Concurso UEFS - BA: novo reitor prevê um 2015 crítico

O último concurso da UEFS, realizado em 2010, teve a validade expirada em 28 de junho de 2014. Necessidade de contratações atinge outras universidades da Bahia.

A Universidade Estadual de Feira de Santana, na Bahia, planeja abrir novo concurso público em breve. De acordo com Gerência de Recursos Humanos da instituição, o edital para o futuro concurso público ainda está na dependência do procedimento conhecido como LNP - Levantamento de Necessidades de Pessoal.

Em junho de 2015, o novo reitor, Evandro do Nascimento, afirmou que "a questão de pessoal está difícil na UEFS. Nós estamos sem a liberação de concurso público e temos servidores se aposentando e também servidores que passaram em outros concursos e pedem exoneração. Como o governo não libera o concurso para os cargos de técnico administrativo, estamos iniciando a gestão com defasagem de pessoal nas diferentes unidades administrativas. Hoje teríamos a necessidade somente para reposição de aposentados e exonerados, de algo em torno de 60 servidores". Vale ressaltar que os professores das quatro universidades baianas, até o momento do fechamento desta notícia (29/06/2015), ainda estão em greve, iniciada dois meses atrás.

As novas vagas do provável futuro concurso serão, em sua maioria, para os dois principais cargos da UEFS e de todas as Universidades do Estado, a saber, os postos de Técnico Administrativo (nível médio) e de Analista Universitário (nível superior). No entanto, existe carência também por contratações para o cargo de Técnico de Laboratório, que poderiam ser feitas com maior rapidez por meio de processo seletivo em regime REDA.  A este respeito, a UEFS ainda aguarda a resposta de uma solicitação feita ao governo do Estado em março de 2014. Como estamos em período eleitoral, é possível que essa resposta demore ainda mais.

As universidades baianas atualmente têm sido prejudicadas pelo contingenciamento de recursos por parte do governo do Estado, fato que limita a possibilidade de novas contratações, em uma proporção que atenda às necessidades geradas pelos novos setores e cursos criados, bem como ao número de aposentadorias e exonerações. 

O último concurso da UEFS, realizado em 2010, teve a validade expirada em 28 de junho de 2014, ou seja, desde essa data, não é mais possível nomear e empossar novos servidores. A expectativa é que, a partir de 2016, esse cenário mude. 

Tópico: Previsto

Compartilhe