Divulgada lista da segunda etapa do concurso professor indígena - BA

Este foi o primeiro concurso público destinado à função, já promovido no país.

O Diário Oficial de 24 de abril de 2014 publicou o resultado provisório da avaliação de títulos referente à segunda etapa do concurso público para professor indígena do Estado da Bahia. Realizado pelo Governo, por meio das secretarias da Administração (Saeb) e Educação, este é o primeiro concurso público destinado à função, já promovido no país, específico para a etnia - o candidato deve ser indígena e, prioritariamente, pertencer à aldeia onde deverá exercer as atividades.

A interposição de recursos poderá ser feita exclusivamente no site da organizadora do concurso, a Consultoria em Projetos Educacionais e Concursos - Consultec, de acordo com as orientações previstas em edital, no dias 25 e 28 deste mês.

São oferecidas 390 vagas distribuídas por Diretoria Regional de Educação - Direc/município/aldeia/escola, com reserva de 5% para pessoas com deficiências físicas. Dezenove escolas de 19 aldeias, distribuídas entre os municípios de Ilhéus, Buerarema, Pau Brasil, Santa Cruz de Cabrália, Prado, Rodelas, Abaré, Glória, Banzaê, Euclides da Cunha, Ibotirama e Muquém do São Francisco serão atendidas pelos novos professores.

O cargo de professor indígena integra o Grupo Ocupacional Educação, Quadro do Magistério Público do Estado da Bahia. A ocupação tem subsídio de R$ 900 para o período de 20 horas semanais.

Secom Bahia

***

Sai resultado da primeira etapa do Concurso Professor Indígena - BA (03/04/2014)

Estado da Bahia divulga resultado da primeira etapa do concurso para professor indígena

O resultado final da primeira etapa do concurso público para Professor Indígena será publicado na edição do Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (4/04). Esta etapa foi composta de provas objetiva e discursiva aplicadas no dia 12 de janeiro. A mesma edição também divulgará o resultado dos recursos da primeira etapa e o edital de convocação para a segunda etapa, que consiste de avaliação de títulos. 


Realizado pelo Governo do Estado, por meio das secretarias da Administração (Saeb) e Educação, este é o primeiro concurso público para a função já promovido em todo o país, atividade específica à etnia - o candidato deve ser indígena e, prioritariamente, pertencer à aldeia onde deverá exercer as atividades.

A oferta é de 390 vagas, distribuídas por Diretorias Regionais da Educação - Direc/município/aldeia/escola, com reserva de 5% a pessoas com deficiências físicas. Dezenove escolas de 19 aldeias, situadas entre os municípios de Ilhéus, Buerarema, Pau Brasil, Santa Cruz Cabrália, Prado, Rodelas, Abaré, Glória, Banzaê, Euclides da Cunha, Ibotirama e Muquém do São Francisco, serão atendidas pelos novos professores.

O cargo de Professor Indígena integra o Grupo Ocupacional Educação, Quadro do Magistério Público do Estado da Bahia. A ocupação tem subsídio de R$ 900 para o período de 20 horas semanais. O concurso é realizado pela Consultoria em Projetos Educacionais e Concursos (Consultec). 

Secom Bahia

****

Divulgado resultado da prova discursiva Professor Indígena - BA (26/03/2014)

Divulgado resultado definitivo da prova discursiva do concurso para professor indígena e resultado provisório da primeira etapa.

O Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (26/03/2014) publica o resultado definitivo da prova discursiva referente ao concurso público para professor indígena, primeiro para a função já realizado em todo o país. A mesma edição divulga o resultado provisório da primeira etapa do certame. 

Aplicada no dia 12 de janeiro deste ano, a prova aconteceu nas cidades de Porto Seguro, Ilhéus, Paulo Afonso, Ibotirama e Ribeira do Pombal, sob a organização da Consultoria em Projetos Educacionais e Concursos (Consultec). 

O concurso realizado pelas secretarias estaduais da Administração (Saeb) e Educação disponibilizou 390 vagas para o cargo, distribuídas por Direc - Diretorias Regionais de Educação/Município /Aldeia /Escola, com a destinação de 5% para pessoas com deficiência. 

Os candidatos aprovados irão atuar em escolas situadas em aldeias nos municípios de Ilhéus, Buerarema, Pau Brasil, Santa Cruz Cabrália, Prado, Rodelas, Abaré, Glória, Banzaê, Euclides da Cunha, Ibotirama e Muquém do São Francisco. 

Da Secom Bahia

***

Gabarito Concurso Professor Indígena - BA 2014 (14/01/2014)

Gabarito do concurso público para provimento do cargo efetivo de Professor Indígena.

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia, por meio da Consultoria em Projetos Educacionais e Concursos (Consultec), divulgará na data prevista de 22 de janeiro de 2014, o gabarito da prova objetiva do concurso regido pelo edital SAEB/4/2013, que preencherá 390 vagas.

Foram 1.167 inscritos no concurso público para provimento de vagas no cargo de professor indígena, quase 200 deixaram de comparecer aos locais de prova, realizada no último domingo (12). O índice de abstenção registrado ficou em 17,08%.

A cidade com maior número de faltosos foi Paulo Afonso (27%), seguida de Porto Seguro (25%), Ibotirama (18,6%), Ilhéus (9,3%) e Ribeira do Pombal (5,5%). Realizado pelo Governo do Estado, por meio das secretarias da Administração (Saeb) e da Educação.

Durante o período de aplicação das provas - quatro horas no turno vespertino -, o concurso transcorreu dentro dos critérios de normalidade. Os candidatos responderam 54 questões, sendo 50 da prova objetiva e quatro da prova discursiva. Esta é a primeira etapa do certame, de caráter eliminatório e classificatório. A etapa seguinte, de caráter classificatório, será dedicada à avaliação de títulos.

De acordo com as informações, esse foi o primeiro concurso público para a função já realizado em todo o país, atividade específica à etnia.

Com informações da Secom Bahia

Compartilhe