TST pode abrir 270 vagas

A proposta, que também extingue 119 vagas de técnicos e auxiliares judiciários, segue em regime de urgência para o Plenário.

O Tribunal Superior do Trabalho poderá contratar 270 analistas judiciários e preencher 54 funções comissionadas no cargo de assessor de ministro. É o que prevê o projeto de lei da Câmara (PLC) 100/2015, aprovado nesta quarta-feira (2) pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado (CCJ). A proposta, que também extingue 119 vagas de técnicos e auxiliares judiciários, segue em regime de urgência para o Plenário.

O TST alega que há um déficit de 18% no quadro de analistas, além dos assessores de ministros, enquanto o número de processos a serem analisados tem crescido muito — especialmente após a aprovação, em 2004, de uma proposta de emenda constitucional que ampliou as atribuições do tribunal.

Agência Senado

Tópico: TST

Compartilhe