Concurso TRT 13ª Região 2014 será organizado pela FCC

Presidente do Tribunal Regional do Trabalho assinou contrato com a Fundação Carlos Chagas (FCC)

O presidente do Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região), desembargador Carlos Coelho, assinou no final de fevereiro o contrato com a Fundação Carlos Chagas (FCC), para a realização do Concurso Público para preenchimento de vagas no Regional. Agora, serão iniciados os trabalhos relativos a definição do cronograma de atividades relacionadas à execução do concurso.

Não há nenhuma possibilidade no aumento no número de vagas já anunciado pela direção do tribunal. No concurso, o TRT oferecerá 33 vagas, a grande maioria na área de informática (tecnologia da informação).

Para o cargo de Analista Judiciário serão oferecidas 18 vagas, todas para áreas específicas, como tecnologia da informação, contabilidade, estatística, medicina, medicina do trabalho, psicologia, fisioterapia, odontologia, enfermagem, engenharia, segurança do trabalho e arquivologia. Para o cargo de Técnico Judiciário, serão 15 vagas, todas na especialidade tecnologia da informação. Com o lançamento do edital, os interessados vão tomar conhecimento dos requisitos, salários e datas.

Toda e qualquer novidade sobre o concurso será publicada no site da instituição (www.trt13.jus.br).

Com informaçõs da Ascom do TRT13

***

Notícia anterior (07/01/2014)

Interessados em fazer parte do quadro funcional do Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região, na Paraíba, já devem adiantar seus estudos. A realização de concurso público para este ano está confirmada, com a oferta total de 33 vagas, em sua maioria para a área de Tecnologia da Informação. O edital ainda não tem data para sair, porque o órgão encontra-se em fase de escolha da organizadora.

O certame está sendo cogitado desde 2010, quando foram iniciados os estudos para a sua realização. As vagas a serem oferecidas (veja distribuição abaixo) foram geradas principalmente a partir de demandas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) e para o cumprimento das metas anuais do Poder Judiciário. Obedecem, ainda, a Resolução 90/2009 do CNJ que define um número mínimo de vagas na especialidade Tecnologia da Informação.

Confira as oportunidades

Cargo: Analista Judiciário

Tecnologia da Informação =     7
Contabilidade =     2
Estatística =     1
Medicina =     1
Medicina do Trabalho =     1
Psicologia =     1
Fisioterapia =     1
Odontologia =     1
Enfermagem =     1
Engenharia – Segurança do Trabalho =     1
Arquivologia =     1

Cargo: Técnico Judiciário

Tecnologia da Informação =     15

Outras informações atualizadas serão divulgadas no site do TRT/PB.

Edição com informações do TRT da 13ª Região (http://www.trt13.jus.br)

Compartilhe