Concurso TRE ES está previsto no PLOA 2021!

Concurso TRE ES pode abrir vagas para profissionais de níveis médio e superior. As oportunidades estão previstas no orçamento do governo.

Concurso TRE ES: foco em mão masculina escrevendo em caderno

Concurso está previsto no PLOA para 2021! - Foto: Pixabay

O concurso TRE ES (Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo) pode acontecer em 2021! De acordo com o Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2021 (PLOA 2021), enviado ao Congresso Nacional no final de agosto de 2020, estão previstas 982 vagas na Justiça Eleitoral. Deste total, foram autorizadas quatro vagas para o TRE ES.

Saiba mais detalhes na matéria abaixo. Confira também outros conteúdos do site Concursos no Brasil, como notícias e artigos.

Situação atual do concurso TRE ES

Por enquanto, há apenas uma expectativa em cima do novo certame. A possibilidade de um edital ser lançado em 2021 é grande, uma vez que o último concurso TRE ES teve sua validade encerrada em 2015. Os concurseiros podem se animar e começar a se preparar, pois as previsões do PLOA são muito boas.

No entanto, é preciso ficar atento a qualquer atualização, uma vez que o documento não é definitivo. Antes, precisa ser aprovado no Senado e na Câmara dos Deputados. Em ambas as Casas Parlamentares, o texto pode sofrer alterações.

Além das quatro vagas imediatas que poderão ser abertas no TRE do Espírito Santo, outras várias vagas estão divididas entre os Tribunais Regionais Eleitorais dos outros estados, de acordo com Portaria. Você pode conferir o documento completo pelo Diário Oficial da União.

Concurso TRE ES: vagas, cargos e remunerações

De acordo com a Proposta Orçamentária, é provável que sejam ofertadas quatro vagas no concurso TRE ES, distribuídas da seguinte maneira:

  • Analista Judiciário (nível superior): 2 vagas para receber remuneração inicial de R$ 5.189,71;
  • Técnico Judiciário (nível médio): 2 vagas para receber remuneração inicial de R$ 3.163,07.

Além disso, os servidores do TRE ES têm direito a:

  • Gratificação de Atividade de Segurança;
  • Gratificação de Atividade Judiciária
  • Gratificação de Atividade Executiva; e
  • Adicional de qualificação.

Vale ressaltar que, dentro de cada cargo, existem diferentes áreas de atuação e apenas o edital trará essas especificidades. Já os requisitos gerais são comuns a outros concursos públicos:

  • Nacionalidade brasileira ou portuguesa (se amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses);
  • Estar em gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações militares;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo/área/especialidade;
  • Não haver sofrido, no exercício da função pública, as penalidades previstas no artigo 137 da Lei nº 8.112/1990 e suas alterações;
  • Não pertencer a diretório de partido político ou exercer qualquer atividade partidária;
  • Não haver sido condenado em sentença criminal com trânsito em julgado que comine pena impeditiva do exercício da função pública, nos últimos cinco anos;
  • Apresentar declaração de bens.

Concurso TRE ES: seleção anterior!

Em 2010 foi realizado o último concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo, que foi organizado pelo Cespe/Unb. Foram disponibilizadas 39 vagas imediatas, além de formação de cadastro de reserva para os cargos de:

  • Analista Judiciário – área: Administrativa;
  • Analista Judiciário – área: Administrativa – especialidade: Contabilidade;
  • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Análise de Sistemas;
  • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Arquivologia;
  • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Engenharia Civil;
  • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Estatística;
  • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Medicina (Clínica Médica);
  • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Psicologia;
  • Analista Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Relações Públicas;
  • Analista Judiciário – área: Judiciária;
  • Técnico Judiciário – área: Administrativa;
  • Técnico Judiciário – área: Administrativa – especialidade: contabilidade;
  • Técnico Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Edificações;
  • Técnico Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Operação de Computadores;
  • Técnico Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Programação de Sistemas; e
  • Técnico Judiciário – área: Apoio Especializado – especialidade: Taquigrafia.

A remuneração ofertada variou de R$ 4.052,96 a R$ 6.611,39.

Seleção do concurso TRE ES

Os candidatos inscritos foram avaliados em até três etapas:

  • Prova objetivas – para todos os cargos;
  • Provas discursivas – para os cargos de Analista Judiciário; e
  • Provas práticas de apanhamento taquigráfico – para o cargo de Técnico Judiciário – área: apoio especializado – especialidade: Taquigrafia.

As provas objetivas foram compostas por 120 itens para serem julgados como certo ou errado. As disciplinas abordadas foram:

Nível superior

  • Língua portuguesa;
  • Noções de informática;
  • Raciocínio lógico; 
  • Conhecimentos específicos.

Nível médio

  • Língua portuguesa;
  • Noções de Informática;
  • Noções de Arquivologia;
  • Raciocínio Lógico.

A prova discursiva foi realizada para os cargos de Analista Judiciário e consistiu na elaboração de texto de 30 linhas, no máximo.

O que estudar?

Antes de o edital ser lançado, os concurseiros devem começar a se preparar. Por isso, veja alguns conteúdos que podem ser abordados na prova do concurso TRE ES e monte seu cronograma de estudos a partir deles:

Língua Portuguesa

  • Leitura, compreensão e interpretação de textos;
  • Estruturação do texto e dos parágrafos;
  • Articulação do texto: pronomes e expressões referenciais, nexos, operadores sequenciais;
  • Significação contextual de palavras e expressões;
  • Equivalência e transformação de estruturas;
  • Sintaxe: processos de coordenação e subordinação;
  • Emprego de tempos e modos verbais;
  • Pontuação;
  • Estrutura e formação de palavras;
  • Funções das classes de palavras;
  • Flexão nominal e verbal;
  • Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação;
  • Concordância nominal e verbal;
  • Regência nominal e verbal;
  • Ocorrência de crase;
  • Ortografia oficial;
  • Acentuação gráfica.

Noções de Informática

  • Sistema operacional Windows XP e Windows 7;
  • Microsoft Office: Word 2007, Excel 2007, Power Point 2007 e Microsoft Outlook 2007;
  • Conceitos e tecnologias relacionados à Internet e a Correio Eletrônico;
  • Internet Explorer 8;
  • Conceitos básicos de segurança da informação.

Além disso, utilize o acervo de questões gratuitas do Concursos no Brasil e teste os seus conhecimentos. 

Márcia Andréia
Redatora
Jornalista no Portal Concursos no Brasil, estudou Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduanda em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Dom Alberto.
Atuou na produção da Record Bahia, na assessoria de comunicação da Prefeitura de Correntina - BA, na redação do Jornal do Sudoeste, dentre outras atividades na área de propaganda.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos Espírito Santo diretamente no seu e-mail
Concursos RelacionadosVagas
Fundação iNova Capixaba
Todos os níveis de escolaridade
566
Prefeitura de Anchieta
Todos os níveis de escolaridade
11
Prefeitura de Anchieta24
Prefeitura de Aracruz60
Prefeitura de Guarapari
Nível Médio/Técnico
75
Prefeitura de Iúna
Nível Superior
7
Prefeitura de Rio Bananal3
Prefeitura de São Gabriel da Palha
Todos os níveis de escolaridade
11
Veja todos » Concursos Abertos