Edital Concurso Prefeitura de Bom Jesus da Lapa – BA

MUNICÍPIO DE BOM JESUS DA LAPA – BA
PREFEITURA MUNICIPAL CONCURSO PÚBLICO
EDITAL No 01/2011

O PREFEITO MUNICIPAL DE BOM JESUS DA LAPA, Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais, conferidas pela Constituição da República e pela Lei Orgânica do Município, resolve tornar públicas as instruções especiais destinadas à realização do Concurso Público para o preenchimento dos cargos públicos existentes na Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa, conforme o Edital a seguir:

1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1. O Concurso Público será regido por este Edital e executado pelo Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM.

1.2. Os cargos objeto do Concurso Público, os requisitos necessários para habilitação, os valores dos respectivos vencimentos, o número de vagas e a jornada de trabalho são os constantes do Anexo I deste Edital.

1.2.1. As descrições sumárias dos cargos, a definição de conteúdos programáticos e as demais informações próprias de cada cargo constarão de instruções específicas, expressas nos Anexos I, II e III do presente Edital.

1.2.2. A Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa - BA admitirá o número total dos candidatos aprovados em relação às vagas quantificadas no Anexo I deste Edital, durante a validade do Concurso Público, respeitada a ordem de classificação.

1.3. No ato da inscrição o candidato deverá registrar, no espaço destinado na ficha de inscrição, a denominação do cargo ao qual se candidatará.

1.4. As candidatas grávidas e as lactantes deverão declarar, no ato da inscrição, sua condição para disponibilização de sala especial no dia de aplicação das provas.

1.5. Para efeito do que dispõe o inciso VIII do art. 37 da Constituição Federal, serão reservados aos candidatos com deficiência 5% (cinco por cento) do número de vagas de cada cargo.

1.6. Quando da aplicação do percentual de 5% (cinco por cento) sobre o número de vagas oferecidas para um cargo resultar fração superior a ½ (um meio), assegurar-se-á a reserva de uma vaga.

1.7. Os candidatos aprovados no Concurso Público poderão ser designados para as vagas existentes em qualquer unidade de serviço, de acordo com as necessidades da Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa.

2. REQUISITOS BÁSICOS PARA INVESTIDURA NO CARGO

2.1. Ter nacionalidade brasileira ou equivalente;

2.2. Estar em pleno gozo dos direitos políticos;

2.3. Estar quites com as obrigações militares e eleitorais;

2.4. Ter nível de escolaridade e capacitação técnica exigida para o exercício do cargo;

2.5. Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos até a data da posse;

2.6. Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;

2.7. Apresentar, quando se tratar de profissão regulamentada, no ato da posse, o competente registro de inscrição no respectivo órgão fiscalizador;

2.8. Apresentar declaração de não possuir acúmulo de cargo ou emprego público, exceto aqueles admitidos constitucionalmente.

3. DOS CANDIDATOS COM DEFICIÊNCIA

3.1. É considerada pessoa com deficiência a que se enquadra nas categorias descritas no art. 4o do Decreto Federal no 3.298, de 20 de dezembro de 1999, alterado pelo Decreto Federal no 5.296, de 02 de dezembro 2004.

3.2. Ao candidato abrangido pelo Decreto Federal no 3.298/99, alterado pelo Decreto Federal no 5.296/2004, é assegurado o direito de inscrever-se na condição de deficiente, desde que declare essa condição no ato da inscrição e a sua deficiência seja compatível com as atribuições do cargo ao qual concorre.

3.3. O candidato com deficiência deverá declarar tal condição em local apropriado, na ficha de inscrição.

3.4. Conforme disposto pelo art. 39 do Decreto Federal no 3.298/99, o candidato deverá apresentar no ato de inscrição laudo médico atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID, bem como a provável causa da deficiência.

3.4.1. O laudo deverá ser original ou cópia autenticada, o qual será retido e ficará anexado à Ficha de Inscrição.

3.5. Os candidatos com deficiência aprovados e convocados para a realização da etapa de exames médicos deverão submeter-se à junta médica oficial promovida pela Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa, que terá decisão sobre a sua qualificação como deficiente ou não, bem como sobre a compatibilidade ou não da deficiência com as atribuições do cargo a ser ocupado, sendo lícito ao Poder Executivo Municipal programar a realização de quaisquer outros procedimentos prévios, se a junta de especialistas assim o requerer, para a elaboração de seu laudo.

3.6. A avaliação em questão será realizada sem ônus para o candidato, garantido recurso em caso de decisão denegatória, na forma estabelecida no item 7 deste Edital.

3.7. Não serão consideradas deficiências os distúrbios de acuidade visual passíveis de correção simples, do tipo miopia, astigmatismo, estrabismo e congêneres.

3.8. A não observância do disposto nos itens anteriores acarretará a perda do direito ao pleito das vagas reservadas aos candidatos em tais condições.

3.9. Os candidatos com deficiência participarão do Concurso Público em igualdade de condições com os demais candidatos.

3.10. O candidato com deficiência que necessitar de tratamento diferenciado no dia do Concurso Público deverá especificá-lo na ficha de inscrição, indicando as condições de que necessita para a realização da prova, como, por exemplo, prova em braile ou ampliada, cartão-resposta ampliado.

3.11. A não solicitação de recursos especiais, tempestivamente, conforme disposto no item 3.10, implica a sua não concessão no dia da realização das provas.

3.12. A realização das provas por esses candidatos, em condições especiais, ficará condicionada à possibilidade de fazê-las de forma que não importe quebra de sigilo ou não enseje seu favorecimento.

3.13. O candidato que, no ato de inscrição, se declarar deficiente, se aprovado no Concurso Público, além de figurar na lista geral de classificação, terá seu nome publicado em relação à parte, observada a respectiva ordem de classificação.

4. INSCRIÇÃO NO CONCURSO

4.1. As inscrições serão realizadas no período de 28 de novembro a 09 de dezembro de 2011, pela Internet, através do site www.ibam-concursos.org.br ou presencialmente no local definido neste Edital.

4.1.1. Os valores das inscrições são os dispostos na tabela abaixo:

CARGO/ESCOLARIDADE

VALOR 2011

Cargos de Nível Superior.

R$ 100,00 (cem reais)

Cargos de Nível Médio e

Curso Técnico de Nível Médio.

R$ 45,00 (quarenta e cinco reais)

Cargos de Nível Fundamental

Completo e Incompleto.

R$ 30,00 (trinta reais)

4.2. Procedimentos para inscrição

4.2.1. Para os candidatos que optarem pela inscrição via Internet:

O candidato deverá acessar o site  www.ibam-concursos.org.br onde terá acesso ao presente Edital e seus Anexos, à ficha de inscrição e procedimentos necessários à efetivação da inscrição, que estará disponível no período entre 0 (zero) hora do dia 28/11/2011 e 20:00 horas do dia 09/12/2011.

4.2.2. As inscrições efetuadas via Internet somente serão aceitas após o banco confirmar o efetivo pagamento do valor da inscrição. O candidato poderá verificar a aceitação de sua inscrição no endereço eletrônico www.ibam-concursos.org.br através da opção Área do Candidato.

4.2.3. O pagamento da inscrição através do Boleto Bancário deverá ser feito em espécie, NÃO SENDO ACEITO PAGAMENTO EM CHEQUE, AGENDAMENTO BANCÁRIO OU DEPÓSITO FEITO ATRAVÉS DE ENVELOPE EM TERMINAL ELETRÔNICO.

4.2.4. O pagamento deverá ser efetivado, impreterivelmente, até o último dia previsto para o encerramento das inscrições, até o horário definido no item 4.2.1, caso contrário não será considerado.

4.2.4.1. Os candidatos que realizarem sua inscrição pela Internet no dia 09/12/11 deverão fazê-la de modo que consigam efetuar o pagamento do boleto bancário até às 20:00 horas do mesmo dia.

4.2.5. Os candidatos com deficiência inscritos pela Internet deverão enviar, através de Sedex ou AR, os documentos mencionados nos itens 3.4 e 3.10 deste Edital, durante o período de inscrição, para o Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM, Núcleo de Concursos, situado no Largo IBAM, nº 01 - Humaitá, Rio de Janeiro/ RJ, CEP.: 22271- 070.

4.2.6. O candidato inscrito pela Internet responsabilizar-se-á pela informação dos dados cadastrados no ato de inscrição, sob as penas de lei.

4.2.7. O candidato inscrito pela Internet receberá seu cartão de confirmação via postal e também poderá retirá-lo no endereço eletrônico www.ibam-concursos.org.br através da opção Área do Candidato.

4.2.8. O descumprimento de qualquer das instruções para inscrição via Internet implicará cancelamento da inscrição.

4.2.9. As inscrições pela Internet devem ser feitas com antecedência, evitando o possível congestionamento de comunicação do site www.ibam-concursos.org.br nos últimos dias de inscrição.

4.2.10. O Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM e a Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa não se responsabilizam por qualquer problema na inscrição via Internet motivada por falhas de comunicação, falta de energia elétrica, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a conexão ou a transferência de dados, salvo quando o motivo da falha for comprovadamente de responsabilidade das entidades organizadoras do Concurso.

4.2.11. Informações complementares sobre inscrição via Internet estarão disponíveis no endereço eletrônico www.ibam-concursos.org.br.

4.2.12. Para os candidatos que optarem pela inscrição presencial:

Local: Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa

Endereço: Praça Marechal Deodoro da Fonseca, s/n - Centro - Bom Jesus da Lapa/ BA

Horários: de 8h:00 às 12h:00 e de 14h:00 às 18h:00, de segunda à sexta-feira.

4.2.13. Os pedidos de inscrição obedecerão aos seguintes procedimentos:

a) Recolher, através de depósito bancário, nas agências do Banco do Brasil ou Banco Bradesco a quantia especificada no item 4.1.1, em espécie, NÃO SENDO ACEITO PAGAMENTO

EM CHEQUE, AGENDAMENTO BANCÁRIO OU DEPÓSITO FEITO ATRAVÉS DE ENVELOPE EM TERMINAL ELETRÔNICO.

- Banco do Brasil S/A - agência: 2234-9 - Conta IBAM - Concursos no 5677-4

- Banco Bradesco S/A - agência: 3369-3 - Conta IBAM - Concursos no 20-5

b) Dirigir-se ao posto de atendimento definido no item 4.2.12, portando o comprovante de depósito bancário.

c) Efetuar o preenchimento, sem emendas ou rasuras e de forma legível, da ficha de inscrição, na qual o candidato se compromete a apresentar, em época própria, os documentos comprobatórios dos requisitos previstos no item 2 deste Edital. d) Apresentar documento de identidade sempre oficial, original e com fotografia, que será devolvido ao candidato após as devidas anotações na ficha correspondente. Serão considerados documentos de identidade: Cédula Oficial de Identidade (RG); Carteira expedida por Órgão ou Conselho de Classe (CREA, CRA, CRC, OAB e outros); Carteira de Trabalho e Previdência Social; Certificado de Reservista; Carteira de Motorista com foto e Passaporte.

4.2.14. Cumpridas as exigências do subitem 4.2.13, o candidato receberá o seu cartão de confirmação de inscrição através de envio postal.

4.2.15. O candidato, no ato do recebimento do cartão de confirmação de inscrição, se responsabilizará pela conferência de todos os dados, verificando sua exatidão e solicitando correção, se for o caso, ao IBAM, através dos telefones (21) 2536-9813/ 9815/ 9817/ 9819 ou no site www.ibam-concursos.org.br, não cabendo aos organizadores qualquer responsabilidade pela não conferência.

4.2.16. O candidato que não receber o cartão de confirmação de inscrição até 05 (cinco) dias úteis anteriores à data da prova deverá verificar através do site do IBAM www.ibam- concursos.org.br na Área Documentação do Concurso, ou pelos telefones (21) 2536-9813/ 9815/ 9817/ 9819, as informações sobre a data da prova, horário e local de realização da mesma.

4.2.17. Independentemente do recebimento ou não da comunicação pessoal, o candidato tem o dever de acompanhar a divulgação das informações sobre a realização da prova.

4.2.18. Os candidatos impossibilitados de preencher a ficha de inscrição serão auxiliados por pessoa devidamente designada para esse fim, que lerá todos os dados constantes da referida ficha, antes de o candidato formalizar seu pedido de inscrição.

4.2.19. Será admitida a inscrição por intermédio de Procurador, desde que seja apresentado instrumento público ou particular, que lhe confira os poderes específicos necessários, acompanhado de cópias autenticadas dos documentos de identidade do candidato e do Procurador.

4.2.20. No caso de instrumento particular, não há necessidade de reconhecimento de firma.

4.2.21. O candidato inscrito por procuração assume total responsabilidade pelas informações prestadas por seu Procurador, arcando com as consequências de erros no preenchimento do formulário de inscrição e na efetivação da inscrição.

4.2.22. Não haverá inscrição condicional ou extemporânea nem inscrição por correspondência.

4.2.23. O candidato será responsável por qualquer erro ou omissão no preenchimento da ficha de inscrição, não sendo permitido pedido de retificação após o encerramento do prazo das inscrições, exceto na situação prevista no item 4.2.15.

4.2.24. Após o pagamento do valor de inscrição não será permitida alteração de cargo.

4.2.25. O valor pago a título de inscrição somente será devolvido em caso de suspensão, anulação e cancelamento do Concurso, descabendo qualquer outra hipótese de devolução.

4.2.26. O candidato que realizar sua inscrição presencial na primeira semana deverá retirar o Manual do Candidato, contendo o Edital e Anexos do Concurso Público, a partir do dia 05/12/11, mediante apresentação do comprovante de inscrição.

5. PROCESSO SELETIVO

5.1. Provas Escritas

5.1.1. As provas escritas objetivas serão eliminatórias e se constituirão de questões objetivas de múltipla escolha, conforme descrito no Anexo II deste Edital.

5.1.2. O valor de cada prova escrita objetiva é o constante do Anexo II deste Edital.

5.1.3. Nas provas escritas objetivas eliminatórias, serão considerados habilitados os candidatos que obtiverem nota igual ou superior ao limite mínimo estabelecido no Anexo II deste Edital.

5.1.4. O conteúdo das questões variará de acordo com o grau de escolaridade exigido para o preenchimento do cargo ao qual o candidato concorrer.

5.1.5. Em nenhuma hipótese haverá segunda chamada destas provas.

5.2. Realização das Provas Objetivas

5.2.1. A realização das provas objetivas está prevista, para todos os cargos, para o dia 22 de janeiro de 2012, em dois períodos a saber:

- 1o período para os cargos de Nível Superior e Nível

Fundamental Completo, com abertura dos portões às 8h00 e fechamento às 9h00, para início das mesmas, sendo de 3 (três) horas a duração da prova.

- 2o período para os cargos de Nível Médio e Nível Fundamental Incompleto, com abertura dos portões às 14h00 e fechamento às 15h00, para início das mesmas, sendo de 3 (três) horas a duração da prova.

5.2.2. O local da realização das provas, além de ser divulgado nos sites www.ibam-concursos.org.br e www.bomjesusdalapa.ba.io.org.br, constará do cartão de confirmação de inscrição a ser enviado pelos correios - via postal e no Mural Oficial de Atos da Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa.

5.2.3. As provas serão realizadas na cidade de Bom Jesus da Lapa, nos locais especificados pela organização do Concurso.

5.2.4. O candidato que chegar após o horário de fechamento dos portões não poderá ingressar no local de prova, ficando, automaticamente, excluído do certame.

5.2.5. Para evitar atrasos, recomenda-se que os candidatos compareçam aos locais de prova com antecedência de uma hora do horário previsto para o fechamento dos portões.

5.2.6. O candidato deverá comparecer aos locais de prova munido do cartão de confirmação de inscrição e de documento original de identidade, sempre oficial e com fotografia, e de 2 (duas) canetas esferográficas de tinta azul ou preta.

5.2.6.1. A não apresentação do cartão de confirmação de inscrição, no dia do concurso, não impede que o candidato faça a prova.

5.2.7. Serão considerados documentos de identidade: Cédula Oficial de Identidade (RG); Carteira expedida por Órgão ou Conselho de Classe (CREA, CRA, CRC, OAB e outros); Carteira de Trabalho e Previdência Social; Certificado de Reservista; Carteira de Motorista com foto e Passaporte.

5.2.7.1. Os documentos especificados no item anterior deverão estar dentro do prazo de validade.

5.2.8. O candidato, ao ingressar no local de realização da prova, deverá obrigatoriamente manter desligado qualquer aparelho eletrônico que esteja sob sua posse, incluindo os sinais de alarme e os modos vibração e silencioso. O uso de quaisquer funcionalidades de aparelhos, tais como bip, telefone celular, walkman, receptor/transmissor, gravador, agenda eletrônica, notebook, calculadora, palm-top, relógio digital com receptor, Ipod, MP3, entre outros, incorrerá na exclusão do candidato do certame, mesmo que o aparelho esteja dentro do envelope de segurança, com recolhimento da prova e posterior retirada do candidato do local de prova, mediante registro da ocorrência em ata própria.

5.2.9. Nos locais de prova poderá haver rastreamento eletrônico de sinais.

5.2.10. Caso o candidato não possa apresentar nenhum dos documentos de identidade relacionados no subitem 5.2.7, no dia de realização da prova, por motivo de perda, furto ou roubo de todos eles, deverá ser apresentado documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, expedido há, no máximo, 30 (trinta) dias da data da prova.

5.2.11. Os candidatos só poderão sair do local de realização da prova após 1 (uma) hora do início da mesma, podendo levar o caderno de provas.

5.2.12. Os 03 (três) últimos candidatos a terminar as provas só poderão deixar o local juntos.

5.2.13. O candidato que por ventura sentir-se mal durante a realização da sua prova, poderá interrompê-la até que se restabeleça no próprio local de realização das provas. Caso o candidato não se restabeleça para terminar sua prova dentro do horário estabelecido ou precise ser removido do local de provas, estará eliminado do Concurso Público.

5.2.14. É de responsabilidade do candidato entregar o cartão- resposta ao fiscal de sala antes de sair da sala de provas, para devida conferência. Caso não seja devolvido, o candidato estará sumariamente eliminado do Concurso Público, sem direito a recurso ou reclamação posterior.

5.2.15. A Comissão de Concurso Público poderá, justificadamente, alterar, antes da realização do presente Processo Seletivo, as normas previstas no item 5 e seus desdobramentos, desde que com a finalidade de preservar o bom andamento do certame.

5.3. Títulos

5.3.1. Serão atribuídos pontos aos títulos, que serão adicionados ao total de pontos obtidos pelos candidatos nas demais provas.

5.3.1.1. A contagem dos pontos referida no item anterior obedecerá aos critérios a seguir:

a) Para os candidatos aos cargos de Nível Superior:

  • Curso de Especialização com o mínimo de 360 (trezentas e sessenta) horas/aula, desde que não seja requisitoexigido para provimento e guarde relação direta com as atribuições do cargo para o qual o candidato prestará prova por meio de apresentação do certificado de conclusão e/ou histórico escolar: 01 (um) ponto, até o máximo de 02 (dois) pontos;
  • Mestrado: reconhecido pelo MEC - Ministério da Educação, desde que guarde relação direta com o cargo para o qual o candidato prestará prova por meio de apresentação do certificado de conclusão e Título de Mestre: 02 (dois) pontos;
  • Tempo de serviço na função para a qual está concorrendo comprovado por meio de registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), principalmente das páginas que contenham a identificação do trabalhador e o contrato de trabalho; ato de investidura em cargo ou emprego público ou declaração fornecida pelo empregador devidamente qualificado - constando CNPJ, razão social, assinatura por quem de direito: 01 (um) ponto por ano completo trabalhado até o máximo de 06 (seis) pontos.

b) Para os cargos de Nível Médio e Curso Técnico de Nível Médio:

  • Cursos de aperfeiçoamento, com no mínimo 40 (quarenta) horas/aula, desde que guardem relação diretacom as atribuições do cargo para o qual o candidato prestará prova por meio de apresentação do certificado ou diploma de conclusão do curso: 01 (um) ponto porcurso, até o máximo de 02 (dois) pontos;
  • Tempo de serviço na função para a qual está concorrendo comprovado por meio de registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), principalmente das páginas que contenham a identificação do trabalhador e o contrato de trabalho; ato de investidura em cargo ou emprego público ou declaração fornecida pelo empregador devidamente qualificado - constando CNPJ, razão social, assinatura por quem de direito: 01 (um) ponto por ano completo trabalhado até o máximo de 08 (oito) pontos.

c) Para os cargos de Nível Fundamental Completo e Incompleto:

  • Tempo de serviço na função para a qual está concorrendo comprovado por meio de registro em Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS),principalmente das páginas que contenham a identificação do trabalhador e o contrato de trabalho; ato de investidura em cargo ou emprego público ou declaração fornecida pelo empregador devidamente qualificado - constando CNPJ, razão social, assinatura por quem de direito: 01 (um) ponto por ano completo trabalhado até o máximo de 10 (dez) pontos.

5.3.2. O candidato deverá autenticar em cartório as cópias dos documentos comprobatórios dos títulos ou apresentar os originais junto com as cópias para autenticação da Prefeitura, que devolverá o documento após a verificação dos dados e registros.

5.3.3. Só serão avaliados e pontuados os títulos dos candidatos aprovados nas provas objetivas.

5.3.4. A pontuação máxima na prova de títulos é de 10 (dez) pontos.

5.3.5. Não haverá desclassificação do candidato pela não apresentação de títulos.

5.3.6. As notas atribuídas aos títulos serão adicionadas à nota final, exclusivamente para efeitos de classificação, não como critério de desempate.

5.3.7. Apresentação dos Títulos

5.3.7.1. Os candidatos aprovados nas provas objetivas deverão entregar, pessoalmente, nos dias 14 e 15 de fevereiro de 2012, seus títulos no Protocolo Geral da Prefeitura, situado na Praça Marechal Deodoro da Fonseca, s/n - Centro - Bom Jesus da Lapa/ BA, nos horários de 8h:00 às 12h:00 e de 14h:00 às 18h:00, contra entrega de recibo.

5.3.7.2. Os títulos deverão ser apresentados em envelope fechado, contendo, na sua parte externa, o número da inscrição, o nome do candidato, o cargo para o qual está concorrendo e a descrição dos títulos contidos no envelope, sob responsabilidade pessoal do candidato.

5.3.7.3. A análise das provas de títulos é de responsabilidade do Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM.

5.4. Provas Práticas

5.4.1. Serão aplicadas provas práticas, com caráter eliminatório e classificatório, para os candidatos aos cargos de Motorista e Operador de Máquinas Pesadas.

5.4.2. Serão convocados para as provas práticas os candidatos que tenham sido aprovados nas provas objetivas e classificados até duas vezes o número de vagas para cada cargo, nos dias e horários definidos pela Organizadora do Concurso.

5.4.3. Os candidatos convocados para realização das provas práticas deverão portar o original da Carteira de Habilitação Profissional nas Categorias D ou E, dentro do prazo de validade.

5.4.4. Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem no mínimo 50 (cinquenta) pontos nas provas práticas.

5.4.5. A elaboração, aplicação e correção das provas práticas serão de responsabilidade do IBAM, cabendo o fornecimento da infraestrutura, inclusive máquinas e equipamentos, à Prefeitura Municipal.

5.4.6. A Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa convocará os candidatos para realização das provas práticas por meio de comunicação via postal e o Edital de Convocação será divulgado nos sites www.ibam-concursos.org.br e www.bomjesusdalapa.ba.io.org.br e no Mural Oficial de Atos da Prefeitura de Bom Jesus da Lapa.

5.4.7. O Edital de Convocação conterá os procedimentos, os conteúdos programáticos, as datas, os horários e os locais de realização destas provas.

5.4.8. A critério da Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa, os candidatos aos cargos de Motorista e Operador de Máquinas Pesadas que tenham sido aprovados nas provas escritas objetivas e classificados após o critério definido no item 5.4.2 poderão ser convocados no prazo de validade deste concurso para as provas práticas, obedecida a ordem rigorosa de classificação.

5.4.9. Em nenhuma hipótese haverá segunda chamada destas provas.

6. CONTAGEM DE PONTOS

6.1. A contagem de pontos obedecerá aos critérios a seguir:

a) Para os candidatos aos cargos de Nível Superior, Nível Médio, Nível Fundamental Completo e Incompleto:

O total geral de pontos do candidato será obtido pela soma dos pontos a ele atribuídos em cada uma das provas objetivas, sendo adicionada a esse total a nota obtida com títulos.

b) Para os candidatos aos cargos de Motorista e Operador de Máquinas Pesadas:

O total geral de pontos do candidato será obtido pela soma dos pontos a ele atribuídos em cada uma das provas objetivas, sendo adicionadas a esse total as notas obtidas nas provas de títulos e prática.

7. RECURSOS E REVISÕES

7.1. Aos candidatos serão assegurados recursos em todas as etapas do Concurso.

7.2. O candidato que se sentir prejudicado em qualquer das etapas do Concurso, poderá interpor recurso, mediante requerimento individual, desde que:

a) seja dirigido ao Presidente da Comissão de Concurso Público da Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa e entregue para registro no Protocolo Geral da Prefeitura, situado na Praça Marechal Deodoro da Fonseca, s/n - Centro - Bom Jesus da Lapa/ BA, nos horários de 8h:00 às 12h:00 e de 14h:00 às 18h:00, no prazo máximo de 02 (dois) dias úteis, contados após o ato que motivou a reclamação;

b) constem obrigatoriamente do recurso: nome completo do candidato, número da inscrição, cargo ao qual se candidatou, fundamentação clara e ampla dos motivos e, no caso de recursos contra questões ou gabaritos, a bibliografia pesquisada. O referido recurso deverá ser devidamente firmado pelo candidato em todas as folhas;

c) seja apresentado datilografado ou digitado, devendo ser uma folha para cada questão recorrida, no caso de recursos contra questões, conforme modelo constante do Anexo IV deste Edital, que estará disponível em doc no site www.ibam- concursos.org.br na Área Documentação do Concurso.

7.2.1 Ao término dos prazos para interposição de recursos, os mesmos serão encaminhados ao IBAM para avaliação.

7.3. Será indeferido, liminarmente, o requerimento que não estiver fundamentado ou for apresentado fora do prazo estabelecido na letra "a" do item 7.2.

7.4. Não serão aceitos recursos interpostos por telegrama, procuração, fax, via postal, Internet ou outro meio que não seja o especificado neste Edital.

7.5. Se do exame de recursos resultar anulação de questão ou item de questão, a pontuação correspondente será atribuída a todos os candidatos, independentemente de terem recorrido.

7.6. No caso de o gabarito da prova ser fornecido incorretamente por falha de digitação, publicação ou outra, a questão não será anulada, procedendo-se à sua correção e publicação.

7.7. Será dada publicidade às decisões dos recursos, através dos sites www.ibam-concursos.org.br e www.bomjesusdalapa.ba.io.org.br e do Mural Oficial de Atos da Prefeitura de Bom Jesus da Lapa.

7.8. Não haverá 2ª (segunda) instância de recurso administrativo.

8. RESULTADO FINAL E CLASSIFICAÇÃO

8.1. Considerar-se-á aprovado o candidato que, submetido ao processo seletivo descrito no item 5 do presente Edital, satisfizer todas as condições lá estabelecidas.

8.2. Em caso de igualdade de pontos na classificação nas provas objetivas, serão adotados, sucessivamente, os seguintes critérios para o desempate dos candidatos:

a) para os cargos de Nível Superior.

1o) maior número de pontos na prova de Conhecimentos Técnico-profissionais;

2o) maior número de pontos na prova de Legislação, de acordo com a área de atuação (Legislação Municipal, Legislação do SUS ou Aspectos Legais da Política Educacional);

3o) maior número de pontos na prova de Português;

4o) maior idade.

b) para os cargos de Nível Médio e Curso Técnico de Nível Médio.

1o) maior número de pontos na prova de Conhecimentos Técnico-profissionais;

2o) maior número de pontos na prova de Legislação Municipal ou Noções de Informática;

3o) maior número de pontos na prova de Português;

4o) maior idade.

c) para os cargos de Nível Fundamental Completo e Incompleto.

1o) maior número de pontos na prova de Conhecimentos Técnico-profissionais;

2o) maior número de pontos na prova de Português;

3o) maior número de pontos na prova de Matemática;

4o) maior idade.

8.2.1. Quando a igualdade de pontos na classificação envolver, pelo menos, 01 (um) candidato com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, o desempate far-se-á considerando como primeiro critério o mais idoso, após o qual serão aplicados os critérios estabelecidos no item 8.2.

8.3. O resultado final dos candidatos que farão provas de títulos e práticas, conforme os critérios e limites estabelecidos neste Edital, será divulgado quando da aplicação e correção das referidas provas.

8.4. Apurada a classificação, esta será publicada como resultado final do Concurso, em ordem decrescente dos pontos, em duas listas, contendo, a primeira, a pontuação de todos os candidatos aprovados, inclusive a dos candidatos com deficiência, e a segunda, somente a pontuação destes últimos.

8.4.1. O resultado final do Concurso será divulgado nos sites www.ibam-concursos.org.br e www.bomjesusdalapa.ba.io.org.br, no Mural Oficial de Atos da Prefeitura de Bom Jesus da Lapa e posteriormente na Imprensa Oficial do Município.

8.5. Os candidatos aprovados passarão a constituir um cadastro de reserva pelo período de validade do Concurso, cabendo-lhes a responsabilidade de manter atualizado seu endereço para fins de convocação, sob pena de serem considerados desistentes.

8.6. Os gabaritos serão divulgados no 1º dia útil após a aplicação das provas, nos sites www.ibam-concursos.org.br e www.bomjesusdalapa.ba.io.org.br e no Mural Oficial de Atos da Prefeitura de Bom Jesus da Lapa.

9. DISPOSIÇÕES GERAIS

9.1. A classificação dos candidatos aprovados será feita em ordem decrescente dos pontos obtidos.

9.2. A homologação do Concurso será feita por ato do Prefeito Municipal de Bom Jesus da Lapa, mediante a apresentação das listagens finais dos resultados do certame.

9.3. O Concurso terá validade de 02 (dois) anos, a contar da data da publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado, uma vez, por igual período, por ato do Prefeito Municipal de Bom Jesus da Lapa.

9.4. Os candidatos aprovados e classificados no Concurso, inclusive os deficientes, serão convocados para realização dos exames médicos e para a comprovação dos requisitos exigidos nos itens 2.1 a 2.8 do presente Edital, através da imprensa oficial e de telegrama.

9.4.1. Os exames médicos são eliminatórios, sendo excluídos do Concurso os candidatos que não apresentarem aptidão física e/ou mental para o exercício do cargo para o qual se inscreveram.

9.5. Os candidatos que não atenderem aos requisitos exigidos neste Edital serão automaticamente eliminados do processo seletivo em qualquer de suas fases.

9.6. Será também excluído do certame o candidato que:

a) faltar a qualquer uma das fases do processo seletivo;

b) portar-se de maneira inadequada nos locais de realização das provas, de modo a prejudicar o andamento normal do Concurso;

c) for surpreendido, durante a realização das provas, em comunicação com outro candidato;

d) for apanhado em flagrante tentativa de burla, fraude ou falsificação na realização da prova, sem prejuízo da deflagração do procedimento cabível;

e) prestar, em qualquer documento, declaração falsa ou inexata;

f) deixar de apresentar qualquer documento comprobatório dos requisitos exigidos neste Edital.

9.7. O presente Concurso objetiva o preenchimento de cargos, sob a égide do Regime Estatutário, na forma da Lei Municipal no 092A, de 10 de maio de 1996 e atualizações.

9.8. A inscrição do candidato implicará conhecimento do presente Edital, bem como o compromisso tácito de aceitar as condições do Concurso, tais como se acham estabelecidas.

9.9. Não poderão inscrever-se pessoas que possuam qualquer vínculo com o IBAM, instituição organizadora deste Concurso, bem como seus ascendentes, descendentes ou colaterais.

9.10. É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar pelos sites www.ibam-concursos.org.br e www.bomjesusdalapa.ba.io.org.br, ou qualquer outro meio de divulgação definido pela Comissão de Concurso Público, a publicação de todos os atos e editais relativos ao Concurso, inclusive alterações que porventura ocorram durante sua realização.

9.11. O candidato deverá manter atualizado seu endereço junto ao IBAM, enquanto estiver participando do Concurso, e à Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa, após a homologação do Concurso, sendo de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos decorrentes da não-atualização desta informação.

9.12. A Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa e o Instituto Brasileiro de Administração Municipal não se responsabilizam por eventuais prejuízos ao candidato decorrentes de:

a) Endereço não atualizado;

b) Endereço de difícil acesso;

c) Correspondência devolvida pela ECT por razões diversas de fornecimento e/ou endereço errado do candidato;

d) Correspondência recebida por terceiros.

9.13. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão de Concurso Público, competente também para julgar, em decisão irrecorrível, quaisquer que sejam os recursos interpostos pelos candidatos.

9.14. São partes integrantes e inseparáveis deste Edital os Anexos I, II, III e IV que o acompanham.

9.15. Decairá do direito de impugnar os termos deste Edital de Concurso Público, perante a Prefeitura Municipal, o candidato que não o fizer até o segundo dia útil, após a publicação do mesmo.

9.16. O presente Edital estará disponível no Mural Oficial de Atos da Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa, bem como nos sites www.ibam-concursos.org.br e www.bomjesusdalapa.ba.io.org.br, e posteriormente na Imprensa Oficial do Município.

9.17. A publicidade de todos os atos relativos ao Concurso Público será feita através dos sites www.ibam- concursos.org.br e www.bomjesusdalapa.ba.io.org.br e do Mural Oficial de Atos da Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa.

Bom Jesus da Lapa, 18 de novembro de 2011.

ANEXO I

CÓDIGO

CARGOS

REQUISITOS (ESCOLARIDADE/ FORMAÇÃO)

TOTAL DE VAGAS

Vagas, em relação ao total de cada cargo, reservadas aos deficientes.

JORNADA DE TRABALHO

(HORAS SEMANAIS)

VENCIMENTO BASE R$

NÍVEL SUPERIOR

001

ADMINISTRADOR

Curso de Nível Superior em Administração e registro no respectivo Conselho de Classe.

02

-

40h

1.080,00

002

ADVOGADO

Curso de Nível Superior em Direito e registro no respectivo Conselho de Classe.

02

-

20h

1.296,00

003

ASSISTENTE SOCIAL

Curso de Nível Superior em Serviço Social e registro no respectivo Conselho de Classe.

06

-

20h

1.296,00

004

BIÓLOGO

Curso de Nível Superior em Biologia e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

20h

1.296,00

005

BIOQUÍMICO OU BIOMÉDICO

Curso de Nível Superior em Farmácia- Bioquímica ou Biomedicina e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

20h

1.296,00

006

CIRURGIÃO-DENTISTA

Curso de Nível Superior em Odontologia e registro no respectivo Conselho de Classe.

02

-

20h

1.296,00

007

CONTADOR

Curso de Nível Superior em Ciências Contábeis e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

40h

1.080,00

008

ENFERMEIRO

Curso de Nível Superior em Enfermagem e registro no respectivo Conselho de Classe.

20

01

20h

1.296,00

009

ENGENHEIRO FLORESTAL

Curso de Nível Superior em Engenharia Florestal e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

40h

1.296,00

010

FARMACÊUTICO

Curso de Nível Superior em Farmácia e registro no respectivo Conselho de Classe.

04

-

20h

1.296,00

011

FISIOTERAPEUTA

Curso de Nível Superior em Fisioterapia e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

20h

1.296,00

012

FONOAUDIÓLOGO

Curso de Nível Superior em Fonoaudiologia e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

30h

1.296,00

013

MÉDICO ANESTESIOLOGISTA

Curso de Nível Superior em Medicina, acrescido de Especialização em Anestesiologia e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

20h

4.172,00

014

MÉDICO CARDIOLOGISTA

Curso de Nível Superior em Medicina, acrescido de Especialização em Cardiologia e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

20h

4.172,00

015

MÉDICO CIRURGIÃO GERAL

Curso de Nível Superior em Medicina, acrescido de Especialização em Cirurgia Geral e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

20h

4.172,00

016

MÉDICO CLÍNICO GERAL

Curso de Nível Superior em Medicina e registro no respectivo Conselho de Classe.

20

01

20h

2.980,00

017

MÉDICO DERMATOLOGISTA

Curso de Nível Superior em Medicina, acrescido de Especialização em Dermatologia e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

20h

4.172,00

018

MÉDICO GINECOLOGISTA/ OBSTETRA

Curso de Nível Superior em Medicina, acrescido de Especialização em Ginecologia e Obstetrícia e registro no respectivo Conselho de Classe.

02

-

20h

4.172,00

019

MÉDICO ORTOPEDISTA

Curso de Nível Superior em Medicina, acrescido de Especialização em Ortopedia e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

20h

4.172,00

020

MÉDICO OTORRINOLARINGOLOGISTA

Curso de Nível Superior em Medicina, acrescido de Especialização em Otorrinolaringologia e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

20h

4.172,00

021

MÉDICO PEDIATRA

Curso de Nível Superior em Medicina, acrescido de Especialização em Pediatria e registro no respectivo Conselho de Classe.

02

-

20h

4.172,00

022

MÉDICO PSIQUIATRA

Curso de Nível Superior em Medicina, acrescido de Especialização em Psiquiatria e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

20h

4.172,00

023

MÉDICO VETERINÁRIO

Curso de Nível Superior em Medicina Veterinária e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

20h

1.296,00

024

NUTRICIONISTA

Curso de Nível Superior em Nutrição e registro no respectivo Conselho de Classe.

02

-

20h

1.296,00

025

PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Formação de Nível Superior, na Modalidade Normal, ou de Pedagogia, com Licenciatura Plena e registro no MEC.

110

05

20h

554,00

026

PROFESSOR DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL - CIÊNCIAS

Curso de Nível Superior com Licenciatura Plena na área de atuação e registro no MEC.

10

01

20h

554,00

027

PROFESSOR DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL - EDUCAÇÃO FÍSICA

Curso de Nível Superior com Licenciatura Plena na área de atuação e registro no MEC.

15

01

20h

554,00

028

PROFESSOR DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL - HISTÓRIA

Curso de Nível Superior com Licenciatura Plena na área de atuação e registro no MEC.

10

01

20h

554,00

029

PROFESSOR DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL - GEOGRAFIA

Curso de Nível Superior com Licenciatura Plena na área de atuação e registro no MEC.

10

01

20h

554,00

030

PROFESSOR DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL - LÍNGUA INGLESA

Curso de Nível Superior com Licenciatura Plena na área de atuação e registro no MEC.

10

01

20h

554,00

031

PROFESSOR DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL - MATEMÁTICA

Curso de Nível Superior com Licenciatura Plena na área de atuação e registro no MEC.

10

01

20h

554,00

032

PSICÓLOGO

Curso de Nível Superior em Psicologia e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

20h

1.296,00

033

PSICOPEDAGOGO

Curso de Nível Superior em Pedagogia ou Psicologia e registro no respectivo conselho de classe, e curso de especialização em Psicopedagogia de, no mínimo, 360 horas/aula, ministrado por instituição superior reconhecida pelo MEC, e registro na Associação Brasileira de Psicopedagogia.

01

-

20h

1.080,00

034

TERAPEUTA OCUPACIONAL

Curso de Nível Superior em Terapia Ocupacional e registro no respectivo Conselho de Classe.

01

-

20h

1.296,00

NÍVEL MÉDIO/ CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO

035

AGENTE ADMINISTRATIVO

Nível Médio Completo.

26

01

40h

545,00

036

AGENTE DE BEM ESTAR SOCIAL

Nível Médio Completo.

23

01

40h

545,00

037

FISCAL DE TRIBUTOS

Nível Médio Completo.

04

-

40h

545,00

038

SECRETÁRIO ESCOLAR

Nível Médio Completo, acrescido de Curso de Secretário Escolar, realizado em instituição oficial.

22

01

40h

545,00

039

TÉCNICO AGRÍCOLA

Nível Médio Completo, acrescido de Curso de Técnico Agrícola ou Técnico em Agropecuária e registro no respectivo Conselho de Classe.

02

-

40h

545,00

040

TÉCNICO EM CONTABILIDADE

Nível Médio Completo, acrescido de Curso Técnico em Contabilidade e registro no respectivo Conselho de Classe.

05

-

40h

545,00

041

TÉCNICO EM ENFERMAGEM

Nível Médio Completo, acrescido de Curso Técnico em Enfermagem e registro no respectivo Conselho de Classe.

30

01

40h

545,00

042

TÉCNICO EM IMOBILIZAÇÃO ORTOPÉDICA

Nível Médio Completo, acrescido de Curso Técnico em Imobilização Ortopédica, concluído em estabelecimento de ensino credenciado pelos órgãos competentes.

02

-

30h

545,00

043

TÉCNICO EM RADIOLOGIA

Nível Médio Completo, acrescido de Curso Técnico em Radiologia e registro no respectivo Conselho de Classe.

10

01

24h

545,00

NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO

044

AUXILIAR ADMINISTRATIVO

Nível Fundamental Completo.

100

05

40h

545,00

NÍVEL FUNDAMENTAL INCOMPLETO

045

AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS

Anos Iniciais do Ensino Fundamental.

100

05

40h

545,00

046

AUXILIAR OPERACIONAL DA EDUCAÇÃO

Anos Iniciais do Ensino Fundamental.

65

03

40h

545,00

047

AUXILIAR OPERACIONAL DA SAÚDE

Anos Finais do Ensino Fundamental.

08

-

40h

545,00

048

GUARDA MUNICIPAL

Anos Finais do Ensino Fundamental.

30

01

40h

545,00

049

OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS

Anos Iniciais do Ensino Fundamental, acrescido de Carteira de Habilitação Profissional Categorias D ou E.

05

-

40h

545,00

050

MOTORISTA

Anos Finais do Ensino Fundamental, acrescido de Carteira de Habilitação Profissional Categorias D ou E.

37

01

40h

545,00

ANEXO I (continuação) - DESCRIÇÃO SINTÉTICA DOS CARGOS

CARGO

DESCRIÇÃO SINTÉTICA

Nível Superior

Administrador

Conceber e executar análises organizacionais e formular medidas objetivando a otimização do desempenho administrativo da Prefeitura.

Advogado

Prestar assistência em assuntos de natureza jurídica, bem como representar judicial e extrajudicialmente o Município.

Assistente Social

Planejar, coordenar, executar, supervisionar e/ou avaliar estudos e pesquisas, planos, programas e projetos de assistência social à população do Município e aos servidores municipais, identificando, analisando e contribuindo para a solução de problemas de natureza social, bem como para a garantia dos direitos sociais, civis e políticos da população.

Biólogo

Pesquisar todas as formas de vida, efetuando estudos e experiências com espécimes biológicos, para incrementar os conhecimentos científicos e descobrir suas aplicações em campos como saúde, agricultura e meio ambiente.

Bioquímico ou Biomédico

Executar e coordenar os trabalhos relativos a exames laboratoriais.

Cirurgião Dentista

Executar e coordenar os trabalhos relativos a diagnóstico, prognóstico e tratamento de afecções de tecidos moles e duros da boca e região maxilofacial, utilizando processos laboratoriais, radiográficos, citológicos e instrumentos adequados, para manter ou recuperar a saúde bucal.

Contador

Planejar, coordenar e executar os trabalhos de análise, registro e perícias contábeis, estabelecendo princípios, normas e procedimentos, obedecendo às determinações de controle externo, para permitir a administração dos recursos patrimoniais e financeiros da Prefeitura.

Enfermeiro

Planejar, organizar, supervisionar e executar os serviços de enfermagem em postos de saúde e unidades assistenciais, bem como participar da elaboração e execução de programas de saúde pública.

Engenheiro Florestal

Elaborar e supervisionar projetos referentes à preservação e expansão de áreas florestais, planejando, orientando e controlando técnicas de reprodução, cuidado e exploração da vegetação florestal, para determinar novos métodos e sistemas de cultivo e desenvolvimento para a silvicultura, ou melhorar os já existentes no Município.

Farmacêutico

Preparar produtos farmacêuticos, segundo fórmulas estabelecidas, desenvolver estudos visando a padronização de medicamentos, bem como orientar as unidades quanto ao uso, à diluição e à armazenagem de medicamentos.

Fisioterapeuta

Promover o tratamento e a recuperação da saúde de pacientes, mediante a aplicação de métodos e técnicas fisioterápicos, para reabilitá-los às suas atividades normais da vida diária.

Fonoaudiólogo

Prevenir e reabilitar pessoas utilizando protocolos e procedimentos específicos de fonoaudiologia; a habilitar clientes e pacientes e a prestar assistência fonoaudiológica à população nas diversas unidades municipais de saúde, para restauração da capacidade de comunicação dos pacientes.

Médicos

Prestar assistência médica em postos de saúde e demais unidades assistenciais da Prefeitura, bem como elaborar, executar e avaliar planos, programas e subprogramas de saúde pública.

Médico Veterinário

Planejar e executar programas de vigilância sanitária e ambiental, com o intuito de controlar e evitar os riscos de agravos à saúde, integrando suas atividades às da vigilância epidemiológica; a planejar e executar programas de defesa sanitária, proteção, aprimoramento e desenvolvimento de atividades de criação de animais, realizando estudos, pesquisas, exercendo fiscalização e empregando outros métodos, para assegurar a sanidade dos animais, a produção racional e econômica de alimentos.

Nutricionista

Promover, preservar e recuperar a saúde através da aplicação de métodos e técnicas dietéticas dietoterápicas específicas em programas de nutrição nas diversas unidades da Prefeitura e para a população de baixa renda do Município, bem como planejar, organizar, dirigir, supervisionar e avaliar as unidades de alimentação e nutrição municipais.

Professor

Reger classe de creche, educação infantil, ensino fundamental e educação especial, suplência e alfabetização de jovens e adultos, bem como a executar trabalhos relativos à implementação das grades curriculares.

Psicólogo

Aplicar conhecimentos no campo da psicologia para o planejamento e execução de atividades nas áreas clínica, educacional e do trabalho.

Psicopedagogo

Identificar e buscar solução para problemas no processo de aprender.

Terapeuta Ocupacional

Aplicar conhecimentos no campo da terapia ocupacional visando a prevenção, tratamento, desenvolvimento e reabilitação de pacientes portadores de deficiências físicas e/ou psíquicas, promovendo atividades com fins específicos, para ajudá-los na sua recuperação e integração social.

Nível Médio/ Curso Técnico de Nível Médio

Agente Administrativo

Executar e coordenar tarefas de apoio técnico-administrativo desenvolvendo atividades que requeiram certo grau de autonomia, sob supervisão.

Agente de Bem Estar Social

Executar, sob supervisão, atividades auxiliares e de apoio à ação social, nas casas lares e nos abrigos municipais, promovendo atividades recreativas e zelando pela higiene, segurança e saúde das crianças.

Fiscal de Tributos

Orientar e esclarecer os contribuintes quanto ao cumprimento das obrigações legais referentes ao pagamento de tributos, empregando os instrumentos a seu alcance para evitar a sonegação.

Secretário Escolar

Desempenhar procedimentos de cunho administrativo nos estabelecimentos de ensino.

Técnico Agrícola

Executar tarefas de caráter técnico relativas a programação, execução e controle de atividades nas áreas de cultivos experimentais e definitivos de plantas diversas, bem como auxiliar na execução de programas de incentivo ao setor agropecuário promovido pela Prefeitura.

Técnico em Contabilidade

Coordenar, orientar, supervisionar e executar a contabilização financeira, orçamentária e patrimonial da Prefeitura.

Técnico em Enfermagem

Orientar o pessoal auxiliar quanto às tarefas simples de enfermagem e atendimento ao público, executar as de maior complexidade, auxiliando Médicos e Enfermeiros em suas atividades específicas.

Técnico em Imobilização

Ortopédica

Colocar e retirar gesso ortopédico, conforme orientação médica, em pacientes com fraturas ou outras patologias.

Técnico em Radiologia

Executar exames radiológicos, sob supervisão de Cirurgião Dentista ou Médico especialista, através da operação de equipamentos de raios x.

Nível Fundamental Completo

Auxiliar Administrativo

Executar, sob supervisão direta, tarefas rotineiras de apoio administrativo que envolvam menor grau de complexidade.

Nível Fundamental Incompleto

Auxiliar de Serviços Gerais

Executar serviços de limpeza, arrumação e de zeladoria.

Auxiliar Operacional da Educação

Preparar e distribuir refeições para atender aos programas alimentares executados pela Prefeitura Municipal, bem como executar serviços de limpeza e arrumação.

Auxiliar Operacional da Saúde

Preparar e distribuir refeições para atender aos programas alimentares executados pela Prefeitura Municipal, bem como executar serviços de limpeza e arrumação.

Guarda Municipal

Exercer a vigilância de edifícios e logradouros públicos municipais, para evitar invasões, roubos e outras anormalidades.

Motorista

Dirigir veículos automotores de transporte de carga e passageiros, conservando-o em perfeitas condições de aparência e funcionamento.

Operador de Máquinas

Pesadas

Operar máquinas montadas sobre rodas ou esteiras e providas de implementos auxiliares que servem para nivelar, escavar, mexer ou carregar terra, pedra, areia, cascalho e similares.

ANEXO II - QUADRO DEMONSTRATIVO DAS PROVAS OBJETIVAS

Escolaridade: Nível Superior

Cargo

Disciplina

Número de

Questões

Valor de cada

Questão

Máximo de Pontos em cada Disciplina

Mínimo de Pontos em cada Disciplina

Assistente Social; Biólogo; Bioquímico ou Biomédico; Cirurgião-Dentista; Enfermeiro; Farmacêutico; Fisioterapeuta; Fonoaudiólogo; Médico Anestesiologista; Médico Cardiologista; Médico Cirurgião Geral; Médico Clínico Geral; Médico Dermatologista; Médico Ginecologista/ Obstetra; Médico Ortopedista; Médico Otorrinolaringologista; Médico Pediatra; Médico Psiquiatra; Médico Veterinário; Nutricionista; Psicólogo; Terapeuta Ocupacional.

Conhecimentos Técnico-profissionais

20

10

200

100

Legislação do SUS

10

05

50

25

Português

10

05

50

25

Administrador; Advogado; Contador; Engenheiro Florestal; Psicopedagogo.

Conhecimentos Técnico-profissionais

20

10

200

100

Legislação Municipal

10

05

50

25

Português

10

05

50

25

Professor de Educação Infantil e dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental; Professor dos Anos Finais do Ensino Fundamental (Ciências; Educação Física; Geografia; História; Língua Inglesa e Matemática).

Conhecimentos Técnico-profissionais

20

10

200

100

Aspectos Legais da Política

Educacional

10

05

50

25

Português

10

05

50

25

Escolaridade: Nível Médio/ Curso Técnico de Nível Médio

Cargo

Disciplina

Número de

Questões

Valor de cada

Questão

Máximo de Pontos em cada Disciplina

Mínimo de Pontos em cada Disciplina

Agente de Bem Estar Social; Fiscal de Tributos; Técnico Agrícola; Técnico em Contabilidade; Técnico em Enfermagem; Técnico em Imobilização Ortopédica; Técnico em Radiologia.

Conhecimentos Técnico-profissionais

20

10

200

100

Legislação Municipal

10

05

50

20

Português

10

05

50

20

Agente Administrativo; Secretário Escolar.

Conhecimentos Técnico-profissionais

20

10

200

100

Noções de Informática

10

05

50

20

Português

10

05

50

20

Escolaridade: Nível Fundamental Completo

Cargo

Disciplina

Número de Questões

Valor de cada

Questão

Máximo de Pontos em cada Disciplina

Mínimo de Pontos em cada Disciplina

Auxiliar Administrativo.

Conhecimentos Técnico-profissionais

10

10

100

50

Matemática

10

05

50

15

Português

10

05

50

15

Escolaridade: Nível Fundamental Incompleto

Cargo

Disciplina

Número de Questões

Valor de cada

Questão

Máximo de Pontos em cada Disciplina

Mínimo de Pontos em cada Disciplina

Auxiliar de Serviços Gerais; Auxiliar Operacional da Educação; Auxiliar Operacional da Saúde; Guarda Municipal; Motorista; Operador de Máquinas Pesadas.

Conhecimentos Técnico-profissionais

10

10

100

50

Matemática

10

05

50

15

Português

10

05

50

15

Concurso relacionado:Prefeitura de Bom Jesus da Lapa - BA prorroga inscrições de seleção