Nomeados concursados da UEG e da Polícia Técnico-Científica - GO

Nomeados 230 profissionais na Superintendência de Polícia Técnico-Científica e os primeiros 100 colocados no primeiro concurso administrativo da UEG.

Com os sinais de juventude estampados no rosto, a estudante Lívia Meirelles se preparou com afinco para o primeiro concurso que contrataria servidores administrativos, em 17 anos de história da Universidade Estadual de Goiás (UEG). Lívia era uma dos 330 jovens que entraram na segunda-feira, dia 2,  para os quadros de carreira do Estado: 230 na Superintendência de Polícia Técnico-Científica e os primeiros 100 colocados no primeiro concurso administrativo da UEG.

Lívia, aprovada para o cargo de Analista Administrativa, finalmente realiza o sonho de entrar, por concurso público, para os quadros de uma universidade. “Isso é maravilhoso. Enquanto muitos no País estão perdendo o emprego, nós estamos ganhando um”. Ela comemorava, ao reconhecer o esforço do governador Marconi Perillo pela convocação dos concursados, mesmo num momento de retração da máquina pública, em função da crise nacional. “Isso para nós é uma dádiva de Deus”, resumiu Lívia.

Aprovado para o cargo de Perito Criminal, Humberto Almeida (foto) também não conseguia esconder a alegria com a nomeação. “Temos de agradecer o governador pela decisão de convocar os concursados, porque a gente sabe do esforço fiscal por qual passa o Estado e da forte crise econômica nacional”, assinalou, ao ressaltar que a retribuição dos novos servidores será em forma de trabalho.

A servidora Neuza Ravaroto, que já trabalhava na UEG, comemora o fato de agora ser servidora de carreira. “Estamos tendo da oportunidade de fazer parte de um grandioso projeto, que é consolidar uma universidade”, disse. Segundo ela, o que mais anima os novos servidores é poder fortalecer uma instituição de ensino superior que faz parte da construção do projeto de vida de milhares de jovens goianos.

Fonte: www.goiasagora.go.gov.br

Compartilhe