EMSERH convoca para entrega de documentação

Até o final deste ano, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), lançará por meio da EMSERH, novo edital para concurso público.

A Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH) iniciou na terça-feira (3), a chamada para comprovação da documentação dos candidatos classificados e aprovados no edital de processo seletivo simplificado, lançado no dia 14 de Outubro.

Os aprovados irão trabalhar nas seguintes unidades da Rede Estadual de Saúde: Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (LACEN/MA), Central de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (HEMOMAR), Unidade Mista do Maiobão e Hospital Presidente Vargas.

Nesses primeiros dias (3 e 4 de novembro), a apresentação é para os 224 profissionais convocados para atender a demanda do Hospital Presidente Vargas. No total são 17 áreas: Assistente Social (4 profissionais); Auxiliar Administrativo (22); Auxiliar Serviços Gerais (6); Enfermeiro (29); Enfermeiro Nefrologia (3); Enfermeiro UTI (15); Farmacêutico (2); Farmacêutico Bioquímico (2); Fisioterapeuta (20); Fonoaudiólogo (2); Maqueiro (10); Motorista de Ambulância (8); Nutricionista (4); Porteiro (5); Psicólogo (5); Recepcionista (9) e Técnico de Enfermagem (78).

Na próxima quinta-feira (5), será a entrega da documentação para a Unidade Mista do Maiobão, Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (LACEN/MA) e Central de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (HEMOMAR) – Unidade São Luís, de 8h às 19h no local em que consta no edital para cada unidade.

Até o final deste ano, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), lançará por meio da EMSERH, novo edital para concurso público que vai selecionar cerca de seis mil profissionais para cadastro de reserva em todas as áreas. Dessa forma, as Organizações Sociais (Os) e as Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscips), terão um banco de profissionais disponíveis para trabalhar nas unidades de saúde do Estado.

“A SES reitera o compromisso de garantir a impessoalidade do SUS. Esse processo de seleção onde o candidato para o cargo é escolhido tão somente pelo seu desempenho objetivo no certame, traz resultados melhores e em curto prazo para a administração pública”, garante o subsecretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Agência de Notícias do Maranhão

Compartilhe