Mais de 2, 4 mil profissionais serão contratados no Rio de Janeiro

Serão contratados, por até dois anos, 693 médicos, 605 enfermeiros, 580 técnicos de enfermagem, 341 analistas de gestão e 274 técnicos de suporte.

Um total de 2.493 profissionais de saúde e gestão hospitalar será contratado nos próximos 20 dias pelo Ministério da Saúde. Esses profissionais vão atuar nos seis hospitais e dois institutos federais no Rio de Janeiro.

Serão contratados, por até dois anos, 693 médicos, 605 enfermeiros, 580 técnicos de enfermagem, 341 analistas de gestão e 274 técnicos de suporte. A medida é mais uma ação do governo federal em apoio à estruturação da saúde pública do Rio de Janeiro.

A contratação dos profissionais proporcionará a ativação de mais 34 leitos de UTI, distribuídos nos hospitais do Andaraí, de Bonsucesso, de Ipanema, da Lagoa e no Federal dos Servidores do Estado. Com isso, será possível realizar mais 3,6 mil internações por ano na rede federal de saúde no Rio de Janeiro. Também serão ativados mais 120 leitos cirúrgicos nos hospitais da Lagoa, do Andaraí, de Ipanema e no Federal dos Servidores do Estado, abrindo espaço para a realização de mais 3,6 mil cirurgias por ano.

Além dessas unidades, também contarão com o reforço o Hospital Federal Cardoso Fontes, o Instituto Nacional de Cardiologia e o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia.

Autorização

A autorização das admissões foi assinada pelo secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Alberto Beltrame, durante reunião do Gabinete de Gestão de Crise montado no Rio de Janeiro.

A portaria que autoriza as admissões foi publicada no Diário Oficial da União de quarta-feira (6). A medida terá impacto financeiro de R$ 130,9 milhões por ano em 2016 e 2017. Os recursos serão repassados mensalmente pelo Ministério da Saúde às unidades federais.

Segundo Beltrame, a admissão de profissionais potencializará a prestação dos serviços à população. “Essas novas contratações possibilitarão ampliar o atendimento realizado nos hospitais federais. A composição e recomposição da força de trabalho é um desafio que o Ministério da Saúde vem trabalhando para sanar, especialmente na área assistencial nos hospitais e institutos federais no Rio de Janeiro”, disse.

Seleção

A contratação ocorrerá por meio de processo seletivo. As inscrições estão abertas até 22 de janeiro. O edital de contratação está disponível no site do Ministério da Saúde.

Dos 2.493 postos de trabalho, 1.570 foram abertos em substituição aos profissionais que terão seus contratos vencidos no próximo mês. Assim, além da substituição, haverá um adicional de quase mil profissionais que reforçarão a assistência na rede de saúde do Rio, apoiando eventual crescimento da demanda por causa dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Desde 2005, ingressaram nos hospitais e institutos 14.385 servidores, entre efetivos e contratados temporariamente. Ao todo, as unidades federais de saúde contam com 17.412 profissionais.

Fonte: www.brasil.gov.br

Compartilhe