/01

40 horas/1.473,58

01

Campus Aracruz

01

Campus Ibatiba

01

Campus Nova Venécia

AUXILIAR EM ADMINISTRAÇÃO

06

Reitoria

Ensino Fundamental completo com experiência de 12 (doze) meses.

C/I/01

40 horas/1.473,58

02

Campus Vitória

02

Campus Alegre

07

Campus Serra

02

Campus Cachoeiro de Itapemirim

04

Campus São Mateus

06

Campus Cariacica

05

Campus Aracruz

04

Campus Linhares

05

Campus Nova Venécia

01

Campus Venda Nova do Imigrante

01

Campus Guarapari

03

Campus Piúma

03

Campus Ibatiba

01

Campus Vila Velha

AUXILIAR EM ASSUNTOS EDUCACIONAIS

01

Campus Guarapari

Ensino Médio completo com experiência de 6 (seis) meses.

C/I/01

40 horas/1.473,58

MESTRE DE EMBARCAÇÕES DE PEQUENO PORTE

01

Campus Piúma

Ensino Fundamental incompleto com habilitações em Patrão de Pesca de Navegação Interior (PPI) ou Patrão de Pesca em Alto Mar (PAP) ou Mestre de Cabotagem (MCB), todas fornecidas pela Marinha.

C/I/01

40 horas/1.473,58

2.2 Dos cargos de Nível de Classificação D:

Cargos

Nº. de Vagas

Local de Trabalho

Requisitos de Qualificação para Ingresso

Níveis de Classificação/
Níveis de Capacitação/
Padrões de Vencimento
Iniciais

Carga Horária/ Remuneração Inicial

ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO

09

Reitoria

Ensino Médio Profissionalizante com experiência de 12 meses ou Ensino Médio completo com experiência de 12 meses.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

03

Campus Alegre

03

Campus Serra

01

Campus Cachoeiro de Itapemirim

01

Campus Cariacica

01

Campus Aracruz

05

Campus Linhares

02

Campus Nova Venécia

04

Campus Venda Nova do Imigrante

02

Campus Guarapari

06

Campus Piúma

01

Campus Ibatiba

01

Campus Vila Velha

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/
AGROINDÚSTRIA

02

Campus Venda Nova do Imigrante

Ensino Médio Profissionalizante em Agroindústria; ou Agropecuária com habilitação em Agroindústria; ou Alimentos, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Agroindústria; ou Agropecuária com habilitação em Agroindústria; ou Alimentos. Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/
AGROPECUÁRIA

01

Campus Itapina

Ensino Médio Profissionalizante em Agropecuária; ou Agricultura; ou Agroecologia; ou Agronegócio, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Agropecuária; ou Agricultura; ou Agroecologia; ou Agronegócio. Para todas as habilitações, deverá ser comprovada experiência mínima de 6 meses em laboratório da área ou áreas afins. Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/
AGRIMENSURA E CARTOGRAFIA

01

Campus Nova Venécia

Ensino Médio Profissionalizante em Agrimensura; ou Estradas; ou Geoprocessamento; ou Geomática; ou Edificações, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Agrimensura; ou Estradas; ou Geoprocessamento; ou Geomática; ou Edificações. Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/
AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

01

Campus Serra

Ensino médio Profissionalizante em Automação Industrial, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Automação Industrial . Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/
ALIMENTOS

01

Campus Piúma

Ensino Médio Profissionalizante em Alimentos; ou Agroindústria; ou Processamento de Pescado, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Alimentos; ou Agroindústria; ou Processamento de Pescado. Apresentação do registro no Conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/
CIÊNCIAS

01

Campus Colatina

Ensino Médio Profissionalizante em Análises Clínicas; ou Controle Ambiental; ou Química; ou Análises Químicas, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Análises Clínicas; ou Controle Ambiental; ou Química; ou Análises Químicas. Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

01

Campus Piúma

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/
EDIFICAÇÕES

01

Campus Colatina

Ensino Médio Profissionalizante em Edificações, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Edificações. Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

01

Campus Nova Venécia

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/
ELETROMECÂNIC A

01

Campus Cachoeiro de Itapemirim

Ensino Médio Profissionalizante em Eletromecânica ou Mecatrônica, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Eletromecânica ou Mecatrônica. Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/
ELETRÔNICA

01

Campus Cariacica

Ensino Médio Profissionalizante em Eletrônica ou Eletrotécnica ,ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Eletrônica ou Eletrotécnica. Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/
ELETROTÉCNICA

01

Campus Guarapari

Ensino Médio Profissionalizante em Eletrotécnica; ou Eletrônica; ou Eletroeletrônica; ou Mecatrônica, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Eletrotécnica; ou Eletrônica; ou Eletroeletrônica; ou Mecatrônica. Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

01

Campus São Mateus

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/
INFORMÁTICA

01

Campus Serra

Ensino Médio Profissionalizante em Informática; ou Manutenção e Suporte em Informática; ou Redes de Computadores, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico de Informática; ou Manutenção e Suporte em Informática; ou Redes de Computadores. Apresentação do registro no conselho competente, quando couber .

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

01

Campus Cachoeiro de Itapemirim

01

Campus Colatina

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/
MECÂNICA

02

Campus Aracruz

Ensino Médio Profissionalizante em Mecânica, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico de Mecânica. Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

01

Campus Guarapari

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/MEIO AMBIENTE

01

Campus Ibatiba

Ensino Médio Profissionalizante em Análises Clínicas ou Patologia clínica, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Análises Clínicas ou Patologia Clínica. Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/MINERAÇÃO

01

Campus Nova Venécia

Ensino Médio Profissionalizante em Mineração ou Metalurgia, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Mineração ou Metalurgia. Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

TÉCNICO DE LABORATÓRIO/
QUÍMICA

02

Campus Alegre

Ensino Médio Profissionalizante em Química, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico de Química. Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

02

Campus Aracruz

01

Campus Itapina

01

Campus Linhares

01

Campus Nova Venécia

01

Campus Venda Nova do Imigrante

TÉCNICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

02

Reitoria

Ensino Médio Profissionalizante em Eletrônica com ênfase em Sistemas Computacionais ou Informática, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Eletrônica com ênfase em Sistemas Computacionais ou Informática . Apresentação do registro no conselho competente, quando couber.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

01

Campus Alegre

01

Campus Serra

01

Campus Cariacica

01

Campus Aracruz

01

Campus Linhares

02

Campus Venda Nova do Imigrante

01

Campus Ibatiba

02

Campus Piúma

TÉCNICO EM CONTABILIDADE

01

Reitoria

Ensino Médio Profissionalizante em Contabilidade, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Contabilidade. Apresentação do registro no conselho competente.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

01

Campus Cachoeiro de Itapemirim

01

Campus Linhares

01

Campus Venda Nova do Imigrante

01

Campus Ibatiba

01

Campus Vila Velha

TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA

01

Reitoria

Ensino Médio Profissionalizante em Eletrotécnica, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Eletrotécnica. Apresentação do registro no conselho competente.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

TÉCNICO EM ENFERMAGEM

01

Campus Serra

Ensino Médio Profissionalizante em Enfermagem, ou ainda, Ensino Médio completo mais Curso Técnico em Enfermagem. Apresentação do registro no conselho competente.

D/I/1

40 horas/ 1.821,94

01

Campus Nova Venécia

2.3 Dos cargos de Nível de Classificação E:

Cargos

Nº. de Vagas

Local de Trabalho

Requisitos de Qualificação para Ingresso

Níveis de Classificação/Níveis de Capacitação/ Padrões de Vencimento Iniciais

Carga Horária/ Remuneração Inicial

ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

01

Reitoria

Curso superior, em nível de graduação, na área de Informática.

E/I/01

40horas/ 2.989,33

ARQUIVISTA

01

Reitoria

Curso superior em Arquivologia.

E/I/01

40horas/ 2.989,33

BIBLIOTECÁRIO/ DOCUMENTALISTA

01

Campus Alegre

Curso superior em Biblioteconomia com registro no conselho competente.

E/I/01

40horas/ 2.989,33

01

Campus Itapina

01

Campus Colatina

01

Campus Cachoeiro de Itapemirim

01

Campus São Mateus

01

Campus Nova Venécia

01

Campus Venda Nova do Imigrante

01

Campus Guarapari

02

Campus Ibatiba

ENGENHEIRO CIVIL

01

Reitoria

Curso superior em Engenharia Civil com registro no conselho competente.

E/I/01

40horas/ 2.989,33

01

Campus Vila Velha

ENGENHEIRO DE PRODUÇÃO

03

Reitoria

Curso superior em Engenharia de Produção com registro no conselho competente.

E/I/01

40horas/ 2.989,33

ENGENHEIRO DE SEGURANÇA DO TRABALHO

01

Reitoria

Curso superior em Engenharia com especialização em Segurança do Trabalho. Apresentação do registro no conselho competente.

E/I/01

40horas/ 2.989,33

MÉDICO DO TRABALHO

01

Reitoria

Curso superior em Medicina com especialização em Medicina do Trabalho com registro no conselho competente.

E/I/01

20 horas/ 2.989,33

PEDAGOGO

01

Campus Ibatiba

Curso superior em Pedagogia.

E/I/01

40horas/ 2.989,33

PRODUTOR CULTURAL

01

Reitoria

Curso superior em Comunicação Social. Apresentação de registro no conselho competente, quando couber.

E/I/01

40horas/ 2.989,33

PSICOLÓGO

01

Reitoria

Curso superior em Psicologia com registro no conselho competente.

E/I/01

40horas/ 2.989,33

01

Campus Itapina

01

Campus Colatina

01

Campus Cachoeiro de Itapemirim

01

Campus São Mateus

01

Campus Cariacica

01

Campus Aracruz

01

Campus Nova Venécia

01

Campus Venda Nova do Imigrante

01

Campus Ibatiba

3 DAS VAGAS DESTINADAS AOS CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

3.1 Às pessoas portadoras de deficiência, amparadas pelo artigo 37, inciso VIII, da Constituição Federal e pelo artigo 5º, parágrafo 2º, da Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990, publicada no Diário Oficial da União de 12 de dezembro de 1990, serão reservadas 5% das vagas para cada cargo elencado no item 2, e das que vierem a surgir durante o processo de validade do concurso.

3.2 Caso a aplicação do percentual de que trata o subitem anterior resulte em número fracionado, este deverá ser elevado até o primeiro número inteiro subsequente, desde que não ultrapasse a 20% das vagas oferecidas, nos termos do parágrafo 2º do artigo 5º da Lei Nº. 8.112, de 11 de dezembro de 1990, publicada no Diário Oficial da União de 12 de dezembro de 1990.

3.3 Somente haverá reserva imediata de vagas para os candidatos portadores de deficiência quando o número de vagas for igual ou superior a 5.

3.4 Caso o primeiro provimento seja destinado a apenas uma vaga, esta deverá ser preenchida pelo candidato melhor qualificado na lista geral. Assim, das próximas vagas que venham a surgir, para o cargo pleiteado, somente será destinada uma vaga ao primeiro candidato que figure na lista de candidatos com deficiência quando se atingir o número previsto no subitem anterior.

3.5 O candidato que se declarar portador de deficiência concorrerá em igualdade de condições com os demais candidatos.

3.6 Para concorrer a uma das vagas destinadas aos portadores de deficiência, o candidato deverá:

3.6.1 No ato da inscrição, declarar-se portador de deficiência.

3.6.2 Encaminhar laudo médico original ou cópia autenticada, emitido nos últimos doze meses, atestando a espécie e o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID - 10), bem como à provável causa da deficiência, na forma do item 3.7.

3.7 O candidato portador de deficiência deverá entregar no período de 14 a 19 de outubro de 2011, de

8h às 11h e de 13h às 16h (exceto sábados, domingos e feriados), pessoalmente ou por terceiro, em envelope lacrado e devidamente identificado, aos cuidados da Comissão Organizadora do Concurso Público de Técnicos Administrativos , o laudo médico (original ou cópia autenticada) de que trata o subitem 3.6.2 e cópia simples do CPF, no Setor de Protocolo do Local para o qual está concorrendo à vaga.

3.8 O candidato poderá, ainda, encaminhar a documentação de que tratam os subitens 3.6.2 e 3.7, através dos Correios, remetendo-a por SEDEX, postando-a, impreterivelmente, até o dia 19 de outubro de 2011, aos cuidados da Comissão Organizadora do Concurso Público de Técnicos Administrativos, identificando, por fora do envelope, o seu conteúdo, no seguinte endereço: Instituto Federal do Espírito Santo, Avenida Rio Branco, 50, Santa Lúcia, 29056-255 - Vitória-ES. O prazo máximo para recebimento desta documentação postada por SEDEX é o dia 25 de outubro de 2011.

3.9 O fornecimento do laudo médico (original ou cópia autenticada) e da cópia simples do CPF, por qualquer via, é de responsabilidade exclusiva do candidato. O Ifes não se responsabiliza por qualquer tipo de extravio que impeça a chegada da documentação a seu destino.

3.10 O laudo médico (original ou cópia autenticada) e a cópia simples do CPF valerão somente para este concurso, não serão devolvidos e não serão fornecidas cópias desses documentos.

3.11 O candidato portador de deficiência poderá requerer, na forma do subitem 6.12 deste Edital, atendimento especial, no ato da inscrição, para o dia da realização das provas, indicando as condições de que necessita para a realização destas, conforme previsto no artigo 40, parágrafo 1º e 2º, do Decreto nº. 3.298/99 e suas alterações.

3.12 O resultado das solicitações de inscrição para concorrer na condição de portador de deficiência será divulgado no dia 26 de outubro de 2011, no endereço eletrônico www.ifes.edu.br, e, após o prazo para recurso, conforme Anexo I, será homologada no dia 31 de outubro de 2011, no endereço eletrônico citado acima, a relação dos candidatos que tiverem a inscrição deferida para concorrer na condição de portadores de deficiência.

3.13 A inobservância do disposto no subitem 3.6 acarretará a perda do direito ao pleito das vagas reservadas a candidatos em tal condição.

3.14 Os candidatos que se declararem portadores de deficiência, caso aprovados no concurso, serão convocados antes da posse para submeterem-se à Equipe Multiprofissional, composta por um médico, um psicólogo, um assistente social e três profissionais integrantes da carreira almejada pelo candidato, que verificará sua qualificação como portador de deficiência, nos termos do artigo 43 do Decreto nº.

3.298/99 e suas alterações, e a compatibilidade de sua deficiência com o exercício normal das atribuições do cargo.

3.14.1 Compete à Equipe Multiprofissional, designada pelo Ifes a qualificação do candidato como portador de deficiência, nos termos das categorias definidas pela legislação vigente sobre a matéria.

3.14.2 Incumbe à Equipe Multiprofissional a aferição da compatibilidade entre a deficiência diagnosticada e o exercício normal das atribuições do cargo.

3.15 A reprovação pela Equipe Multiprofissional ou o não comparecimento a ela acarretará a perda do direito às vagas reservadas aos candidatos portadores de deficiência.

3.16 O candidato portador de deficiência reprovado pela Equipe Multiprofissional por não ter sido considerado deficiente, caso seja aprovado no concurso, figurará na lista de classificação geral na vaga à qual concorre.

3.17 O candidato portador de deficiência reprovado pela Equipe Multiprofissional em virtude de incompatibilidade da deficiência com as atribuições do cargo será eliminado do concurso.

3.18 O candidato que, no ato da inscrição, se declarar portador de deficiência, se considerado portador

de deficiência e não eliminado na primeira fase do concurso, terá seu nome publicado em lista à parte e figurará, também, em lista de classificação geral na vaga à qual concorre.

3.19 O candidato qualificado pela Equipe Multiprofissional como portador de deficiência, não eliminado na primeira fase do concurso e que figure na lista de classificação geral dentro do número de vagas destinadas à ampla concorrência, permanecerá concorrendo às vagas reservadas aos portadores de deficiência.

3.20 As vagas definidas no subitem 3.1 que não forem providas por falta de candidatos portadores de deficiência aprovados serão preenchidas pelos demais candidatos, observada a ordem geral de classificação.

4 - DO REGIME DE TRABALHO E DA REMUNERAÇÃO

4.1 A remuneração inicial (Vencimento Básico) encontra-se no quadro disposto no item 2 deste Edital e será acrescida de auxílio alimentação no valor de R$ 304,00 (trezentos e quatro reais), podendo ser acrescida, ainda, do Incentivo à Qualificação de que trata o artigo 12 da Lei nº. 11.091/2005, bem como de Auxílio Transporte e Auxílio Pré-Escolar, quando couber.

4.2 O Regime de Trabalho será de 40 horas semanais, com exceção do cargo de Médico do Trabalho que será de 20 horas semanais conforme Lei nº 9.436/97, todos em horários a serem definidos pela Administração, podendo, de acordo com as necessidades da Instituição, as jornadas ocorrerem em turnos diurnos e/ou noturnos.

5 DOS REQUISITOS PARA INVESTIDURA NO CARGO

5.1 O candidato aprovado no processo seletivo de que trata este Edital será investido no cargo se atendidas, na data da investidura, às seguintes exigências:

5.1.1 ter sido aprovado e classificado no Concurso, na forma estabelecida neste Edital;

5.1.2 ser brasileiro nato ou naturalizado ou, se de nacionalidade portuguesa, ser amparado pelo estatuto da igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, na forma do disposto no art. 13 do Decreto nº. 70.436/72, ou ainda, no caso de ter nacionalidade estrangeira, apresentar comprovante de permanência no Brasil;

5.1.3 gozar dos direitos políticos;

5.1.4 estar quite com as obrigações eleitorais;

5.1.5 estar quite com as obrigações do Serviço Militar (para os candidatos do sexo masculino);

5.1.6 possuir os requisitos de qualificação para ingresso exigidos para o exercício do cargo;

5.1.7 estar devidamente registrado em Conselho Regional de Classe, quando couber;

5.1.8 ter idade mínima de 18 anos;

5.1.9 Apresentar declaração do órgão público a que esteja vinculado, quando for o caso, registrando que o candidato tem situação jurídica compatível com nova investidura em cargo público federal, haja vista não ter incidido nos artigos 132,135 e 137, parágrafo único, da Lei nº. 8.112/90 e suas alterações (penalidade de demissão e de destituição de cargo em comissão), nem ter sofrido, no exercício de função pública, penalidade por prática de atos desabonadores;

5.1.10 Apresentar declaração quanto ao exercício ou não de outro cargo/emprego ou função pública e quanto ao recebimento de proventos de aposentadorias e/ou pensões;

5.1.10.1 A acumulação de cargos somente será permitida àqueles casos estabelecidos na Constituição Federal, na Lei nº. 8.112/90 e Parecer AGU GQ nº. 145/98, não podendo o somatório da carga horária dos cargos acumulados ultrapassar 60 horas semanais, respeitada a compatibilidade de horários.

5.1.11 Apresentar autorização de acesso aos dados das Declarações de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física e das respectivas retificações apresentadas à Secretaria da Receita Federal do Brasil, conforme art. 2º da Instrução Normativa nº 67 - TCU, publicado no Diário Oficial da União em 08/07/2011.

5.1.12 Ter aptidão física e mental, conforme artigo 5º, inciso VI, da lei nº. 8.112/90, que será averiguada em exame médico admissional, de responsabilidade do Ifes, para o qual se exigirão exames laboratoriais e complementares às expensas do candidato, cuja relação será oportunamente fornecida.

5.1.13 Apresentar, na data da investidura, cópia simples acompanhada dos originais para conferência, ou cópia autenticada da documentação exigida.

5.1.14 Cumprir as exigências deste edital.

6 DAS INSCRIÇÕES

6.1 Somente serão admitidas inscrições via Internet, no endereço eletrônico www.ifes.edu.br, solicitadas no período de 14 de outubro até as 23h59 min do dia 04 de novembro de 2011. Após esse período, o sistema travará automaticamente, não sendo permitidas novas inscrições.

6.2 O valor da taxa de inscrição, a ser paga, por intermédio de GRU (Guia de Recolhimento da União)

cobrança, em qualquer agência bancária, impreterivelmente até o dia 08 de novembro de 2011, é de:

6.2.1 R$ 80,00 (oitenta reais), para os cargos de Nível de Classificação E;

6.2.2 R$ 70,00 (setenta reais), para os cargos de Nível de Classificação D;

6.2.3 R$ 60,00 (sessenta reais), para os cargos de Nível de Classificação C.

6.3 Para efetivar a inscrição o candidato deverá:

6.3.1 acessar o endereço eletrônico: www.ifes.edu.br;

6.3.2 preencher integralmente e corretamente a ficha de inscrição;

6.3.3 imprimir a GRU e efetuar o pagamento. Esse pagamento poderá ser efetuado em qualquer agência bancária até a data de vencimento: 08 de novembro de 2011.

6.4 Em hipótese alguma será processado qualquer registro de pagamento com data posterior à citada.

6.5 As inscrições somente serão homologadas após a comprovação do pagamento da taxa de inscrição pelo Ifes.

6.6 As solicitações de inscrição cujos pagamentos forem efetuados após a data estabelecida no subitem

6.2 não serão acatadas.

6.7 Não haverá, em hipótese alguma, restituição do valor da taxa de inscrição.

6.8 É vedada a inscrição condicional, a extemporânea, a via postal, a via fax ou via correio eletrônico.

6.9 É vedada a transferência do valor pago a título de taxa para terceiros ou para outros concursos.

6.10 O Ifes não se responsabiliza pela solicitação de inscrição não recebida por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores que impossibilitem a transferência de dados.

6.11 É de exclusiva responsabilidade do candidato a informação dos dados cadastrais exigidos no ato de inscrição, sob as penas da lei, pois fica subentendido que, no referido ato, o mesmo tenha o conhecimento pleno do presente Edital e a ciência de que preenche todos os requisitos.

6.12 O candidato portador de deficiência que necessitar de condições especiais para a realização das provas deverá solicitá-la formalmente, no ato da inscrição, indicando claramente quais os recursos especiais básicos necessários.

6.12.1 A solicitação de condições especiais será atendida segundo os critérios de viabilidade e de razoabilidade.

6.13 A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas deverá levar acompanhante que ficará em sala reservada para essa finalidade e que será responsável pela guarda da criança.

6.14 Não serão aceitas as solicitações de inscrição que não atenderem rigorosamente ao estabelecido neste Edital, sendo, portanto, considerado(a) inscrito(a) neste Concurso Público somente o(a) candidato(a) que cumprir todas as exigências deste Edital.

7 DA ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO

7.1 Faz jus à isenção da taxa de inscrição, nos termos do Decreto nº. 6.593, de 02 de outubro de 2008, publicada no DOU de 03 de outubro de 2008, o candidato que:

7.1.1 estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico, de que trata o Decreto n°. 6.135 de 26 de junho de 2007, publicado no DOU de 27 de junho de 2007; e

7.1.2 for membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto citado neste subitem.

7.2 A isenção deverá ser requerida durante a inscrição, via Internet, no período de 14 a 19 de outubro de 2011, onde o candidato deverá, obrigatoriamente, ao fazer a opção, indicar o seu Número de Identificação Social - NIS, atribuído pelo CadÚnico.

7.3 O Ifes consultará o órgão gestor do CadÚnico, a fim de verificar a veracidade das informações prestadas pelo candidato, pois o simples preenchimento dos dados necessários para a solicitação de isenção, via Internet, não garante ao interessado a isenção da taxa de inscrição, que estará sujeita à análise e deferimento.

7.4 A declaração falsa sujeitará o candidato às sanções previstas em lei, aplicando-se, ainda, o disposto no Parágrafo Único do artigo 10 do Decreto n°. 83.936, de 06 de setembro de 1979.

7.5 Não será aceita solicitação de isenção de pagamento de taxa de inscrição via correio, via fax ou correio eletrônico.

7.6 O não cumprimento de uma das etapas fixadas, a inconformidade de alguma informação ou a solicitação apresentada fora do período fixado implicará a eliminação automática do processo de isenção.

7.7 O resultado da análise das solicitações de isenção da taxa de inscrição será divulgado no dia 26 de outubro de 2011, no endereço eletrônico www.ifes.edu.br e, após o prazo para recurso, conforme Anexo I, no dia 31 de outubro 2011, no endereço eletrônico citado acima, será homologado o resultado da análise dos pedidos de isenção da taxa de inscrição.

7.8 Os candidatos que tiverem suas solicitações de isenção deferidas deverão, após a confirmação do deferimento, entregar declaração de membro de "família de baixa renda", nos termos do Anexo III deste Edital, em envelope lacrado e devidamente identificado aos cuidados da Comissão Organizadora do Concurso Público de Técnicos Administrativos, até o dia 01 de novembro de 2011, de 8h às 11h e de

13h às 16h (exceto sábados, domingos e feriados), pessoalmente ou por terceiros, no setor de protocolo do Local para o qual está concorrendo à vaga.

7.9 O candidato poderá, ainda, encaminhar a documentação a que se refere o subitem 7.8 através dos Correios, remetendo-a por SEDEX, postando-a, impreterivelmente, até o dia 01 de novembro de 2011, aos cuidados da Comissão Organizadora do Concurso Público de Técnicos Administrativos, identificando, por fora do envelope, o seu conteúdo, no seguinte endereço: Instituto Federal do Espírito Santo, Avenida Rio Branco, 50, Santa Lúcia, 29056-255 - Vitória-ES. O prazo máximo para recebimento desta documentação postada por SEDEX é o dia 08 de novembro de 2011. O Ifes não se responsabiliza pelo não recebimento por quaisquer motivos.

7.10 Os candidatos, cujas solicitações tiverem sido indeferidas, para poderem participar do certame, deverão gerar a GRU e efetuar o seu respectivo pagamento até a data estabelecida no subitem 6.2 deste Edital: 08 de novembro de 2011.

8 DA HOMOLOGAÇÃO DA INSCRIÇÃO

8.1 A partir do dia 11 de novembro de 2011, no endereço eletrônico www.ifes.edu.br, estará disponível a homologação das inscrições e o candidato poderá consultar o status de sua inscrição, a data, o horário e o local da realização da Prova objetiva.

8.2 O candidato que não obtiver a confirmação de deferimento de sua inscrição, via internet, deverá procurar a Comissão Organizadora do Concurso Público de Técnicos Administrativos até o dia 16 de novembro de 2011, na Reitoria do Instituto Federal do Espírito Santo, no seguinte endereço: Avenida Rio Branco, 50, Santa Lúcia, 29056-255 - Vitória-ES, das 8h às 12h e de 13h às 17h (exceto sábados, domingos e feriados), sob pena de não ter acesso ao local das provas e a sua realização.

9 DA ESTRUTURA DO CONCURSO PÚBLICO

9.1 O concurso constará de uma etapa, conforme especificação abaixo:

9.1.1 Para os cargos de Nível de Classificação C:

Cargo

Fase Única

Provas

Natureza

Pontuação Máxima

Pontuação Mínima

Auxiliar de Enfermagem

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Auxiliar em Administração

Prova objetiva

Português, Matemática e Informática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Auxiliar em Assuntos Educacionais

Prova objetiva

Português, Matemática e Informática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Mestre de Embarcações de Pequeno Porte

Prova objetiva

Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

9.1.2 Para os cargos de Nível de Classificação D:

Cargo

Fase Única

Provas

Natureza

Pontuação Máxima

Pontuação Mínima

Assistente em Administração

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Técnico de Laboratório/Área: Agroindústria; Agropecuária; Agrimensura e Cartografia; Automação Industrial; Alimentos; Ciências; Edificações; Eletromecânica; Eletrônica; Eletrotécnica; Mecânica; Meio Ambiente; Mineração; Química.

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Técnico de Laboratório/ Informática

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Técnico de Tecnologia da Informação

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Técnico em Contabilidade

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Técnico em Eletrotécnica

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Técnico em Enfermagem

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

9.1.3 Para os cargos de Nível de Classificação E:

Cargo

Fase Única

Provas

Natureza

Pontuação Máxima

Pontuação Mínima

Analista de Tecnologia da informação

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Arquivista

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Bibliotecário/ Documentalista

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Engenheiro Civil

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Engenheiro de Produção

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Engenheiro de Segurança do Trabalho

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Médico do Trabalho

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Pedagogo

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Produtor Cultural

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

Psicólogo

Prova objetiva

Conhecimentos Específicos, Informática, Português e Matemática

Classificatória e Eliminatória

100 pontos

60 pontos

10 DA PROVA OBJETIVA

10.1 A Prova constará de 50 (cinquenta) questões objetivas, constituídas de questões de múltipla escolha com 05 (cinco) opções, sendo que apenas uma estará correta. Terá duração de quatro horas e será realizada no dia 20 de novembro de 2011, no Local para o qual o candidato está concorrendo à vaga, exceto para os candidatos que concorrem às vagas destinadas ao Campus Ibatiba , as quais serão realizadas no Campus Venda Nova do Imigrante e aquelas vagas destinadas ao Campus Vila Velha, as quais serão realizadas na Grande Vitória,sendo:

10.1.1 A Prova para os cargos de Mestre de Embarcações de Pequeno Porte será composta por 50 questões objetivas (2,0 pontos por questão) na forma de: 20 questões de Língua Portuguesa e 30 questões de Matemática, conforme os conteúdos relacionados no Anexo V deste Edital.

10.1.2 A Prova para os cargos de Auxiliar em Administração será composta por 50 questões objetivas (2,0 pontos por questão) na forma de: 20 questões de Língua Portuguesa, 20 questões de Matemática, 10 questões de Informática, conforme os conteúdos relacionados no Anexo V deste Edital.

10.1.3 A Prova para os cargos de Auxiliar em Assuntos Educacionais será composta por 50 questões objetivas (2,0 pontos por questão) na forma de: 20 questões de Língua Portuguesa, 20 questões de Matemática, 10 questões de Informática, conforme os conteúdos relacionados no Anexo V deste Edital.

10.1.4 A Prova para o cargo de Auxiliar de Enfermagem será composta por 50 questões objetivas (2,0 pontos por questão) na forma de: 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática,

10 questões de Informática e 20 questões específicas da área de Conhecimento correspondente ao cargo, conforme os conteúdos relacionados no Anexo V deste Edital.

10.1.5 A Prova para os cargos de Assistente em Administração, Técnico de Contabilidade, Técnico de Eletrotécnica, Técnico de Enfermagem e Técnico de Laboratório/Área (Agroindústria; Agropecuária; Agrimensura e Cartografia; Automação Industrial; Alimentos; Ciências; Edificações; Eletromecânica; Eletrônica; Eletrotécnica; Mecânica; Meio Ambiente; Mineração; Química) será composta por 50 questões objetivas (2,0 pontos por questão) na forma de: 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática e 10 questões de Informática e 20 questões específicas da área de Conhecimento correspondente ao cargo, conforme os conteúdos relacionados no Anexo V deste Edital.

10.1.6 A Prova para Técnico de Tecnologia da Informação e Técnico de Laboratório/Área Informática será composta por 50 questões objetivas (2,0 pontos por questão) na forma de: 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática e 30 questões específicas da área de Conhecimento correspondente ao cargo, conforme os conteúdos relacionados no Anexo V deste Edital.

10.1.7 A Prova para o cargo de Arquivista, Produtor Cultural, Bibliotecário/Documentalista, Médico do Trabalho, Psicólogo, Engenheiro Civil, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Engenheiro de Produção e Pedagogo será composta por 50 questões objetivas (2,0 pontos por questão) na forma de:

10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática, 10 questões de informática e 20 questões específicas da área de Conhecimento correspondente ao cargo, conforme os conteúdos relacionados no Anexo V deste Edital.

10.1.8 A Prova para Analista de Tecnologia da Informação será composta por 50 questões objetivas (2,0 pontos por questão) na forma de: 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática e 30 questões específicas da área de Conhecimento correspondente ao cargo, conforme os conteúdos relacionados no Anexo V deste Edital.

10.2 A Prova objetiva será realizada no dia 20 de novembro de 2011, no Local para o qual o candidato está concorrendo à vaga, conforme o subitem 8.1 e terá duração de 04 (quatro) horas.

10.3 Será eliminado do Concurso o candidato que não atingir o mínimo de 60% (sessenta por cento) do total de pontos ou, mesmo alcançando a pontuação mínima exigida, obtiver pontuação 0 (zero) nas questões de Conhecimento Específico, Informática, Língua Portuguesa ou Matemática.

10.4 Não será admitido na sala de provas o candidato que se apresentar após o início da prova, nem haverá segunda chamada de provas, seja qual for o motivo alegado.

10.5 Não será atribuído valor à questão que, no gabarito, contiver rasuras ou emendas.

10.6 O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos do horário do início da prova, munido de documento de identidade original com foto e caneta esferográfica (tinta azul ou preta).

10.7 O candidato só poderá retirar-se do local de prova com o caderno de prova após transcorridas 2 horas do início da mesma.

10.8 O candidato só poderá retirar-se do local de prova após transcorrida 1 hora do início da mesma.

10.9 O gabarito oficial da Prova objetiva estará disponível no endereço eletrônico www.ifes.edu.br, no dia 21 de novembro de 2011.

10.10 O resultado final da Prova objetiva será divulgado no endereço eletrônico www.ifes.edu.br, no dia 05 de dezembro de 2011.

11 DOS RECURSOS

11.1 Facultar-se-á ao candidato dirigir-se à Comissão Organizadora do Concurso Público, nos períodos previstos no Anexo I deste Edital, apresentando recurso, somente via Internet, no endereço eletrônico www.ifes.edu.br, contra quaisquer dos resultados do presente certame (Inscrição de Portadores de Deficiência, Isenção da Taxa de Inscrição e Prova objetiva).

11.1.1 Será aceito apenas um único recurso para cada situação descrita no subitem anterior, observando-se o prazo para tal, devendo este conter toda argumentação que o candidato pretende apresentar em relação aos questionamentos de cada situação.

11.1.2 Para composição de seu recurso online o candidato deverá:

11.1.2.1 acessar o endereço eletrônico: www.ifes.edu.br;

11.1.2.2 selecionar Servidores no Menu Seleção do respectivo site, depois selecionar Edital 04/2011, depois selecionar Inscrições e finalmente selecionar Recursos.

11.2 Serão indeferidos, sumariamente, todos os recursos interpostos fora do prazo estabelecido e dos moldes expressos no subitem anterior.

11.3 Os recursos, uma vez analisados pela Comissão Organizadora do Concurso e respectivos Responsáveis Técnicos pela Prova objetiva , receberão decisão terminativa e serão divulgados nas datas estipuladas no Anexo I deste Edital, constituindo-se em única e última instância.

11.4 Havendo alteração de resultado proveniente de deferimento de qualquer recurso, haverá nova e definitiva publicação dos resultados no endereço eletrônico www.ifes.edu.br.

12 DO RESULTADO FINAL

12.1 A nota dos candidatos será obtida pela pontuação final da Prova objetiva.

12.2 Havendo empate, terá preferência, para efeito de classificação, sucessivamente, o candidato que:

12.2.1 obtiver maior número de pontos nas questões ou Prova de Conhecimentos Específicos;

12.2.2 obtiver maior número de pontos nas questões de Língua Portuguesa;

12.2.3 obtiver maior número de pontos nas questões de Matemática;

12.2.4 obtiver maior número de pontos nas questões de Informática.

12.3 Havendo candidatos que se enquadrem na condição de idoso, nos termos da Lei nº. 10.741 de 01 de outubro de 2003, publicada no DOU de 03 de outubro de 2003, e, em caso de igualdade no total de pontos, o primeiro critério de desempate será a idade, dando-se preferência ao candidato de idade mais elevada, sendo que os demais critérios seguirão a ordem estabelecida no subitem 12.2 deste Edital.

12.4 O Resultado Final do Concurso Público será divulgado no endereço eletrônico www.ifes.edu.br, no dia 05 de dezembro de 2011, e será homologado e publicado no Diário Oficial da União, no dia 07 de dezembro de 2011, contendo a relação dos candidatos aprovados no certame, classificados de acordo com o anexo II do Decreto nº. 6.944, de 21 de agosto de 2009, publicado no Diário Oficial da União de 24 de agosto de 2009, por ordem de classificação.

12.5 Os candidatos não classificados no número máximo de aprovados de que trata o anexo II do Decreto nº. 6.944, de 21 de agosto de 2009, publicado no Diário Oficial da União de 24 de agosto de 2009, ainda que tenham atingido nota mínima, estarão automaticamente eliminados do concurso público.

13 DO PRAZO DE VALIDADE DO CONCURSO

13.1 O Concurso terá validade de 01 (um) ano, a contar da data de publicação da homologação do resultado final no Diário Oficial da União, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, conforme artigo 12 da Lei nº. 8.112/90 e inciso III, artigo 37 da CF/88.

14 DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

14.1 O Edital completo está disponível no endereço eletrônico: www.ifes.edu.br.

14.2 A inscrição do candidato implicará a aceitação das normas para o concurso público contidas neste Edital e em todos os possíveis comunicados e/ou retificações a serem divulgados e/ou publicados no endereço eletrônico www.ifes.edu.br e no Diário Oficial da União, quando couber.

14.2.1 É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar a publicação de todos os atos referentes a este edital no Diário Oficial da União, ou no endereço eletrônico www.ifes.edu.br.

14.2.2 Em momento algum poderá o candidato alegar desconhecimento das normas estabelecidas neste Edital e suas respectivas alterações.

14.3 A falsidade de afirmativas e/ou de documentos, ainda que verificada posteriormente à realização do Concurso, implicará na eliminação sumária do candidato. Serão declarados nulos de pleno direito a inscrição e todos os atos posteriores dela decorrentes, sem prejuízos de eventuais sanções de caráter judicial.

14.4 Será excluído, por decisão da Comissão Organizadora do Concurso Público, o candidato que:

14.4.1 for surpreendido em comunicação com outro candidato, verbalmente, por escrito ou por qualquer outra forma durante a realização da Prova objetiva;

14.4.2 utilizar-se de livros, códigos, impressos e similares, "pagers", telefones celulares ou qualquer tipo de material de consulta durante a Prova objetiva.

14.4.3 faltar à Prova objetiva de caráter eliminatório.

14.5 O candidato aprovado será convocado, seguindo a ordem classificatória, por correspondência direta para o endereço constante da solicitação de inscrição, obrigando-se a declarar, por escrito, se aceita ou não a sua nomeação para o cargo, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas a partir da ciência. Não havendo pronunciamento do candidato convocado, dentro do prazo estabelecido, o Ifes publicará a convocação no Diário Oficial da União, estabelecendo novo prazo de 48 (quarenta e oito) horas para manifestação. O não pronunciamento do interessado dentro do novo prazo estabelecido permitirá ao Ifes considerá-lo desistente do Concurso Público e convocar o próximo candidato na lista de classificação.

14.6 No caso de mudança de residência, deverá o candidato comunicar o novo endereço à Diretoria de Desenvolvimento de Pessoas do Ifes, sob pena de convocação do próximo candidato, obedecendo-se a ordem crescente de classificação para o cargo.

14.7 O candidato aprovado que não aceitar a sua nomeação para assumir cargo para a qual concorreu ficará automaticamente excluído do Concurso, uma vez que não haverá, em hipótese alguma, final de relação.

14.8 Ao tomar posse, o servidor nomeado para o cargo de provimento efetivo ficará sujeito ao estágio probatório por período de 36 (trinta e seis) meses, durante o qual sua aptidão e capacidade serão objetos de avaliação para o desempenho do cargo.

14.9 O servidor deverá realizar obrigatoriamente, durante o estágio probatório, o curso de Ambientação Institucional, a ser ofertado pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Espírito Santo em qualquer dos Locais onde forem ofertados, no interesse da administração.

14.10 O servidor nomeado, após entrar em exercício, estará impedido de qualquer edital de remoção por um período mínimo de 05 (cinco) anos.

14.11 Não será fornecido ao candidato nenhum documento comprobatório de habilitação e classificação no Concurso Público, valendo, para esse fim, a homologação do resultado do Concurso publicada no Diário Oficial da União.

14.12 A critério da Administração, após o preenchimento das vagas de que trata este Edital, os candidatos classificados poderão ser liberados para provimento em quaisquer dos Locais do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo.

14.13 Na hipótese de, por força maior, a Comissão de Concurso Público designada pelo Reitor do Ifes tiver necessidade de alterar quaisquer das disposições fixadas neste Edital, a comunicação far-se-á através de nota oficial, divulgada pelo site www.ifes.edu.br e pelo Diário Oficial da União, quando couber, constituindo tal documento, a partir de então, parte integrante deste Edital.

14.14 Havendo provimento futuro, e, no interesse da administração, os demais candidatos aprovados poderão optar por serem nomeados para vagas nos Locais ofertados na ocasião, ou aguardar uma possível convocação futura, exclusivamente, para o Local ao qual concorreu à vaga, dentro do período de validade do concurso.

14.15 Os casos omissos ou situações não previstas neste Edital, serão resolvidos pela Comissão responsável pela realização do Concurso Público.

14.16 Para informações e dúvidas referente ao conteúdo deste edital, o candidato poderá entrar em contato através do telefone (027) 3357 7500 Ramal 2011 das 9:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00 horas (exceto sábados, domingos e feriados).

DENIO REBELLO ARANTES

Reitor

.....

ANEXO I

CRONOGRAMA

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS

ETAPA / ATIVIDADE

DATA DE REALIZAÇÃO

LOCAL

Publicação do Edital

14/10/2011

Jornal de grande circulação

14/10/2011

Diário Oficial da União

Período de inscrições

14/10 a 04/11/11

Endereço eletrônico: http://www.ifes.edu.br

Entrega de laudo médico - Portadores de deficiência

14/10 a 19/10/2011

Setor de Protocolo do local para o qual está concorrendo à vaga

Solicitação de isenção da taxa de inscrição

14/10 a 19/10/2011

Endereço eletrônico: http://www.ifes.edu.br

Resultado da solicitação de isenção da taxa de inscrição

26/10/2011

Endereço eletrônico: http://www.ifes.edu.br

Recursos do resultado da solicitação de isenção da taxa de inscrição

27/10/2011

Endereço eletrônico: http://www.ifes.edu.br

Homologação da solicitação de isenção da taxa de inscrição

31/10/2011

Endereço eletrônico: http://www.ifes.edu.br

Resultado da solicitação das inscrições de portadores de deficiência

26/10/2011

Endereço eletrônico: http://www.ifes.edu.br

Recursos do resultado da solicitação das inscrições de portadores de deficiência

27/10/2011

Endereço eletrônico: http://www.ifes.edu.br

Homologação da solicitação das inscrições de portadores de deficiência

31/10/2011

Endereço eletrônico: http://www.ifes.edu.br

Entrega da Declaração de Membro de Família de Baixa Renda - para os casos de solicitação de isenção da taxa inscrição deferida

01/11/2011

Setor de Protocolo do local para o qual está concorrendo à vaga

Data limite para pagamento da taxa de inscrição

08/11/2011

Em qualquer agência bancária

Homologação das inscrições

11/11/2011

Endereço eletrônico: http://www.ifes.edu.br

Prova objetiva

20/11/2011

Local para o qual está concorrendo à vaga.

Divulgação do Gabarito Oficial

21/11/2011

Endereço eletrônico: http://www.ifes.edu.br

Recursos

21/11 a 22/11/2011

Endereço eletrônico: http://www.ifes.edu.br

Resultado dos Recursos

29/11/2011

Endereço eletrônico: http://www.ifes.edu.br

Resultado Final da Prova

05/12/2011

Endereço eletrônico: http://www.ifes.edu.br

Homologação do Resultado Final da Prova objetiva

07/12/2011

Diário Oficial da união

.....

ANEXO II

LOCAIS DE REALIZAÇÃO DAS ETAPAS/ATIVIDADES

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS

Locais para Entrega de Laudo Médico e Declaração de "Membro de Família de Baixa Renda".

Local da Vaga Concorrida

Endereço

Campus de Alegre

Rodovia BR 482 - KM 47 Cachoeiro x Alegre - Distrito de Rive - CEP.: 29500-000 - Alegre-ES - Telefone: (28) 3552-8131 - ramal 210.

Campus Aracruz

Avenida Marobá, 248 (Anexo à Prefeitura Municipal), Bairro Marobá - CEP.: 29192-733 - Aracruz-ES - Telefone: (28) 3256-0958.

Campus Cachoeiro de Itapemirim

Rodovia BR-482 (Cachoeiro-Alegre) - Fazenda Morro Grande - Caixa Postal 527 - CEP.: 29300-970 - Cachoeiro de Itapemirim-ES - Telefone: (28) 3526-9000 e (28) 3526-9016.

Campus Cariacica

Rodovia Governador José Sette, s/n - Bairro Itacibá - CEP.: 29159-410 - Cariacica-ES - Telefone: (27) 3336-2512.

Campus Colatina

Avenida Arino Gomes Leal, 1.700 - Bairro Santa Margarida - CEP.: 29700-558 - Colatina-ES - Telefone: (27) 3723-1500 e (27) 3723-1546.

Campus Guarapari

Estrada da Tartaruga, S/N - Bairro Muquiçaba - CEP.: 29215-090 - Guarapari-ES - Telefone: (27) 3362-6607 e (27) 3361-0515.

Campus Ibatiba

Avenida 7 de Novembro, S/N - Centro - CEP.: 29395-000 - Ibatiba-ES - Telefone: (28) 3543-1335.

Campus Itapina

Rodovia BR-259, Km 70 - Zona Rural - Caixa Postal 256 - CEP.: 29709-910 - Colatina-ES - Telefone: (27) 3723-1202 e (27) 3723-1286.

Campus Linhares

Avenida Filogônio Peixoto, S/N - Bairro Aviso - CEP.: 29901-291 - Linhares-ES - Telefone: (27) 33712366.

Campus Nova Venécia

Rodovia Miguel Curry Carneiro, 799 - Bairro Santa Luzia - CEP.:29830-000 - Nova Venécia-ES - Telefone: (27) 3752-1126 e 3752-1571.

Campus Piúma

Rua Augusto Costa de Oliveira, 660 - Bairro Praia Doce - CEP.: 29285-000 - Piúma-ES - Telefone: (28) 3520-3205.

Reitoria

Avenida Rio Branco, 50 - Bairro Santa Lúcia - CEP.: 29056-255 - Vitória- ES - Telefone: (27) 3357-7500.

Campus Santa Teresa

Rodovia ES-080 - KM 21 - Bairro São João de Petrópolis - CEP.: 29660-000 - Santa Teresa-ES - Telefone: (27) 3259-7878.

Campus São Mateus

Rua Duque de Caxias, 194 A - Bairro Carapina - CEP.: 29933-030 - São Mateus-ES - Telefone: (27) 3771-1262 e (27) 3771-1026.

Campus Serra

Rodovia ES-010 - Km 6,5 - Bairro Manguinhos - CEP.: 29173-087 - Serra-ES - Telefone: (27) 3348-9200.

Campus Venda Nova

Rua Elizabeth Minete Perim, S/N - São Rafael - CEP.: 29375-000 - Venda Nova do Imigrante-ES - Telefone: (28) 3546-1818.

Campus Vila Velha

Avenida Ministro Salgado Filho, S/N - Bairro Soteco - CEP.: 29106-010 - Telefone: (27) 3149-0700.

Campus Vitória

Avenida Vitória, nº. 1729 - Bairro Jucutuquara - CEP.: 29040-780 - Vitória-ES - Telefone: (27) 3331-2200 e 3331-2205.

Observação: Os laudos médicos e as declarações de membro de família de baixa renda poderão também ser enviados por Sedex, conforme descrito no subitem 3.8 e no subitem 7.9, respectivamente, deste Edital.

Concurso relacionado:Concurso IFES - Técnico-Administrativos em Educação