Concurso Polícia Civil - BA 2017/2018

Concurso público da Polícia Civil - BA abrirá mil vagas distribuídas para Investigador de Polícia, Delegado e Escrivão.

O Governador do Estado da Bahia, Rui Costa, atendendo a resolução n° 433/2017, expedida pelo Conselho de Política de Recursos Humanos (COPE), autorizou a realização do novo concurso público da Polícia Civil. O resumo do contrato com a organizadora já foi publicado no Diário Oficial do Estado e a responsável será a Fundação VUNESP.

O contrato com a VUNESP possui valor global estimado em R$ 1.951.800,00 e terá vigência de 240 dias. De acordo com as informações oficiais, o certame abrirá 880 vagas para Investigador de Polícia, 82 para Delegado e 38 para Escrivão. A remuneração para Delegado ultrapassa os R$ 11 mil, já para Agente (carreira que abrange cargos de Investigador e Escrivão), a remuneração inicial é de aproximadamente R$ 4 mil. Todos os cargos requerem o nível superior e o impacto das contratações para os cofres públicos será de R$ 31,4 milhões, em 2018.

Nomeação

A previsão para o ingresso dos novos policiais civis na corporação é em julho de 2018. Antes de serem convocados os candidatos vão fazer provas objetivas e discursivas. Depois precisam passar por exames médicos e teste de aptidão física, fases que também são eliminatórias. Serão submetidos também a exames psicotécnicos e passarão por investigação social.

Último concurso

O último concurso da PC BA foi realizado no ano de 2013 e executado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB). O certame serviu para o preenchimento de 600 vagas do quadro da Polícia Civil, nas carreiras de Delegado (100 vagas), Escrivão (100) e Investigador de Polícia (400).

Dentre os requisitos para participar da seleção, constaram:  para o cargo de Delegado, ser bacharel em Direito. No caso de Escrivão ou Investigador, ter diploma de nível superior em qualquer área. Além da escolaridade, candidatos a Investigador devem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH), no mínimo na categoria 'B'.

Leia também:

Na época, as provas objetiva e discursiva, de caráter eliminatório, foram realizadas em Salvador e nos municípios de Barreiras, Itabuna, Juazeiro e Vitória da Conquista. Além do exame objetivo, houveram mais três etapas eliminatórias: Teste de Aptidão Física (TAF), exame biomédico, exame psicotécnico e avaliação de títulos, de caráter classificatório - também sob a responsabilidade do Cespe. A última etapa foi a investigação social e da conduta pessoal do candidato, que também teve caráter eliminatório e foi feita pela Polícia Civil em conjunto com a Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb).

Todas as informações oficiais sobre o novo concurso da Polícia Civil da Bahia poderão ser acompanhadas aqui pelo Concursos no Brasil. Aguarde. 

Compartilhe