TRT - 10ª Região determina contratação de aprovados nos Correios

As contratações devem ocorrer até que todos os terceirizados sejam substituídos pelos servidores aprovados por meio de concurso público.

O Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região anunciou que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) deverá contratar em até seis meses os candidatos que fazem parte do cadastro de reserva do concurso público realizado em 2011. As contratações devem ocorrer até que todos os terceirizados sejam substituídos pelos servidores aprovados por meio de concurso público.

De acordo com a juíza Audrey Choucair Vaz, da 15ª Vara do Trabalho, com sede em Brasília, a validade do certame deverá ser prorrogada para que os novos servidores sejam convocados e empossados.

Compartilhe