Consórcio Intermunicipal do Vale do Peixoto - MT abre edital seletivo

No Mato Grosso, o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Vale do Peixoto, abre seletivo com duas vagas para o cargo de Vigia.

O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Vale do Peixoto - CISVP, Estado de Mato Grosso, publicou edital n° 002/2018 de processo seletivo Simplificado com objetivo de contratar duas vagas no cargo de Vigia (Ensino Fundamental Incompleto), para atuarem no Hospital Regional de Peixoto de Azevedo.

Os selecionados irão receber salário de R$ 954,00, em carga horária de 40 horas por semana.

Requisitos
- Para participar do Processo Seletivo Simplificado - PSS o candidato deve ser brasileiro nato ou naturalizado;
- Ter no mínimo 18 (dezoito) anos completos e no máximo 69 (sessenta e nove) anos, no momento da apresentação de documentos

As inscrições estarão disponíveis aos profissionais, No Consórcio intermunicipal de saúde da região do vale do Peixoto, sito a Trav. Bartolomeu Dias, nº 269, Bairro Alvorada, fone: (66) 3575 1017 - CEP: 78530 – 000, nos dias 01 a 20 de dezembro de 2018.

Este seletivo consistirá em prova de títulos referentes à escolaridade e aperfeiçoamento profissional e análise de currículo.

É de responsabilidade do candidato acompanhar a publicação de todos os atos referentes a este PSS, no Diário de Contas do Estado de Mato Grosso.

São requisitos para contratação:
-ter sido classificado no Processo Seletivo Simplificado - PSS;
-apresentar a documentação legal comprovando os quesitos registrados na inscrição.
-apresentar os documentos pessoais exigidos para contratação - originais e cópias, às suas expensas.
- O candidato, após ser contratado terá a remuneração vinculada à escolaridade exigida para a contratação respectiva ao cargo que exercerá.
- O contrato terá prazo máximo de 12 (doze) meses, podendo ser prorrogado.

Atribuições
-Efetuar rondas de inspeção pelo prédio e imediações, examinando portas, janelas e portões, para assegurar-se de que estão devidamente fechados, atentando para eventuais anormalidades;
-Comunicar a autoridade policial, imediatamente na hipótese de ocorrência de algum sinistro, como furto, roubo, invasão ou depreciação do local de guarda;
-Proceder o controle de acesso de pessoas apenas autorizadas no local de guarda.

Compartilhe