Concurso DETRAN - MA

DETRAN do Maranhão abre concurso para Analista e Assistente de Trânsito, com remuneração inicial de até R$ 4.400,00.

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (DETRAN - MA), por meio da Fundação Carlos Chagas (FCC), divulgou a realização de novo concurso público, regido pelo edital n.º 02/2017. São ofertadas 170 vagas para os cargos de Assistente de Trânsito e Analista de Trânsito, com remuneração inicial de R$ 1.400,00 e R$ 4.400,00, respectivamente.

Para disputar as vagas de Analista é preciso possuir curso de graduação em qualquer área, enquanto que para concorrer às vagas de Assistente, basta ter o ensino médio ou técnico completo.

Interessados devem se inscrever exclusivamente via site da FCC (www.concursosfcc.com.br) de 11 de dezembro de 2017 a 18 de janeiro de 2018. Será cobrada taxa de inscrição no valor de R$ 90,00 ou R$ 140,00, conforme o cargo, lembrando que o edital prevê a reserva legal de vagas para candidatos negros (no mínimo 20%) e para candidatos com deficiência (5%).

As provas objetivas serão realizadas nas cidades de Caxias, Imperatriz e São Luís, conforme opção indicada pelo candidato, com previsão de aplicação para o dia 18 de março de 2018. O gabarito será divulgado no site da FCC a partir das 17h do dia seguinte ao da aplicação.

A validade do concurso será de dois anos, a contar da data da publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, uma única vez. Confira as atribuições de cada cargo:

ANALISTA DE TRÂNSITO:

a) planejar, elaborar, propor e coordenar políticas básicas para o trânsito; b) planejar, prover as condições operacionais e acompanhar a performance de suas áreas, buscando aperfeiçoar seus produtos e processos; c) cumprir , fazer cumprir, divulgar e orientar a aplicação da legislação e demais normas de trânsito nas áreas de suas respectivas atuações; d) supervisionar e coordenar serviços do DETRAN-MA; e) analisar e prover as condições administrativas, processuais, técnicas e operacionais necessárias aos sistemas de administração, de fiscalização, de auditoria, de informática e de atendimento ao usuário; f) executar a fiscalização de trânsito, autuar e aplicar as medidas administrativas cabíveis, previstas no Código de Trânsito Brasileiro - CTB; g) executar outras atividades correlatas.
 
ASSISTENTE DE TRÂNSITO:  

Executar as tarefas de apoio técnico e administrativo, sob orientação superior direta, nas áreas de fiscalização, registro e licenciamento de veículos, habilitação e apoio à educação para o trânsito, com base no Código de Trânsito Brasileiro.

***

Dicas de Direito Administrativo para as provas do DETRAN - MA 2018

Alguns dos conteúdos que mais caem em concursos públicos são, obviamente, temas que digam respeito, de forma direta e indireta, ao exercício do profissionalismo público, como, por exemplo, o Direito Administrativo e o tema convergente chamado Administração Pública.

Confira as principais noções básicas sobre essas áreas.

Estado e governo

O Direito Administrativo é uma área dentro do Direito Público que fala a respeito das regras que regulamentam e disciplinam as mais variadas funções administrativas. Ela abrange agentes, entidades, órgãos e atividades realizadas dentro da Administração Pública, dentro da consecução do interesse público.

Função administrativa é o ato do Estado em zelar pelo cumprimento dos preceitos das normas para a realização dos fins públicos, dentro de um determinado regime jurídico e através de atitudes passíveis de controle. Ela é exercida pelo Poder Executivo.

A expressão "Administração Pública" teria, de acordo com Di Pietro, dois sentidos diferentes:

  • Sentido subjetivo: faz referência ao conjunto de órgãos e pessoas jurídicas aos quais a lei atribui o exercício da função administrativa do Estado.
  • Sentido objetivo: atividade realizada dentro do regime público para a execução de ações voltadas aos interesses coletivos.

Fontes do Direito Administrativo e Administração Pública

As fontes do Direito Administrativo são origens e locais onde estão fundamentadas as leis, diretrizes e normas do mesmo. São elas:

Fontes primárias

  • Os preceitos normativos do ordenamento jurídico, decorrentes da Constituição ou em quaisquer leis e atos normativos editados pelo Poder Executivo;

Fontes secundárias

  • A jurisprudência;
  • Doutrina: produção científica na área do Direito em livros, artigos, pareceres e afins, os quais são utilizados como base para a elaboração de atos e normas.
  • Os costumes e a práxis jurídica.

Princípios

Os princípios seriam as regras de otimização, que ficam caracterizados por poderem ser cumpridos em variados graus. Após o advento do pós-positivismo, eles conquistaram o status de normas jurídicas e hierarquia superior.

Os princípios do Direito Administrativo são:

  • Legalidade;
  • Impessoalidade;
  • Moralidade;
  • Publicidade;
  • Eficiência.

Poderes

Para que seja capaz de executar suas atividades, a Administração Pública possui alguns poderes. Esses poderes estão submetidos ao cumprimento dos deveres do Estado para suprir as necessidades dos interesses públicos, em nome e em prol da coletividade.

Os poderes administrativos são:

  • Discricionário;
  • Oriundos da hierarquia;
  • Disciplinar;
  • Normativo;
  • De polícia.

Estrutura da Administração Pública

A Administração Pública possui todo um esquema de organização para a sua existência e funcionamento. Ela se estrutura de uma forma a se dividir entre Administração Direta e Administração Indireta.

As entidades que fazem parte da Administração Direta dizem respeito às pessoas jurídicas políticas:

  • União;
  • Estados;
  • Distrito Federal;
  • Municípios.

Fazem parte dessa Administração Direta também os órgãos que compõem esses entes por meio da desconcentração. A desconcentração é a divisão de funções em diferentes órgãos, sem prejuízo da hierarquia.

Os critérios para a desconcentração são:

  • Em função da matéria;
  • Em função do grau;
  • Por meio do critério territorial.

Ato administrativo

É a declaração do Estado e/ou seus respectivos representantes com efeitos jurídicos instantâneos, conforme os preceitos da lei, debaixo do regime jurídico do Direito Público e passível de controle pelo Poder Judiciário.

Os atos administrativos possuem as seguintes qualidades:

  • Presunção de legitimidade e verdade;
  • Imperatividade;
  • Auto execução.

As espécies de atos administrativos são:

  • Negociais;
  • Normativos;
  • Enunciativos;
  • Ordinatórios;
  • Punitivos.

Saiba tudo com detalhes, adquirindo as Apostilas para Analista e Assistente de Trânsito do DETRAN - MA 2018

Edital / Publicações


Concursos RelacionadosVagas
Prefeitura de São LuísNível Superior43
TranspetroNíveis Médio e Superior1.806
Prefeitura de Cachoeira Grande Todos os níveis de escolaridade113
Prefeitura de CaxiasTodos os níveis de escolaridadeVárias
Prefeitura de Magalhães de AlmeidaTodos os níveis de escolaridade131
Prefeitura de Presidente JuscelinoNíveis Médio e Superior38
Prefeitura de São José dos BasíliosTodos os níveis de escolaridade143
UEMASUL - Universidade Estadual da Região Tocantina do MaranhãoProfessor18
Veja todos » Concursos Abertos