Concurso Secretaria do Tesouro Nacional (STN) 2018/2019

A Secretaria do Tesouro Nacional está com pedido para realização de concurso público sendo analisado no Ministério do Planejamento.

Um dos concursos públicos mais aguardados para 2018 ou 2019 é o da Secretaria do Tesouro Nacional - STN, estrutura administrativa vinculada ao Ministério da Fazenda, que desempenha atribuições fiscais que antes eram desempenhadas pelo Banco do Brasil e Banco Central. O pedido para sua realização já foi enviado ao Ministério do Planejamento, que ainda não fez uma análise a respeito. A STN foi criada em 1986 e é de grande importância para fortalecer as finanças públicas.

Espera-se que ainda em 2018 a autorização seja dada pelo MPDG, para que todas as etapas burocráticas sejam concluídas, entre elas a formação da Comissão do concurso e a licitação para contratação da organizadora. As vagas a serem preenchidas serão para os níveis médio e superior.

Último concurso da STN

O último edital para a STN foi lançado no final de 2012, quando foram oferecidas 255 vagas para o cargo de analista nas áreas de Desenvolvimento Institucional, Governança e Gestão em Tecnologia da Informação, Contábil, Gestão em Infraestrutura de Tecnologia da Informação e econômico-financeira.

Algumas das vagas que foram oferecidas naquela oportunidade eram reservadas para os PNE – portadores de necessidades especiais.

A banca que ficou responsável pela organização do certame foi a ESAF – Escola de Administração Fazendária. A avaliação contou com prova objetiva que cobrou as disciplinas de finanças públicas, administração pública, português, direito administrativo, direito constitucional, estatística, raciocínio lógico quantitativo e disciplina de inglês ou espanhol. O candidato ainda teve de fazer uma prova discursiva.

As questões eram de múltipla escolha e em cada matéria era necessário que o candidato atingisse uma pontuação mínima para ser classificado.

O valor da taxa de inscrição foi de R$ 120, mas quem estava inscrito no CadÚnico – Cadastro Único – do Governo Federal tinha o direito de solicitar a isenção do pagamento.

Como está o quadro de servidores


De acordo com as informações prestadas pelo Unacon – Sindicato Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle – espera-se que em torno de 150 servidores efetivos solicitem à aposentadoria o que implica num déficit ainda maior de servidores da STN.

Com o concurso público sendo realizado a demanda será minimizada. Segundo um levantamento feito pela Unacon seriam necessários pelo menos 500 profissionais para ocupar o cargo de técnico e 100 para auditor. Isso se deve ao fato de para esses cargos o último concurso público realizado ter sido a cerca de 20 anos.

Entretanto, a quantidade de vagas que será oferecida na próxima seleção ainda não possui confirmação. Somente quando o edital for publicado após a aprovação da solicitação pelo Ministério do Planejamento é que a quantidade exata de vagas será conhecida.

Das vagas e remuneração


Caso o Ministério do Planejamento autorize a realização do certame, a STN irá oferecer oportunidades para os cargos de auditor, assistente técnico administrativo e técnico de finanças e controle.

Para o cargo de assistente e técnico de finanças é preciso ter ao menos o ensino médio completo. Para esses cargos a remuneração é, respectivamente, de R$ 4,1 mil e R$ 6,8 mil.

Já para o cargo de auditor é necessário ter nível superior completo em qualquer área de formação. Com relação ao salário ele é de R$ 17,4 mil.

Todos os cargos ainda recebem o auxílio alimentação que corresponde a R$ 458. A previsão é que em 2019 sejam feitos alguns reajustes nos salários. Assim, o de técnico pode ficar em torno de R$ 7,7 mil e o de auditor pode chegar a R$ 19,6 mil.



Tópico: Secretaria do Tesouro Nacional - STN