Expandir Menu PrincipalPesquisarPor Estado

Concurso CRF – MT

Concurso Conselho Regional de Farmácia de Mato Grosso (CRF - MT) oferece 22 vagas efetivas e 478 cadastros de reserva para níveis médio e superior.

Publicado em Comunicar erro

O Conselho Regional de Farmácia do Estado do Mato Grosso (CRF - MT) prorrogou o prazo de participação no concurso regido pelo nº 1/2016 para contratação de 500 profissionais de nível de escolaridade médio, médio/técnico e superior. O Instituto Quadrix informa que as inscrições prosseguirão abertas até o dia 4 de janeiro de 2017.

Os cargos oferecidos são: Agente Administrativo, Motorista, Técnico em Contabilidade, Técnico em Informática, Advogado, Analista de Informação, Contador, Farmacêutico e Fiscal. Para se inscrever, é necessário acessar o site www.quadrix.org.br. A taxa de inscrição varia de R$ 50,00 a R$ 65,00, a depender do cargo almejado.

Do total de oportunidades anunciadas, apenas 22 são para preenchimento imediato, enquanto que demais 478 servirão para composição de cadastro de reserva. O salário pode chegar até R$ 3.792,52, mais benefícios, por jornada de trabalho 40 horas semanais. O contrato de trabalho se dará sob regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Todos os inscritos serão avaliados por meio de prova objetiva, a ser aplicada na data provável de 29 de janeiro de 2017, nos municípios para onde se destinam as vagas do concurso: Cuiabá, Barra do Garças, Rondonópolis e Sinop.

Haverá ainda prova de títulos e experiência profissional para os candidatos aos cargos de nível superior. O prazo de validade do certame é de dois anos, prorrogável por mais dois anos.

Edital e atualizações: http://www.quadrix.org.br/todos-os-concursos/inscricoes-abertas/crfmt-conselho-regional-de-farmacia-do-estado-de-mato-grosso.aspx

Dicas para as provas CRF - Noções de Arquivo

O arquivo pode ser definido como um conjunto de documentos feitos ou encaminhados para a instituição. O objetivo é organizar os arquivos para facilitar a movimentação e contribuir para que as peças documentais sejam facilmente encontradas, quando necessário.

Características da Gestão Documental

O servidor público gerencia documentos por etapas, que vão do momento em que recebe a peça ou a produz, até o uso (trânsito do documento) e o destino final, em que ele será guardado ou eliminado.

Protocolo

O protocolo é como se fosse o controle da instituição, para que consiga verificar claramente, com a maior riqueza de detalhes possível, todo o trâmite por que passa ou passou cada documento.

Classificação e análise documental

A classificação e análise documental visam o mesmo objetivo: separar os documentos dentro de uma ordem já específica e sistemática, para que eles possam ser revistos de forma mais fácil quando se quer. É o método de classificação e a técnica utilizada, como por exemplo, a separação de pastas por sobrenomes, nomes, datas ou assuntos.

Avaliação de documentos

A avaliação de documentos tem como foco criar uma tabela de temporalidade, indicando qual é o prazo ou etapa de destino para cada documento. Assim, pode-se saber quais papéis são eliminados de primeira ou devem ser guardados por mais tempo.

Ciclo de vida dos documentos

Antes de estabelecer o ciclo de vida dos documentos, é preciso que faça a classificação de prioridade em relação a eles para não confundir. O ciclo de vida consiste em separar os documentos em três idades:

  • Corrente: destinado aos documentos imediatos que serão produzidos, tramitados.
  • Intermediário: são aqueles documentos de precaução, que ainda não se pode jogar fora por completo.
  • Permanente: são documentos mais velhos, de muitos anos, que são importantes para a constituição da empresa.

Política Nacional de Arquivos Públicos e Privados (Lei nº 8.159/1991)

Tem como objetivo decretar formas de gerenciar e preservar o acesso aos documentos públicos e privados, evitando problemas judiciais.

Noções de Organização, Sistemas e Métodos

Um assistente administrativo precisa estar consciente dos problemas que se encontram na empresa/órgão/entidade, a fim de tentar solucioná-los ou diminuir a sua ocorrência. Quando se fala em organização, sistemas e métodos estamos também tratando de formas de diagnosticar tais problemas, para, então, resolvê-los, padronizando os processos e, consequentemente, aumentando a produtividade. Não pense que produtividade se restringe apenas a empresas privadas. Quanto mais produtividade os funcionários públicos demonstrarem, mais satisfeito ficará o cliente (a população).

Elaboração de fluxogramas, organogramas e cronogramas

É essencial que o candidato tenha noção de como elaborar fluxogramas, organogramas e cronogramas, e, claro, saber definir cada um desses conceitos. Enquanto fluxograma é o meio de representação de processos ou fluxo de materiais, tendo sempre um começo, meio e fim e um sentido de leitura muito claro, o organograma consiste em estabelecer relações hierárquicas dentro de uma organização por meio de um diagrama. E o cronograma, por sua vez, trabalha com tabelas, buscando descrever tarefas que precisam ser realizadas dentro de um determinado espaço de tempo.

Tópico: CRF

Concursos RelacionadosVagas
COPEL - Companhia Paranaense de Energia Níveis Médio e Superior9
Prefeitura de CuiabáNíveis Médio e Superior6.703
CNPQ e SEBRAE Bolsista15
FUNSAT - Fundação Municipal de Saúde de Alto Taquari Auxiliar em laboratório de análises clínicas e Técnico em enfermagem1
IFMT - Instituto Federal de Educação de Mato GrossoNível Superior11
Prefeitura de Alto Garças Todos os níveis de escolaridade44
Prefeitura de AraputangaNível Superior17
Prefeitura de AripuanãTodos os níveis de escolaridadeVárias
Prefeitura de CanaranaTodos os níveis de escolaridadeVárias
Prefeitura de CláudiaNíveis Médio e Superior16
Veja todos » Concursos Abertos