Lançado edital do ENEM para pessoas privadas de liberdade

Lançado edital do ENEM 2016 para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade.

Por meio do edital nº 23/2016, o INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, divulgou as novas regras do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2016 para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade. Com a iniciativa, tais pessoas poderão ter o desempenho escolar e acadêmico ao fim do ensino médio devidamente avaliado.

O cronograma para esta modalidade de ENEM terá como eventos principais os seguintes:

- Inscrições de 3 a 21 de outubro de 2016., por meio do site http://sistemasespeciais.inep.gov.br/unidadesprisionais.

- Realização das provas nos dias 6 e 7 de dezembro de 2016 (terça-feira e quarta-feira) nas unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos respectivos órgãos de administração prisional e socioeducativa de cada unidade federada do Brasil.

Os órgãos de administração prisional e socioeducativa das unidades da Federação que desejarem indicar unidades prisionais e socioeducativas para aplicação do ENEM deverão firmar Termo de Adesão, Responsabilidades e Compromissos com o INEP, no mesmo site informado a partir das do dia 26 de setembro até 7 de outubro de 2016.

O edital completo está publicado no link: http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=3&pagina=64&data=21/09/2016

Dicas gerais ENEM

Como todos sabem, o Enem é um exame que, além dos conhecimentos das disciplinas de ciências humanas, ciências da natureza, linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática, exige noções de interpretação, raciocínio crítico e conhecimentos gerais sobre as atualidades. Portanto, para garantir uma boa nota e um lugar na universidade é necessário se preparar bem para a prova.

Para ajudar os candidatos a realizar uma boa prova, separamos algumas dicas que os ajudam a estudar para o Enem 2016.  A primeira dica é se manter atualizado sobre os acontecimentos no Brasil e no mundo. As atualidades poderão cair tanto nas questões objetivas, quanto como temas para redação.

A segunda dica, que pode ajudar na preparação, é buscar conteúdos de provas anteriores. Mesmo que as questões não se repitam, podem ajudar o estudante a compreender os níveis de dificuldade da prova e a forma como as questões são elaboradas e que tipo de raciocínio exige para sua resolução.

Pratique e tire dúvidas com professores. Quanto menos dúvida sobre uma disciplina ou algum exercício na hora da prova, melhor. Nessas horas, a internet também pode ser vista como uma ferramenta que, se bem explorada, pode garantir conhecimento e esclarecimento de algum conteúdo.

E, por fim, estude e se mantenha informado sobre o exame, suas datas e regras, através do aplicativo ou no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

Tópico: ENEM

Compartilhe