ALEGO aprova recriação de cargos no DETRAN e Vapt Vupt

Assembleia Legislativa do Goiás aprova recriação de 698 cargos para o Vapt Vupt e o DETRAN.

A Assembleia Legislativa do Goiás aprovou no dia 30 de maio de 2017 o projeto do governo que dispõe sobre a recriação de 698 cargos para as estruturas do Vapt Vupt e do DETRAN, e parametrização de 102 cargos da Casa Militar.

Ao todo, serão 548 novas vagas de trabalho para o Vapt Vupt e 150 para o DETRAN. Conforme disposto na matéria, os postos do Vapt Vupt terão remuneração de R$ 1.750,00, sendo o mesmo valor para as vagas do DETRAN. Os 102 postos de trabalho que serão parametrizados para a Casa Militar terão remuneração de R$ 2,3 a R$ 6 mil. Isto significa que o governo estadual investirá mensalmente nos novos cargos R$ 1.493.150,00.

No projeto, o governo estadual argumenta que os referidos setores sofreram perdas significativas com a última reforma administrativa promovida pelo Governo de Goiás, que resultou na extinção de cerca de 1.500 cargos dessas estruturas. E que é preciso, portanto, garantir o funcionamento pleno de ambas.

Melhorias no atendimento

O objetivo, conforme o governo estadual justifica na matéria, é o de melhorar o atendimento, atender a demanda da população por serviços públicos, com o retorno da jornada de trabalho do Vapt Vupt de 8 para 6 horas diárias, e a volta do atendimento nos sábados; além de garantir novos postos de trabalho. Os cargos recriados representarão menos de 15% dos 6.388 extintos no conjunto de medidas de contenção de despesas proposto pelo Poder Executivo e aprovado pela Assembleia Legislativa entre o final de 2014 e dezembro do ano passado. No início de 2015, o Governo de Goiás extinguiu 5 mil cargos comissionados e, no início de 2016, foram extintos mais 1.388.

Impacto financeiro

No texto, o governo afirma que a recriação dos cargos não gerará impacto financeiro-orçamentário que prejudique as medidas de austeridade. O projeto segue, agora, para sanção do governador Marconi Perillo.

Informações da Agência de Notícias do Governo do Goiás (https://goo.gl/nqWh32).

Compartilhe