Concurso IAP (PR) 2019: órgão tem urgência por primeiro edital

Concurso IAP (Instituto Ambiental do Paraná) foi autorizado e o edital deverá sair em breve. Perdas de servidores no órgão é crescente.

Continua a espera pelo primeiro concurso do IAP (Instituto Ambiental do Paraná), órgão que, desde sua criação, há quase três décadas, ainda não realizou seleção. De acordo com anúncio do governo passado, a previsão existente era de que poderiam ser ofertadas 160 vagas, número que não suprirá a carência do órgão.

O concurso voltou a ser colocado em pauta, durante uma visita do novo governador ao Ministério Público. Para o MPPR, o órgão necessita realizar concurso público para suprir as perdas de servidores, algo que já foi solicitado por meio de uma recomendação administrativa em 2018.

De acordo com informações levantadas pelo próprio Instituto, de um total de 1.178 servidores, restam apenas 520. Desse pequeno quantitativo na ativa, cerca de aproximadamente 108 estão no abono de permanência, ou seja, já alcançaram a idade de aposentadoria e permanecem trabalhando. Isto significa que, do quadro geral, 95% dos 520 servidores possuem idades entre 41 e 70 anos.

Expectativa do concurso IAP (PR) 2019

As vagas serão para administradores, analistas de sistemas, biólogos, bioquímicos, contadores, engenheiros químicos, engenheiros civis, engenheiros florestais, engenheiros agrônomos, geólogos, engenheiros ambientais, médicos veterinários, químicos, economistas, psicólogos, sociólogos, técnicos administrativos e técnicos em contabilidade. Essas oportunidades abrangem candidatos níveis médio e superior.

Remunerações

O salário inicial para os cargos do Instituto Ambiental do Paraná, segundo dados disponíveis no Portal do Servidor paranaense, gira em torno de R$ 1.015, para Agente de Apoio. Já para Agente de Execução poderá ser de aproximadamente R$ 1.523 e para Agente Profissional, poderá ultrapassar os R$ 9.400 mensais.

Sobre o IAP (PR)

O Instituto Ambiental do Paraná - IAP, entidade autárquica, foi instituído em 1992, através da Lei Estadual nº 10.066, de 27 de julho, com a criação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente.

É sucessor de instituições como o Instituto de Terras, Cartografia e Florestas - ITCF, criado em 1923 a partir da Inspetoria de Terras e Colonização.

Há mais de 100 anos, o Estado do Paraná, vem desenvolvendo o seu serviço de cartografia oficial, originariamente através do antigo DGTC – Departamento de Geografia, Terras e Colonização. A intervenção no processo de disciplinamento da ocupação do território foi adotada no ano de 1892, com a edição da Lei de Terras de nº 68. Em 1992, houve a fusão da Superintendência dos Recursos Hídricos e Meio Ambiente - SUREHMA e do Instituto de Terras, Cartografia e Florestas – ITCF, dando origem ao atual Instituto Ambiental do Paraná – IAP, hoje vinculado à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – SEMA.

Compartilhe

Concursos por E-mail
Assine nosso boletim para receber Concursos Paraná diretamente no seu e-mail