Provas do Concurso TRT 8ª Região serão aplicadas domingo (15/09)

A prova objetiva e discursiva para os cargos de nível superior começa às 8h (horário oficial de Brasília), e terá quaro horas de duração.

Acontece neste domingo, 15 de setembro de 2013, a prova do concurso para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva nos cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região. São 61.094 candidatos inscritos para 75 vagas, sendo seis reservadas para pessoas com deficiência.

Destes, 41.716 são para o cargo de Técnico Judiciário, de nível médio, que disputam 42 vagas, com relação de 1.069 candidatos por vaga. Outro cargo de nível médio, o de Técnico Judiciário da área de apoio especializado em Enfermagem, com três vagas, tem 2.099 inscritos, e relação de 699 candidatos para uma vaga.

Os cargos de nível superior têm os seguintes números de inscritos: Analista Judiciário da área Administrativa, com cinco vagas, tem 5.089 inscritos; Analista Judiciário da área Judiciária, com seis vagas, tem 5.884 inscritos; Analista Judiciário da área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador, com nove vagas, tem 2.935 inscritos; Analista Judiciário da área de Arquitetura, com uma vaga, tem 299 inscritos; Analista Judiciário da área de Enfermagem, com uma vaga, tem 970 inscritos; Analista Judiciário da área de Engenharia Civil, com duas vagas, tem 320 inscritos; Analista Judiciário da área de Engenharia Elétrica, com duas vagas, tem 175 inscritos; Analista Judiciário da área de Medicina do Trabalho, com uma vaga, 71 inscritos; Analista Judiciário da área de Psicologia, com uma vaga, tem 482 inscritos; Analista Judiciário da área de Tecnologia da Informação, com duas vagas, tem 1.054 inscritos.

Do total de 61.094 inscritos, 3.698 obtiveram isenção da taxa de inscrição. O concurso teve 35.557 inscritos em Belém, 11.926 em Macapá, 7.707 em Marabá e 5.904 em Santarém.

A prova objetiva e discursiva para os cargos de nível superior começa às 8h (horário oficial de Brasília), e terá quaro horas de duração. A prova objetiva e discursiva para o nível médio começa às 14h, também pelo horário de Brasília e igualmente com quatro horas de duração.

O local de realização da prova está disponível para consulta desde o dia 9 de setembro, no endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/trt8_13. Para ter acesso à informação basta fornecer no site os dados solicitados. O candidato só poderá fazer a prova no local indicado.

 A chegada ao local da prova deve acontecer com uma hora de antecedência do horário fixado para o seu início, munido de caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente.

 Será eliminado do concurso o candidato que, durante a realização das provas, for surpreendido portando aparelhos eletrônicos, tais como: máquinas calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipod, gravadores, pendrive, mp3 player ou similar, qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens, bipe, notebook, palmtop, walkman, máquina fotográfica, controle de alarme de carro etc., bem como relógio de qualquer espécie, óculos escuros, protetor auricular ou quaisquer acessórios de chapelaria, tais como chapéu, boné, gorro etc. e, ainda, lápis, lapiseira/grafite, marca-texto e(ou) borracha.

Portanto, a organização do concurso recomenda que o candidato não leve nenhum desses objetos ao local da prova, e informa que também não se responsabiliza pela perda ou extravio de objetos ou equipamentos levados ao local da prova.

Cento e setenta pleitos foram acatados sobre algum tipo de atendimento especial no dia da realização da prova, tais como local de prova em sala térrea, sala para amamentação, mesa para cadeira de rodas, prova ampliada, permissão para uso de computador adaptado e outros itens.

O Edital prevê, ainda, a formação de cadastro de reserva. A chance de pessoas incluídas no cadastro de reserva serem chamadas no período de vigência do concurso, que é de um ano, prorrogável por igual período, é grande, pois, além das vagas criadas pela Lei 12.659/2012, oferecidas no atual Concurso C-332, para possibilitar a instalação de mais dez Varas Trabalhistas em 2013 e 2014 na 8ª Região, há um número ainda não conhecido de servidores que terão a opção de se aposentar durante o período de vigência do certame.

A previsão no TRT 8 é de instalação, ainda este ano, de mais duas Varas do Trabalho em Marabá (3ª e 4ª), duas em Parauapebas (3ª e 4ª) e três em Macapá (5ª, 6ª e 7ª). A implantação de mais duas Varas em Belém (18ª e 19ª) deverá acontecer em 2014, assim como uma em São Félix do Xingu (1ª).

Informações do TRT 8

Compartilhe