GDF cria cargos e autoriza concurso para carreira socioeducativa

Concurso público servirá para a contratação de servidores para o sistema socioeducativo, no âmbito da Secretaria de Estado da Criança.

Foi sancionado no dia 04 de junho de 2014 pelo governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, o projeto de lei nº 1.851/2014, que cria a carreira socioeducativa no quadro de pessoal do Governo do Distrito Federal (GDF).

Queiroz também anunciou a realização de concurso público para a contratação de servidores para o sistema socioeducativo, no âmbito da  Secretaria de Estado da Criança. A oferta será de 200 vagas, conforme publicação divulgada no Diário Oficial do Distrito Federal em 05 de junho de 2014. 

Foram criados os cargos de:

- Especialista Socioeducativo: 500 cargos;
- Atendente de Reintegração Socioeducativo: 1500 cargos;
- Técnico Socioeducativo: 700 cargos;
- Auxiliar Socioeducativo: 145 cargos.

O ingresso nos cargos dessa carreira dá-se mediante concurso público, no padrão inicial da terceira classe, obedecendo aos requisitos de investidura em cada cargo.

Durante o ato de sancionamento, a secretária da Criança, Eliane Cruz, afirmou a carreira especializa o atendimento aos adolescentes incluindo a qualificação profissional específica valorizando os profissionais da socioeducação. “O DF alcança mais uma meta na gestão do sistema socioeducativo. Muitas ações foram concluídas na estrutura física e, agora, demos um passo importante na valorização dos profissionais”, analisa.

Edição com informações do Governo do Distrito Federal. Para conhecer os detalhs da nova carreira, acesse o Diário Oficial do Distrito Federal (05/06/2014, seção 1 - Atos do poder executivo, a partir da página 1).

Compartilhe